Estude enquanto eles dormem: será que isso é válido?

A expressão “estude enquanto eles dormem” é uma adaptação de um provérbio japonês conhecido no mundo todo. A frase original é algo como “treine enquanto eles dormem, estude enquanto eles se divertem, persista enquanto eles desistem e, então, viva o que eles sonham”.

Por trás desse provérbio está a lição de que quem se dedica — e não abdica diante das dificuldades — vai mais longe. Porém, ela não deve ser levada tão a sério, ou melhor, tão ao pé da letra.

Estudo sem descanso durante a fase do vestibular

Esse provérbio japonês costuma vir à tona nos períodos de provas e concursos, principalmente para quem visa cursos ou universidades mais concorridos. É praticamente um sinônimo para estudar muito para o vestibular — sem descanso.

Um exemplo disso pode ser visto naquelas reportagens de aprovações. Em muitas delas, há estudantes orgulhosos de terem estudado cerca de 15 horas por dia.

Porém, essa rotina não é saudável para o corpo e muito menos para a mente. Na verdade, o estudo para vestibular são mais efetivos e fáceis de gravar quando a rotina alia momentos de descanso.

Quando você estuda por dias e noites a fio sem nenhum tipo de lazer, a mente fica saturada e pode prejudicar toda sua capacidade de absorver informações. Pode até ser que algumas pessoas passem no vestibular utilizando esse método, mas elas são minoria.

Por que não vale a pena estudar sem parar

Uma pesquisa realizada pela psicóloga Kathlen Vohs, da Universidade de Minnesota, comprovou que o cansaço mental existe de verdade. Por isso, é recomendável fazer pequenas pausas para prosseguir com a mesma efetividade.

Kathlen provou que, ao longo do dia, o cérebro se desgasta até chegar a um ponto em que precisa realmente parar — ou seja, necessita de um tempo de descanso. Focados em vencer a concorrência e estudar o máximo possível, muitos estudantes negligenciam o descanso e o sono.

Porém, essa conta uma hora chega e pode incluir problemas físicos e psicológicos. Além de prevenir a depressão, fortalecer a memória e melhorar o desempenho no dia a dia, uma boa noite de sono ajuda a prevenir diabetes, obesidade e hipertensão, por exemplo.

Isso não significa que você precisa repousar completamente durante o dia, pois a solução é muito mais simples. A melhor estratégia é aliar o aprendizado contínuo com curtas pausas durante o dia.

Basta parar por dez ou quinze minutos a cada hora de estudo. Converse com alguém, coma um lanchinho, deite por alguns momentos ou até mesmo dê aquela checada nas redes sociais. Tenha em mente que esse tempo não está sendo desperdiçado, mas sim aproveitado da melhor maneira possível.

Também é importante ter momentos de lazer

Além dos pequenos intervalos entre horas de estudo, você também precisa equilibrar alguns verdadeiros momentos de descontração. Não é preciso recusar todos os convites de seus amigos no ano de vestibular, sabia? Reserve algumas horas de sua semana e se divirta sem pensar em estudar.

O segredo é o equilíbrio. Você já sabe que seu maior objetivo é ingressar naquela universidade tão desejada. Mas de nada adianta estudar se o corpo e a mente não estiverem saudáveis e em sintonia.

Se estiver difícil conciliar tudo isso, procure suporte de uma orientação pedagógica. Esse tipo de profissional pode te ajudar bastante nesse momento.

Não estude mais, estude melhor

Mais importante do que estudar sem parar, é ter um rendimento efetivo. Há situações em que o candidato estuda mais de 10 horas por dia, mas na semana seguinte já esqueceu metade do que viu.

Por outro lado, existem estudantes que sabem dosar o estudo para vestibular com o descanso e obtém excelentes pontuações nos maiores vestibulares. Portanto, o que importa não é a quantidade e, sim, a qualidade do tempo dedicado aos estudos. É necessário entender as matérias, saber contextualizá-las e praticar o que aprendeu.

Gostou desse artigo? Se você é vestibulando, continue acompanhando o Blog do Kuadro! Temos conteúdos novos toda semana para ajudar você na sua jornada.
Para quem está pensando em chegar ao vestibular mais preparado, o cursinho on-line do Kuadro pode te ajudar! Assim, você não precisa seguir à risca o lema “estude enquanto eles dormem”, pois estudará com muito mais estratégia.

Blog Kuadro