Kuadro
Entrar
VestibularEdição do vestibular
Platão

(Enem 2012) Para Platão, o que havia de verdadeiro em Parmênides era que o objeto de conhecimento é um objeto de razão e não de sensação, e era preciso estabelecer uma relação entre objeto racional e objeto sensível ou material que privilegiasse o primeiro em detrimento do segundo. Lenta, mas irresistivelmente, a Doutrina das Ideias formava-se em sua mente.
ZINGANO, M. Platão e Aristóteles: o fascínio da filosofia. São Paulo: Odysseus, 2012 (adaptado).

O texto faz referência à relação entre razão e sensação, um aspecto essencial da Doutrina das Ideias de Platão (427–346 a.C.). De acordo com o texto, como Platão se situa diante dessa relação?

A

Estabelecendo um abismo intransponível entre as duas.

B

Privilegiando os sentidos e subordinando o conhecimento a eles.

C

Atendo-se à posição de Parmênides de que razão e sensação são inseparáveis.

D

Afirmando que a razão é capaz de gerar conhecimento, mas a sensação não.

E

Rejeitando a posição de Parmênides de que a sensação é superior à razão.

F

não sei.