Saiba como entrar em uma faculdade federal

Entrar na universidade é o sonho de grande parte dos brasileiros, ainda mais se for uma instituição de renome. Além dos cursos estaduais, os federais também oferecem ensino de qualidade. Porém, são muito concorridos. O fato é que não existe um jeito certo de como entrar em uma faculdade federal.

Atualmente, cada instituição possui um processo seletivo específico. Por isso, é preciso entender como eles ocorrem para poder se preparar da melhor forma. Veja só o que preparamos para você!

ENEM

Boa parte das faculdades federais utilizam a nota do ENEM para ingresso. Nessas instituições, o interessado deve se inscrever no SiSu (Sistema de Seleção Única) e aguardar a lista de aprovação. Depois desse ranking, há ainda outras chamadas e oportunidades para vagas remanescentes.

São exemplos de instituições que disponibilizam 100% ou parte das vagas pelo SiSu:

  • Universidade de Brasília (UNB);
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Instituto Federal do Ceará (IFCE);
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR);
  • Instituto Federal de São Paulo (IFSP);
  • Instituto Federal do Espírito Santo (IFES);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS),
  • Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

ENEM e THE

Para entrar em alguns cursos, as faculdades federais requerem que eles passem por um Teste de Habilidade Específica (THE). Geralmente, ele é solicitado para as carreiras relacionadas com as artes.

Na Universidade Federal da Bahia, por exemplo, o THE é aplicado para os futuros estudantes de Design, Decoração, Direção Teatral, Canto, Composição e Regência, Música, entre outros. Além desse teste, o aluno também deve utilizar a nota do ENEM.

PAS

Existe ainda a possibilidade de a faculdade pública ter como vestibular o PAS (Processo de Avaliação Seriada). Essa é uma das formas de entrar na Universidade Federal de Lavras (UFLA) e na UNB.

Por esse processo, o aluno é avaliado três vezes durante o Ensino Médio. Nas duas primeiras etapas, ele realiza exames de múltipla escolha e redação. No último ano, ele utiliza a nota obtida no ENEM.

Particularidade

É possível ainda que a instituição utilize a nota do ENEM como 1º fase. Nesse caso, a 2º fase seria composta por um teste à parte, realizado pela própria faculdade.

A Unifesp, em São Paulo, é das universidades que seleciona dessa maneira. Porém, ela não leva em consideração a TRI (Teoria da Resposta ao Item) da pontuação do ENEM, apenas o número de acertos.

Cursos disponíveis

As universidades federais disponibilizam diversas opções de cursos, em todas as áreas do conhecimento. Há desde carreiras mais tradicionais como Direito, Medicina e Engenharia Civil, até profissões diferentes como Engenharia de Aquicultura, Gestão Hospitalar e Redes de Computadores.

Em 2018, as carreiras mais concorridas foram Medicina, Direito, Administração, Enfermagem e Pedagogia. Mas vale notar que a concorrência varia também de acordo com a localidade da faculdade. Nas capitais, a busca costuma ser maior do que em cidades interioranas, por exemplo.

Como estudar para entrar em uma faculdade federal

Agora que você já sabe como entrar em uma faculdade federal, é necessário traçar uma estratégia para os estudos. Como vimos, o Enem tem um enorme papel nesse tipo de vestibular. Por isso, a concentração maior deve ser nele.

O primeiro passo de todos consiste em montar um cronograma de estudos. Esse recurso irá ajudar você a observar o que deve ser estudado, sem deixar nada de lado.

Ao montar um cronograma, lembre-se de variar as matérias diárias para evitar que a mente se canse, e obter um melhor aproveitamento. Nos dias que for Português e História, por exemplo, intercale essas disciplinas com Matemática ou Física.

Além disso, é fundamental dedicar algumas horas por dia para fazer revisões e exercícios. Não basta ler o conteúdo, é preciso saber como aplicá-lo na hora da prova. Nesse sentido, vale a pena também resolver as provas anteriores, para verificar como as disciplina são cobradas.

Conte com um cursinho de qualidade

Uma forma de otimizar os estudos para entrar em um curso federal é fazendo um cursinho preparatório. Nos dias de hoje, existem diversas opções, incluindo alternativas on-line, como o Kuadro.

Nós oferecemos toda a estrutura e qualidade de um curso presencial. Porém, aqui você pode estudar quando e onde puder, sem perder tempo. Aproveite agora mesmo para começar a se preparar.

Quer outras dicas sobre como entrar em uma faculdade federal? Fique de olho no nosso blog e redes sociais. E matricule-se já no cursinho que está revolucionando o ensino!

Blog Kuadro