3 dicas infalíveis para ler os livros que caem no vestibular

Vamos combinar que, com tanta coisa legal para fazer por aí, a última coisa que queremos é sentar para ler um livro escrito em 1800!

Pode confessar! Quando você vai checar a lista dos livros obrigatórios para o vestibular, cruza os dedos para encontrar “Harry Potter” ou “Game of Thrones”, não é verdade?

Nós podemos imaginar, mas a realidade está mesmo em títulos clássicos como “Iracema” e “Dom Casmurro”: os mais cobrados no Enem e nos vestibulares que garantem vaga nas melhores universidades do Brasil.

Por essa razão, os redatores do blog do cursinho online Kuadro decidiram te ajudar. Vamos deixar você por dentro das obras exigidas pelos principais vestibulares do país e, de quebra, mostrar que dá para curtir a leitura dos grandes nomes da literatura nacional e mundial.

A professora Érica Heredia, que dá orientação pedagógica aos alunos da plataforma Kuadro, tem ótimas dicas para acelerar as leituras e fixar o conteúdo dos livros. Depois desse guia completo você vai ficar com as histórias na ponta da língua e deixar todos os concorrentes para trás!

  1. A maioria dos clássicos apresenta um português formal, que não usamos mais no cotidiano. A primeira dica, então, é procurar o significado das palavras desconhecidas. Não precisa ficar folheando o dicionário, hoje existem aplicativos e sites que dão conta disso rapidinho!

  2. Como absorver a grande quantidade de livros recomendados? A palavra de ordem aqui é “organização”. A lista de leituras é divulgada com bastante antecedência, então monte um cronograma. Estipule horários de leitura e estabeleça metas que te motivem a progredir.

  3. Para fixar o conteúdo lido, a dica valiosa é fazer uma ficha ou resumo para cada livro. Isso ajudar a reter partes importantes da história e pode ser usado mais perto da prova. O aluno pode relembrar os principais aspectos da obra relendo suas anotações.

Fazer essa ficha é simples: o aluno deve separar cartões pautados ou folhas soltas e, após realizar a leitura completa da obra, ele deve anotar as seguintes informações: contexto histórico no qual a obra está inserida, escola literária a qual pertence, ideias gerais e valores da obra na literatura brasileira ou mundial, personagens principais, enredo e biografia básica do autor.

Agora que você já está munido de todas as informações que precisa, só falta pegar um cafezinho ou um chocolate quente e aproveitar a sua leitura! Boa sorte!

A seguir, a lista de livros obrigatórios dos vestibulares de 2021 mais disputados do Brasil:

LIVROS QUE CAEM NA FUVEST

  • Poemas Escolhidos, de Gregório de Matos

  • Quincas Borba, de Machado de Assis

  • Claro Enigma, de Carlos Drummond de Andrade

  • Angústia, de Graciliano Ramos

  • A Relíquia, de Eça de Queirós

  • Mayombe, de Pepetela

  • Campo Geral, de Guimarães Rosa

  • Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meireles

  • Nove Noites, de Bernardo Carvalho

Banner geral

LIVROS QUE CAEM NA UNICAMP

  • Sonetos selecionados pela Comvest – Luís de Camões    

  • Sobrevivendo no Inferno – Racionais Mc’s

  • O espelho – Machado de Assis

  • O marinheiro – Fernando Pessoa

  • A falência –  Júlia Lopes de Almeida    

  • O Ateneu – Raul Pompéia 

  • Sermões selecionados pela Comvest – Antonio Vieira

 

LIVROS QUE CAEM NO VESTIBULAR DA UERJ

  • Triste fim de Policarpo Quaresma – Lima Barreto: 1º Exame de Qualificação

  • Assim na terra como embaixo da terra – Ana Paula Maia: 2º Exame de Qualificação

  • 1984 – George Orwell: Prova de Redação

  • Os sonetos – Luiz de Camões: Prova de Língua Portuguesa e Literaturas

 

LIVROS QUE CAEM NO VESTIBULAR DO ITA

  • O alienista – Machado de Assis

  • São Bernardo – Graciliano Ramos

  • A hora e a vez de Augusto Matraga – Guimarães Rosa

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) ainda não divulgou as obras do seu vestibular de 2021, então essas obras são as que caíram no vestibular 2020.

Se você vai fazer o ENEM, prestar a Fuvest, tentar a Unicamp ou o ITA deve ter se assustado com essa quantidade de livros. São muitos vestibulares, muitos conteúdos e pouco tempo… Mas fazer a leitura dos livros exigidos colocará você à frente de seus concorrentes. Estude cada obra na íntegra.

Curtiu esse post? Deixe seu comentário!

Continue acompanhando o Blog do Kuadro e assista às nossas aulas gratuitas e vídeos informativos no nosso canal do YouTube!

O valor do apoio da família para a aprovação de Bianca

Passar no vestibular é um feito que envolve muitas pessoas. O aluno aprovado é o principal agente nesse processo. Mas a presença de pessoas que o apoiem é essencial para que ele possa dar o seu melhor. No caso de Bianca Campos, o apoio da família teve bastante influência em sua aprovação em Medicina na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).
O anseio dos pais em ajudar os filhos é grande. Eliane Campos, mãe de Bianca, conta: “eu e meu marido sempre nos preocupamos bastante de ela estar preparada pra fazer as provas”.
A dificuldade de conseguir a aprovação pode gerar muito estresse nos vestibulandos. É aí que entra o apoio da família. O carinho e o cuidado dos pais com os filhos nessa etapa faz com que eles se sintam amparados.
O pai de Bianca, Anivaldo Campos, acredita que o papel de pais inclui também esse incentivo aos filhos. Segundo ele, a função dos pais é “dar o suporte necessário para eles terem tranquilidade de enfrentar os desafios”.

O Kuadro na visão da família

Bianca, que é de Lins, no interior de SP, mas morava em Limeira, também no interior. Em Limeira teve dificuldade de encontrar um cursinho pré-vestibular que atendesse ao que ela precisava.  
Eliane conta que “o grande obstáculo era não ter um curso específico”. O sonho da Medicina exigia muito e ela precisava se aliar às pessoas certas.
Foi quando Bianca descobriu o Kuadro. Ao sair do vestibular do ITA, que  prestou no 2º ano do Ensino Médio, a jovem viu a divulgação do curso.
Inicialmente, Eliane ficou receosa de apostar na plataforma para o futuro da filha. Mas percebeu que era uma boa escolha. “Quando eu via que ela estava feliz e que estava só evoluindo, a gente percebeu que se encaixou perfeitamente no perfil dela”, afirma.
Anivaldo também acredita que o curso deu bons resultados para o que a filha necessitava. “O Kuadro foi surpreendente. Apresentou uma estrutura pedagógica que deu tudo que ela precisava para se desenvolver”, conta o pai.

O apoio da família Campos

O carinho nesse núcleo familiar sempre existiu. Bianca conta: “Meus pais sempre foram muito apoiadores de todos os meus sonhos. Me incentivaram a correr atrás do melhor e do que eu quisesse”.
No período do vestibular, esse apoio foi ainda mais intenso. A jovem afirma que, durante o processo, os pais estiveram nos bastidores cuidando dela para que ela se concentrasse nos estudos.
Anivaldo acrescenta ainda a felicidade de ajudar a filha: “foi muito bom poder continuar dando suporte para ela nesse ano, acompanhando o desenvolvimento dela”.
A aprovação em Medicina na UNICAMP veio e Bianca agradece: “foi muito bom saber que eles confiavam em mim e acreditavam que eu fosse passar. Foi essencial”.

A importância da orientação pedagógica para Bianca

Que a dedicação para passar no vestibular é exclusiva do aluno todos sabemos. Mas será que existem outras pessoas importantes para conquistar a vaga no tão desejado ensino superior? A jovem Bianca Campos, aprovada em Medicina na UNICAMP e na UNESP, garante que sim. A orientação pedagógica oferecida pelo Kuadro ajudou Bianca a ter a garra para continuar estudando.

“A orientação sempre está ali para te apoiar, as meninas perguntam como você está indo no curso, se está tudo bem, se você está passando por algum problema. Isso é muito importante pra gente conseguir manter o sonho”, afirma a aprovada. 

Autonomia no estudo

Por ser para cada aluno, esse acompanhamento torna-se ainda mais proveitoso para quem quer passar no vestibular.
Atualmente a equipe pedagógica da plataforma conta com 17 orientadores. Cada aluno tem o seu orientador, que vai observar e verificar o processo de aprendizado e desenvolvimento do aluno.
Maíra Costa, que foi orientadora da Bianca durante o período de estudos no Kuadro, relata como foi o desenvolvimento da jovem: “Ela sempre foi uma aluna muito independente e consciente de suas responsabilidades. Durante a orientação dela focamos mais em acertar a rotina para que ela pudesse render mais e melhor nos estudos”.
“Eu acho bom ser personalizado, porque cada um vai aprendendo no seu ritmo. Nisso o Kuadro dá muita chance, você vai tendo autonomia no seu próprio estudo, é ótimo”, afirma Bianca.

Relação próxima

No Kuadro, o contato entre orientador e orientando une estímulo, “puxão de orelha” e elogios – tudo de acordo com o movimento do aluno. É função da orientação pedagógica acolher o aluno quando ele estiver com alguma dificuldade e motivá-lo a não recuar nos estudos.
Maíra acrescenta sua visão sobre Bianca: “O ponto mais positivo dela era a postura de vir até mim quando encontrava um problema que não conseguia vir sozinha. Esse comportamento aliado ao esforço foram responsáveis pela mais que merecida aprovação”.
Bianca conta: “Se estiver com algum problema você conversa com elas, em relação a simulados, desânimo. E aí conta pra elas o seu resultado, elas ficam felizes por você”.

Mas só a orientação pedagógica não resolve tudo…

O trabalho do orientador é garantir que o desempenho do aluno evolua ao longo do seu processo de estudos. Mas a união desse acompanhamento ao empenho pessoal de cada estudante é o ideal para garantir a aprovação dos sonhos!
O que achou desse post? Continue acompanhando nosso Blog e o nosso Canal para mais conteúdos sobre vestibular!

Aulas grátis para o ENEM

Medicina na UNICAMP: a conquista de Bianca com o Kuadro

A jovem Bianca Campos, nascida em Lins/SP, sempre teve facilidade nas disciplinas de exatas. No ensino médio, cursou o Colégio Técnico da Unicamp e, durante esse período, acreditou que deveria optar pela carreira de Engenharia. Contudo, Bianca sempre nutriu internamente o sonho de fazer Medicina e ajudar as pessoas. Por isso, no período do vestibular, dividiu-se entre as duas carreiras.
“Meus pais sempre me incentivaram a fazer Engenharia, porque eu era boa em exatas, mas eu ainda não estava segura se era essa área que eu queria seguir”, conta a jovem. Bianca prestou os vestibulares do ITA, da AFA e da EsPCEx no 2º ano do Ensino Médio, mas ainda não estava convencida.
Com o apoio de outro membro da família, o sonho falou mais alto. “Eu tenho uma tia médica que me ajudou bastante nessa decisão. Passei uns dias no consultório com ela, vi como é o dia a dia da profissão. Foi bem emocionante e importante para eu decidir fazer Medicina.”

A dificuldade para encontrar um cursinho para Medicina

O sonho de Bianca, no entanto, exigia muita dedicação e parecia distante. Não havia nenhum cursinho focado em ciências médicas em sua cidade (Lins/SP), nenhuma alternativa que parecesse viável.
Foi quando a jovem lembrou-se de um cursinho online que havia conhecido em um dos vestibulares que prestou: “Eu conheci o Kuadro saindo da prova do ITA, no meu 2º ano do Ensino Médio, e a equipe estava lá fazendo a divulgação.”

Kuadro aproxima Bianca de seu sonho

Em busca de uma ponte para chegar ao curso de Medicina, Bianca procurou o Kuadro e encontrou no cursinho online o que procurava: “É uma plataforma ótima para quem não tem um cursinho perto. Tem ótimos professores, todo o material já separado. Você não tem que buscar nada por fora.”
Quando chegou o período das primeiras fases dos vestibulares, a jovem estava preparada: fez as revisões do Kuadro, ganhou confiança e foi tranquila fazer as provas.
Nas segundas fases, a segurança aumentou ainda mais, pois conhecia bem o conteúdo: “Foi muito bom ver que várias questões tinham assuntos que eu tinha estudado, tinha revisado no caderno havia pouco tempo”, afirmou Bianca.

Emoção: aprovada em Medicina na UNICAMP

O resultado da UNICAMP, que em 2018 foi antecipado em um dia, surpreendeu Bianca positivamente.
Ao receber uma mensagem da tia com os dizeres “Parabéns! UNICAMP 2018!”, ela logo foi confirmar: “Procurei meu nome desesperada e estava lá mesmo, convocada! Fiquei muito feliz, chorei, foi muito bom.”
Dias depois, Bianca ainda recebeu a notícia da aprovação em Medicina na UNESP,  no campus de Botucatu/SP. Feliz com suas aprovações em duas universidades de ponta, a jovem teve ainda a possibilidade de escolher onde estudar.
O Kuadro foi a escolha certeira para Bianca alcançar seu sonho com sucesso: “Rende bem mais que um cursinho presencial por se adequar a cada aluno”.

Estatísticas dos aprovados no vestibular do ITA

Se você pretende entrar em escolas como ITA, IME, AFA, Escola Naval, Fuvest e Unicamp, prepare-se para estudar muito, desenvolver uma boa base e cair pelo menos uma vez pelo caminho antes de alcançar sua redenção. 

É preciso conhecer o desafio para vencê-lo

Antes de você prestar vestibulares concorridos como ITA, IME, Escola Naval, AFA, Fuvest e Unicamp é preciso conhecer o tamanho do desafio. Só assim você poderá vencê-lo. Para te ajudar nessa trajetória, preparei este estudo sobre algumas estatísticas dos aprovados no ITA. Não é uma análise exaustiva, mas é bastante aprofundada e vai te dar uma boa visão sobre o que esperar na caminhada até sua aprovação.

Nota de corte e média dos aprovados

Nos últimos 5 anos, a nota de corte do ITA ficou entre 61 e 71, em um máximo de 100 pontos.

Evolução de notas no vestibular do ITA
Fonte: vestibular.ita.br

Uma conclusão importante é que a concorrência não é entre os alunos como num vestibular para medicina, onde a nota de corte beira os 100%. Mas o desafio é realmente a prova.

Para conquistar a aprovação, você pode deixar algumas questões em branco. Isso facilita a vida de quem desenvolve uma boa estratégia de prova. Ao invés de resolver todas as questões, inclusive aquelas que tomam bastante tempo, você deve deixar essas questões maiores para o final e só resolver se houver tempo sobrando mesmo, o que é muito difícil de acontecer no vestibular do ITA. Portanto, comece pelas questões fáceis e vá resolvendo tudo até alcançar seus 70-75%.

Estatística de aprovações do ITA
Fonte: vestibular.ita.br

O histórico da prova de Português mostra, nessa disciplina, a média dos aprovados está entre 60% e 65%, ou seja, em geral os aprovados no ITA não são bons de Português. Enquanto isso, Matemática e Química têm médias acima dos 70% e matemática, pasmem, já chegou a quase 90%. Física vinha pelo mesmo caminho, mas nos últimos anos a banca que elabora a prova tomou alguma providência e a média está parada abaixo dos 60% faz dois anos. Isso mostra que é muito difícil subir sua nota pelas exatas, mas quem é muito bom em Português realmente tem um diferencial. Enfim, se for pra você apostar numa disciplina pra te diferenciar dos outros candidatos, aposte em Português.

Banner ITA/IME

Origem dos aprovados: tempo de preparação, escola, cursinho…

 

Tempo de preparação dos aprovados do ITA
Fonte: pesquisa com alunos do ITA

Em uma pesquisa feita com os alunos aprovados no vestibular do ITA de 2015, foi constatado que 92% dos candidatos aprovados fez cursinho específico para o ITA, 99% estudaram em escolas particulares, técnicas federais ou militares e o tempo médio de preparação dos alunos aprovados é de 1 ano e 8 meses.

Isso mostra que para conquistar a aprovação é importante ter uma boa base, que geralmente você adquire em escolas de ponta, e a perseverança é requisito obrigatório para passar em vestibulares como ITA, IME, Escola Naval, AFA etc.

Portanto, se você quer estudar em uma dessas escolas, prepare-se para mais de um ano de muita dedicação, disciplina e estudo.

Uma estratégia que se mostrou comum entre os alunos que fizeram 2 ou mais anos de cursinho foi conseguir bolsa em cursinho depois de quase passar em um desses vestibulares super concorridos.

Se você pretende entrar em escolas como ITA, IME, AFA, Escola Naval, Fuvest e Unicamp, prepare-se para estudar muito, desenvolver uma boa base e cair pelo menos uma vez pelo caminho antes de alcançar sua redenção.

Saiba o que há por trá de algumas das estatísticas do vestibular do ITA:

Quer se preparar para ITA, IME, Escola Naval e AFA estudando sem sair da sua casa?

Conheça a Turma ITA do kuadro!

Como se dar bem em testes de múltipla escolha?

Provas de múltipla escolha… Nós do Kuadro já vivemos na pele essa fase que você está vivendo agora. O tempo é curto, o emocional está abalado, há uma pressão, nunca dá tempo de estudar tudo o que cai, enfim, há muito em jogo. Sua vida nos próximos anos depende de três, quatro, cinco horas que seja. Muito pouco tempo para decidir um futuro de possibilidades que há pela frente.

Nós do Kuadro nos preocupamos com o seu futuro, e é justamente por isso que viemos neste texto ajudar você a ir melhor em provas de múltipla escolha. Novamente será feito um estudo de caso.

Primeiramente, vamos fazer uma tabela para organizar informações:

Vestibular

Nº de questões

Tempo de prova

Tempo por questão

ENEM (Sem redação)

90

4,5 h

3 min

1ª fase FUVEST

90

5 h

3 min 20 s

Prova Objetiva – IME

40

4 h

6 min

ITA

30

4 h

8 min

 

Apesar de na nossa estatística breve o ITA incrivelmente ter aparecido com o maior tempo por questão, vale lembrar que na conta acima está incluso o tempo das questões discursivas (são 10 questões discursivas). Admitindo que a maior complexidade das questões seja para as questões discursivas, isso também deixa o vestibulando ITA com pouco tempo para os testes.

Portanto, o aluno que quer ser aprovado nestes vestibulares precisa ganhar tempo nos testes. Neste texto apresentamos mais uma dica que vai ajudar você a ganhar tempo nos testes.

A gente abordou vários assuntos úteis para você que está se preparando para vestibulares de medicina e de engenharia neste momento. Falamos sobre estratégia de prova, sobre ler as questões primeiro e o texto depois e até sobre questões que tentam te prejudicar durante uma prova. Hoje nós vamos abordar dicas importantíssimas para você aumentar a eficiência em provas, vestibulares e concursos de um modo geral.

A dica de hoje é que examinadores elaboram questões para provocar indecisão no candidato. O melhor jeito de entender isso é um estudo de caso. Vamos olhar, por exemplo, essa questão do vestibular do ITA de 2016, prova de Matemática.

Perceba que todas as alternativas possuem 3/2 como elemento no canto superior esquerdo de cada matriz. Portanto, é óbvio que a resposta certa deve ter 3/2 no canto superior esquerdo das alternativas também.

O interessante, no caso dessa questão, é olhar para o canto inferior esquerdo das alternativas. Perceba que as alternativas C, D, E tem todas 13/2 como elemento no canto inferior esquerdo da resposta. Partindo do princípio de que examinadores querem que vocês fiquem indecisos nas questões, é bastante lógico concluir que provavelmente uma das alternativas C, D, E é a correta.

Se você estiver disposto a correr um risco maior, você pode ficar brincando com as alternativas C, D, E e chutar uma delas, mas a certeza de você acertar a questão diminui bastante.

Conclusão: Segundo o gabarito oficial do vestibular, a resposta correta é a alternativa C, conforme previmos. Ou seja, sabendo que examinadores querem que você fique indeciso você pode ficar menos indeciso, curiosamente! E aplicando essa dica você aumenta as suas chances de acerto em testes de múltipla escolha!

Acompanhe o Kuadro para mais dicas valiosas dessas!

LOGO-KUADRO-branco

PDF – MÉTODO KUADRO DE APROVAÇÃO

Preencha o formulário e receba o seu PDF