Questões de Física - FUVEST | Gabarito e resoluções

Questão
2000Física

(Fuvest 2000) Duas jarras iguais A e B, cheias de água até a borda, são mantidas emequilíbrio nos braços de uma balança, apoiada no centro. A balança possui fios flexíveis emcada braço (f1 e f2) presos sem tensão, mas não frouxos, conforme a figura. Coloca-se na jarra B um objeto metálico, de densidade maior que a da água. Esse objeto deposita-se no fundo da jarra, fazendo com que o excesso de água transborde para fora da balança. A balança permanece na mesma posição horizontal devido à ação dos fios. Nessa nova situação, pode-se afirmar que

Questão
2000Física

(Fuvest 2000) Um ímã é colocado próximo a um arranjo, composto por um fio longo enrolado em um carretel e ligado a uma pequena lâmpada, conforme a figura. O ímã é movimentado para a direita e para a esquerda, de tal forma que a posição x de seu ponto médio descreve o movimento indicado pelo gráfico, entre -x0 e +x0.Durante o movimento do ímã, a lâmpada apresenta luminosidade variável, acendendo e apagando. Observa-se que a luminosidade da lâmpada

Questão
2000Física

(Fuvest 2000) As velocidades de crescimento vertical de duas plantas A e B, de espécies diferentes, variaram, em função do tempo decorrido após o plantio de suas sementes, como mostra o gráfico. É possível afirmar que:

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) Na figura, estão representadas as velocidades em função do tempo, desenvolvidas por um atleta, em dois treinos A e B, para uma corrida de 100 m rasos. Com relação aos tempos gastos pelo atleta para percorrer os 100 m, podemos afirmar que, aproximadamente,

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) Um disco de raio r gira com velocidade angular constante. Na borda do disco, está presa uma placa fina de material facilmente perfurável. Um projétil é disparado com velocidade em direção ao eixo do disco, conforme mostra a figura, e fura a placa no ponto A. Enquanto o projétil prossegue sua trajetória sobre o disco, a placa gira meia circunferência, de forma que o projétil atravessa mais uma vez o mesmo orifício que havia perfurado. Considere a velocidade do projétil constante e sua trajetória retilínea. O módulo da velocidade do projétil é:

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) A figura mostra uma bomba de encher pneu de bicicleta. Quando o êmbolo está todo puxado, a uma distância de 30 cm da base, a pressão dentro da bomba é igual à pressão atmosférica normal. A área da seção transversal do pistão da bomba é de 24 cm2. Um ciclista quer encher ainda mais o pneu da bicicleta que tem volume de 2,4 litros e já está com uma pressão interna de 3 atm. Ele empurra o êmbolo da bomba até o final de seu curso. Suponha que o volume do pneu permaneça constante, que o processo possa ser considerado isotérmico e que o volume do tubo que liga a bomba ao pneu seja desprezível. A pressão final do pneu será, então, de aproximadamente:

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) Um objeto de massa 8,0 kg e volume 1,0 litro está imerso em um líquido de densidade igual à da água, contido num grande recipiente, como mostra a figura. O objeto se move para baixo com velocidade constante v = 0,20 m/s, devido à ação conjunta da gravidade, do empuxo e da resistência viscosa do líquido ao movimento. Podemos afirmar que a quantidade de energia transformada em calor, a cada segundo, no sistema objeto-líquido é de:

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) No grfico, a curva I representa o resfriamento de um bloco de metal a partirde 180 oC e a curva II, o aquecimento de uma certa quantidade de um lquido a partir de 0 oC,ambos em funo do calor cedido ou recebido no processo. Se colocarmos num recipientetermicamente isolante a mesma quantidade daquele lquido a 20 oC e o bloco a 100 oC, atemperatura de equilbrio do sistema (lquido+bloco) ser de aproximadamente

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) Um balão de pesquisa, cheio de gás hélio, está sendo preparado para sua decolagem. A massa do balão vazio (sem gás) é MB e a massa do gás hélio no balão é M. O balão está parado devido às cordas que o prendem ao solo. Se as cordas forem soltas, o balão iniciará um movimento de subida vertical com aceleração de 0,2 m/s2. Para que o balão permaneça parado, sem a necessidade das cordas, deve-se adicionar a ele um lastro de massa igual a:

Questão
1999Física

(Fuvest 1999) Um corpo de massa m é lançado com velocidade inicial V0 na parte horizontal de uma rampa, como indicada na figura. Ao atingir o ponto A, ele abandona a rampa, com uma velocidade VA(VAx,VAy), segue uma trajetória que passa pelo ponto de máxima altura B e retorna à rampa no ponto C. Despreze o atrito. Sejam hA, hB e hC as alturas dos pontos A, B e C, respectivamente, VB(VBx,VBy) a velocidade do corpo no ponto B e VC(VCx,VCy), a velocidade do corpo no ponto C. Considere as afirmações:I) V0 = VAx = VBx = VCxII) VAx = VB = VCxIII) mVB²/2 = mVA²/2 - mg (hB - hA)IV) mV0²/2 = mghBV)mVAy²/2 = mg (hB - hA) São corretas as afirmações:

Questão
1998Física

(Fuvest 1998) Dois trens A e B fazem manobra em uma estação ferroviária deslocando-se paralelamente sobre trilhos retilíneos. No instante t = 0 s eles estão lado a lado. O gráfico representa as velocidades dos dois trens a partir do instante t = 0 s até t = 150 s, quando termina a manobra. A distância entre os dois trens no final da manobra é:

Questão
1998Física

(Fuvest 1998) Duas fontes sonoras F1 e F2 estão inicialmente separadas de 2,5m. Dois observadores A e B estão distantes 10m da fonte F1, sendo que o observador A está no eixo x e o observador B no eixo y, conforme indica a figura. As duas fontes estão em fase e emitem som numa freqüência fixa f = 170Hz. Num dado instante, a fonte F2 começa a se deslocar lentamente ao longo do eixo x, afastando-se da fonte F1. Com este deslocamento, os dois observadores detectam uma variação periódica na intensidade do som resultante das duas fontes, passando por máximos e mínimos consecutivos de intensidade. Sabe-se que a velocidade do som é 340m/s nas condições do experimento. Levando em conta a posição inicial das fontes, determine: Levando em conta a posição inicial das fontes, determine: a) a separação Laentre as fontes para a qual o observador A detecta o primeiro mínimo de intensidade. b) a separação Lbentre as fontes para a qual o observador B detecta o primeiro máximo de intensidade.

Questão
1998Física

(Fuvest 1998) Um fio retilíneo, bastante longo, está no plano de uma espira retangular, paralelo a um de seus lados, conforme indicado na Figura 1. A corrente I1 no fio, varia em função do tempo t conforme indicado na Figura 2. O gráfico que melhor representa a corrente I2 induzida na espira é:

Questão
1998Física

(Fuvest 1998) Um termômetro especial, de líquido dentro de um recipiente de vidro, é constituído de um bulbo de 1 cm3 e um tubo com secção transversal de 1 mm2. À temperatura de 20 ºC, o líquido preenche completamente o bulbo até a base do tubo. À temperatura de 50 ºC o líquido preenche o tubo até uma altura de 12 mm. Considere desprezíveis os efeitos da dilatação do vidro e da pressão do gás acima da coluna do líquido. Podemos afirmar que o coeficiente de dilatação volumétrica médio do líquido vale:

Questão
1998Física

(Fuvest 1998) Deseja-se medir a pressão interna P em um grande tanque de gás. Paraisto, utiliza-se como manômetro um sistema formado por um cilindro e um pistão de área A,preso a uma mola de constante elástica k. A mola está no seu estado natural (sem tensão)quando o pistão encosta na base do cilindro, e tem comprimento L0 (fig1 - registro R fechado).Abrindo-se o registro R, o gás empurra o pistão, comprimindo a mola, que fica comcomprimento L (fig 2 - registro R aberto). A pressão ambiente vale P0 e é aplicada no lado externo do pistão. O sistema é mantido àtemperatura ambiente durante todo o processo. O valor da pressão absoluta P no tanque vale: