Questões de Química - FUVEST 2005 | Gabarito e resoluções

chevron left center16-23 de 23
Questão 74
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) Nitrato de cobre bastante utilizado nas indstrias grficas e txteis e pode ser preparado por trs mtodos: - Mtodo I: Cu(s) + ...HNO3(conc.)  Cu(NO3)2(aq) + ... NO2(g) + ...H2O() - Mtodo II: 2 Cu(s) + O2(g)  2 CuO(s) 2 CuO(s) + ...HNO3(dil.)  2 Cu(NO3)2(aq) + ...H2O() - Mtodo III: 3Cu(s)+ ...HNO3(dil.)  3 Cu(NO3)2(aq)+ ...NO(g) + 4 H2O() 2 NO(g) + O2(g)  2 NO2(g) Para um mesmo consumo de cobre,

Questão 75
2005Química

(Fuvest 2005) Com a finalidade de niquelar uma pea de lato, foi montado um circuito, utilizando-se fonte de corrente contnua, como representado na figura. No entanto, devido a erros experimentais, ao fechar o circuito, no ocorreu a niquelao da pea. Para que essa ocorresse, foram sugeridas as alteraes: I - Inverter a polaridade da fonte de corrente contnua. II - Substituir a soluo aquosa de NaC por soluo aquosa de NiSO4. III - Substituir a fonte de corrente contnua por uma fonte de corrente alternada de alta frequncia. O xito do experimento requereria apenas

Questão 75
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) Com a finalidade de niquelar uma pea de lato, foi montado um circuito, utilizando-se fonte de corrente contnua, como representado na figura. No entanto, devido a erros experimentais, ao fechar o circuito, no ocorreu a niquelao da pea. Para que essa ocorresse, foram sugeridas as alteraes: I - Inverter a polaridade da fonte de corrente contnua. II - Substituir a soluo aquosa de NaC por soluo aquosa de NiSO4. III - Substituir a fonte de corrente contnua por uma fonte de corrente alternada de alta frequncia. O xito do experimento requereria apenas

Questão 76
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) Em um experimento, para determinar o nmero x de grupos carboxlicos namolcula de um cido carboxlico, volumes de solues aquosas desse cido e de hidrxido desdio, de mesma concentrao, em mol L-1, mesma temperatura, foram misturados de talforma que o volume final fosse sempre 60 mL. Em cada caso, houve liberao de calor. Nogrfico a seguir, esto as variaes de temperatura (T) em funo dos volumes de cido ebase empregados: Partindo desses dados, pode-se concluir que o valor de x Nesse experimento, o calor envolvido na dissociao do cido e o calor de diluio podem serconsiderados desprezveis.

Questão 77
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) Os hidrocarbonetos ismeros antraceno e fenantreno diferem em suas entalpias (energias). Esta diferena de entalpia pode ser calculada, medindo-se o calor de combusto total desses compostos em idnticas condies de presso e temperatura. Para o antraceno, h liberao de 7060 kJ mol-1 e para o fenantreno, h liberao de 7040 kJ mol-1. Sendo assim, para 10 mols de cada composto, a diferena de entalpia igual a

Questão 78
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) O Brasil produz, anualmente, cerca de 6 x 106 toneladas de cido sulfrico pelo processo de contacto. Em uma das etapas do processo h, em fase gasosa, o equilbrio que se estabelece presso total de P atm e temperatura constante. Nessa temperatura, para que o valor da relao seja igual a 6,0 x 104, o valor de P deve ser

Questão 79
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) Uma soluo aquosa de NaOH (base forte), de concentrao 0,10 mol L-1, foigradualmente adicionada a uma soluo aquosa de HCℓ (cido forte), de concentrao 0,08mol L-1. O grfico que fornece as concentraes das diferentes espcies, durante essa adio

Questão 80
2005Química

(FUVEST - 2005 - 1 FASE) A acetilcolina (neurotransmissor) um composto que, em organismos vivos e pela ao de enzimas, transformado e posteriormente regenerado: Na etapa 1, ocorre uma transesterificao. Nas etapas 2 e 3, ocorrem, respectivamente,

chevron left center16-23 de 23