Redação nota 1000

Redação nota 1000: existe receita?

Todo vestibulando sabe que para ter um bom resultado em qualquer vestibular é preciso não só mandar bem nas questões, mas também desenvolver uma boa redação. E para produzir um bom texto é necessário respeitar a estrutura desse tipo textual e estar adequado à proposta e tema definidos pelo vestibular. Mas é possível conseguir a nota 1000?

Neste post nós vamos descobrir se de fato existe um macete para consegui-la e, claro, te dar algumas dicas sobre como mandar bem na criação do seu texto. Vamos lá?

Existe um macete para fazer uma redação nota 1000?

Se você é vestibulando deve estar torcendo para a resposta ser sim, mas na realidade é preciso dizer que não. Não existe uma receita mágica para a sua redação funcionar bem em qualquer tema ou proposta.

Existe uma estrutura a ser seguida, como acontece em qualquer gênero textual. Essa estrutura, quando respeitada e em conjunto com uma boa articulação de ideias, é o melhor caminho para uma redação nota 1000.

Muitas vezes, achamos que se utilizarmos determinadas referências, sendo sociólogos, filósofos, pensadores, etc, e atribuir a eles pensamentos, ideais e teorias, vamos estar fortalecendo nossa argumentação e desenvolvendo o texto de forma mais adequada. Isso não é uma mentira, desde que todas essas informações estejam organizadas dentro de um tema e dialoguem com as ideias presentes no seu texto.

Mas não basta escolher um período histórico, ou um sociólogo, pensador, teorias, dados de pesquisas e outras referências, e achar que esses dados poderão ser usados em qualquer tema ou proposta. Para uma redação nota 1000 é necessário sim embasamento teórico, mas obviamente algo que esteja de fato relacionado à coletânea de texto ou proposta articulada.

Então eu não posso utilizar sempre as mesmas referências nos meus textos?

As referências que você utiliza para argumentar ou criar um texto mais rico devem sempre ser consideradas do zero. Não leve em consideração que existe uma referência mágica que irá caber em qualquer texto, tema ou proposta de vestibular.

Aliás, se você procura utilizar as mesmas informações para todos os seus textos, tome cuidado! A correção do vestibular sempre avalia a originalidade e capacidade criativa de quem escreve.

Por isso, não é legal você tentar usar uma única referência como um macete para enquadrar em qualquer tema de redação. Você corre o risco de não adequar as referências às propostas e ainda perder pontos pelo uso de clichês.

 O que vale mais é a sua originalidade e capacidade de desenvolver um bom texto do zero, independente do tema a ser discorrido.

Como alcançar a redação nota 1000?

Essa receita de fato não existe, mas temos muitas dicas para ajudar você a construir um bom texto:

#Dica 1:

Leia com muita atenção a coletânea de textos disponíveis na sua prova (literalmente na prova toda). Todos os textos de história, filosofia, sociologia e português poderão ajudar você a construir a sua redação.

#Dica 2:

Fique atento às notícias atuais. Estar contextualizado sobre os acontecimentos do país e do mundo te ajuda a se posicionar acerca do tema e desenvolver uma argumentação coerente com a sua tese.

#Dica 3:

Os estudos da Filosofia e Sociologia, bem como a História, irão ajudar muito na compreensão de determinados temas. Eles também vão te ajudar na hora de utilizar referências que fortalecem seus argumentos e constroem o desenvolvimento do seu texto.

É a partir desse conhecimento que o vestibulando consegue construir um bom texto, sem apelar para um macete. Afinal, não precisa de uma receita mágica quando se sabe discorrer sobre qualquer assunto, certo?

#Dica 4:

Respeite a estrutura da redação e, principalmente, leia a proposta com bastante cuidado.

A estrutura da redação dissertativa-argumentativa (uma dos tipos textuais mais cobrados nas redações de vestibulares) é um exemplo.

Você deve iniciar com uma introdução sobre o assunto e expôr sua tese (fazendo uma alusão do tema à períodos históricos, contextualizando o assunto).

Após a introdução faça um novo parágrafo para o desenvolvimento, argumentando e utilizando as referências necessárias para uma boa argumentação.

E por fim vem a conclusão, no qual deve-se retomar a tese (ideia principal) e fazer suas considerações finais. Caso o vestibular solicite uma proposta de intervenção, é nesse parágrafo que ela deve estar presente.

Viu só? Não é necessário uma receitinha mágica para a redação nota mil! Basta estar atento à estrutura da redação, respeitar o tema e organizar as ideias de modo coerente.

Veja na aula abaixo dicas sobre falhas na argumentação e mais sobre a construção de uma redação nota 1000:

O que achou deste texto? Esperamos que tenha gostado!

Você pode ler outros textos sobre redação no Blog do Kuadro:

Redação Enem – Como Atingir a Nota 1000

Especialista ensina passo a passo da redação do Enem

A Marina é graduanda em Letras pela UNIFESP. É orientadora pedagógica e monitora do Kuadro. Sabe tudo sobre língua portuguesa e redação. Tire suas dúvidas aqui nos comentários!

Blog Kuadro