Qualidade do sono e o seu impacto no rendimento dos estudos.

Muitos alunos me perguntam sobre os melhores métodos de estudos para as provas e sobre estratégias para evitar a ansiedade, mas se esquecem de algo fundamental: a importância de dormir bem, principalmente nos dias que antecedem o vestibular. De acordo com um estudo da Universidade de Lübeck, da Alemanha, uma boa noite de sono está intimamente ligada à aprendizagem, comprovando essa necessidade para o estudante. 

É claro que em ano de vestibular você não vai passar mais de 10 horas seguidas dormindo sem se preocupar com a vida. Mas estabelecer pelo menos 8 horas vai contribuir para o seu desenvolvimento.

“Mas Bruno, eu não consigo dormir esse tempo todo!”. Calma, vou passar algumas técnicas para você ter noites de sono que te levem à aprovação. Confira! 

Tenha uma rotina

Ter uma rotina com horários preestabelecidos é o primeiro passo para que você consiga regularizar suas noites de sono. Por essa razão, respeite o período determinado para o seu descanso. Caso não tenha terminado as atividades até aquele momento, certamente você vai desenvolvê-las de forma muito mais prática no dia seguinte. 


E nada de ir para o celular assim que deitar na cama. A luz do aparelho contribui para nos despertar: isso sem falar que, quando a gente se distrai nas redes sociais, a hora passa sem nem nos tocarmos! O ideal é que você desligue todos os aparelhos eletrônicos cerca de 30 minutos antes de deitar será o período suficiente para o sono chegar! 

Pratique exercícios físicos  

A prática de exercícios físicos traz muitos ganhos para a nossa saúde. Evita doenças cardiovasculares, melhora a circulação, promove bem-estar físico e mental, além de permitir que tenhamos noites de sono mais tranquilas. 


Mas fique alerta: não é indicado fazê-las cerca de 3 horas antes do horário estipulado para o fim do seu dia, beleza? Isso vai contribuir para que você fique alerta e o efeito será contrário ao esperado.

Na sua agenda da semana, marque aquele período do dia destinado exclusivamente para a prática de exercícios. Caso more em centros urbanos com dificuldades de locomoção para locais apropriados, existem diversos canais na internet que ensinam alternativas para serem feitas em casa. Há, por exemplo, o Exercício em Casa, com aulas de yoga, pilates, entre outros exercícios que contribuam para dar mais tranquilidade. 

Tem também o Queima Diária, a maior plataforma de exercícios em casa do Brasil, com aulas completas para os seus objetivos. Use a criatividade!

Cuide também da alimentação

Uma dieta equilibrada também vai contribuir para que você desenvolva melhor os seus estudos. Alimentos leves no período da noite, por exemplo, vão exigir menos atividade do organismo para a digestão, permitindo melhores noites de sono. O ideal é optar por frutas, chás e sopas nas horas que antecedem o fim de seu dia, ou até mesmo um leite morno. 

Tenha um bom planejamento para o dia seguinte

“Bruno, mas eu sou muito ansioso!”. Eu sei, a ansiedade em ano de vestibular costuma bater. Mas atenção: se dá melhor quem consegue controlá-la. Para dormir melhor, eu indico que tenha um horário de estudos bem organizado do dia seguinte, com todos os horários definidos e as matérias que serão estudadas ao longo da semana. Assim, você vai ter a certeza de que tudo está bem e conforme o planejado! 


E então, o que achou de minhas dicas para dormir bem e conseguir desenvolver melhor os seus estudos? Passar no vestibular não é apenas estudar, mas um conjunto de práticas a serem adotadas em seu dia a dia. Pode ter certeza que, fazendo a sua parte, os resultados positivos vão chegar com facilidade!

Conhece algum outro método para dormir melhor? Deixe o seu comentário!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Kuadro