Chat with us, powered by LiveChat
mudanças no vestibular do ITA

O vestibular do ITA mudou!

As inscrições para o próximo vestibular do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) começaram no dia 07 de agosto deste ano e o edital está publicado. Lá você vai encontrar o calendário de eventos do vestibular, todas as informações sobre provas, como se inscrever e como concorrer às vagas de uma das principais escolas de engenharia do Brasil.

No edital, você também vai encontrar algumas mudanças em relação aos anos anteriores. Uma das novidades é que agora o ITA divulga as obras literárias que vai atacar na prova de português. Você encontra mais sobre as obras literárias que vão aparecer no próximo vestibular neste link!

Mas a principal mudança no vestibular foi outra!

A grande mudança no vestibular do ITA

Para o vestibular deste ano, o ITA promoveu uma mudança que causa um grande impacto na vida do iteano – pessoa que estudou no ITA – durante e após a graduação.

Quando você fizer sua inscrição para o vestibular do ITA, você terá que escolher entre dois tipos de vaga: privativa (ativa) ou ordinária (reserva).

  • Vagas Privativas: também conhecidas como vagas da ativa. São destinadas a candidatos que têm interesse em seguir a carreira militar como Oficiais Engenheiros da Aeronáutica. São 25 vagas privativas.
  • Vagas Ordinárias: comumente chamadas de vagas da reserva. O foco aqui é para candidatos que querem seguir a carreira civil. São ofertadas 85 vagas ordinárias por concurso.

Esta é a principal mudança do vestibula do ITA para 2018. Calma, que eu vou te explicar tudo direitinho

Como era antes?

Antes, no ato da inscrição, o candidato optava por uma vaga privativa, ou ordinária. No entanto, os 110 melhores entravam no ITA, sem distinção por opção de vaga.

A opção somente se materializava no final do segundo ano de curso. Se entre os aprovados houvesse mais de 25 optantes por carreira militar (vagas privativas), alguns seriam migrados para vagas ordinárias, seguindo critérios internos do CPOR (Centro Preparatório de Oficiais da Reserva).

Se entre os candidatos aprovados houvesse menos de 25 optantes por vagas privativas, as vagas remanescentes seriam disponibilizadas para aqueles que se inscreveram no vestibular para vagas ordinárias mas mudaram de ideia, decidiram ser militares.

Resumindo: uma prova, um concurso.

Como é agora?

Uma prova, dois concursos.

No vestibular deste ano, você escolhe se quer ser militar (vaga privativa) ou civil (vaga ordinária) no ato da inscrição e essa decisão vai te acompanhar até o fim da faculdade e também vai definir qual carreira você vai seguir.

Todos os candidatos farão a mesma prova. Mas não concorrerão todos contra todos. Os optantes de vagas privativas concorrerão apenas com outros optantes de vagas privativas. Enquanto os optantes de vagas ordinárias só concorrerão entre si.

Quais são os impactos dessa mudança?

Os principais impactos dessa mudança são na concorrência pelas vagas e nas notas de corte que agora serão separadas.

É muito cedo pra afirmar qual tipo de vaga terá maior concorrência, porque isso depende do perfil dos candidatos em cada modalidade. O que podemos prever é mais candidatos por vaga privativa, pois nos últimos vestibulares 50% dos candidatos escolheram essa opção na inscrição. A conta é simples!

Vamos tomar como exemplo o último vestibular!

 

Vestibular 2017Simulação vestibular 2018
TotalVagas privativasVagas ordinárias
Candidatos Inscritos12.4846.180 (49,5%)6.304 (50,5%)
Vagas1102585
Relação candidato/vaga113,5247,274,2

 

Como você viu na tabela, a relação candidato/vaga entre os optantes pelas vagas privativas é bem maior e talvez tenha impacto na nota de corte, mas isso nós só saberemos na primeira semana de janeiro de 2018.

O importante pra você que vai prestar o vestibular é escolher a carreira que quer seguir e se esforçar pra ter o melhor desempenho possível no vestibular.

Mas me fala uma coisa! O que você achou dessa mudança?

vestibular do ita

Blog Kuadro