Densidade dos gases

Densidade dos gases

A densidade dos gases é expressa nada mais do que pela razão entre a massa e o volume ocupado pelo gás nas condições de temperatura e pressão nas quais se encontra. Apesar de simples, tal conceito é de fundamental importância para resolver questões de vestibulares que o abordem (tanto em Química no ENEM, como também em Física no ENEM) e que você não pode deixar de fazer!

Neste resumo teórico, abordaremos de forma objetiva os conceitos de densidade absoluta e densidade relativa dos gases e como calculá-las!

Densidade Absoluta dos Gases

Como já dissemos a densidade dos gases é dada por

densidade dos gases

Mas, na grande maioria das questões de vestibulares, incluindo o ENEM, o que se pede é o cálculo das densidades dos gases por meio da Equação dos gases ideais (ou Equação de Clapeyron) dada por:

densidade dos gases

em que

densidade dos gases

Substituindo o n (número de mols) na equação acima, temos:

densidade dos gases

Agora, isolando o termo da densidade na equação, vem:

densidade dos gases

Lembre-se que, nas CNTP, o volume de 1 mol de gás ideal vale 22,4 L. Assim, se for dada a massa de 1 mol de gás e for dito que o mesmo se encontra nas CNTP, não perca tempo! Faça direto:

densidade dos gases

(em g/L, geralmente)

Isso pode lhe poupar um tempo precioso!

Banner geral

Densidade Relativa dos Gases

Já se perguntou por que balões de ar quente são capazes de subir (flutuar) na atmosfera terrestre ? Ou por que existe aquele vento suave do continente para a praia à noite?

As respostas estão relacionadas com a densidade relativa dos gases. No primeiro caso, o balão de ar quente sobe, pois o ar quente em seu interior é menos denso que o ar atmosférico (mais frio). Já no segundo caso ocorre algo parecido: à noite, a água do mar está mais quente que a areia da praia, o que faz com que o ar em contato com a água se aqueça mais e suba (por ser menos denso que o ar mais acima da água). Isso cria uma região de baixa pressão sobre a água, promovendo um fluxo de ar do continente para o mar.

Todos os fatos listados acima podem ser facilmente entendidos matematicamente com auxílio da fórmula de densidade gasosa.

densidade dos gases

Observe que quanto maior a temperatura, menor é a densidade do gás e quanto menor a temperatura, maior a densidade do gás.

Às vezes, opta-se por fornecer a densidade relativa entre dois gases como uma razão entre a densidade dos gases (Absolutas). Assim, faz-se:

densidade dos gases

onde d1 é a densidade do gás 1 e d2 é a densidade do gás 2.

Tranquilo, né?

Esperamos que tenha aproveitado esse resumo teórico sobre densidade dos gases e que garanta essa questão certa no ENEM! Bons estudos e Até a Próxima!

Conteúdos relacionados:

LOGO-KUADRO-branco

PDF – MÉTODO KUADRO DE APROVAÇÃO

Preencha o formulário e receba o seu PDF