Chat with us, powered by LiveChat
Filmes para vestibular: 25 obras brasileiras que vão te ajudar

Filmes para vestibular: 25 obras brasileiras que vão te ajudar

Que um vestibulando precisa estudar durante a maior parte de sua rotina, isso todos sabemos. Mas nem todos os momentos de estudo precisam ser com aulas, resumos e exercícios! Nós do Kuadro separamos uma aqui uma lista incrível de filmes para vestibular!

Organizamos conforme as épocas em que se passam os filmes pra você escolher de acordo com a matéria que está estudando! Confere aí:

Filmes para vestibular: Brasil Colônia

1. Desmundo (2003)

Dirigido por Alan Fresnot, o filme retrata os anos de 1570 com a chegada de órfas portuguesas ao Brasil para se casarem com os primeiros colonizadores. A obra retrata, primeiramente, a relação conflituosa e violenta entre essas jovens e seus maridos. No entanto, o tom muda quando uma das protagonistas, após ser ajudada por uma indígena, toma uma atitude corajosa para se livrar de seu sofrimento.

 

República Velha

2. Gaijin: Os Caminhos da Liberdade (1980)

Este filme, dirigido por Tizuka Yamasaki, retrata a imigração japonesa para o Brasil durante o início do século XX. São questionadas principalmente as condições de trabalho no período de expansão cafeeira, as relações entre os imigrantes e o tratamento dos brasileiros aos trabalhadores japoneses.

3. O Homem que Virou Suco (1980)

Um poeta nordestino chega a São Paulo em busca da sobrevivência por meio da divulgação de sua arte. Sua vida em São Paulo muda quando ele é confundido com um trabalhador de uma empresa multinacional que mata seu patrão. O filme, dirigido por João Batista de Andrade, está entre a lista de 100 Melhores Filmes Brasileiros, organizada pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abranccine).

4. Guerra de Canudos (1996)

Também de Sergio Rezende, o filme aborda o episódio real da Guerra de Canudos, ocorrida no final do século XIX. O conflito ocorreu por conta de um movimento religioso guiado por Antonio Conselheiro. As ações do líder religioso e de seus seguidores começam pequenas, mas a nova ordem brasileira não permitia que pessoas desafiassem a República. A Guerra de Canudos também foi retratada pelo escritor Euclides da Cunha, na grande obra literária “Os Sertões”.

5. Mauá – O Imperador e o Rei (1999)

Dirigido por Sergio Rezende, o filme retrata a vida e o legado de Irineu Evangelista de Souza, homem fundamental para a História do Brasil, que ficou conhecido como Barão de Mauá após seus grandes feitos durante a República Velha.

6. Abril Despedaçado (2001)

No sertão brasileiro de 1910, vive um jovem com sua família. Após o assassinato de seu irmão mais velho e do incentivo do pai à vingança, o jovem questiona a lógica da violência e da tradição. Dirigido pelo cineasta Walter Salles, “Abril Despedaçado” também compõe a Lista dos 100 Melhores Filmes Brasileiros.

7. Sonhos Tropicais (2001)

Com direção de André Sturm, “Sonhos Tropicais” conta a história do sanitarista Oswaldo Cruz e de suas ações como médico do Instituto Soropédico de Manguinhos, no Rio de Janeiro da República Velha. O filme aborda a realidade da época e a Revolta da Vacina, motivada pela ação de Oswaldo Cruz de obrigar a população receber vacinas.

 

Era Vargas

8. Olga (2004)

Dirigido por Jayme Monjardim, o filme retrata a vida de Olga Benário, uma jovem alemã, judia e militante comunista. Sua relação com Luís Carlos Prestes, nome importante da História do Brasil, e o cenário político da época são mostrados nessa produção.

9. Nise, o Coração da Loucura (2015)

Esta obra conta a trajetória da médica Nise da Silveira, psiquiatra referência no tratamento de pacientes com esquizofrenia. Retratado em meados do século XX, o filme mostra a ousadia de Nise em sua nova forma de tratar os pacientes, fugindo do preconceito e do conservadorismo nos tratamentos psiquiátricos. A direção é de Roberto Berliner.

10. Xingu (2011)

Com direção de Cao Hamburger, o filme mostra a Expedição Roncador-Xingu, em 1943, sob a ótica de três homens, os irmãos Villas-Bôas. A expedição fazia parte da Marcha para o Oeste, planejada pelo governo de Getúlio Vargas. Durante a trajetória, os três irmãos vivenciam novas experiências com os povos indígenas da região, o que culmina na conquista do Parque Nacional do Xingu (localizado no Mato Grosso).

11. Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964)

Um dos filmes mais importantes do cinema brasileiro, “Deus e o Diabo na Terra do Sol” foi dirigido por Glauber Rocha e faz parte do movimento do Cinema Novo. A produção conta a história de um vaqueiro que, ao se rebelar contra a exploração de um coronel, precisa fugir com sua esposa. Em sua fuga, o vaqueiro presencia outras situações com que não concorda. A produção também compõe a Lista dos 100 Melhores Filmes Brasileiros.

 

Ditadura Militar

12. Pra Frente, Brasil (1982)

Durante a copa de 1970, o Brasil está em clima de comemoração enquanto ocorrem crimes e torturas nos porões da ditadura militar. O filme retrata a ótica de uma família que tem um parente “desaparecido” ao ser confundido com um ativista político. Com direção de Roberto Farias, “Pra Frente, Brasil” também está entre os 100 Melhores Filmes Brasileiros segundo a Abranccine.

13. Lamarca (1994)

O filme, dirigido por Sergio Rezende, conta a história real do capitão Carlos Lamarca, que abandonou sua família e sua carreira militar para entrar na luta contra o regime ditatorial dos militares. Ao se tornar um guerrilheiro, Lamarca lidera conflitos contra as forças militares no Brasil.

14. O Que é Isso, Companheiro? (1997)

Baseado no livro de mesmo nome, escrito pelo jornalista Fernando Gabeira, o filme conta uma história real em primeira pessoa. Gabeira, jornalista, abraçou a luta armada contra a ditadura militar com um grupo guerrilheiro. A direção é de Bruno Barreto.

15. Zuzu Angel (2006)

Com direção de Sergio Rezende, a produção conta a história real da famosa estilista Zuzu Angel. Alheia aos acontecimentos da Ditadura Militar, Zuzu faz sucesso no Brasil e no exterior. Até que seu filho, Stuart, se envolve na luta armada contra o regime. Após receber uma carta com notícias ruins sobre seu a situação de seu filho, Zuzu busca respostas e se posiciona em relação à Ditadura, que antes não lhe incomodava.

16. O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006)

Dirigido por Cao Hamburguer, o filme retrata a visão de Mauro, um garoto mineiro de 12 anos, sobre o sumiço de seus pais durante o Regime Militar. A produção também compõe a lista dos 100 Melhores Filmes Brasileiros, criada pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema.

17. Toda nudez será castigada (1973)

Dirigido por Arnaldo Jabor e baseado na crônica “Toda Nudez Será Castigada”, de Nelson Rodrigues, o filme conta a história de um viúvo conservador que se apaixona por uma prostituta. Assim como a maioria das crônicas de Nelson Rodrigues, a narrativa aborda a hipocrisia de algumas famílias tradicionais brasileiras. O filme está também entre os 100 Melhores Filmes Brasileiros.

 

Retorno do período democrático (fim do século XX)

18. Bye Bye, Brasil (1979)

Nesta produção de Carlos Diegues, três artistas ambulantes cruzam o país com a Caravana Rolidei. Em sua trajetória, fazem apresentações impressionando brasileiros que ainda não possuem televisão. O filme também compõe a lista de 100 Melhores Filmes Brasileiros.

19. Central do Brasil (1998)

Neste filme, uma senhora trabalha na estação Central do Brasil, no centro do Rio de Janeiro, escrevendo cartas para analfabetos. Ao conhecer um menino que teve a mãe atropelada, a senhora decide ajudá-lo a encontrar seu pai. O filme, que concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, foi produzido por Walter Salles e também está entre 100 Melhores Filmes Brasileiros segundo a Abranccine.

 

Brasil Contemporâneo

20. Bicho de sete cabeças (2001)

A produção, de Laís Bodanzky, conta a história de um jovem que, por conta do relacionamento conturbado com o pai, acaba enviado a um manicômio. A partir disso, o jovem, inteiramente consciente, precisa lidar com a situação. “Bicho de Sete Cabeças” também está elencado na lista de 100 Melhores Filmes Brasileiros.

21. Cidade de Deus (2002)

Imagem do filme "Cidade de Deus". Fonte: O Globo

Imagem do filme “Cidade de Deus”. Fonte: O Globo

Baseado no romance de Fernando Meirelles, o filme aborda o contexto da favela Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, a partir da ótica do jovem Buscapé. Fugindo da possibilidade de entrar para o crime, Buscapé torna-se fotógrafo e conta histórias da criminalidade carioca. A narrativa do filme é baseada em fatos reais ocorridos no Rio de Janeiro durante os anos 1960. A produção, reconhecida internacionalmente, está na lista dos 100 Melhores Filmes Brasileiros.

22. Amarelo Manga (2003)

Dirigido por Cláudio Assis, “Amarelo Manga” retrata a cidade de Recife. Lá ocorrem as histórias de um açougueiro, casado com uma evangélica e envolvido com uma amante; de um necrófilo fascinado pela dona de um bar; e de um homem homossexual apaixonado pelo açougueiro. O filme também está entre os 100 Melhores Filmes Brasileiros.

23. Carandiru (2003)

Com direção de Hector Babenco, o filme é baseado no livro de Drazio Varella. A história narra o período em que Drauzio trabalhou com a prevenção a AIDS no presídio do Carandiru, o maior da América Latina. O médico convive com a realidade carcerária do país e, com isso, percebe o lado humano dos detentos.

24. Quanto Vale ou é Por Quilo (2005)

O filme, dirigido por Sergio Bianchi,  faz uma analogia entre o comércio de escravos ocorrido no passado e a exploração da miséria pelo marketing social no presente.

25. Que Horas Ela Volta? (2015)

A produção de Ana Muylaert conta a história de uma babá pernambucana. Ao mudar-se para São Paulo para dar mais possibilidades para a filha, a babá consegue um emprego em uma casa de classe média. Anos depois, a filha adolescente vai para São Paulo morar com a mãe na casa dos patrões. A partir disso, conflitos são gerados com a quebra de protocolos que a jovem promove.

Jornalista formada pela UNESP e analista de mídias sociais do Kuadro. É responsável por administrar as postagens do Blog, do Facebook, do Instagram e do Twitter. Se tiver sugestões de conteúdo deixe nos comentários!

Blog Kuadro