Como aumentar a eficiência dos estudos para o vestibular?

Como aumentar a eficiência dos estudos para o vestibular?

Uma dúvida constante que eu vejo entre os alunos que estudam no Kuadro e em outros cursinhos pré-vestibulares é sobre a eficiência dos estudos. Assim, questiono qual a melhor técnica de estudos para aprender o mais rápido possível e, consequentemente, acelerar a aprovação no vestibular dos sonhos?

Muitos alunos têm a impressão que a chave para a aprovação é estudar o máximo de horas por dia. Porém, todos que vivenciam o cursinho pré-vestibular conhecem o caso do aluno que estudava mais que todo mundo (até parecia saber matérias mais avançadas que a média da turma), mas que não conquistou a aprovação.

É indiscutível que a quantidade de horas de estudo importa, mas saber como extrair o máximo de valor dessas horas de estudos pode até ser mais importante que a quantidade absoluta de tempo.

No dia-a-dia do tutor pedagógico do Kuadro, que é responsável pela orientação e tem contato frequente com os alunos, algumas perguntas são recorrentes:

  • Melhor assistir aulas ou fazer exercícios?
  • Como sei que estou preparado em uma matéria e posso partir para a próxima?
  • Como devo dividir o meu tempo entre aulas, exercícios, simulados, redação, etc?
  • Melhor estudar sozinho ou em grupo?

Todas essas perguntas mostram que, na verdade, antes de começar a aprender o conteúdo do vestibular em si, os alunos ainda precisam aprender a estudar.

Alguns dos erros mais comuns que eu vejo dentre os alunos são: (i) ir direto para o conteúdo e aulas, sem definir um cronograma ou horário de estudos antes, ou (ii) estudar sem feedback, sem conseguir saber quando avançar ou não nos conteúdos.

No primeiro caso, é importante saber, de cara, o que é um cronograma e o que é um horário de estudos.

O cronograma de estudos é a programação do aluno do que irá estudar ao longo do ano, como ele deve avançar em cada matéria, para ter certeza que vai conseguir cobrir  todo o edital do vestibular desejado. Dentro do cronograma, também é importante separar o tempo de revisões e resolução de provas passadas, pois essa é uma etapa essencial para a preparação.

O horário de estudos é o planejamento de cada dia do aluno. Qual matéria ele irá estudar em cada dia, quantas horas irá dedicar para cada matéria, quando irá treinar redações e quais serão os momentos de descanso.

Um aluno sem cronograma e sem horário de estudos é como um viajante sem mapa. Ele pode até chegar no destino final, mas o caminho vai ser mais doloroso e mais demorado.

Para aumentar ainda mais a eficiência dos estudos, o segredo é personalizar o cronograma e o horário de estudos. Por exemplo, se é o primeiro ano de cursinho pré-vestibular do aluno, provavelmente ele irá seguir o cronograma de estudos padrão do cursinho. Se já é a segunda vez do aluno, ele pode personalizar o cronograma, porque existem matérias que ele já domina, que exigirão menor dedicação, enquanto existem outras nas quais ele acha que deve investir mais tempo, pois é uma matéria de maior dificuldade.

O Kuadro já teve mais de 700 aprovações nos vestibulares em 2018 e 2019. Conheça nossos cursos!

O segundo erro mais frequente é estudar sem feedback. Nesta situação, a maior queixa dos alunos é não saber quando está pronto para avançar nas matérias. Dois fatores podem influenciar aqui:

  1. O primeiro é não saber qual o nível de profundidade necessário da matéria para o vestibular alvo. O mais normal aqui é pecar pelo excesso. Estudar a matéria em um nível maior do que realmente é necessário. O tempo e espaço mental usado poderia estar sendo usado para dominar matérias que efetivamente caem no vestibular ou mesmo para revisão ou resolução de provas antigas.
    A indicação aqui é olhar provas antigas para conseguir calibrar o que realmente cai no vestibular e confiar no cursinho pré-vestibular. O cursinho, que tem histórico de aprovação no vestibular desejado, sabe recomendar o nível necessário para cada matéria. A equipe de ensino, que já trabalhou com outros alunos na mesma situação, vai saber te dizer onde parar e como otimizar o seu tempo.
  2. A segunda maior queixa é não ter segurança de identificar quando já atingiu o nível esperado em cada matéria e investir muito tempo em um assunto ou, o contrário, avançar para a matéria seguinte, quando o assunto passado ainda não está suficientemente consolidado.
    Nessa situação, nada melhor do que usar listas de exercícios, provas antigas e simulados. Os seus resultados nessas ferramentas vão te mostrar se você atingiu o nível necessário ou não.
    Mais uma vez, o time do cursinho pré-vestibular, principalmente os monitores, serão muito importantes! Eles que vão tirar as suas dúvidas e até te mostrar caminhos melhores para resolver as questões, o que vai te fazer chegar mais rápido ainda no ponto ideal.
    Sempre importante lembrar que o nível necessário em cada matéria depende (e muito) do seu vestibular de interesse.

Essas foram algumas recomendações para acelerar o seu aprendizado e que são aplicadas diariamente com os alunos do Kuadro. O mais legal é que essas técnicas podem ser adaptadas e aplicadas em várias situações e não só na preparação para o vestibular.

Neste artigo, falei por cima de algumas técnicas de estudos, mas elas podem ser tratadas com maior profundidade e existem outras estratégias de estudos que não mencionei, pois o espaço, aqui, é bem limitado.

Para te apresentar e conversar sobre todas as técnicas que usamos aqui no Kuadro, que fazem com que nossos alunos aprendam duas vezes mais rápido e conquistem a aprovação na metade do tempo. Vou fazer uma série de workshops online e gratuitos de 25/novembro a 1º/dezembro.

Essas técnicas são responsáveis por mais de 1000 aprovações em vestibulares concorridos. Para participar destes workshops, é só se inscrever em: https://bit.ly/2OkilXC.

Até lá!
Bruno Werneck – CEO e Fundador do Kuadro

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Kuadro