Chat with us, powered by LiveChat
Resumo Teórico - Separação de Misturas Homogêneas

Separação de Misturas Homogêneas

No resumo anterior tratamos de algumas técnicas para separação de misturas heterogêneas. Nesse resumo abordaremos as técnicas de separação de misturas homogêneas.

Destilação

Provavelmente a técnica mais utilizada em laboratórios para separar misturas. Baseia-se na diferença de pontos de ebulição dos componentes. A destilação pode ser simples ou fracionada.

Destilação Simples

Separa uma mistura homogênea de sólido com líquido, ou seja, quando o sólido encontra-se dissolvido na fase líquida. A amostra é aquecida em um balão de destilação onde começa a entrar em ebulição formando vapor (Figura 1). A substância com menor ponto de ebulição da mistura irá vaporizar primeiro. Conectado ao balão está o condensador, por onde o vapor passará e voltará ao estado líquido. Aqui ocorre um abaixamento de temperatura promovido pela passagem contínua de água nas laterais do condensador. Após a passagem pelo condensador, o líquido é recolhido em um recipiente apropriado e passará a se chamar destilado. Ao término da destilação, a parte sólida restará no balão de destilação.

Figura 1 – Destilação simples

Destilação Fracionada

Na destilação fracionada o balão de destilação está conectado a uma coluna de fracionamento e esta, por sua vez, está conectada ao condensador (Figura 2). No condensador o vapor se liquefaz e escoará para o recipiente onde será recolhido. A coluna de fracionamento possui dentro dela inúmeras barreiras físicas, “dificultando” a passagem do vapor, que vai sendo purificado à medida que passa pela coluna. Quanto maior a coluna, maior a possibilidade de separação dos componentes da mistura. Por esse processo podemos separar dois ou mais líquidos.

O uso mais emblemático desse processo é a separação dos derivados de petróleo (gasolina, querosene, óleo diesel, etc.).

Figura 2 – Destilação fracionada

Evaporação

Caracterizado como um processo lento, onde se separa uma fase sólida que está dissolvida na fase líquida. Processo clássico de obtenção do sal de cozinha proveniente da água do mar. A água do mar é represada nas salinas, onde é evaporada naturalmente pela ação dos ventos e aquecimento solar.

Acabamos de ver os métodos mais comuns para separação de misturas, mas é importante lembrar que, em alguns casos, é necessário utilizar mais de um método de separação para se obter uma substância.

Além disso, para certas misturas, podemos usar diferentes técnicas e chegar a um mesmo resultado. Por exemplo, para a separação de sal de cozinha (cloreto de sódio) dissolvido em água, podemos usar a evaporação ou a destilação.

Para a escolha adequada é necessário avaliar o tempo disponível, o custo envolvido e a disponibilidade de aparelhagem e reagentes.

Para treinar:

(ENEM) A farinha de linhaça dourada é um produto natural que oferece grandes benefícios para o nosso organismo. A maior parte dos nutrientes da linhaça encontra-se no óleo desta semente, rico em substâncias lipossolúveis com massas moleculares elevadas. A farinha também apresenta altos teores de fibras proteicas insolúveis em água, celulose, vitaminas lipossolúveis e sais minerais hidrossolúveis.

Considere o esquema, que resume um processo de separação dos componentes principais da farinha de linhaça dourada.

O óleo de linhaça será obtido na fração

a) Destilado 1

b) Destilado 2

c) Resíduo 2

d) Resíduo 3

e) Resíduo 4

Gostou deste Resumo Teórico? Deixe seu comentário e continue acompanhando o Blog e o Canal do Kuadro!

Blog Kuadro