Questões de Geografia - ENEM 2018

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 21
Questão 46
2018Geografia

(Enem 2018 Dia 1) Os pontos sempre foram respostas ao comércio praticado em grande volume, que se dá via marítima, lacustre e fluvial, e sofreram adaptações, ou modernizações, de acordo com um conjunto de fatores que vão desde a sua localização privilegiada frente a extensas hinterlândias, passando por sua conectividade com modernas redes de transportes que garantam acessibilidade, associados, no atual momento, à tecnologia que os transformam em pontas de lança de uma economia globalizada que comprime o tempo em nome da produtividade e da competitividade. ROCHA NETO.JM;CRAVIDÃO.F.D Portos no contexto do meio técnico. Mercator, n.2. maio-ago. 2014(adaptado) Uma mudança que permitiu aos portos adequarem-se às novas necessidades comerciais apontadas no texto foi a

Questão 48
2018Geografia

(Enem 2018 Dia 1) Disponível em: www.biologiasur.org Acesso em: 4 jul. 2015 (adaptado) A dinâmica hidrológica expressa no gráfico demonstra que o processo de urbanização promove a

Questão 50
2018Geografia

(Enem 2018) A presunção de que a superfície das chapadas e chapadões representa uma velha peneplanície é corroborada pelo fato de que ela é coberta por acumulações superficiais, tais como massas de areia, camadas de cascalhos e seixos e pela ocorrência generalizada de concreções ferruginosas que formam uma crosta laterítica, denominada canga. WEIBEL,L.. Disponível em http://blibioteca.ibge.gov.br Acesso em: 8 jul, 2015 (adaptado).

Questão 53
2018GeografiaSociologia

(Enem 2018 Dia 1) Em algumas línguas de Moçambique não existe a palavra pobre. O indivíduo é pobre quando não tem parentes. A pobreza é a solidão, a ruptura das relações familiares que, na sociedade rural, servem de apoio à sobrevivência. Os consultores internacionais, especialistas em elaborar relatórios sobre a miséria, talvez não tenham em conta o impacto dramático da destruição dos laços familiares e das relações de entreajuda. Nações inteiras estão tornando-se órfãs, e a mendicidade parece ser a única via de uma agonizante sobrevivência. COUTO, M. E se Obama fosse africano? outras intervenções. Portugal: Caminho, 2009 (adaptado). Em uma leitura que extrapola a esfera econômica, o autor associa o acirramento da pobreza à

Questão 54
2018GeografiaSociologia

(Enem 2018 Dia 1) TEXTO I As fronteiras ao mesmo tempo que se separam, unem a articulam, por elas passando discursos de legitimação da ordem social tanto quanto do conflito. CUNHA, L. Terras lusitanas e gentes dos brasis: a nação e seu retrato literário. Revista Ciências Sociais, n. 2, 2009. TEXTO II As últimas barreiras ao livre movimento de dinheiro e das mercadorias e informação que rendem dinheiro andam de mãos dadas com a pressão para cavar novos fossos e erigir novas muralhas que barrem o movimento daqueles que em consequência perdem, física ou espiritualmente, suas raízes. BAUMAN, Z. Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar; 1999. A ressignificação contemporânea de ideia de fronteira compreende a

Questão 55
2018Geografia

(Enem 2018 Dia 1) TEXTO I Há mais de duas décadas, os cientistas e ambientalistas têm alertado o fato de água doce ser um recurso escasso em nosso planeta. Desde o começo de 2014, o Sudeste do Brasil adquiriu uma clara percepção dessa realidade em função da seca. TEXTO II Dinâmicas atmosféricas no Brasil Elementos relevantes ao transporte de umidade na América do Sul a leste dos Andes pelos Jatos de Baixos Níveis (JBN), Frente Frias (FF) e transporte de umidade do Atlântico Sul, assim como a presença da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), para um verão normal e para o verão seco de 2014, A representa o centro da anomalia de alta pressão atmosférica. De acordo com as informações apresentadas, a seca de 2014, no Sudeste, teve causa natural o (a)

Questão 64
2018Geografia

(ENEM 2018 Dia 1) Em Beirute, no Líbano, quando perguntado sobre onde se encontram os refugiados sírios, a resposta do homem é imediata: em todos os lugares e em lugar nenhum. Andando ao acaso, não é raro ver , sob um prédio ou num canto de calçada, ao abrigo do vento, uma família refugiada em volta de uma refeição frugal posta sobre jornais como se fossem guardanapos. Também se vê de vez em quando uma tenda com a sigla ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados), erguida em um dos raros terrenos vagos da capital. JABER, H. Quem realmente acolhe os refugiados? Le Monde Diplomatique Brasil, out. 2015 (adaptado). O cenário descrito aponta para uma crise humanitária que é explicada pelo processo de

Questão 68
2018Geografia

(Enem 2018 - Dia 1) Foi-se o tempo em que era possível mostrar um mundo econômico organizado em camadas bem definidas, onde grandes centros urbanos se ligavam, por si próprios, a economias adjacentes lentas, com o ritmo muito mais rápido do comércio e das finanças de longo alcance. Hoje tudo ocorre como se essas camadas sobrepostas estivessem mescladas e interpermeadas. Interdependências de curto e longo alcance não podem mais ser separadas umas das outras. BRENNER, N. Aglobalização como reterritorialização. Cadernos Metrópole. n. 24, jul.-dez. 2010 (adaptado). A maior complexidade dos espaços urbanos contemporâneos ressaltada no texto explica-se pela

Questão 70
2018HistóriaGeografiaSociologia

(Enem 2018 - Dia 1) A situação demográfica de Israel é muito particular. Desde 1967, a esquerda sionista afirma que Israel deveria se desfazer rapidamente da Cisjordânia e da Faixa de Gaza, argumentando a partir de uma lógica demográfica aparentemente inexorável. Devido à taxa de nascimento árabe ser muito mais elevada, a anexação dos territórios palestinos, formal ou informal, acarretaria dentro de uma ou duas gerações uma maioria árabe entre o rio e o mar. DEMANT, P. Israel: a crise próxima. História, n. 2. jul.-dez. 2014. A preocupação apresentada no texto revela um aspecto da condução política desse Estado identificado ao(à)

Questão 71
2018Geografia

(ENEM 2018 - Dia 1) Trajetória de ciclones tropicais Qual característica do meio físico é condição necessária para a distribuição espacial do fenômeno representado?

Questão 72
2018Geografia

(ENEM 2018 - Dia 1) Outra importante manifestação das crenças e tradições africanas na Colônia eram os objetos conhecidos como bolsa de mandinga. A insegurança tanto física como espiritual gerava uma necessidade generalizada de proteção: das catástrofes da natureza, das doenças, da má sorte, da violência dos núcleos urbanos, dos roubos, das brigas, dos malefícios de feiticeiros, etc. Também para trazer sorte, dinheiro e até atrais mulheres, o costume era corrente nas primeiras décadas do século XVIII, envolvendo não apenas escravos, mas também homens brancos. CALAJINHO, D. B. Feitiços e feiticeiros. In: FIGUEIREDO, L História do Brasil para ocupados. Rio de Janeiro: Casa das Palavras, 2013 (ADAPTAÇÃO) A prática histórico-cultural de matriz africana descrita no texto representava um(a):

Questão 73
2018Geografia

(ENEM 2018 - Dia 1) Considerando as diferenças entre extrativismo vegetal e silvicultura, a variação das curvas do gráfico foi influenciada pela tendência de:

Questão 78
2018Geografia

A agricultura ecológica e a produção orgânica de alimentos estão ganhando relevância em diferentes partes do mundo. No campo brasileiro, também acontece o mesmo. Impulsionado especialmente pela expansão da demanda de alimentos saudáveis, o setor cresce a cada ano, embora permaneça relativamente marginalizado na agenda de prioridades da política agrícola praticada no país. AQUINO, J. R.; GAZOLLA, M.; SCHNEIDER, S. In. SAMBUICHI, R. H. R. et al. (org.). A política nacional de agroecologia e produção orgânica no Brasil: uma trajetória de luta pelo desenvolvimento rural sustentável. Brasília: Ipes, 2017 (adaptado). Que tipo de intervenção do poder público no espaço rural é capaz de reduzir a marginalização produtiva apresentada no texto?

Questão 80
2018Geografia

TEXTO I Quando um exército atravessa montanhas, florestas, zonas de precipícios, ou marcha ao longo de desfiladeiros, alagadiços ou pântanos, ou qualquer outro terreno onde a deslocação é árdua, está em terreno difícil. O terreno onde é apertado e a sua saída é tortuosa e onde uma pequena força inimiga pode atacar a minha, embora maior, é cercado. TZU, S. A arte da guerra. São Paulo: Martin Claret, 2001. TEXTO II O objetivo principal era encontrar e matar Osama Bin Laden. Onde ele se esconde? Não podemos esquecer a dificuldade de ocupação do país, que possui um relevo montanhoso, cheio de cavernas, onde fica fácil, para quem está acostumado com esse relevo, esconder-se. OLIVEIRA, M. G.; SANTOS, M. S, Ásia: uma visão histórica, política e econômica do continente, Rio de Janeiro: E-Papers, 2009 (adaptado). As situações apresentadas atestam a importância da relação entre a topografia e o (a)

Questão 82
2018Geografia

(ENEM 2018 Dia 1) Os países industriais adotaram uma concepção diferente das relações familiares e do lugar da fecundidade na vida familiar e social. A preocupação de garantir uma transmissão integral das vantagens econômicas e sociais adquiridas tem como resultado uma ação voluntária de limitação do número de nascimentos. GEORGE, P. Panorama do mundo atual. São Paulo. Difusão Europeia do Livro, 1968 (adaptado) Em meados do século XX, o fenômeno social descrito contribuiu para o processo europeu de

NOVIDADES
Kuadro