Questões de Geografia - ENEM 2009

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 24
Questão 52
2009HistóriaGeografia

(Enem 2009) Do ponto de vista geopolítico, a Guerra Fria dividiu a Europa em dois blocos. Essa divisão propiciou a formação de alianças antagônicas de caráter militar, como a OTAN, que aglutinava os países do bloco ocidental, e o Pacto de Varsóvia, que concentrava os do bloco oriental. É importante destacar que, na formação da OTAN, estão presentes, além dos países do oeste europeu, os EUA e o Canadá. Essa divisão histórica atingiu igualmente os âmbitos político e econômico que se refletia pela opção entre os modelos capitalista e socialista. Essa divisão europeia ficou conhecida como

Questão 54
2009GeografiaSociologia

(ENEM 2009) Os Yanomami constituem uma sociedade indgena do norte da Amaznia e formam um amplo conjunto lingustico e cultural. Para os Yanomami, urihi, a terrafloresta, no um mero cenrio inerte, objeto de explorao econmica, e sim uma entidade viva, animada por uma dinmica de trocas entre os diversos seres que a povoam. A floresta possui um sopro vital, wixia, que muito longo. Se no a desmatarmos, ela no morrer. Ela no se decompe, isto , no se desfaz. graas ao seu sopro mido que as plantas crescem. A floresta no est morta pois, se fosse assim, as florestas no teriam folhas. Tampouco se veria gua. Segundo os Yanomami, se os brancos os fizerem desaparecer para desmat-la e morar no seu lugar, ficaro pobres e acabaro tendo fome e sede. ALBERT, B. Yanomami, o esprito da floresta. Almanaque Brasil Socioambiental. So Paulo: ISA, 2007 (adaptado). De acordo com o texto, os Yanomami acreditam que

Questão 64
2009HistóriaGeografia

(Enem 2009) A formao dos Estados foi certamente distinta na Europa, na Amrica Latina, na frica e na sia. Os Estados atuais, em especial na Amrica Latina onde as instituies das populaes locais existentes poca da conquista ou foram eliminadas, como no caso do Mxico e do Peru, ou eram frgeis, como no caso do Brasil , so o resultado, em geral, da evoluo do transplante de instituies europeias feito pelas metrpoles para suas colnias. Na frica, as colnias tiveram fronteiras arbitrariamente traadas, separando etnias, idiomas e tradies, que, mais tarde, sobreviveram ao processo de descolonizao, dando razo para conflitos que, muitas vezes, tm sua verdadeira origem em disputas pela explorao de recursos naturais. Na sia, a colonizao europeia se fez de forma mais indireta e encontrou sistemas polticos e administrativos mais sofisticados, aos quais se superps. Hoje, aquelas formas anteriores de organizao, ou pelo menos seu esprito, sobrevivem nas organizaes polticas do Estado asitico. GUIMARES, S. P. Nao, nacionalismo, Estado. Estudos Avanados. So Paulo: EdUSP, v. 22, n. 62, jan.- abr. 2008 (adaptado). Relacionando as informaes ao contexto histrico e geogrfico por elas evocado, assinale a opo correta acerca do processo de formao socioeconmica dos continentes mencionados no texto.

Questão 68
2009Geografia

(Enem 2009) At o sculo XVII, as paisagens rurais eram marcadas por atividades rudimentares e de baixa produtividade. A partir da Revoluo Industrial, porm, sobretudo com o advento da revoluo tecnolgica, houve um desenvolvimento contnuo do setor agropecurio. So, portanto, observadas consequncias econmicas, sociais e ambientais inter-relacionadas no perodo posterior Revoluo Industrial, as quais incluem

Questão 70
2009HistóriaGeografia

(Enem 2009) O suo Thomas Davatz chegou a So Paulo em 1855 para trabalhar como colono na fazenda de caf Ibicaba, em Campinas. A perspectiva de prosperidade que o atraiu para o Brasil deu lugar a insatisfao e revolta, que ele registrou em livro. Sobre o percurso entre o porto de Santos e o planalto paulista, escreveu Davatz: As estradas do Brasil, salvo em alguns trechos, so pssimas. Em quase toda parte, falta qualquer espcie de calamento ou mesmo de saibro. Constam apenas de terra simples, sem nenhum benefcio. fcil prever que nessas estradas no se encontram estalagens e hospedarias como as da Europa. Nas cidades maiores, o viajante pode naturalmente encontrar aposento sofrvel; nunca, porm, qualquer coisa de comparvel comodidade que proporciona na Europa qualquer estalagem rural. Tais cidades so, porm, muito poucas na distncia que vai de Santos a Ibicaba e que se percorre em cinquenta horas no mnimo. Em 1867 foi inaugurada a ferrovia ligando Santos Jundia, o que abreviou o tempo de viagem entre o litoral e o planalto para menos de um dia. Nos anos seguintes, foram construdos outros ramais ferrovirios que articularam o interior cafeeiro ao porto de exportao, Santos. DAVATZ, T. Memrias de um colono no Brasil. So Paulo: Livraria Martins, 1941 (adaptado). O impacto das ferrovias na promoo de projetos de colonizao com base em imigrantes europeus foi importante, porque

Questão 71
2009Geografia

(Enem 2009) Além dos inúmeros eletrodomésticos e bens eletrônicos, o automóvel produzido pela indústria fordista promoveu, a partir dos anos 50, mudanças significativas no modo de vida dos consumidores e também na habitação e nas cidades. Com a massificação do consumo dos bens modernos, dos eletroeletrônicos e também do automóvel, mudaram radicalmente o modo de vida, os valores, a cultura e o conjunto do ambiente construído. Da ocupação do solo urbano até o interior da moradia, a transformação foi profunda. MARICATO, E. Urbanismo na periferia do mundo globalizado: metrópoles brasileiras. Disponível em: http://www.scielo.br. Acesso em: 12 ago. 2009 (adaptado). Uma das consequências das inovações tecnológicas das últimas décadas, que determinaram diferentes formas de uso e ocupação do espaço geográfico, é a instituição das chamadas cidades globais, que se caracterizam por

Questão 72
2009GeografiaSociologia

(Enem 2009) Populaes inteiras, nas cidades e na zona rural, dispem da parafernlia digital global como fonte de educao e de formao cultural. Essa simultaneidade de cultura e informao eletrnica com as formas tradicionais e orais um desafio que necessita ser discutido. A exposio, via mdia eletrnica, com estilos e valores culturais de outras sociedades, pode inspirar apreo, mas tambm distores e ressentimentos. Tanto quanto h necessidade de uma cultura tradicional de posse da educao letrada, tambm necessrio criar estratgias de alfabetizao eletrnica, que passam a ser o grande canal de informao das culturas segmentadas no interior dos grandes centros urbanos e das zonas rurais. Um novo modelo de educao. BRIGAGO, C. E; RODRIGUES, G. A globalizao a olho nu: o mundo conectado. So Paulo: Moderna, 1998 (adaptado). Com base no texto e considerando os impactos culturais da difuso das tecnologias de informao no marco da globalizao, depreende-se que

Questão 73
2009Geografia

(Enem 2009) A partir do mapa apresentado, possvel inferir que nas ltimas dcadas do sculo XX, registraram-se processos que resultaram em transformaes na distribuio das atividades econmicas e da populao sobre o territrio brasileiro, com reflexos no PIB por habitante. Assim,

Questão 75
2009Geografia

(Enem 2009) O movimento migratório no Brasil é significativo, principalmente em função do volume de pessoas que saem de uma região com destino a outras regiões. Um desses movimentos ficou famoso nos anos 80, quando muitos nordestinos deixaram a região Nordeste em direção ao Sudeste do Brasil. Segundo os dados do IBGE de 2000, este processo continuou crescente no período seguinte, os anos 90, com um acréscimo de 7,6% nasmigrações deste mesmo fluxo. A Pesquisa de Padrão de Vida, feita pelo IBGE, em 1996, aponta que, entre os nordestinos que chegam ao Sudeste, 48,6% exercem trabalhos manuais não qualificados, 18,5% são trabalhadores manuais qualificados, enquanto 13,5%, embora não sejam trabalhadores manuais, se encontram em áreas que não exigem formação profissional. O mesmo estudo indica também que esses migrantes possuem, em média, condição de vida e nível educacional acima dos de seus conterrâneos e abaixo dos de cidadãos estáveis do Sudeste. Disponível em: http://www.ibge.gov.br. Acesso em: 30 jul. 2009 (adaptado). Com base nas informações contidas no texto, depreende-se que

Questão 76
2009Geografia

(Enem 2009) Apesar do aumento da produo no campo e da integrao entre a indstria e a agricultura, parte da populao da Amrica do Sul ainda sofre com a subalimentao, o que gera conflitos pela posse de terra que podem ser verificados em vrias reas e que frequentemente chegam a provocar mortes. Um dos fatores que explica a subalimentao na Amrica do Sul

Questão 77
2009Geografia

(Enem 2009) A luta pela terra no Brasil é marcada por diversos aspectos que chamam a atenção. Entre os aspectos positivos, destaca-se a perseverança dos movimentos do campesinato e, entre os aspectos negativos, a violência que manchou de sangue essa história. Os movimentos pela reforma agrária articularam-se por todo o território nacional, principalmente entre 1985 e 1996, e conseguiram de maneira expressiva a inserção desse tema nas discussões pelo acesso à terra. O mapa seguinte apresenta a distribuição dos conflitos agrários em todas as regiões do Brasil nesse período, e o número de mortes ocorridas nessas lutas. Com base nas informações do mapa acerca dos conflitos pela posse de terra no Brasil, a região

Questão 78
2009Geografia

(Enem 2009) O gráfico mostra o percentual de áreas ocupadas, segundo o tipo de propriedade rural no Brasil, no ano de 2006. De acordo com o gráfico e com referência à distribuição das áreas rurais no Brasil, conclui-se que

Questão 79
2009Geografia

(Enem 2009) Entre 2004 e 2008, pelo menos 8 mil brasileiros foram libertados de fazendas onde trabalhavam como se fossem escravos. O governo criou uma lista em que ficaram expostos os nomes dos fazendeiros flagrados pela fiscalização. No Norte, Nordeste e Centro-Oeste, regiões que mais sofrem com a fraqueza do poder público, o bloqueio dos canais de financiamento agrícola para tais fazendeiros tem sido a principal arma de combate a esse problema, mas os governos ainda sofrem com a falta de informações, provocada pelas distâncias e pelo poder intimidador dos proprietários. Organizações não governamentais e grupos como a Pastoral da Terra têm agido corajosamente, acionando as autoridades públicas e ministrando aulas sobre direitos sociais e trabalhistas. (Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo. Disponível em: http://www.mte.gov.br. Acesso em: 17 mar. 2009 (adaptado).) Nos lugares mencionados no texto, o papel dos grupos de defesa dos direitos humanos tem sido fundamental, porque eles

Questão 80
2009Geografia

(Enem 2009) O homem construiu sua história por meio do constante processo de ocupação e transformação do espaço natural. Na verdade, o que variou, nos diversos momentos da experiência humana, foi a intensidade dessa exploração. Disponível em: http://www.simposioreformaagraria.propp.ufu.br. Acesso em: 09 jul. 2009 (adaptado). Uma das consequências que pode ser atribuída à crescente intensificação da exploração de recursos naturais, facilitada pelo desenvolvimento tecnológico ao longo da história, é

Questão 81
2009FilosofiaGeografia

(Enem 2009) No presente, observa-se crescente atenção aos efeitos da atividade humana, em diferentes áreas, sobre o meio ambiente, sendo constante, nos fóruns internacionais e nas instâncias nacionais, a referência à sustentabilidade como princípio orientador de ações e propostas que deles emanam. A sustentabilidade explica-se pela

1-15 de 24
NOVIDADES
Kuadro