Questões e gabarito - FUVEST 2008

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 137
Questão 1
2008Matemática

(FUVEST - 2008)Joo entrou na lanchonete BOG e pediu 3 hambrgueres, 1 suco de laranja e 2 cocadas, gastando R$21,50. Na mesa ao lado, algumas pessoas pediram 8 hambrgueres, 3 sucos de laranja e 5 cocadas, gastando R$ 57,00. Sabendo-se que o preo de um hambrguer, mais o de um suco de laranja, mais o de uma cocada totaliza R$ 10,00, calcule o preo de cada um desses itens.

Questão 1
2008Português

(FUVEST 2008) Jornalistas no deveriam fazer previses, mas as fazem o tempo todo. Raramente se do ao trabalho de prestar contas quando erram. Quando o fazem no decerto com a nfase e o destaque conferidos s poucas previses que acertam. Marcelo Leite, Folha de S. Paulo. a) Reescreva o trecho Jornalistas no deveriam fazer previses, mas as fazem o tempo todo, iniciando-o com Embora os jornalistas... b) No trecho Quando o fazem no decerto com a nfase (...), a que idia se refere o termo grifado?

Questão 2
2008Português

(FUVEST 2008) Devemos misturar e alternar a solido e a comunicao. Aquela nos incutir o desejo do convvio social, esta, o desejo de ns mesmos; e uma ser o remdio da outra: a solido curar nossa averso multido, a multido, nosso tdio solido. Sneca, Sobre a tranqilidade da alma. Trad. de J.R. Seabra Filho. a) Segundo Sneca, a solido e a comunicao devem ser vistas como complementares porque ambas satisfazem um mesmo desejo nosso. correta essa interpretao do texto acima? Justifique sua resposta. b) (...) a solido curar nossa averso multido, a multido, nosso tdio solido. Sem prejuzo para o sentido original, reescreva o trecho acima, iniciando-o com Nossa averso multido...

Questão 2
2008Matemática

(FUVEST - 2008)No tringulo ABC , tem-se que AB AC , AC = 4 e . Sabendo-se que o ponto R pertence ao segmento BC e tal que AR = AC e , calcule a) a altura do tringulo ABC relativa ao lado BC . b) a rea do tringulo ABR .

Questão 2
2008Biologia

(FUVEST - 2008 - 2 FASE)Suponha trs espcies de organismos, 1, 2 e 3, que tm exatamente o mesmo nmero de cromossomos. A espcie 1 tem reproduo sexuada e na meiose ocorre permutao entre os cromossomos homlogos. A espcie 2 tem reproduo sexuada, porm, na meiose, no ocorre permutao entre os cromossomos homlogos. A espcie 3 se reproduz assexuadamente por meio de esporos. Com base na constituio gentica das clulas reprodutivas, explique se as afirmativas a e b esto corretas ou no. a) O nmero de tipos de clulas reprodutivas, produzido pelos indivduos das espcies 1 e 2, deve ser igual. b) O nmero de tipos de clulas reprodutivas, produzido pelos indivduos das espcies 2 e 3, deve ser diferente.

Questão 3
2008Matemática

(FUVEST - 2008)Um polinmio de grau 3 possui trs razes reais que, colocadas em ordem crescente, formam uma progresso aritmtica em que a soma dos termos igual a . A diferena entre o quadrado da maior raiz e o quadrado da menor raiz . Sabendo-se que o coeficiente do termo de maior grau do polinmio 5, determine a) a progresso aritmtica. b) o coeficiente do termo de grau 1 desse polinmio.

Questão 3
2008Português

(FUVEST 2008) Em janeiro de 1935, um grupo de turistas pernambucanos passeava de carro quando deu de cara com Lampio e seu bando. Revirando a bagagem do grupo, um cangaceiro encontrou uma Kodak e entregou ao chefe, que perguntou a quem ela pertencia. Apavorado, um deles levantou o dedo. Quero que o senhor tire o meu retrato, disparou o rei do cangao, pondo-se a posar. O homem, esforando-se, bateu uma chapa, mas avisou: Capito, esta posio no est boa. Dando um salto e caindo de p, Lampio perguntou: E esta? Est melhor? Outra foto foi feita. Quando libertava os turistas, aps pilh-los, o fotgrafo de ocasio indagou-lhe como podia enviar as imagens. No preciso. Mande publicar nos jornais, disse o cangaceiro. Carlos Haag, Pesquisa FAPESP. a) No texto, as aspas em rei do cangao e fotgrafo foram empregadas pelo mesmo motivo? Justifique sua resposta. b) Os trechos abaixo encontram-se em discurso indireto e discurso direto, respectivamente. Transforme em discurso direto o primeiro trecho e, em discurso indireto, o segundo. I. (...) um cangaceiro encontrou uma Kodak e entregou ao chefe, que perguntou a quem ela pertencia. II. Quero que o senhor tire o meu retrato, disparou o rei do cangao (...).

Questão 3
2008Biologia

(FUVEST - 2008 - 2 FASE)O grfico abaixo representa as porcentagens dos constituintes de uma folha de planta, coletada no interior de certa mata. a) A folha o principal local de produo de glicose em uma planta. Como se explica a baixa porcentagem de glicose na folha? b) No caso de uma folha obtida de uma planta do cerrado, espera-se encontrar maior ou menor porcentagem de gua e de tecidos vegetais? Justifique.

Questão 4
2008Biologia

(FUVEST - 2008 - 2 FASE)Organismos eucariticos, multicelulares, heterotrficos e com revestimento de quitina. a) Quais organismos podem ser includos nessa descrio? b) A quitina e a celulose tm estruturas qumicas semelhantes. Que funes essas substncias tm em comum nos organismos em que esto presentes?

Questão 4
2008Matemática

(FUVEST - 2008) O crculo C , de raio R , est inscrito no tringulo equiltero DEF . Um crculo de raio r est no interior do tringulo DEF e tangente externamente a C e a dois lados do tringulo, conforme a figura. Assim, determine a) a razo entre R e r . b) a rea do tringulo DEF em funo de r .

Questão 4
2008Português

(FUVEST 2008) O autoclismo da retrete RIO DE JANEIRO Em 1973, fui trabalhar numa revista brasileira editada em Lisboa. Logo no primeiro dia, tive uma amostra das deliciosas diferenas que nos separavam, a ns e aos portugueses, em matria de lngua. Houve um problema no banheiro da redao e eu disse secretria: Isabel, por favor, chame o bombeiro para consertar a descarga da privada. Isabel franziu a testa e s entendeu as quatro primeiras palavras. Pelo visto, eu estava lhe pedindo que chamasse a Banda do Corpo de Bombeiros para dar um concerto particular de marchas e dobrados na redao. Por sorte, um colega brasileiro, em Lisboa havia algum tempo e j escolado nos meandros da lngua, traduziu o recado: Isabel, chame o canalizador para reparar o autoclismo da retrete. E s ento o belo rosto de Isabel se iluminou. Ruy Castro, Folha de S. Paulo. a) Em So Paulo, entende-se por encanador o que no Rio de Janeiro se entende por bombeiro e, em Lisboa, por canalizador. Isto permitiria afirmar que, em algum desses lugares, ocorre um uso equivocado da lngua portuguesa? Justifique sua resposta. b) Uma reforma que viesse a uniformizar a ortografia da lngua portuguesa em todos os pases que a utilizam evitaria o problema de comunicao ocorrido entre o jornalista e a secretria. Voc concorda com essa afirmao? Justifique.

Questão 5
2008Matemática

(FUVEST - 2008) Por recomendao mdica, uma pessoa deve fazer, durante um curtoperodo, dieta alimentar que lhe garanta um mnimo dirio de 7 miligramas de vitamina A e 60microgramas de vitamina D, alimentando-se exclusivamente de um iogurte especial e de umamistura de cereais, acomodada em pacotes. Cada litro do iogurte fornece 1 miligrama devitamina A e 20 microgramas de vitamina D. Cada pacote de cereais fornece 3 miligramas devitamina A e 15 microgramas de vitamina D. Consumindo x litros de iogurte e y pacotes decereais diariamente, a pessoa ter certeza de estar cumprindo a dieta se

Questão 5
2008Química

(FUVEST 2008 - 2 fase) Mesmo em regies no poludas, a gua da chuva no apresenta pH igual a 7, devido ao atmosfrico, que nela se dissolve, estabelecendo-se os equilbrios equilbrio 1 equilbrio 2 No equilbrio 1, o valor da concentrao dissolvido na gua, , obtido pela lei de Henry, que fornece a solubilidade do na gua, em funo da presso parcial desse gs, , no ar. O valor da constante de equilbrio 2, a 25C, Atualmente, a concentrao de CO_2 na atmosfera se aproxima de 400ppm. Calcule a presso parcial de CO_2 para um local em que a presso do ar 1,0 atm. Escreva a expresso da constante do equilbrio 2. Calcule o pH da gua da chuva (o grfico a seguir poder ajudar, evitando operaes como extrao de raiz quadrada e de logaritmo).

Questão 5
2008Matemática

(FUVEST - 2008)A medida x, em radianos, de um ngulo satisfaz e verifica a equao sen x + sen 2x + sen 3x = 0. Assim, a) determine x. b) calcule cos x + cos 2x + cos3x .

Questão 5
2008Biologia

(FUVEST - 2008 - 2 FASE)A tabela abaixo apresenta algumas caractersticas de dois tipos de fibras musculares do corpo humano. a) Em suas respectivas provas, um velocista corre 200 m, com velocidade aproximada de 36 km/h, e um maratonista corre 42 km, com velocidade aproximada de 18 km/h. Que tipo de fibra muscular se espera encontrar, em maior abundncia, nos msculos do corpo de cada um desses atletas? b) Em que tipo de fibra muscular deve ser observado o maior nmero de mitocndrias? Justifique.

NOVIDADES
Kuadro