Questões de Redação - UNIOESTE

1-7 de 7
Questão
2019Redação

PROPOSTA 2 Redija um ARTIGO DE OPINIÃO para ser publicado no site g1.globo.com, abordando a temática: USO DE AGROTÓXICOS: NECESSIDADE REAL OU BUSCA POR MAIS LUCRO? Uma comissão especial de deputados aprovou, em primeira instância, o projeto que regulamenta o uso de agrotóxicos no Brasil. Pelo texto, o que hoje é agrotóxico passaria a se chamar pesticida. O controle de registros, atualmente, é feito por três órgãos: Ministério da Saúde, Ibama e Ministério da Agricultura. Pela proposta, esse processo seria unificado, apenas, sob o comando do Ministério da Agricultura. Deputados que defendem o projeto argumentam que ele vai modernizar os procedimentos. A lei atual é de 30 anos atrás, nós temos que atualizar, não só modernizar, mas temos que atualizar, mudando algumas coisas. A agricultura precisa de modernização, a agricultura, durante esses 30 anos, evoluiu muito, disse o relator. (Adaptado de http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/06/comissao-da-camara-aprovaprojeto-que-regulamenta-uso-de-agrotoxicos.html, acesso em 26/09/2018) Em 1962, a bióloga Rachel Carson decidiu tornar públicos seus estudos, feitos durante quatro anos e meio, sobre as sérias consequências na saúde humana do DDT (diclorodifeniltricloretano), inseticida até então muito usado. Carson mexeu num vespeiro, quando deixou no ar, pela primeira vez, a pergunta: o que vale mais? O lucro que se obtém com plantações sem pragas e cheias de substâncias tóxicas, ou a saúde das pessoas que serão impregnadas por elas? (Adaptado de: https://g1.globo.com/natureza/blog/nova-etica-social/post/projeto-de-lei-sobreagrotoxicos-o-pl-do-veneno-poe-o-lucro-acima-da-saude-das-pessoas.ghtml, acesso em 26/09/2018) (Imagem retirada do site: http://metanoverde.blogspot.com/2015/01/como-fazer-pararetirar-os-agrotoxicos.html, acesso em 26/09/2018)

Questão
2019Redação

PROPOSTA 1 Escreva um COMENTÁRIO INTERPRETATIVO CRÍTICO, para ser publicado na REVISTA GALILEU, sobre a temática a seguir. Lembre-se de que você deverá apresentá-la e interpretá-la criticamente. NÓS NOS PREOCUPAMOS MAIS COM NOSSOS SEMELHANTES OU COM OS ANIMAIS? No fim de 2013, uma pesquisa feita pelo Ibope com mais de 10 mil pessoas revelou que 80% dos internautas brasileiros têm um animal de estimação em casa. O que mais chama atenção na pesquisa é o valor gasto por mês com os animais: em média, R$ 100 por mês. Esses números provam o óbvio, isto é, os animais de estimação fazem parte da nossa vida [...]. Psicólogos da Universidade Georgia perguntaram para 573 pessoas quem elas salvariam em um cenário hipotético que dava chance de apenas um dos dois sobreviver: cão ou humano. Segundo os pesquisadores, dois fatores são levados em conta nesse momento de decisão. Primeiro: quem é a pessoa em perigo? O resultado mostrou que, se a pessoa em perigo fosse um desconhecido, ela perderia a vida para um cachorro. Segundo: quem é o cão em perigo? 40% dos entrevistados responderam que salvariam seu animal de estimação em vez de um turista estrangeiro. (Adaptado de Fernando Bumbeers. Revista Galileu. Disponível em https://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2015/04/por-que-gostamos-mais-de-pets-do-que-deoutras-pessoas.html, acesso em 26/09/2018).

Questão
2017Redação

PROPOSTA 1 Escreva umaCARTA DO LEITOR para ser publicado na seção Painel do Leitor de um jornal de circulação nacional, posicionando-se sobre a temática: 2006 2016: 10 anos da Lei Maria da Penha. Uma hora é a bebida. Na outra, é o ciúme, a raiva acumulada, a não aceitação da separação. Com desculpas como essas, todos os dias centenas de homens batem, queimam, espancam, ameaçam e, às vezes, chegam a matar suas esposas, namoradas, filhas e outras mulheres da família. No Brasil, uma a cada cinco mulheres é vítima de violência doméstica, segundo dados da Secretaria de Política para Mulheres. Cerca de 80% dos casos são cometidos por parceiros ou ex-parceiros. Há dez anos, uma lei foi criada no país para punir os autores da violência no ambiente familiar. Batizada de Maria da Penha, em homenagem a uma das tantas vítimas de agressão, ela é considerada pela ONU (Organização das Nações Unidas) uma das melhores legislações do mundo no combate à violência contra as mulheres. Mas ainda há desafios, como a não aplicação da lei em alguns casos, a falta de grupos de recuperação para agressores e de atendimento especializado às vítimas, a não conscientização de parte da população sobre o que é violência doméstica. Adaptado de: http://especiais.g1.globo.com/politica/2016/maria-da-penha---10-anos-em-10-historias/

Questão
2017Redação

PROPOSTA 2 Escreva um ARTIGO DE OPINIÃO para ser publicado na revista Época, posicionando-se sobre a temática: ESCOLA SEM PARTIDO Escola sem Partido, escola silenciada. O que seria a tão falada e pouco explicada escola sem partido? Basicamente, trata-se de uma falsa dicotomia, pois não diz respeito a não partidarização das escolas, mas sim à retirada do pensamento crítico, da problematização e da possibilidade de se democratizar a escola, esse espaço de partilhas e aprendizados ainda tão fechado, que precisa de abertura e diálogo. A pauta que precisamos debater é a da qualidade da educação e não falácias ideológicas sobre a não ideologização da escola, algo que se vê até mesmo em alguns diálogos sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Adaptado de: http://outraspalavras.net/brasil/escola-sem-partido-escola-silenciada/ Por uma lei contra o abuso da liberdade de ensinar A doutrinação política e ideológica em sala de aula ofende a liberdade de consciência do estudante, afronta o princípio da neutralidade política e ideológica do Estado e ameaça o próprio regime democrático, na medida em que instrumentaliza o sistema de ensino com o objetivo de desequilibrar o jogo político em favor de um dos competidores. Além disso, a exposição, em disciplina obrigatória, de conteúdos que possam estar em conflito com as convicções morais dos estudantes ou de seus pais, viola o art. 12 da Convenção Americana sobre Direitos Humanos, segundo o qual os pais têm direito a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com suas próprias convicções. Adaptado de: http://escolasempartido.org/component/content/article/2-uncategorised/482-uma-lei-contra-o-abuso-daliberdade-de-ensinar

Questão
2016Redação

PROPOSTA 1 Escreva uma CARTA DO LEITOR, para ser publicada na seção de cartas da Revista Superinteressante, posicionando-se sobre a temática contida no texto abaixo. Ensino domiciliar Cerca de 2.500 famílias brasileiras instruem os filhos fora das salas de aula - e fora da lei. Muitos deles são adeptos do unschooling, movimento que quer mais do que tirar as crianças de dentro da escola: o objetivo é tirar a escola de dentro de alunos, pais e mestres. Minha filha não sabe o que é ser obrigada a acordar cedo, colocar uma mochila nas costas, estudar o que um professor decidiu que ela deveria saber e ter de fazer uma prova para mostrar do que é capaz, conta Cleber Nunes sobre a filha Ana, de 8 anos. Nessa idade, o único compromisso de uma criança é brincar. Ela aprende só o que acha interessante. E, mesmo assim, fazemos com que isso faça parte da brincadeira. Sem agenda. Sem ritmo. O que Cleber ensina neste depoimento é o princípio do unschooling - desescolarização, em tradução livre - prática que consiste em expor a criança ao mundo, perceber seus interesses e facilitar para que cada situação seja uma chance de aprendizagem. Tudo isso fora da escola - e da lei. No Brasil, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) afirma ser dever dos pais ou responsáveis matricular os menores na rede regular de ensino a partir dos 4 anos. Veja quais são os países com mais estudantes caseiros:* EUA: 2 milhões África do Sul: 150 mil Rússia: 70 a 100 mil Reino Unido: 20 a 100 mil Canadá: 80 a 95 mil França: 12 a 23 mil *Fonte: Associação de Defesa do Ensino Domiciliar (HSLDA), EUA. (Adaptado de Camila Matos, Revista Superinteressante, ed. 348, jun./2015). ATENÇÃO: Sua carta deve ter, no mínimo, 20 linhas escritas. Assine sua carta como João ou Maria

Questão
2016Redação

PROPOSTA 2 Escreva um ARTIGO DE OPINIÃO, para ser publicado na seção Painel do Leitor de um jornal de circulação nacional, posicionando-se sobre a temática contida no texto abaixo. O amargo gosto do chocolate A polícia da Costa do Marfim libertou 48 crianças escravizadas, durante uma operação realizada em plantações no cinturão de cacau do país africano e prendeu 22 pessoas acusadas de tráfico humano e exploração infantil, afirmou a Interpol nesta segunda-feira. As prisões fazem parte de uma série de operações planejadas contra o tráfico e a exploração de crianças na África Ocidental, disse a Interpol. Muitas das marcas conhecidas pelos deliciosos e, às vezes, nutritivos chocolates (derivados do cacau) são responsáveis pelo trabalho escravo de centenas de crianças e adolescentes, algumas delas trabalhando nas lavouras há mais de um ano em condições extremas, comprometendo gravemente a sua integridade em todos os sentidos. (Adaptado de: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/06/policia-liberta-48-criancas-escravizadas-na-costado-marfim.html, de 23.06.15, acessado em 12.11.15)

Questão
2009Redação

(UNIOESTE - 2009/adaptada) Uma carta indita a Drummond Querido Carlos, afetuoso abrao. Leio nos jornais que voc pediu demisso. Sem dvida uma pena para o Brasil, mas voc est correto. E outros dias viro. Pessoalmente, no posso deixar de lhe agradecer tantas finezas que voc me prestou, sempre to solicitamente, quando no exerccio do cargo. Confirmo meu telegrama de hoje, pedindo-lhe o favor de me representar no almoo de sbado prximo, e de transmitir minha solidariedade declarao de princpios do 1 Congresso de Escritores. Abandonei a colaborao nA Manh, se bem que estivesse gostando, pois me deva um certo treino de escrever prosa, e alm disso os 800 cruzeiros me eram necessrios, nas circunstncias atuais de minha vida. Mas o governo excedeu-se, perdeu todo o controle, divorciou-se por completo das aspiraes populares, e esgotou o seu j fraco contedo. De qualquer forma, continuar os artigos seria uma espcie de colaboracionismo. Como voc sabe, continuo em regime de sade, por isso no posso tomar parte pessoalmente na campanha que se desenrola. Entretanto, estou bastante atento mesma; por isso caso voc julgue oportuno poder divulgar que eu estou solidarizado com a campanha democrtica, e absolutamente contra os mtodos do governo. Se acharem interessante, poderei escrever, mesmo sobre assunto poltico, pequenas crnicas e notas desde que minha sade o permita. Que coisa a morte do Mrio, hein? Fiquei muito sentido, e, sabendo que vocs eram muito amigos, o caso de se apresentar psames a voc. Em que p est o nosso livro? E o seu? Ento, querido Carlos, lembranas a Dolores e Maria Julieta. O abrao amigo do Murilo P. S. Lembranas tambm ao Joo Cabral. (Folha de S. Paulo, 11/05/91) Com relao ao texto, correto afirmar que:

1-7 de 7