Quais os principais erros para evitar na redação do ENEM?

Quais os principais erros para evitar na redação do ENEM?

Como já falamos anteriormente aqui no blog, não existe uma fórmula mágica para construir a redação perfeita, mas há uma estrutura textual que deve ser seguida e alguns pontos importantes que devem ser considerados na hora de produzir o seu texto.

Vamos continuar nossos estudos sobre redação, para você mandar muito bem na redação do ENEM! No post de hoje vamos ver quais os erros mais comuns na redação desse vestibular e como evitá-los. Vamos lá? =)

A Redação do ENEM: Falta de posicionamento crítico

A redação do ENEM é um texto dissertativo-argumentativo, ou seja, espera-se a defesa de um ponto de vista sobre determinado tema. Ou seja, espera-se o candidato tomando uma posição sobre o que está sendo discutido. Esse posicionamento é baseado no conhecimento prévio sobre os acontecimentos do mundo e que contribui para a interpretação do tema. O tema muitas vezes é polêmico e dificulta o posicionamento do aluno, que acaba ficando “em cima do muro”.

Uma maneira de evitar esse erro é analisando todos os possíveis pontos de vistas sobre o assunto. Faça isso pensando nos prós e contras do tema e somando isso ao seu conhecimento prévio. Assim fica fácil analisar qual é o ponto de vista mais sensato e facilmente argumentado sobre o assunto debatido. Antes de iniciar a redação, faça um projeto de texto, assim você avalia se seu posicionamento de fato é válido e quais argumentos usar para defendê-lo.

A Redação do ENEM: Fuga ao tema

Vestibulandos de plantão: prestem atenção no tema proposto! É muito comum encontrarmos redações zeradas no vestibular por fuga ao tema. Fiquem atentos à todas as informações disponíveis nos textos da coletânea e analisem o enunciado da proposta com muito cuidado.

Caso sinta dificuldade em compreender o que o vestibular propõe ou os textos disponibilizados para análise, reforce seus estudos em interpretação de texto. 

A redação exige essa habilidade para a leitura e dissertação do tema. Use também os textos contidos na prova de português.  Eles poderão ter mais informações sobre o assunto, fortalecendo a compreensão do tema e o desenvolvimento  do ponto de vista.

A Redação do ENEM: Informalidade

A proposta do vestibular é bem clara quanto a linguagem “padrão formal” que deve ser usada na redação. Ser formal não significa usufruir de palavras desconhecidas ao seu vocabulário ou rebuscar a linguagem até se tornar um texto arcaico.

A informalidade acontece através do uso de gírias, abreviações inadequadas e marcas de oralidade. Evite termos e expressões usadas na língua oral, como “aí”, “daí” “né”, e também abreviações como “ vc”, “td” e outras. As gírias também precisam ficar de fora! Nada de usar: “gringo”, “mano”, “cara”, “tá ligado”, ou qualquer outra expressão informal.

A Redação do ENEM: Erros ortográficos

Os erros gramaticais são super comuns na redação e fazem o vestibulando perder pontos consideráveis. Os erros considerados como “graves” são aqueles que são mais simples e que por isso não devem ser errados. Por exemplo, o uso de letras maiúsculas em nomes ou a grafia correta de palavras (como “a gente” e “agente”).

Para evitar perder pontos pela gramática, fique atento ao uso dos verbos em relação à concordância. Preste atenção também ao usar o pronome relativo “onde”, que por muitas vezes é usado de forma errada. Esteja atento ao uso da crase, da vírgula e acentuação.

Praticar a redação durante a preparação para o vestibular vai ajudar você a estar mais atento a esses erros. Escrita é prática e só melhora com o exercício contínuo de escrever.  

A Redação do ENEM: Proposta de intervenção

A proposta de intervenção é obrigatória na redação ENEM e normalmente ocasiona a perda de pontos por parte dos vestibulandos, que acabam por oferecer propostas rasas de resolução do problema. A proposta de intervenção precisa ser bem elaborada e detalhada, por isso fuja de clichês! Nada de falar sobre “conscientização das pessoas” para solucionar determinado problema,  é um dos maiores clichês da redação ENEM.

Para evitar esse tipo de erro no vestibular, fuja de propostas rasas, que são comuns de serem encontradas (os clichês). Desenvolva uma proposta elaborada que detalhe o que fazer, como fazer, os meios de se colocar em prática e os participantes da proposta.

bolsa de estudos graduação e pós quero bolsa

Esses são os erros mais comuns na redação ENEM, então preste bem atenção para não reproduzir esses erros no seu texto. Leia bastante, esteja atento sobre o que acontece ao seu redor e pratique a redação! Essa é a melhor forma de garantir menos erros no dia do vestibular! 😉

A Marina é graduanda em Letras pela UNIFESP. É orientadora pedagógica e monitora do Kuadro. Sabe tudo sobre língua portuguesa e redação. Tire suas dúvidas aqui nos comentários!

Blog Kuadro