ENEM

ITA

IME

FUVEST

UNICAMP

UNESP

UNIFESP

UFPR

UFRGS

UNB

VestibularEdição do vestibular
Disciplina
Busca avançada
Ir para Ranking
Português | Interpretação de texto | fatores de contextualização | fatores de construção da coerência | o conhecimento de mundo
Português | Interpretação de texto | noção de texto | fatores linguísticos e pragmáticos
Português | Literatura | modernismo no Brasil | 2a fase do modernismo no Brasil
Português | Literatura | modernismo no Brasil | a poesia da 2a fase modernista
Português | Literatura | modernismo no Brasil | autores da 2a fase modernista na poesia | Vinicius de Moraes
FUVEST 2011FUVEST Português

(FUVEST - 2011)

A ROSA DE HIROXIMA

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroxima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A antirrosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada.

Vinicius de Moraes, Antologia poética.

Neste poema,

A

a referência a um acontecimento histórico, ao privilegiar a objetividade, suprime o teor lírico do texto.

B

parte da força poética do texto provém da associação da imagem tradicionalmente positiva da rosa a atributos negativos, ligados à ideia de destruição.

C

o caráter politicamente engajado do texto é responsável pela sua despreocupação com a elaboração formal.

D

o paralelismo da construção sintática revela que o texto foi escrito originalmente como letra de canção popular.

E

o predomínio das metonímias sobre as metáforas responde, em boa medida, pelo caráter concreto do texto e pelo vigor de sua mensagem.