Especialidades da Medicina: Cardiologia

A medicina é uma área vasta e com muitas especialidades diferentes. Por isso, quando um estudante se forma em medicina, ele sai formado como clínico geral, e ainda precisa dedicar alguns anos para se especializar. Entretanto, boa parte dos alunos que entram no curso de medicina já começam os estudos com uma especialização em mente.

Mas como saber qual seria a sua escolha? Ter essa opção clara desde o começo dos estudos pode ajudar muito para a preparação a longo prazo da sua carreira na área médica. Pensando nisso, nós do Kuadro criamos essa série em que explicamos um pouco de cada especialização da medicina. Na semana passada foi a neurologia, e essa semana, nós explicamos um pouco mais sobre a cardiologia.

A Cardiologia na Medicina

Cardiologia é a área da medicina que estuda e trata o coração e as doenças relacionadas a ele e ao sistema circulatório. Além do coração em si, a cardiologia também compreende as veias, capilares e artérias do corpo humano. A especialização em cardiologia é considerada uma das mais complexas e evoluídas da área médica. A importância da cardiologia também tem ficado maior com o aumento do número de mortes por doenças cardiovasculares nos últimos anos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 17,5 milhões de pessoas morrem todos os anos no mundo por conta de doenças do tipo.

Como se tornar um cardiologista

Para se tornar cardiologista, é preciso primeiro que o médico tenha se formado no ensino superior e passe na prova de residência. A residência em cardiologia tem duração média de dois anos. Nesse tempo, o aluno estuda sobre o sistema circulatório, as doenças desse sistema e também atenda em clínicas como atividade prática.

Entre as doenças que exigem a atenção do cardiologista estão enfartes, pressão alta e colesterol alto. Ele também costuma lidar com problemas de formação do coração, como sopros, que afetam os batimentos e o ritmo cardíaco.

Na residência, o aluno tem contato com disciplinas bem específicas da medicina, como Ecocardiografia e Angiologia. O cardiologista também é responsável pela reabilitação de pacientes, cuidando para a adoção de hábitos mais saudáveis. O desenvolvimento da cardiologia levou a área a uma série de subespecializações, como Cardiopatias Isquêmicas e Ecocardiografia, entre outras. Essas especializações tratam de condições mais específicas do sistema cardiovascular.

A Cardiologia e o mercado de trabalho

Para além da já vantajosa posição da medicina no mercado de trabalho, a cardiologia também é considerada uma carreira promissora. O aumento das doenças cardiovasculares e da preocupação com saúde fazem com que o profissional tenha muitas oportunidades de trabalho.

bolsa de estudos graduação e pós quero bolsa

Conseguiu tirar as suas dúvidas sobre a cardiologia? Ficou alguma? Mande para a gente nos comentários!

Jornalista formada pela UNESP e analista de mídias sociais do Kuadro. É responsável por administrar as postagens do Blog, do Facebook, do Instagram e do Twitter. Se tiver sugestões de conteúdo deixe nos comentários!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Kuadro