Acompanhamento pedagógico: qual o impacto para o vestibular?

Conquistar o sonho de passar no vestibular é um grande desafio. Demanda muito esforço, tempo empregado, estudo e prática para conseguir chegar lá. É claro que a aplicação do aluno é a parte mais importante durante esse processo, mas é necessário também muito apoio externo ao longo dessa jornada.

Em primeiro lugar, a família do vestibulando deve estar ao seu lado. São eles que vão dar a base emocional e o apoio para conseguir superar medos e os desafios que devem aparecer pelo caminho. Mas só isso não é o suficiente. E é nesse momento que entra o acompanhamento pedagógico.

É importantíssimo contar com um bom projeto de acompanhamento pedagógico no processo de preparo para a fase dos vestibulares. Ela vai te ajudar a saber se você está no caminho certo, tirar as dúvidas que restam e estabelecer o que ainda precisa ajustar para chegar lá.

Como funciona o acompanhamento pedagógico? 

“O acompanhamento pedagógico está ali para guiar o estudante na direção certa para conquistar o seu objetivo”, explica Ana Carolina Machado, tutora pedagógica d’O Kuadro. “Com ele, dá para mapear as facilidades e dificuldades e acompanhar o avanço do aluno”.

A maior importância do acompanhamento pedagógico é conhecer o aluno e, a partir desse momento, indicar o melhor caminho que ele deve seguir com relação aos estudos. Ana Carolina foi tutora de Gabriella Herculano, ex-aluna d’O Kuadro e atual caloura de medicina da Faculdade das Américas, a FAM.  “Para estudar sozinho, você tem de ser muito autodidata”, opina Gabriella.

O tutor pedagógico vai ajudar o vestibulando a montar sua grade, relacionando as matérias da melhor forma possível, de modo que a organização dos estudos seja compatível com o curso e faculdade que ele deseja entrar. Ou seja, o papel do tutor pedagógico é indispensável no dia a dia do estudante.

O acompanhamento pedagógico guia o estudante para que ele alcance seus objetivos!

Como o acompanhamento pedagógico ajudou Gabriella a passar em Medicina?

Estudar sozinho não é tarefa simples. Quando estamos em casa, temos muitas distrações que nos impedem de seguir um bom ritmo de apreensão da matéria. “No começo não foi fácil. Eu falava que ia estudar quatro horas seguidas, mas eu acabava estudando uma hora e ficava pensando na vida nas outras três”, relembra Gabriella. Outro problema comum entre os estudantes, é a dificuldade de hierarquizar o conteúdo.

Mas, com a tutoria pedagógica, ela acabou encontrando o ritmo. “O acompanhamento foi essencial para eu conseguir avançar. Com o passar do tempo, tudo foi fluindo bem mais tranquilamente. Eu passei a fazer as coisas mais rápido e ia melhor nos simulados. No geral, acabei encontrando meu caminho”.

Como é a tutoria pedagógica n’O Kuadro

Em um curso presencial, o ambiente é propício para que o estudante consiga avançar nos seus estudos. Nesse sentido, um plano de atividades de acompanhamento pedagógico colabora para que o estudante crie senso de responsabilidade e amadureça com relação aos estudos e domínio do conteúdo.

“Quando você estuda em casa, você tem de ser muito maduro. A tutoria serve para te ajudar nesse caminho”, explica Ana Carolina Machado. “A gente liga para o aluno e descobre como ele pretende estudar: qual o tempo destinado, em que lugar, qual o foco, qual o nível atual dele, etc. Assim, a gente consegue saber como lidar com ele”.

“Parecia que todos os professores estavam ali do meu lado conversando comigo!”, relembra Gabriella Herculano. A missão da equipe de tutores do Kuadro é fazer uma avaliação mensal do seu desempenho. Periodicamente, nós entramos em contato com você. Assim, dá para garantir que tudo está indo da forma esperada e que o seu objetivo vai ser alcançado da maneira mais leve possível.

Quer passar no vestibular assim como a Gabriella e tantos outros estudantes que estudaram por meio do material do Kuadro? Então, entre em contato com a gente e fique mais perto do seu sonho!

O que você achou?