Tempos verbais no Inglês: Verb Tenses I

Como já sabemos, os vestibulares mais importantes, hoje em dia, têm como foco para a prova de  inglês a interpretação de texto. Mesmo assim, conhecer sobre os tempos verbais (Verb Tenses) pode facilitar muito a sua interpretação. Por isso, preparamos para você o resumo de Verb Tenses I, que vai tratar de alguns tempos verbais do inglês. Mas primeiro, vamos entender como funcionam os tempos verbais do inglês:

Como funcionam os Verb Tenses?

No inglês, os verbos vão ser conjugados em tempos verbais, que serão combinações de duas características:

Então, os Verb Tenses no inglês são resultado das combinações possíveis entre uma dimensão temporal e um tempo verbal. Hoje, no resumo de Verb Tenses I, vamos estudar a ligação da dimensão temporal presente com o tempo verbal simple (= simple present) e continuous (= present continuous).

Simple Present (ou Present Simple)

O Simple Present é um dos tempos verbais mais fáceis de todo inglês. Ele equivale ao nosso Presente do modo indicativo. Vamos começar estudando a estrutura, ou seja, a formação da conjugação de um verbo no Simple Present.

  • Formação

Para conjugar um verbo no Simple Present, o processo é muito simples. Vamos partir de um verbo no infinitivo, por exemplo: to like (=gostar)

Para conjuga-lo no Simple Present, devemos apenas remover o “to”. Exatamente! A estrutura do verbo vai continuar igual, ou seja, “like”. A única mudança que vamos ter é na terceira pessoa do singular (he, she, it). Para ela, teremos que acrescentar um “s” no fim do verbo. Então, a conjugação do verbo to like no Simple Present seria assim:

I like

You like

He/she/it likes **

We like

You like

They like

Simples não é? Só não se esqueça da mudança que acontece na terceira pessoa do singular! Agora que já sabemos como é a formação do Simple Present, como usamos ele?

  • Uso

Como dito antes, o uso do Simple Present é muito parecido com o Presente do modo indicativo no português. Então, de forma geral, usamos o Simple Present para expressar:

1. habitualidade, coisas do dia a dia

I study all the time (= eu estudo o tempo todo)

She usually gets up at six (= ela geralmente se levanta as seis)

We never stay home on Saturdays (= nós nunca ficamos em casa no sábados)

2. verdades universais, fatos verdadeiros

If you heat water to 100 degrees celsius, it boils (= se você esquentar a agua a 100 graus Celsius, ela ferve)

The sun rises in the east (= o sol nasce no leste)

Water consists of hydrogen and oxygen (= a água consiste em hidrogênio e oxigênio)

3. situações que são verdade nas circunstâncias atuais

He starts his new job tomorrow (= ele começa seu emprego novo amanhã)

Sally works at Google (= Sally trabalha na Google)

Your plane takes off tomorrow at 9 pm (= seu avião decola amanha às nove da noite)

Simples, não é? Agora, como você faria para negar uma frase ou fazer uma pergunta com o Simple Present? Para fazer isso, vamos precisar de uma ajuda, de um verbo auxiliar: o verbo TO DO.

  • O Verbo Auxiliar

Para negar e fazer perguntas no Simple Present, vamos precisar da ajuda do verbo “to do”, que nesse caso vamos chamar de verbo auxiliar. Para negar uma frase, por exemplo, vamos precisar colocar o “not” nela. É ai que o verbo “to do” aparece. Olhe o exemplo:

I like chocolate (= eu gosto de chocolate)

I don’t like chocolate (= eu não gosto de chocolate)

*don’t é a união de “do + not”.

Agora, olhe o que acontece quando negamos uma frase na terceira pessoa do singular:

She likes chocolate (= ela gosta de chocolate)

She doesn’t like chocolate (= ela não gosta de chocolate)

* doesn’t é a união de “does + not”

Com isso, aprendemos duas coisas sobre o uso do verbo auxiliar no Simple Present:

1. Quando usamos ele, temos que conjuga-lo no Simple Present. Assim:

I do

You do

He/She/ It does **

We do

You do

They do

2. Quando usamos ele, o verbo principal da nossa frase fica no infinitivo. É o auxiliar que assume a conjugação do Simple Present

Ex: she likes —> She doesn’t like

Esses detalhes são essenciais para você não errar no Simple Present. Então fique atento para o uso adequado dos auxiliares.

Agora que já vimos o Simple Present, está na hora de ver o outro tempo verbal: o Present Continuous

Present Continuous (ou Present Progressive)

O Present Continuous, que também pode ser chamado de Present Progressive, será a união da dimensão temporal presente com o tempo verbal Continuous. A primeira tarefa, então, é entender a estrutura desse tempo verbal.

  • Formação

Observe as frases abaixo:

I am studying right now (= eu estou estudando agora)

She can’t go. She is working (= ela não pode ir. Ela está trabalhando)

We are cooking dinner (= nós estamos fazendo o jantar)

Olhando para os exemplos, você pode perceber que os verbos grifados parecem ter duas partes. Justamente! As Continuous Tenses são formadas por um verbo auxiliar e um verbo principal:

Como você pode observar, o verbo auxiliar na Continuous Tense vai ser o verbo “to be”. E como esse verbo “to be”está? Conjugado no presente (am, is, are)! Por isso chamamos isso de Present Continuous. Ok, e o verbo principal? Nele colocamos o sufixo -ING. Então essa será a formação do Present Continuous:

Agora que já sabemos como formar esse tempo verbal, vamos entender do seu uso

  • Uso

A ideia das Continuous Tenses é indicar uma ação que tem continuidade, que está em progresso. Então, de forma geral, usamos o Present Continuous para expressar:

1. uma ação que está acontecendo no momento da fala

The students are talking to the teacher at this moment (= os alunos estão falando com o professor nesse momento)

The boy is playing in the backyard right now (= o menino está brincando no quintal agora)

Please, quiet! The baby is sleeping (= por favor, silêncio! O bebê está dormindo)

2. um fato que está em progresso nas atuais circunstâncias

Mary is working at IBM (= Mary está trabalhando na IBM)

The children are growing quickly (= as crianças estão crescendo rápido)

Your English is improving (= seu inglês está melhorando)

3. algo que foi planejado e que ocorrerá no futuro

What are you doing next week? (= o que você vai fazer semana que vem?)

I am traveling to Italy next year (= eu vou viajar para Itália ano que vem)

We are having dinner together tonight (= nós vamos jantar juntos hoje a noite)

Agora que já sabemos como conjugar um verbo na Present Continuous Tense e como usar esse tempo verbal, precisamos falar sobre os Nonprogressive Verbs.

– Non-progressive Verbs ou Stative Verbs

Os Nonprogressive Verbs (também chamados de Stative Verbs) são verbos que não expressam um movimento. Eles geralmente se referem a:

  • estados mentais (ex: know, believe, think);
  • estados emocionais (ex: love, hate, fear) e
  • sentidos (ex: see, smell, hear)

Já que esses verbos não expressam um movimento, eles não podem ser usados nas Continuous Tenses. Olhe o exemplo abaixo. Aqui vamos fazer uma frase com o verbo “to see” (= ver), ou seja, um verbo que expressa um sentido:

I am seeing a car coming by (incorreto)

I see a car coming by (correto)

Então, não esqueça que com os Nonprogressive Verbs não usamos as Continuous Tenses. Você pode assistir um trecho da aula da professora Ana Catarina sobre esses verbos estáticos do inglês.

That’s it! Nesse resumo de Verb Tenses I, aprendemos sobre o Simple Present e o Present Continuous. Sabendo sobre esses tempos verbais do inglês, você já está mais capacitado para interpretar os textos na hora da prova. Não deixe de estudar os outros assuntos importantes para mandar bem na prova de inglês. 

Quer saber mais? Encontre cursos online sobre Verb Tenses (tempos verbais em inglês)!

A Ana Catarina, apesar do sobrenome Alemão é formada em Letras Ingês na UNICAMP. Ela é monitora e professora do Kuadro. Wanna speak english, do it in out comments section!

Blog Kuadro