Qual a importância da extensão universitária?

Se engana quem pensa que a vida do universitário se resume ao que ele aprende dentro da sala de aula. Em uma boa graduação, o aluno vai ter acesso a grupos de estudo, de pesquisa, iniciações científicas e cursos variados. Uma das atividades mais importantes extra-classe é a extensão universitária.

Ela faz parte do chamado tripé educacional junto com pesquisa e ensino. A principal função da extensão é a de conectar as universidades com as comunidades em que estão inseridas, desenvolvendo projetos incríveis e as beneficiando diretamente.

Mas, qual o ganho real que uma extensão pode trazer tanto pro aluno quanto para a sociedade?

Desenvolvimento do que aprendeu nas aulas – e descobrir coisas novas

Os alunos têm a oportunidade de explorar e desenvolver na prática o que aprendem no curso universitário. Existem sim alguns trabalhos onde você pode colocar a mão na massa durante a sua vida academica, mas são poucas vezes em que se  foge da teoria – e nenhuma tão profunda como a extensão.

O contato com a comunidade é direto. Ou seja, o aluno assume a mesma responsabilidade que qualquer outro trabalho. Além disso, você aprende atuando fora dos muros da universidade, o que te trará uma experiência incrivel.

Oportunidade de devolver o investimento da comunidade de forma clara

O investimento no ensino superior sempre retorna para a sociedade de alguma forma: melhores profissionais trabalhando no mercado, inovações que surgem através de pesquisa e teorias que ajudam a entender o nosso mundo. Mas a extensão mostra, de maneira prática, como os alunos contribuem para a comunidade.

Através dos projetos, eles desenvolvem serviços – a pouco ou baixo custo – que vão beneficiar de alguma forma as pessoas que vivem lá. Por exemplo, estudantes de psicologia podem prestar atendimento gratuito, estudantes de direito oferecer consultoria juridica e estudantes de jornalismo desenvolver um jornal do bairro.

Oportunidade de sair dos muros da universidade

Normalmente, as universidades se localizam em lugares mais afastados da cidade em si. Muitos estudantes passam a graduação inteira sem conhecer o local que vivem. Os projetos de extensão são uma forma de diminuir esse gargalo e fazê-los entrar em contato e se relacionar com aquele espaço.

Assim você aprende com as vivências e as histórias do local em que vive. É uma forma de você não apenas se aproveitar dos recursos do lugar e sim ajudar a desenvolver outros que estão lá.

Com a extensão universitária o aluno pode ter certeza de que está no lugar certo

A extensão é uma boa forma de você testar para ver se escolheu o curso certo na faculdade. Por explorar conhecimentos mais práticos e  variados, você consegue vivenciar o que você aprende em sala de aula.

Se parecer realmente interessante, bola pra frente e continua. Se não, pode ser a hora de repensar o seu curso. Além disso, ele pode fazer você perceber diversas habilidades não previstas, como a prática do ensino em um cursinho popular.

Gostou dessas dicas? Nós do Kuadro esperamos que vocês possam participar de projetos de extensão interessantes durante a vida universitária. Qualquer dúvida comente abaixo que teremos prazer em responder. Continue acompanhando nosso blog para mais novidades.

Quer arrasar no ENEM? Clique aqui

O Heitor é Jornalista e redator especialista em web. Escreve sobre curiosidades e assuntos gerais para tirar dúvidas dos nossos alunos e leitores. Se tiver aluma sugestão de tema, ou dúvida, é só deixar nos comentários!

Blog Kuadro