Chat with us, powered by LiveChat
O que não fazer na redação do Enem

O que não fazer na redação do Enem

A redação do Enem é um dos aspectos da prova que mais gera dúvida. Não é para menos: essa parte pode ser fator decisivo para a aprovação ou não. Além de escrever uma redação dissertativa, há algumas regras que os candidatos devem se atentar.
Portanto, mesmo que o estudante escreva bem, se cometer um deslize grande, poderá ter a nota prejudicada por isso. Veja a seguir, o que não é recomendável fazer na redação do Enem!

Evite clichês e frases feitas

Pode até parecer bonito para postar em uma rede social, mas as frases feitas podem empobrecer o seu texto. Nesse aspecto, fuja dos clichês, como “a vida é feita de capítulos, hoje a realidade pode não ser boa, mas será no futuro”.
Não tente fazer rimas e orações “redondas”. A redação do Enem serve para mostrar o seu ponto de vista sobre algo. Por isso, você deve ser a pessoa mais imparcial e objetiva possível. Deixe os textos poéticos para outro momento que não no vestibular.

Tenha cuidado com citações

Citar frases de outras pessoas para complementar o seu conteúdo pode ser muito positivo. Porém, se você usar isso sem pensar e, pior, errar o contexto e/ou autor, pode perder pontos. Apesar disso não ser um dos critérios de avaliação da redação, você pode ser prejudicado se usar a citação de qualquer forma.
Desse modo, só use frases de outras pessoas se souber exatamente por quem foi dita e em qual momento. Não vale a pena usar um conteúdo apenas para deixar o texto mais bonito, esquecendo-se do mais importante: a veracidade e a coerência.

Usar linguagem complicada

Mesmo que você seja um grande conhecedor e admirador de Machado de Assis, não tente imitá-lo na redação do Enem. O seu texto nada tem a ver com outros conteúdos literários que você leu e apreciou durante o Ensino Médio.
Na redação do Enem, o que vale é escrever um texto coerente, conciso e com argumentos consistentes. Apesar da estrutura ser importante, ela não deve ser rebuscada e complicada. É preferível utilizar palavras do cotidiano — que não sejam gírias — do que gastar vocabulário e ter risco de errar.
Se ao escrever você pensar em um termo complexo e pouco usado, como sumidade, faça um esforço para se lembrar do sinônimo. A banca irá preferir um conteúdo bem escrito com a palavra “sábio” do que um texto fraco que possui termos como “sumidade”.

Atente-se ao tema

Fugir do tema pode não apenas prejudicar a sua nota, como fazer você zerar a redação no vestibular. Leu a proposta e não entendeu muito bem do se trata? Releia o que o exame está pedindo destacando alguns termos chaves.
A partir de então, você será capaz de enxergar melhor o tema central e, assim, começar a desenvolver os seus argumentos. O Enem costuma apresentar propostas relacionadas com problemas sociais, assim, além de expor as causas e consequências do assunto em debate, também é preciso apresentar uma intervenção, isto é, uma forma de resolver isso.

Fugir da estrutura proposta

Tão importante quanto não fugir do tema, é seguir a estrutura de redação do Enem. Até o momento, o exame exigiu em suas provas que os estudantes soubessem fazer uma dissertação.
Nesse tipo de texto, como já dissemos, o candidato deve saber argumentar sobre o tema proposta. Esse conteúdo necessita de um começo, que é a exposição das ideias, de desenvolvimento dos argumentos e de uma conclusão.
Caso o candidato deixe de fazer uma dessas partes, esquecendo de fazer uma conclusão por exemplo, ele irá perder pontos. A redação precisa ter uma sequência lógica com começo, meio e fim. Além disso, o texto não pode ser menor do que 7 linhas — até porque, em tão pouco espaço, não é possível elaborar uma boa argumentação, né?

Sair do contexto

O Enem está avaliando a sua capacidade de argumentação por meio da escrita. Portanto, de nada vai adiantar tentar se expressar por desenho, gráficos e números fora do texto.
Além disso, a banca irá zerar a sua redação se você: assinar ou rubricar fora do espaço destinado para isso ou se entregar a folha em branco, mesmo que o rascunho esteja escrito. O que vale é a folha de redação. Por isso, é importante saber administrar bem o tempo para poder preencher tudo dentro do prazo.
Quer aprender mais sobre a redação do Enem e outros conteúdos? Inscreva-se no Kuadro e tenha acesso a melhor cursinho on-line do país!

Petropolitana, mas do mundo. Morei em muitos lugares e achei minha Pasárgada na UFMG, na Faculdade de Letras onde conclui minha graduação. Especializei-me em Gramática e em Linguística Aplicada. E continuo estudando! Agora faço especialização em Psicopedagogia, para entender ainda mais das dificuldades dos meus alunos. Sou professora em pré-vestibulares, orientadora pedagógica, coach de vestibulandos, youtuber e muito apaixonada pela Língua Portuguesa. Acompanhei centenas de alunos até o ingresso na faculdade e acredito no poder transformador da educação. Vamos estudar juntos?

Blog Kuadro