Cursinho online ou presencial? Saiba como escolher!

O Kuadro é o mais prestigiado cursinho online do Brasil.

O cursinho online da Kuadro foi criado para proporcionar uma preparação de qualidade para alunos que desejam passar em vestibulares superconcorridos, independentemente do local onde moram.

Isso tem funcionado muito bem, afinal, aprovamos 689 alunos entre 2018 e 2019 no ITA, IME, USP, UNESP e em diversas Federais pelo Brasil afora.

Procurando um cursinho online pré-vestibular que te prepara por 5 anos pelo preço de 1 ano? Você vai encontrar no Kuadro, na nossa Black November.  Aproveite todas as condições especiais se cadastrando em: https://materiais.kuadro.com.br/black-november-2019.

Alguns alunos – e muitos pais – sentem falta de um ambiente de estudos mais tradicional. Um local que permita ao aluno passar o dia, estudar e aprender.
Mas ninguém quer um cursinho tradicional. Todo mundo já entendeu que o mundo mudou, e a forma como nos preparamos para o vestibular já não é mais a mesma de anos atrás.
Provavelmente, você está lendo esse conteúdo em um smartphone, não em um livro, cartilha ou panfleto.
Este é o mundo de hoje: o mundo da conectividade, da interação, da velocidade da comunicação e da alta disponibilidade de conteúdo.
Nós temos certeza da qualidade de nossas aulas, do nosso método 3E, dos nossos tutores e mentores, da nossa equipe pedagógica, das aulas e exercícios, mas, ainda assim, existem alunos que sentem falta de um local de estudos.
Bom, como nosso objetivo é ajudar todos a passarem no vestibular, nós criamos o Kuadro Spaces, justamente para facilitar o processo de estudos de alunos que desejam ou precisam de um local especialmente desenvolvido para agilizar o processo de aprendizagem.
O Kuadro une o que de melhor existe no cursinho online com o presencial e aumenta em três vezes o ciclo de aprendizagem, quando comparado a um cursinho tradicional.
O Kuadro Spaces é uma verdadeira revolução pedagógica e acadêmica na preparação para o Enem e vestibulares concorridos.
Eu me lembro de quando eu apresentei, pela primeira vez, o projeto do Spaces. Um dos nossos colaboradores me perguntou:
Bruno, nós temos resultados fantásticos com o Kuadro online, os alunos adoram e realmente passam nos vestibulares mais difíceis. Por qual motivo vamos entrar nessa agora?
Eu disse que alguns pais e alunos se sentem mais confiantes se tiverem um local dedicado ao aprendizado.
Muitos gostariam de compartilhar o dia a dia de estudos com um mentor e com colegas do seu nível.
É importante que você entenda que o Kuadro Spaces é um ambiente totalmente planejado para desenvolver o seu potencial de forma personalizada, acompanhando seus estudos com foco no seu vestibular e unindo o que existe de melhor dos ambientes presencial e online.
As aulas do Spaces são as mesmas do Kuadro online.
Assim, nós garantimos que você tenha os melhores professores, as melhores aulas e exercícios disponíveis 24 horas por dia, na plataforma de estudos do KUADRO: o cursinho online que mais aprova no ITA, IME, USP, Unicamp, Unesp e nas principais Federais.
No Spaces, você terá uma experiência de estudos personalizada, planejada e desenvolvida conforme a sua realidade e seus objetivos, com um mentor pedagógico sempre ao lado, que lhe acompanhará diariamente.
Eu não sei o seu momento.
A maioria das pessoas que tenta, por exemplo, passar em Medicina ou em outro vestibular muito concorrido e não passa no primeiro ou no segundo, começa a diminuir a autoestima, ficar ansioso e, às vezes, até deprimido.
Não dá para saber o motivo exato de não ter passado. Pode ser falta de estudo ou de confiança. Eu, sinceramente, não sei.
Porém, o que nós sabemos é que esse alunos têm totais condições de entrar em uma faculdade concorrida se tiver apoio pedagógico, plano de estudos, ótimas aulas e motivação.
No Kuadro Spaces, você encontra tudo de que precisa para entrar na universidade dos seus sonhos em tempo recorde.

Não se matricule agora! O Kuadro vai te dar condições muito especiais em Novembro, na nossa Black November. Para ser avisado antes e garantir o desconto, se cadastre em: https://materiais.kuadro.com.br/black-november-2019.

Eu quero te convidar para conhecer e se surpreender com o Kuadro Spaces.
Venha visitar uma de nossas unidades.

Estude enquanto eles dormem: será que isso é válido?

A expressão “estude enquanto eles dormem” é uma adaptação de um provérbio japonês conhecido no mundo todo. A frase original é algo como “treine enquanto eles dormem, estude enquanto eles se divertem, persista enquanto eles desistem e, então, viva o que eles sonham”.
Por trás desse provérbio está a lição de que quem se dedica — e não abdica diante das dificuldades — vai mais longe. Porém, ela não deve ser levada tão a sério, ou melhor, tão ao pé da letra.

Estudo sem descanso durante a fase do vestibular

Esse provérbio japonês costuma vir à tona nos períodos de provas e concursos, principalmente para quem visa cursos ou universidades mais concorridos. É praticamente um sinônimo para estudar muito para o vestibular — sem descanso.
Um exemplo disso pode ser visto naquelas reportagens de aprovações. Em muitas delas, há estudantes orgulhosos de terem estudado cerca de 15 horas por dia.
Porém, essa rotina não é saudável para o corpo e muito menos para a mente. Na verdade, o estudo para vestibular são mais efetivos e fáceis de gravar quando a rotina alia momentos de descanso.
Quando você estuda por dias e noites a fio sem nenhum tipo de lazer, a mente fica saturada e pode prejudicar toda sua capacidade de absorver informações. Pode até ser que algumas pessoas passem no vestibular utilizando esse método, mas elas são minoria.

Por que não vale a pena estudar sem parar

Uma pesquisa realizada pela psicóloga Kathlen Vohs, da Universidade de Minnesota, comprovou que o cansaço mental existe de verdade. Por isso, é recomendável fazer pequenas pausas para prosseguir com a mesma efetividade.
Kathlen provou que, ao longo do dia, o cérebro se desgasta até chegar a um ponto em que precisa realmente parar — ou seja, necessita de um tempo de descanso. Focados em vencer a concorrência e estudar o máximo possível, muitos estudantes negligenciam o descanso e o sono.
Porém, essa conta uma hora chega e pode incluir problemas físicos e psicológicos. Além de prevenir a depressão, fortalecer a memória e melhorar o desempenho no dia a dia, uma boa noite de sono ajuda a prevenir diabetes, obesidade e hipertensão, por exemplo.
Isso não significa que você precisa repousar completamente durante o dia, pois a solução é muito mais simples. A melhor estratégia é aliar o aprendizado contínuo com curtas pausas durante o dia.
Basta parar por dez ou quinze minutos a cada hora de estudo. Converse com alguém, coma um lanchinho, deite por alguns momentos ou até mesmo dê aquela checada nas redes sociais. Tenha em mente que esse tempo não está sendo desperdiçado, mas sim aproveitado da melhor maneira possível.

Banner geral

Também é importante ter momentos de lazer

Além dos pequenos intervalos entre horas de estudo, você também precisa equilibrar alguns verdadeiros momentos de descontração. Não é preciso recusar todos os convites de seus amigos no ano de vestibular, sabia? Reserve algumas horas de sua semana e se divirta sem pensar em estudar.
O segredo é o equilíbrio. Você já sabe que seu maior objetivo é ingressar naquela universidade tão desejada. Mas de nada adianta estudar se o corpo e a mente não estiverem saudáveis e em sintonia.
Se estiver difícil conciliar tudo isso, procure suporte de uma orientação pedagógica. Esse tipo de profissional pode te ajudar bastante nesse momento.

Não estude mais, estude melhor

Mais importante do que estudar sem parar, é ter um rendimento efetivo. Há situações em que o candidato estuda mais de 10 horas por dia, mas na semana seguinte já esqueceu metade do que viu.
Por outro lado, existem estudantes que sabem dosar o estudo para vestibular com o descanso e obtém excelentes pontuações nos maiores vestibulares. Portanto, o que importa não é a quantidade e, sim, a qualidade do tempo dedicado aos estudos. É necessário entender as matérias, saber contextualizá-las e praticar o que aprendeu.
Gostou desse artigo? Se você é vestibulando, continue acompanhando o Blog do Kuadro! Temos conteúdos novos toda semana para ajudar você na sua jornada.
Para quem está pensando em chegar ao vestibular mais preparado, o cursinho on-line do Kuadro pode te ajudar! Assim, você não precisa seguir à risca o lema “estude enquanto eles dormem”, pois estudará com muito mais estratégia.

Conheça os 15 cursos mais concorridos da Fuvest

A Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) é a instituição que desenvolve e define as provas do vestibular da USP (Universidade de São Paulo), uma das mais visadas entre os estudantes, e considerada pelo MEC e pelo RUF (Ranking Universitário Folha) a melhor em ensino. Isso explica o fato dos cursos mais concorridos da Fuvest serem também alguns dos mais difíceis em âmbito nacional.
No total, são 182 cursos ofertados pela USP. O ingresso na Universidade se dá por meio do vestibular tradicional e também pelo SiSu – o estudante pode usar a nota do Enem. Com tantas opções, o estudante pode ficar confuso na hora de escolher qual o mais adequado para ele.
Por isso, antes mesmo de fazer a inscrição na prova, é importante pesquisar a relação candidato vaga da USP. Essa relação te ajuda a ter uma noção mínima do quão concorrido é a graduação que você deseja cursar. Se ainda está em dúvida sobre qual curso prestar, confira a lista que separamos com alguns dos cursos mais concorridos da USP.

Os cursos mais concorridos da Fuvest

No dia 26 de novembro, um dia depois da primeira fase do vestibular da Fuvest, o Jornal da USP divulgou em seu portal uma relação atualizada dos cursos mais concorridos da Universidade de São Paulo.
Foi divulgado pela instituição a relação candidato/vaga de cada um dos cursos – ou seja, quantos inscritos para cada vaga disponível. Nos três primeiros lugares do ranking, está o curso de Medicina da Fuvest nos campi de São Paulo, Ribeirão Preto e Bauru. Confira a lista dos 15 mais concorridos:

  • Medicina – 115,2
  • Medicina (Ribeirão Preto) – 108,7
  • Medicina (Bauru) – 86,9
  • Psicologia – 61, 8
  • Relações Internacionais – 51,5
  • Curso Superior do Audiovisual – 47,2
  • Medicina Veterinária – 41,8
  • Psicologia (Ribeirão Preto) – 41,1
  • Design – 32,4
  • Ciências Biomédicas – 32,4
  • Publicidade e Propaganda – 29,6
  • Jornalismo – 28,5
  • Arquitetura (FAU) – 27,6
  • Artes Visuais – 27,4
  • Direito – 25,8

Os cursos menos concorridos da Fuvest

Enquanto é possível observar um aumento crescente na procura pelo curso de Medicina, algumas carreiras com mercado de trabalho promissor têm cada vez menos alunos inscritos. É o caso do curso de Gestão Ambiental.
Isso pode ser positivo para o aluno que busca um curso com boas perspectivas de futuro, mas que ainda não tem uma procura tão alta. Conheça os cinco cursos menos concorridos na USP.

  • Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental – 1,43
  • Gerontologia (USP Leste, SP) – 2,12
  • Ciências da Natureza (USP Leste, SP) – 2,14
  • Engenharia Florestal (Piracicaba) – 2,5
  • Gestão Ambiental (USP Leste, SP) – 3,01

As cidades com maior número de inscritos

Já no ranking de cidades, São Paulo (capital e região metropolitana) assume a liderança com 74.459 candidatos inscritos. Em segundo lugar, Ribeirão Preto, interior paulista, com 9.603 vestibulandos. Quem ficou com o terceiro lugar foi a cidade de Campinas, também no interior de São Paulo, com 7.680 inscritos.
E você, já sabe qual curso está buscando? É importante ressaltar que, por mais que algumas graduações tenham uma baixa relação candidato/vaga, é necessário se dedicar aos estudos da mesma maneira.
A Fuvest é uma prova desafiadora e, ao zerar alguma matéria específica da segunda fase, por exemplo, o aluno está automaticamente desclassificado. Por isso, é importante manter o foco e os estudos com rigor e constância.
Agora que você já sabe tudo sobre a aprovação dos cursos mais concorridos da Fuvest, que tal começar a estudar com quem tem expertise no assunto? Conheça o cursinho on-line do Kuadro!

Como passar no vestibular na primeira tentativa?

Entrar na faculdade logo após a formatura no 3º ano do Ensino Médio é um sonho para a maioria dos vestibulandos. A verdade é que não existe uma fórmula certeira de como passar no vestibular que assegure sua vaga em uma universidade, mas nós desenvolvemos um pequeno guia para te orientar nessa jornada.
Jamais subestime o seu potencial. Estudar é um hábito e pode parecer difícil no começo, mas depois de algumas semanas a rotina entrará nos eixos e você será capaz de realizar suas tarefas com maestria!

1. Crie uma rotina regular de estudos 

O cronograma de estudos será seu melhor amigo durante o tempo que você passar estudando para o vestibular. A rotina e a regularidade são questões essenciais para seu aprendizado.
O conteúdo que você precisa absorver para se dar bem na prova mais importante é muito extenso, por isso um ritmo constante de estudos é o principal fator na hora de pensar em como passar no vestibular na primeira tentativa. Não se esqueça, é claro, que também é preciso conciliar momentos de lazer e esporte para manter seu equilíbrio emocional.
Mas o que estudar para o vestibular? Foque nas matérias que caem no vestibular e crie um cronograma organizado e equilibrado. Procure na internet simulados para vestibular e os responda como se fosse um dia de prova. Neste vídeo, explicamos como elaborar seu horário de estudos:

 2. Pense positivo 

Passar no vestibular logo na primeira tentativa, sem antes recorrer a um cursinho pré-vestibular, é difícil? Sim! Passar em Medicina é difícil? Sim! Passar no ITA é difícil? Sim! É preciso lembrar que a dificuldade não pode se tornar um sinônimo de impossibilidade. Acredite no seu potencial. Se você não acreditar, quem mais vai?
Se você está estudando da maneira correta, tira suas dúvidas com os professores e faz tudo que está ao seu alcance para ser aprovado no vestibular, não existem razões para duvidar de que você vai conseguir.

Manter a calma é fundamental para quem quer passar no vestibular.
Manter a calma é fundamental para quem quer passar no vestibular.

Além de estudar o conteúdo cobrado no vestibular, outro ponto fundamental na jornada do aluno até o Ensino Superior é seu bem-estar psicológico. Um conceito bastante amplo, mas que diz respeito à saúde mental do jovem.
Muitos tentam por anos alcançar seu sonho e entrar no vestibular. Mesmo dominando as matérias, algo os impede de conseguir seu sonho. Como passar em Medicina, um curso tão concorrido, ou até mesmo como se preparar para o vestibular quando o preparo emocional está abalado?
Alguns profissionais de coaching podem ajudar nessa fase. Se perceber que isso é algo que te prejudica, pense em procurar um.

3. Entenda que é preciso ter prioridades

Um dos segredos de como passar no vestibular é focar nas suas prioridades. Passar na prova de primeira é sua maior vontade? Se a resposta for sim, então você vai precisar abrir mão de algumas coisas.
É preciso ter pulso firme para recusar os convites muitos frequentes dos seus amigos para ir à balada e viajar, por exemplo. É claro que você não precisa abrir mão de toda a sua vida social. Essa não é, inclusive, uma prática saudável.
O importante é ter equilíbrio. Sair para passeios leves, como ir ao cinema ou comer com os amigos e família é muito recomendado e ajuda o estudante a cultivar bons laços sociais, que são fundamentais caso ele precise de apoio emocional – algo muito comum durante a fase do vestibular.
Seus amigos vão entender que seu objetivo atual é entrar na universidade, e com certeza estarão ao seu lado para comemorar essa vitória quando acontecer.
Quer mais dicas sobre como passar no vestibular? O blog do Kuadro e o canal do Kuadro contam com o conteúdo mais completo para ajudar você a passar nas provas mais importantes! Confira nossas dicas para orientar seus estudos para os mais diversos vestibulares do Brasil.

Como Vencer a Concorrência nos Vestibulares ITA-IME

O vestibular do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) e do IME (Instituto Militar de Engenharia) estão entre os mais difíceis e concorridos do país. São provas com formatos diferentes daqueles que os estudantes estão acostumados, e as vagas são bastante enxutas.
É preciso desenvolver uma estratégia bastante específica para se dar bem nessas provas. Para te ajudar nessa missão, a equipe do Kuadro separou algumas dicas essenciais, que podem ser seu diferencial no dia do vestibular!

Estude para ITA – IME pelas provas anteriores 

Resolver as provas dos anos anteriores aos vestibulares do IME e ITA é essencial para conseguir entrar nas universidades. É apenas fazendo os exercícios específicos que você conseguirá entender o formato tradicional das questões.

ITA e IME contam com vestibulares extremamente específicos, o que significa que não basta saber a matéria, você precisa compreender como ela é cobrada nessas determinadas provas. Dessa forma, suas chances de acertar quando for a sua vez serão muito maiores e o tempo para resolver cada questão também.
Todos sabem que o tempo é um dos maiores vilões para quem presta vestibular, então, não deixe de cronometrar quanto tempo você demora para resolver uma questão. Simule um dia de prova: sem celulares ou distrações, com tempo determinado.

Estude as questões recorrentes. Não faça apenas questões de livros, de olimpíadas internacionais de Matemática, Física e Química. Foque naquilo que sempre cai. O que é recorrente nas provas tem altas chances de se repetir.

Estude para o vestibular do ITA IME pelas provas anteriores! Assim você se habitua ao modelo e perguntas que costumam cair.
Estude para o vestibular do ITA IME pelas provas anteriores! Assim você se habitua ao modelo e perguntas que costumam cair.

Não deixe Português de lado 

É muito comum alunos focarem seus esforços nas matérias exatas, nas quais o conteúdo cobrado é além daquele que aprendemos durante o ensino médio. É preciso pensar nessa matéria como o seu diferencial. Não deixe o Português de lado e muito menos a redação. Ambos são fatores decisivos para sua aprovação no vestibular.

As questões objetivas de Português, por exemplo, podem valer mais do que as de Matemática. É pressuposto que se você quer entrar nessas universidades, seu nível de conhecimento das matérias de exatas já é superior. Provar que você também é bom no Português é essencial.

Prestar atenção nas matérias que muitos consideram como “secundárias” pode ser o diferencial necessário para garantir sua vaga na faculdade dos seus sonhos. No ITA, por exemplo, o peso das quatro matérias (Matemática, Física, Química e Português) é o mesmo para o Inglês.
A língua estrangeira pede uma nota mínima para passar, então é preciso entender pelo menos um pouco para conseguir alcançar a média necessária.

Não deixe de lado o português e o inglês. Eles são diferenciais na hora da prova!
Não deixe de lado o português e o inglês. Eles são diferenciais na hora da prova!

Planeje seus horários de estudo

A quantidade de matéria cobrada nos vestibulares ITA – IME é massiva. Não basta estudar um pouco, não basta revisar o conteúdo. É preciso se dedicar de verdade. Inclusive, é raro vermos casos de alunos que conseguiram passar direto do ensino médio, mas os que conseguiram, com certeza desenvolveram um cronograma certeiro de estudos.

A ideia é combinar sua rotina com as aulas em um cursinho preparatório para vestibular específico para a universidade que você quer ingressar. Se seu cursinho é à noite, por exemplo, o ideal é acordar cedo, estudar, almoçar e ir para a aula. Depois da aula, se houver tempo, participe de grupos de estudos ou de resoluções de provas. Vai valer a pena!

Uma boa ideia para quem almeja ITA e IME é o Kuadro, um cursinho pré vestibular on-line. Você pode contar com ele ou até mesmo completar suas aulas do cursinho presencial. O curso é específico e a dificuldade das questões é como as que você vai enfrentar na vida real! Confira tudo sobre o curso ITA – IME do Kuadro.

Como selecionar o que estudar para o vestibular?

A quantidade de matérias de vestibular para estudar e conseguir ser aprovado é massiva, e disso todos sabem. Para se dar bem na prova e ingressar na universidade desejada é preciso selecionar o que estudar para o vestibular de forma que os conteúdos se relacionem de alguma maneira. Caso contrário, é praticamente impossível ver todas as matérias no período de um ano.

Parece complicado, mas, na verdade, é muito mais simples do que você imagina. É preciso ter em mente que para ter um bom resultado é necessário selecionar os conteúdos e organizá-los por blocos. Depois, você deve aplicar essa seleção em seu cronograma de estudos. Leia este artigo e confira algumas dicas de como estudar para o vestibular.

O Kuadro é o cursinho online que mais aprova.

Selecionando as matérias de vestibular para estudar 

Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, História, Matemática, Geografia, Física, Química, Filosofia, Sociologia e Biologia. É preciso compreender o que é essencial em cada uma dessas matérias que caem no vestibular e como os conteúdos se relacionam entre si — principalmente se seu maior objetivo for alcançar um bom resultado no Enem, já que ele é um dos que mais cobra questões interdisciplinares.
Em Matemática, por exemplo, é claro que você precisa dominar aritmética e álgebra, mas também é fundamental saber fazer boas análises. Em História, tente dividir por segmentos. Por exemplo: época moderna e o ocidente, época contemporânea e a crise da hegemonia europeia, e por aí vai.

O mesmo vale para Língua Portuguesa. É preciso contar com um amplo conhecimento linguístico para então analisar textos como reportagens, campanhas publicitárias e poesias, de acordo com as variedades linguísticas existentes no Brasil e nos países de língua portuguesa e relacionar textos verbais e não-verbais.
Compreender o sentido de palavras e expressões em diferentes contextos é uma das coisas mais importantes e está entre o que cai no vestibular com mais frequência. Além disso, essa compreensão ainda pode te auxiliar em outras matérias.

Para ter um bom resultado nos estudos, é preciso saber o que estudar para o vestibular que você vai prestar!
Para ter um bom resultado nos estudos, é preciso saber o que estudar para o vestibular que você vai prestar!

 

 

 

 

 

 

 

 

 Aposte nos simulados 

Uma dica essencial é tentar ao máximo se habituar ao estilo do vestibular que você vai prestar. Para isso, é necessário conhecer o modelo da prova, suas peculiaridades e se acostumar com o tempo oferecido para realizar as questões no dia da prova. E o melhor jeito de treinar é realizar simulados para o vestibular.
Busque as edições dos anos anteriores e simule como será o dia do vestibular. Desligue o telefone e cronometre o tempo exato que será oferecido para você completar todas as questões. Assim, quando o grande momento chegar, já vai estar adaptado e conseguirá realizar a prova com calma.
Outro jeito de completar o aprendizado, alinhando a parte prática com a teórica, é ler o edital da prova. É lá que estão contidas informações relativas àquilo que é cobrado nas provas, o chamado conteúdo programático, além da relação de livros e filmes, quando existentes.

O Kuadro é o cursinho online que mais aprova.

E como eu devo fazer a seleção de matérias de vestibular para estudar? 

Criar todas essas conexões entre conteúdos e selecionar as matérias de vestibular para estudar em blocos pode ser bastante desafiador. Portanto, contar com um profissional da área para te ajudar nesse momento é um diferencial importantíssimo, que pode ajudar a delinear um bom cronograma de estudos.
O Kuadro, nosso cursinho pré vestibular on-line, conta com acompanhamento pedagógico especializado para seus alunos. Funciona da seguinte maneira: assim que o aluno faz sua matrícula no cursinho, um dos orientadores entra em contato para conhecê-lo melhor, tentar entender sua rotina, suas dificuldades e facilidades.
A partir daí, o profissional consegue auxiliar no processo de seleção desses conteúdos, levando em conta características que são intrínsecas a ele.
Por isso o acompanhamento pedagógico especializado é tão importante. Com ele, você consegue focar seus esforços na recepção e apreensão da matéria, sem se preocupar se o método que você está utilizando é ou não o mais adequado para o objetivo que deseja alcançar.
Se você está em busca de conteúdos relevantes para te ajudar a decidir o que estudar para o vestibular, não deixe de acompanhar o blog do Kuadro! São artigos novos todas as semanas para te apoiar a entrar na faculdade dos seus sonhos.

Guia Prático — O Que Estudar Para o Vestibular

Nós passamos três longos anos no Ensino Médio buscando absorver todo o conhecimento possível para conseguir ser aprovado e realizar o sonho de ingressar em uma universidade. Porém, quando temos o conteúdo em nosso dia a dia, pode ser difícil visualizar exatamente o que estudar para o vestibular.
Afinal, os vestibulares contam com editais que podem ser bastante diferentes entre si. Pensando nisso, desenvolvemos um guia prático para te ajudar na hora de selecionar os conteúdos e montar seu cronograma de estudos da maneira mais assertiva possível!

Como saber o que estudar para o vestibular?

Se está visando apenas um vestibular específico durante o ano, basta checar o edital e estudar os conteúdos que são solicitados. Não existe a possibilidade de haver uma questão na prova que esteja fora das matérias que são explicitadas por lá, não se preocupe.
Porém, se você — assim como a maioria — vai prestar diversas provas diferentes, é preciso se preparar de maneira completa. Confira os principais temas cobrados dentro de cada disciplina nos vestibulares mais concorridos do país:

  • Matemática — equações de primeiro e segundo grau, triângulos, trigonometria, probabilidade, polinômios, sistemas lineares, logaritmos, números complexos, PA, PG e funções;
  • Física — leis de Newton, princípios da termodinâmica, cinemática dos movimentos retilíneos, estudo das ondas, calorimetria, reflexão e refração da luz, campos elétricos e magnéticos, hidrostática, transformações gasosas, trabalho e energia.
  • Química — ligações químicas, cálculos estequiométricos, soluções, termoquímica, equilíbrio químico, mol, massa molecular, eletrólise, pilhas, radioatividade e propriedades coligativas;
  • História — Era Vargas, Ditadura Militar e governos atuais, colonização mercantilista, civilizações pré-colombianas, Independência do Brasil, Renascimentos, Guerras Mundiais, Guerra Fria, Imperialismo, Crise de 1929 e movimentos sociais no Brasil;
  • Geografia — população brasileira, urbanização, migrações, Terceira Revolução Industrial, blocos econômicos, clima, relevo e ecossistemas brasileiros, potências emergentes, agricultura e agronegócio;
  • Sociologia e Filosofia — entendimento de textos filosóficos, autores tradicionais e relação de seus pensamentos com a atualidade;
  • Português e Literatura— interpretação e compreensão de texto, domínio de gêneros textuais e norma culta da língua portuguesa, figuras de linguagem, classes de palavras, conjugação, semântica, coesão e coerência, romantismo, realismo e modernismo;
  • Inglês — leitura e interpretação de textos, passive voice, reported speech, verb tenses, conjunctions, quantifiers, conditional sentences;
  • Biologia — origem da vida e teorias da evolução, processos de obtenção de energia, populações e comunidades, processos de divisão celular, hereditariedade, embriologia e diferenciação celular, citologia, parasitoses brasileiras e grupos vegetais.

 Gostou da nossa lista?

Se você gostou de saber o que estudar para o vestibular e quer começar agora mesmo, conheça o cursinho online do Kuadro! São aulas completas para fazer onde e quando quiser com todo o apoio que um vestibulando precisa.

Quantas Horas Estudar Por Dia?

Antes de responder a tão polêmica pergunta “quantas horas estudar por dia?”, primeiro é preciso lembrar de que quantidade não é sinônimo de qualidade. De nada adianta separar a maior parte de seu dia em prol de seus estudos se, para isso, você deixar de dormir bem, se alimentar de forma adequada ou não descansar nunca.
Alcançar o equilíbrio é o segredo para conseguir alcançar a tão sonhada aprovação sem comprometer o saúde de seu corpo. Dito isto, passemos ao que realmente importa neste artigo: quantas horas estudar por dia.

Leve em consideração as horas de aula no cursinho

Saber quantas horas estudar por dia depende apenas de você. A resposta é relativa, pois pode variar bastante de acordo com a rotina que você leva e quais são os seus objetivos para o vestibular. Porém, o Kuadro vai te ajudar a refletir sobre os pontos necessários para tirar essa conclusão sozinho.
O primeiro passo é levar consideração as horas de aula no seu cursinho. Ao assistir aulas você já está estudando e absorvendo conhecimento. Se você ainda está no terceiro ano do ensino médio e combina as aulas da escola com um cursinho pré-vestibular, isso também deve ser levado em consideração.

Quantas horas estudar por dia depende de quantas estão disponíveis

Analisar a sua rotina é essencial. O dia tem 24 horas. Destas, quantas você passa dentro da sala de aula? Deste número, diminua a quantidade de horas de sono que você precisa ter, o tempo que leva para se locomover entre os locais e também o tempo para se alimentar. Pronto! Você já tem uma base das horas disponíveis para estudar.
É sempre bom lembrar que é preciso fazer pausas entre sessões de estudo, assim seu cérebro consegue descansar e assimilar melhor os próximos conteúdos que estão por vir.
Se seu tempo de locomoção for muito longo, considere usar o celular para assistir vídeo-aulas e não ter tempo perdido. Outra ideia é estudar no local em que tem aulas, em uma biblioteca ou centro cultural.
Jamais abra mão de dormir em prol de seus estudos. Uma boa noite de descanso é essencial para ter disposição para a próxima jornada de novos conteúdos e aulas.
O cronograma de estudos será seu melhor amigo, pois ajudará a organizar melhor seus dias, incluindo os finais de semana. Imprima uma cópia e cole em seus cadernos. Esteja sempre com ela!
Para mais dicas de vestibular, continue acompanhando o blog do Kuadro!

5 maneiras de melhorar seu rendimento nos estudos

Estudar é necessário, entretanto é uma tarefa de bastante dificuldade. Para a felicidade desses estudiosos, existem algumas dicas que podem ajudar muito o rendimento nos estudos!
As dicas em questão vão te ajudar a estudar melhor, a aprender mais e a utilizar menos tempo na tarefa. Elas servem para quem está na escola, na faculdade e até mesmo para quem vai prestar concursos públicos.

1) Procure o lugar perfeito

Antes de focarmos na parte do estudo de conteúdo, é importante que você encontre um local calmo e silencioso para estudar. O som que vem do ambiente pode se tornar um grande inimigo e atrapalhar totalmente seu aprendizado.
Procure um local bem iluminado, com pouco barulho – um fone de ouvido e uma música calma podem ajudar, se a sua residência não possuir um espaço com pouco barulho.
E o mais importante: escolha um local que seja confortável, pois durante os estudos você ficará um bom tempo na mesma posição. Caso na sua casa não possua um espaço próximo do descrito anteriormente, talvez seja uma boa opção buscar uma biblioteca, ou até mesmo um parque pouco movimentado. O ar puro pode ser uma boa opção para estudar de forma relaxada.

2) Prepare tudo com antecedência

Após encontrar o local perfeito, prepare o ambiente. Deixe perto de você tudo o que deverá utilizar para estudar e até mesmo alguns materiais que não tem total certeza que vai usar, mas sabe que pode precisar.
É necessário que você tenha em fácil acesso os livros que pretende utilizar, caneca, caderno para anotações, água e até mesmo um alimento – a fome sempre bate e o recomendado para a hora dos estudos é que você consuma uma fruta.
Com tudo ao seu alcance, você evita sair do local de estudo para resolver alguma questão, como pegar água, por exemplo. O que pode acabar te desconcentrando e prejudicando os seus estudos.

3) Estude periodicamente

Para se sair bem nos estudos não é necessário ficar o dia inteiro estudando. Na verdade, isso não é recomendado.
O melhor a se fazer é estudar diariamente, mesmo que uma ou duas horas por dia. Ao final, o resultado será mais satisfatório do que um dia inteiro de estudo intenso e dois dias de descanso.
Então, separe uma hora do seu dia, estude, repita isso durante toda a semana e você vai verificar que, no final, o resultado será satisfatório.
Caso a sua prova, ou o motivo dos seus estudos, esteja chegando perto e seu tempo esteja apertado, você deverá estudar de forma mais intensa.

4) Separe um tempo apenas para fazer isso

Como já foi dito anteriormente, pausar os estudos para fazer outra atividade vai te atrapalhar. Logo, é importante que você separe um tempo apenas para os estudos.
Deixe seu smartphone longe do ambiente de estudo, remarque qualquer atividade para depois que você concluir suas tarefas e deixe claro para qualquer pessoa nos arredores que você está estudando.
Nesse momento, o interessante é realmente deixar um horário específico para estudar, marcando horário de início e de término.
Com esse planejamento, você sabe que não vai deixar nenhuma atividade para trás e muito menos se atrapalhar. A pausa no estudo, por menor que seja, pode fazer com que você fique desconcentrado. Seu cérebro pode acabar não memorizando o conteúdo da forma necessária. Portanto, é realmente importante separar um tempo apenas para os estudos.

5) Veja a melhor maneira de aprendizado

Uma parcela dos estudantes se dão melhor lendo o conteúdo, outras assistindo vídeos, e outras apenas com áudios sobre o assunto. O ideal é tentar todas as formas possíveis de estudo e verificar em qual você se sai melhor.
Pode ocorrer até mesmo de utilizar todas elas e, ao fim, ter um ótimo resultado!

EXTRA: Inicie os estudos com os temas que mais tem dificuldade

Todo mundo tem aquela matéria com a qual tem muita afinidade, mas em contrapartida tem aquele que não entende de forma alguma e sente extrema dificuldade para estudar. O recomendado é deixar essa matéria em primeiro plano.
Quando você inicia os seus estudos, o cérebro está mais relaxado e esse é o melhor momento para ter mais facilidade de entender o tema com maior complexidade. Com isso, o resultado buscado ficará mais fácil de ser alcançado.
Deixe para estudar os temas que você mais domina no final do dia, pois esses irão fluir de forma muito mais simples, sem grandes dificuldades.
Bons estudos e boa sorte! Com essas dicas seu rendimento nos estudos irão melhorar bastante e você estará mais próximo de alcançar o conseguirá o resultado que almeja. O importante, agora, é se planejar e seguir os passos ditos anteriormente.

Como o Kuadro pode te ajudar nesta fase

Veja os benefícios que o aluno tem ao se matricular no Kuadro:

  • Acompanhamento pedagógico individual e personalizado;
  • Monitoria diária ILIMITADA;
  • Simulados todo mês;
  • Banco com mais de 29 mil questões;
  • Vídeo Aulas de revisão e resolução de exercícios ao vivo;
  • Correção de redação TODA semana;
  • Acesso ao conteúdo disponível 24hs para acessar quantas vezes quiser.

Gostou? Então conheça nossos cursos!
Intensivo ENEM
Intensivo Medicina
Revisão ITA-IME

Conheça 3 Truques para Vestibular que Funcionam!

Desenvolver um cronograma de estudos, reservar um tempo para descanso e dedicar-se mais às disciplinas mais difíceis são ótimas dicas, mas você provavelmente já as conhece. O artigo de hoje é para apresentar alguns truques para vestibular diferentes e efetivos! São algumas dicas que podem dar aquele boost que sua rotina estava precisando.

1. Associação Mnemônica

A Associação Mnemônica é um ótimo truque para o vestibular! É uma técnica de memorização que consiste em fazer associações entre o conteúdo que você quer memorizar e alguma outra informação que torne a memorização mais fácil.
O exemplo mais conhecido de Associação Mnemônica foi desenvolvido para auxiliar alunos a decorarem a ordem dos planetas de nosso sistema solar.
A frase “Minha Velha, Traga Meu Jantar: Sopa, Uva, Nozes” designa Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpter, Saturno, Urano e Netuno. Boa ideia, não é mesmo?

 2. Método Robinson

O Método Robinson de estudos consiste em cinco etapas fundamentais: explorar, perguntar, ler, rememorar e repassar. É bastante usado em escolas e universidades norte-americanas, pois é baseado nos princípios básicos da educação:

  • explorar — aqui a ideia é “passar” o olho pelo conteúdo. Peguei o livro e leia títulos, tópicos, trechos que achar interessante e observe a construção daquele texto;
  • perguntar — o objetivo da exploração é gerar dúvidas. Faça questionamentos sobre os assuntos que te chamaram a atenção naquele conteúdo. Dialogue com o texto e anote suas questões;
  • ler — esse é o primeiro momento de leitura aprofundada. É aqui que você lê atentamente o conteúdo, buscando realmente compreender a essência do que está sendo passado;
  • rememorar — este passo deve ser realizado todas as vezes que um capítulo ou módulo for finalizado e também quando uma sessão de estudos terminar. Consiste em lembrar tudo aquilo que foi visto, fazendo um resumo escrito. É aqui que são identificadas dúvidas que ainda existem;
  • repassar — depois de todo o estudo, todos os resumos e anotações devem ser reunidos. Organize todo o conhecimento e dê uma aula do que foi aprendido para si mesmo.

3. Mapa mental

O mapa mental é uma boa opção de truque para o vestibular para aqueles que têm memória visual. A partir de um tema central conecta-se o conteúdo com tópicos correlatos. São imagens, setas, cores, balões e desenhos que ajudam o aluno a compreender a ligação entre diversos conteúdos.

Gostou de conhecer alguns truques de vestibular?

Se você gostou de saber alguns truques para vestibular continue acompanhando o blog do Kuadro! São novos conteúdos todas as semanas para ajudar você em sua jornada rumo a aprovação.

LOGO-KUADRO-branco

PDF – MÉTODO KUADRO DE APROVAÇÃO

Preencha o formulário e receba o seu PDF