Entre em contato com nossa equipe comercial gratuitamente pelo WhatsApp
Chamar no Whatsapp - KuadroChamar no WhatsApp

Questões de Biologia - UNESP 2010

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-6 de 6
Questão
2010Biologia

(UNESP 2010) As outras chagas de Chagas Em abril será lançada a primeira cartilha médica sobre a infecção causada pelo barbeiro. A doença sempre esteve associada à zona rural... e graças a um intenso programa de erradicação do barbeiro na zona rural, em 2006 a Organização Pan-Americana da Saúde havia decretado o fim no país da infecção pelo contato direto com o inseto. Porém, nos últimos anos as contaminações ressurgiram. Agora elas ocorrem por via oral e estão disseminadas também nas zonas urbanas. Os casos mais recentes aconteceram pelo consumo de restos do barbeiro misturados a alimentos como açaí e caldo de cana. Os novos doentes já somam 600. O número de casos registrados cresce, em média, 20% ao ano.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          (Veja, 24.02.2010. Adaptado.) Sobre a notícia, pode-se afirmar corretamente:  

Questão
2010Biologia

(UNESP 2010) Os poríferos, também conhecidos como esponjas, constituem um dos tipos mais antigos de animais, sendo predominantemente marinhos. Seus esqueletos podem ser constituídos por material orgânico, silicoso ou calcário. Algumas esponjas apresentam pequenos espinhos (espículas) com função de defesa e sustentação mecânica. Nas chamadas esponjas de vidro, as espículas formam estruturas semelhantes às fibras de vidro, podendo, inclusive, se comportar como as fibras ópticas, transmitindo a luz de maneira bastante eficiente. As espículas das esponjas de vidro são constituídas principalmente de:

Questão
2010Biologia

(UNESP 2010) O vento soprava fraco, dobrando levemente as hastes de uma planta dominante, que mal superava a altura do tornozelo, mas nem sempre era assim. Na maior parte das vezes o deslocamento de ar era intenso e se transformava num jato de uivos poderosos, durante as tempestades de verão. ...Açoitadas pelo deslocamento de ar, as hastes se dobravam e se agitavam para liberar o conteúdo das copas, arredondadas como antigas lâmpadas incandescentes. Então as sementes partiam. Cada uma pousaria num ponto distinto, determinadas a perpetuar a espécie, adaptando-se com a disposição de migrantes que desembarcam numa terra estranha. O futuro está ali, não lá, de onde partiram. (Ulisses Capozzoli. Memória da Terra. Scientific American Brasil, janeiro 2010. Adaptado.) O texto retrata uma cena na Terra há alguns milhões de anos. Pode-se dizer que o texto tem por protagonista as __________ e descreve um processo que lhes permitiu ____________. Os espaços em branco poderiam ser corretamente preenchidos por

Questão
2010Biologia

(UNESP 2010) Observe a tirinha, que alude à gripe Influenza A (H1N1). Na tirinha, o personagem afirma que os vírus podem ser de DNA ou RNA e que estes não têm vida própria fora das células. Esta última afirmação se justifica, pois os vírus de:

Questão
2010Biologia

(UNESP 2010) Um estudante de biologia anotou em uma tabela algumas característicasde quatro espécies vegetais: Característica Espécies 1 2 3 4 Possui vasos condutores de seiva? Sim Não Sim Sim Embrião fica retido no gametângio? Sim Sim Sim Sim Forma flores e frutos? Não Não Sim Não Forma sementes? Sim Não Sim Não A partir desses dados, pode-se dizer que na árvore filogenética que reconstitui a históriaevolutiva dessas espécies,

Questão
2010Biologia

(UNESP 2010) Alguns metais são imprescindíveis para o bom funcionamento do organismo humano. Os denominados oligo-elementos, normalmente são encontrados em pequenas quantidades e, quando presentes em excesso, podem ser prejudiciais à saúde. A Doença de Wilson, por exemplo, é caracterizada pelo acúmulo de um metal não prateado, que, se liberado na corrente sanguínea, pode resultar na formação de um anel de coloração escura no olho do indivíduo. Assinale a alternativa que indica, respectivamente, o metal e o órgão do portador da Doença de Wilson onde ele se acumula antes de ser liberado para a corrente sanguínea.

NOVIDADES
Kuadro