Questões e gabarito - AFA 2013

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 54
Questão
2013Português

(Epcar (Afa) 2013) Analise o período abaixo: A Apple estava à beira da falência e só ganhou sobrevida porque recebeu um aporte de 150 milhões de dólares da Microsoft. (ref. 11) Nele, pode-se afirmar que:

Questão
2013Matemática

(Epcar (Afa) 2013)  Dois corredores partem de um ponto ao mesmo tempo e se deslocam da seguinte forma: o primeiro é tal, que sua velocidade  é dada em função da distância x por ele percorrida através de    em que n varia no conjunto dos números naturais não nulos. O segundo é tal que sua velocidade  é dada em função da distância x por ele percorrida através de  . Tais velocidades são marcadas em km/h, e as distâncias, em metros. Assim sendo, ambos estarão à mesma velocidade após terem percorrido

Questão
2013Matemática

A sequênciaé talque os três primeiros termos formam uma progressão aritmética e os três últimos formam uma progressão geométrica. Sendo essa sequência crescente, a soma de seus termos é:

Questão
2013Inglês

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Why Bilinguals Are Smarter Speaking two languages 5rather than just one has obvious practical benefits in an increasingly globalized world. But in recent years, scientists have begun to show that 10the advantages of bilingualism are even more fundamental than being able to converse with 11a wider range of people. Being bilingual, it turns out, makes you smarter. It can have a profound effect on your brain, improving cognitive skills not related to language and even protecting from dementia in old age. This view of bilingualism is 1remarkably different from 12the understanding of bilingualism through much of the 20th century. Researchers, educators and policy makers long considered a second language to be an interference, cognitively speaking, that delayed a child’s academic and intellectual development. They were not wrong about the interference: there is ample evidence that in a bilingual’s brain both language systems are active even when he is using only one language, thus creating situations in which one system obstructs the other. But this interference, researchers are finding out, isn’t so much a handicap as a blessing in disguise. It forces the brain to resolve internal conflict, giving the mind a workout that strengthens its cognitive muscles. Bilinguals, 2for instance, seem to be more adept than monolinguals at solving certain kinds of mental puzzles. In a 2004 study by the psychologists Ellen Bialystok and Michelle Martin-Rhee, bilingual and monolingual preschoolers were asked to sort blue circles and red squares presented on a computer screen into two digital bins — one marked with a blue square and the other marked with a red circle. In the first task, the children had to sort the shapes by color, placing blue circles in the bin marked with the blue square and red squares in the bin marked with the red circle. Both groups did this with comparable ease. Next, the children were asked to sort by shape, which was more challenging because it required placing the images in a bin marked with a conflicting color. 13The bilinguals were quicker at performing this task. 6The collective evidence from a number of such studies suggests that the bilingual experience improves the brain’s 3so-called executive function — a command system that directs the attention processes that we use for planning, solving problems and performing various other mentally demanding tasks. These processes include ignoring distractions to stay focused, switching attention willfully from one thing to another and holding information in mind — like remembering a sequence of directions while driving. 14Why does the fight between two simultaneously active language systems improve these aspects of cognition? Until recently, researchers thought 7the bilingual advantage was centered primarily in an ability for inhibition that was improved by the exercise of suppressing one language system: this suppression, it was thought, would help train the bilingual mind to ignore distractions in other contexts. But that explanation increasingly appears to be inadequate, since studies have shown that bilinguals perform better than monolinguals 4even at tasks that do not require inhibition, like threading a line through an ascending series of numbers scattered randomly on a page. The bilingual experience appears to influence the brain from infancy to old age (and 8there is reason to believe that it may also apply to those who learn a second language later in life). In a 2009 study led by Agnes Kovacs of the International School for Advanced Studies in Trieste, Italy, 7-month-old babies exposed to two languages from birth were compared with peers raised with one language. In an initial set of tests, the infants were presented with an audio stimulus and then shown a puppet on one side of a screen. Both infant groups learned to look at that side of the screen in anticipation of the puppet. But in a later set of tests, when the puppet began appearing on the opposite side of the screen, the babies exposed to a bilingual environment quickly learned to switch their anticipatory gaze in the new direction while the other babies did not. Bilingualism’s effects also extend into the twilight years. In a recent study of 44 elderly Spanish-English bilinguals, scientists led by the neuropsychologist Tamar Gollan of the University of California, San Diego, found that individuals with a higher degree of bilingualism — measured through a comparative evaluation of proficiency in each language — were more resistant than others to the beginning of dementia and other symptoms of Alzheimer’s disease: the higher the degree of bilingualism, the later the age of occurrence. Nobody ever doubted the power of language. 9But who would have imagined that the words we hear and the sentences we speak might be leaving such a deep imprint? Adapted from http://www.nytimes.com/2012/03/18/opinion/sunday/the-benefitsof-bilingualism.html 4. (Epcar (Afa) 2013) In the question “Why does the fight between two simultaneously active language systems improve these aspects of cognition?” (ref. 14) The author asked 

Questão
2013Português

(Epcar (Afa) 2013) Em relação ao texto, assinale a alternativa correta.

Questão
2013Física

(Epcar (Afa) 2013) Em um local onde a aceleração da gravidade vale g, uma partícula move-se sem atrito sobre uma pista circular que, por sua vez, possui uma inclinação . Essa partícula está presa a um poste central, por meio de um fio ideal de comprimentoque, através de uma articulação, pode girar livremente em torno do poste. O fio é mantido paralelo à superfície da pista, conforme figura abaixo. Ao girar com uma determinada velocidade constante, a partícula fica flutuando sobre a superfície inclinada da pista, ou seja, a partícula fica na iminência de perder o contato com a pista e, além disso, descreve uma trajetória circular com centro em C, também indicado na figura. Nessas condições, a velocidade linear da partícula deve ser igual a

Questão
2013Matemática

(Epcar (Afa) 2013) O gráfico abaixo descreve uma função f : A B Analise as proposições que seguem. I. A ∈ IR* II. f é sobrejetora se B = IR –[–e, e] III. Para infinitos valores de x ∈A, tem-se f (x) = -b IV. f(-c) - f(c) + f(-b) + f(b) = 2b V. f é função par. VI.  ∈ IR / f (x) = -d São verdadeiras apenas as proposições

Questão
2013Física

(Epcar (Afa) 2013) O elétron do átomo de hidrogênio, ao passar do primeiro estadoestacionário excitado, n = 2, para o estado fundamental, n = 1, emite um fóton.Tendo em vista o diagrama da figura abaixo, que apresenta, de maneira aproximada, oscomprimentos de onda das diversas radiações, componentes do espectro eletromagnético,pode-se concluir que o comprimento de onda desse fóton emitido corresponde a uma radiaçãona região do(s):

Questão
2013Física

(Epcar (Afa) 2013) A figura abaixo mostra uma face de um arranjo cúbico, montado com duas partes geometricamente iguais. A parte 1 é totalmente preenchida com um líquido de índice de refração n1 e a parte 2 é um bloco maciço de um material transparente com índice de refração n2. Neste arranjo, um raio de luz monocromático, saindo do ponto P, chega ao ponto C sem sofrer desvio de sua direção inicial. Retirando-se o líquido n1 e preenchendo-se completamente a parte 1 com um outro líquido de índice de refração n3, tem-se que o mesmo raio, saindo do ponto P, chega integralmente ao ponto D. Considere que todos os meios sejam homogêneos, transparentes e isotrópicos, e que a interface entre eles forme um dióptro perfeitamente plano. Nessas condições, é correto afirmar que o índice de refração n3 pode ser igual a

Questão
2013Física

(Epcar (Afa) 2013) Uma esfera homogênea, rígida, de densidade e de volume V se encontra apoiada e em equilíbrio na superfície inferior de um recipiente, como mostra a figura 1. Nesta situação a superfície inferior exerce uma força N1 sobre a esfera. A partir dessa condição, o recipiente vai sendo preenchido lentamente por um líquido de densidade, de tal forma que esse líquido esteja sempre em equilíbrio hidrostático. Num determinado momento, a situação de equilíbrio do sistema, no qual a esfera apresenta metade de seu volume submerso, é mostrada na figura 2. Quando o recipiente é totalmente preenchido pelo líquido, o sistema líquido-esfera se encontra em uma nova condição de equilíbrio com a esfera apoiada na superfície superior do recipiente (figura 3), que exerce uma força de reação normal N2 sobre a esfera. Nessas condições, a razão é dada por

Questão
2013Matemática

(Epcar (Afa) 2013) Considerando os números complexos z1 e z2, tais que: z1 é a raiz cúbica de 8i que tem afixo no segundo quadrante z2 é raiz da equação x4 + x2 - 12 = 0 e Im(z2) 0 Pode-se afirmar que é igual a

Questão
2013Física

(Epcar (Afa) 2013) Um gerador homopolar consiste de um disco metálico que é posto a girarcom velocidade angular constante em um campo magnético uniforme, cuja ação é extensiva atoda a área do disco, conforme ilustrado na figura abaixo. Ao conectar, entre a borda do disco e o eixo metálico de rotação, uma lâmpada L cujaresistência elétrica tem comportamento ôhmico, a potência dissipada no seu filamento, emfunção do tempo, é melhor representada pelo gráfico

Questão
2013Matemática

(Epcar (Afa) 2013) Num acampamento militar, serão instaladas três barracas: I, II e III. Nelas, serão alojados 10 soldados, dentre eles o soldado A e o soldado B, de tal maneira que fiquem 4 soldados na barraca I, 3 na barraca II e 3 na barraca III. Se o soldado A deve ficar na barraca I e o soldado B NÃO deve ficar na barraca III, então o número de maneiras distintas de distribuí-los é igual a

Questão
2013Inglês

According to the text above youve just read, who in fact, performed the job was

Questão
2013Matemática

Considerando os números complexosz1e z2, tais que: - z1é a raiz cúbica de 8i que tem afixo no segundo quadrante - z2é raiz da equação x4+ x2- 12 = 0 e Im(z2) 0 Pode-se afirmar queé igual a:

1-15 de 54
NOVIDADES
Kuadro