sombra

História de Aprovação: Samayon Écttore

Escolher uma carreira para seguir não é fácil. Às vezes, não temos certeza de que profissão escolher até chegar muito perto da época em que a vida vem cobrar de nós uma escolha. Nesse momento, a dificuldade de uma escolha tardia se soma aos outros obstáculos que já existem na escolha de uma carreira e aprovação no vestibular, por que acabamos iniciando o preparo mais tarde que uma parte dos concorrentes. O Samayon passou por isso!

O recém-aprovado no vestibular da AFA passou um longo tempo indeciso sobre que carreira seguir depois de concluir o ensino médio e sem se sentir atraído por nenhuma profissão em especial. Tudo mudou quando, cedendo aos constantes apelos de um parente, decidiu buscar informações sobre a Academia da Força Aérea e sentiu que se encontrou.

Segundo Samayon, havia ali tudo que ele buscava numa profissão, mas aí começava outro problema. Aluno de escola pública a vida inteira, Samayon tinha o atraso do estudo formal para compensar. E menos tempo do que o normal para isso.

Era preciso dedicação, disciplina e um bom acompanhamento.

Roteiro da aprovação

Curso e carreira decididos, problemas (mais ou menos) identificados, era só começar o trabalho, certo? Aí é que entrava o problema! Samayon já havia tido uma experiência negativa em um cursinho presencial e estava receoso de procurar outra instituição. Samayon entrou então no cursinho do Kuadro, na esperança de conseguir a aprovação. Com o esforço, dedicação e disciplina dele, a aprovação veio!

Depois de não ser aprovado no primeiro ano em que tentou o vestibular da AFA, Samayon fazia parte da turma de 2018, futuro tenente aviador.

Segundo Samayon, durante a preparação, assistir os vídeos de outros aprovados pelo cursinho o ajudou a se manter motivado. Os relatos de gente na mesma situação ajudaram a continuar se dedicando em direção ao objetivo de pilotar um avião. Agora é a vez do Samayon contar um pouco da  história dele: vem ver com a gente!

Conheça aqui outras histórias como a do Samayon!

Aprovação

O que você achou?