Como se dar bem em testes de múltipla escolha?

Provas de múltipla escolha… Nós do Kuadro já vivemos na pele essa fase que você está vivendo agora. O tempo é curto, o emocional está abalado, há uma pressão, nunca dá tempo de estudar tudo o que cai, enfim, há muito em jogo. Sua vida nos próximos anos depende de três, quatro, cinco horas que seja. Muito pouco tempo para decidir um futuro de possibilidades que há pela frente.

Nós do Kuadro nos preocupamos com o seu futuro, e é justamente por isso que viemos neste texto ajudar você a ir melhor em provas de múltipla escolha. Novamente será feito um estudo de caso.

Primeiramente, vamos fazer uma tabela para organizar informações:

Vestibular

Nº de questões

Tempo de prova

Tempo por questão

ENEM (Sem redação)

90

4,5 h

3 min

1ª fase FUVEST

90

5 h

3 min 20 s

Prova Objetiva – IME

40

4 h

6 min

ITA

30

4 h

8 min

Apesar de na nossa estatística breve o ITA incrivelmente ter aparecido com o maior tempo por questão, vale lembrar que na conta acima está incluso o tempo das questões discursivas (são 10 questões discursivas). Admitindo que a maior complexidade das questões seja para as questões discursivas, isso também deixa o vestibulando ITA com pouco tempo para os testes.

Portanto, o aluno que quer ser aprovado nestes vestibulares precisa ganhar tempo nos testes. Neste texto apresentamos mais uma dica que vai ajudar você a ganhar tempo nos testes.

A gente abordou vários assuntos utéis para você que está se preparando para vestibulares de medicina e de engenharia neste momento. Falamos sobre estratégia de prova, sobre ler as questões primeiro e o texto depois e até sobre questões que tentam te prejudicar durante uma prova. Hoje nós vamos abordar dicas importantíssimas para você aumentar a eficiência em provas, vestibulares e concursos de um modo geral.

A dica de hoje é que examinadores elaboram questões para provocar indecisão no candidato. O melhor jeito de entender isso é um estudo de caso. Vamos olhar, por exemplo, essa questão do vestibular do ITA de 2016, prova de Matemática.

Perceba que todas as alternativas possuem 3/2 como elemento no canto superior esquerdo de cada matriz. Portanto, é óbvio que a resposta certa deve ter 3/2 no canto superior esquerdo das alternativas também.

O interessante, no caso dessa questão, é olhar para o canto inferior esquerdo das alternativas. Perceba que as alternativas C, D, E tem todas 13/2 como elemento no canto inferior esquerdo da resposta. Partindo do princípio de que examinadores querem que vocês fiquem indecisos nas questões, é bastante lógico concluir que provavelmente uma das alternativas C, D, E é a correta.

Se você estiver disposto a correr um risco maior, você pode ficar brincando com as alternativas C, D, E e chutar uma delas, mas a certeza de você acertar a questão diminui bastante.

Conclusão: Segundo o gabarito oficial do vestibular, a resposta correta é a alternativa C, conforme previmos. Ou seja, sabendo que examinadores querem que você fique indeciso você pode ficar menos indeciso, curiosamente! E aplicando essa dica você aumenta as suas chances de acerto em testes de múltipla escolha!

Acompanhe o Kuadro para mais dicas valiosas dessas!