Gabarito UEMG - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 70
Questão
2019Biologia

(UEMG - 2019) Os vegetais multicelulares so formados por um grupamento de clulas diferenciadas que exercem uma mesma funo. Esses conjuntos celulares so designados como tecidos e a diviso da Biologia que os estuda denominada de Histologia. Nesses tecidos, existem clulas que possuem celulose em sua parede celular, vacolos e cloroplastos em seu interior. Assinale a alternativa que apresenta o tecido vegetal formado por clulas mortas, alongadas e de parede celular lignificada.

Questão
2019Biologia

(UEMG - 2019) O monxido de carbono (CO) prejudicial ao organismo, porque:

Questão
2019Espanhol

(UEMG - 2019) La contaminacin de la Ciudad de Mxico por qu no disminuye an con contingencias ambientales? La contaminacin atmosfrica es un tema que preocupa al gobierno y a los habitantes de la Zona Metropolitana del Valle de Mxico desde hace ms de tres dcadas. Para hacerle frente al creciente problema, se han implementado diferentes medidas que parecen nunca ser suficientes. Entre ellas encontramos la reformulacin de las gasolinas, la verificacin obligatoria, el programa Hoy No Circula, la reubicacin de industrias, campaas de educacin vial, programas de restauracin y conservacin de reas verdes y cambios a la normatividad, entre otros. Como bien sabemos, los esfuerzos para reducir la contaminacin ambiental estn enfocados principalmente en las fuentes mviles por dos motivos: son causantes del 60% del consumo energtico de la Ciudad de Mxico y son los que generan el 78% de partculas de xido de nitrgeno, contaminante que junto con los compuestos orgnicos voltiles son los precursores de la formacin de ozono. La principal medida implementada por el gobierno en el afn de reducir la contaminacin del aire, es el programa Hoy No Circula, que desde 1989 se ha aplicado en la Ciudad de Mxico y que consiste en impedir la circulacin del 20% de los vehculos en determinados das de acuerdo al color de su engomado, un programa que con el paso de los aos se ha ampliado y endurecido, pero del que se pone en duda su efectividad. En entrevista para Xataka Mxico, el Dr. Hctor Riveros Rotg, investigador del Instituto de Fsica de la UNAM, nos seala una importante falla en la implementacin del programa Hoy No Circula as como de las medidas de contingencia ambiental que hemos vivido en los ltimos das: las miles de personas cuyovehculo queda fuera de circulacin encuentran como forma de traslado el uso del transporte pblico, principalmente el de taxis y microbuses, mismos que al ser de uso intensivo y no estar correctamente regulados, generan ms contaminacin. El Dr. Riveros nos recuerda que en lo referente a transporte pblico, es mejor el uso de las redes de Metro y Metrobs que usar taxis y microbuses, por lo que considera es necesario incentivar el uso y expansin de ambos sistemas de transporte, garantizando que tengan una frecuencia adecuada a las necesidades de los usuarios. Disponvel em: https://www.xataka.com.mx/otros-1/lacontaminacion-de-la-ciudad-de-mexico-por-que-no-disminuye-auncon-contingencias-ambientales . Acesso: 11 dez. 2018. (Adaptado) Las palabras DEL y AL, destacadas en el texto, son respectivamente:

Questão
2018História

(Uemg 2018) Quanto à vinda da corte portuguesa ao Brasil, assinale a alternativa correta.

Questão
2018Espanhol

(UEMG - 2018) Cmo poner la mesa Recuerde que la mesa es smbolo de hogar, de reunin y de convivencia. Segn sea la forma en la que arregle dar un toque especial a cada momento. La ocasin, el espacio disponible y la cantidad de personas que te acompaan te indicarn tus posibilidades. Los cubiertos deben colocarse en el orden en que van a ser utilizados, comenzando por el exterior. El tenedor y la cuchara del postre ofrcelos despus. As evitars la confusin de cubiertos a la hora de comer. Si no tiene una vajilla completa, puede jugar armoniosamente con varios estilos. Los platos de 1postre o los de servir, por ejemplo, pueden ser diferentes a los restantes. Si su mesa es muy 2larga tenga siempre dos juegos de salero/pimentero, hielo, agua, etc. La comida debe ser servida por el lado izquierdo, ya que esto da ms facilidad a los comensales para servirse, usando la mano derecha. Generalmente se sirve primero el pescado y luego la carne porque su sabor es ms fuerte. Las 3copas del agua y del vino se colocan a la derecha, en la parte superior de los 4cubiertos, con la copa del vino hacia el exterior, y deben ser servidas a slo tres cuartas partes de su capacidad. Para mayor versatilidad y contraste es mejor seleccionar la vajilla en un color neutro (blanco) y si le gustan los diseos, escoja uno que sea sobrio y simple. Esto le facilitar combinarlo con diferentes manteles y decorar la mesa con flores o frutas sin ningn temor, y pueden ser usados a cualquier hora y en cualquier ocasin. Retirado en : http://www.deguate.com/artman/publish/recetas_etiqueta/C_mo_poner_la_mesa_1756.shtml Marque la alternativa correcta en relacin al texto.

Questão
2018Biologia

(UEMG - 2018) Uma floresta ripria submetida a alagamentos peridicos apresentou algumas embabas (espcies arbreas da espcieCecropia pachystachya) com razes crescendo diretamente do caule e pequenos pontos de ruptura no tecido suberoso do caule, que aparecem como orifcios. A formao dessas estruturas uma resposta fisiolgica adaptativa comum em plantas submetidas ao alagamento. Assinale a alternativa que apresenta corretamente os nomes das razes e dos orifcios produzidos nessas condies.

Questão
2018Biologia

(Uemg 2018) No século XVII, o cientista inglês Robert Hooke dedicou-se à observação da estrutura da cortiça e constatou que ela era formada por um grande número de cavidades preenchidas com ar, as quais chamou de células. Hoje, sabemos que as células são preenchidas pelo citoplasma e mantêm seu formato devido ao citoesqueleto, que também é responsável pelos movimentos celulares, formação de pseudópodos e deslocamentos de organelas. Considerando a participação do citoesqueleto na mitose, é correto afirmar que fármacos que interferem na formação de microtúbulos, como a colchicina, interrompem a mitose em qual das seguintes fases?

Questão
2018Biologia

(UEMG-2018 - Modificada) Evolutivamente, o aparecimento do sistema circulatrio trouxe grande vantagem para os animais, pois favoreceu o transporte de oxignio e nutrientes para todos os tecidos, permitindo, assim, o aparecimento de animais de porte cada vez maior. Considerando o sistema circulatrio nos diversos grupos animais, preencha as lacunas e assinale a alternativa correta. O sistema circulatrio aparece pela primeira vez no filo ________________, no qual ele do tipo________________ em minhocas. No filo _____________, ele ________________.

Questão
2018Física

Em uma viagem a Júpiter, deseja-se construir uma nave espacial com uma seção rotacional para simular, por efeitos centrífugos, a gravidade. A seção terá um raio de 90metros. Quantas rotações por minuto (RPM) deverá ter essa seção para simular a gravidade terrestre? (considere g = 10 m/s).

Questão
2018História

(Uemg 2018) Com base nos dois depoimentos e na imagem a seguir, considerando o que pode ser relacionado a essas fontes históricas, assinale a alternativa INCORRETA. Eu tenho conhecimento de mais acidentes no início do dia do que no final. Eu fui, inclusive, testemunha de um deles. Uma criança estava trabalhando a lã, isto é, preparando a lã para a máquina, mas a alça a prendeu, como ela foi pega de surpresa, acabou sendo levada para dentro do mecanismo; e nós encontramos seus membros em um lugar, outro acolá, e ela foi cortada em pedaços; todo o seu corpo foi mandado para dentro e foi totalmente mutilado. (John Allett começou a trabalhar em uma fábrica de têxteis quando tinha quatorze anos. Allett tinha cinquenta e três anos quando foi entrevistado por Michael Sadler e seu Comitê da Câmara dos Comuns, em 21 de maio de 1832.). Os primeiros dias de setembro foram muito quentes. Os jornais noticiavam que homens e cavalos caiam mortos nos campos de produção agrícola. Ainda assim, a temperatura nunca passava de 29 Cdurante a parte mais quente do dia. Qual era então a situação das pobres crianças que estavam condenadas a trabalhar quatorze horas por dia, em uma temperatura média de 28 C?Pode algum homem, com um coração em seu peito e uma língua em sua boca, não se habilitar a amaldiçoar um sistema que produz tamanha escravidão e crueldade? (William Cobbett fez um artigo sobre uma visita a uma fábrica de tecidos que aconteceu em setembro de 1824).

Questão
2018Espanhol

(UEMG - 2018) Cmo poner la mesa Recuerde que la mesa es smbolo de hogar, de reunin y de convivencia. Segn sea la forma en la que arregle dar un toque especial a cada momento. La ocasin, el espacio disponible y la cantidad de personas que te acompaan te indicarn tus posibilidades. Los cubiertos deben colocarse en el orden en que van a ser utilizados, comenzando por el exterior. El tenedor y la cuchara del postre ofrcelos despus. As evitars la confusin de cubiertos a la hora de comer. Si no tiene una vajilla completa, puede jugar armoniosamente con varios estilos. Los platos de postre o los de servir, por ejemplo, pueden ser diferentes a los restantes. Si su mesa es muy larga tenga siempre dos juegos de salero/pimentero, hielo, agua, etc. La comida debe ser servida por el lado izquierdo, ya que esto da ms facilidad a los comensales para servirse, usando la mano derecha. Generalmente se sirve primero el pescado y luego la carne porque su sabor es ms fuerte. Las copas del agua y del vino se colocan a la derecha, en la parte superior de los cubiertos, con la copa del vino hacia el exterior, y deben ser servidas a slo tres cuartas partes de su capacidad. Para mayor versatilidad y contraste es mejor seleccionar la vajilla en un color neutro (blanco) y si le gustan los diseos, escoja uno que sea sobrio y simple. Esto le facilitar combinarlo con diferentes manteles y decorar la mesa con flores o frutas sin ningn temor, y pueden ser usados a cualquier hora y en cualquier ocasin. Retirado en : http://www.deguate.com/artman/publish/recetas_etiqueta/C_mo_poner_la_mesa_1756.shtml En relacin al verbogustarestn correctas las asertivas: I. Me gusta mucho la primavera II. A ella le gustan las flores amarillas III. A los chicos no les gusta las fiestas IV. A nosotros no nos gustan la comida china

Questão
2017Inglês

(UEMG - 2017) How a young students innovative idea hopes to boost response times for EMTs By Woody Brown on June 1, 2015 Drones have been at the forefront of the national conversation for years now. As the components needed to create them grow smaller and more affordable, many companies and organizations have started exploring the potential that drones could have to improve our daily lives. Whether by delivering a product with unprecedented speed or taking photographs and video from new heights, drones have many capabilities, most of which we have yet to discover. One young man, however, has envisioned a new way to use drones that could save thousands of lives. One of the greatest obstacles facing first responders and emergency medical technicians [EMTs] when it comes to the difficult business of saving lives is time. Think of your daily commute: people in the United States spend an average of 25.5 minutes traveling one-way to work every day. In bumperto-bumper traffic, blaring sirens and flashing lights are often not enough to clear a fast path for an ambulance to reach someone in need. During cardiac arrest, there are, at most, a few minutes to save a persons life. After that, the mortality rate rises steeply. With stakes this high, every second counts. Alec Momont, a graduate student in engineering at Delft University of Technology in the Netherlands, recognized this problem and saw a way to significantly reduce deaths that result from delayed emergency care. What if ambulances could fly? Or rather, what if we could make a drone that functioned like a stripped-down, lightweight automatic external defibrillator [AED]? AEDs, which can be found in schools, sports arenas and many government buildings, are significantly more effective than cardiopulmonary resuscitation [CPR] at preventing fatalities resulting from cardiac arrest. CPR can be helpful, but an AED is better, and very few people have AEDs in their cars or homes. As his masters degree project, Momont built a prototype of this lifesaving drone. It contained an AED, a microphone and speakers. The average travel time, according to him, could be cut by 90 percent. Heres how it works: In the event of cardiac arrest, a paramedic would respond to a call by flying the drone at a speed of 60 mph to the scene of the emergency. The paramedic would then give instructions to someone near the victim,who would position the AED. Once in place, the AED would operate automatically. The paramedic would be able to see through the camera whether or not the pads on the AED have been correctly positioned, and how the victim responds. A dramatized video released by Momonts university demonstrates all of this functionality. In it, a young woman calls emergency services in a panic because her father has had a heart attack. A calm-voiced EMT answers and guides her through the surprisingly simple process of finding and using the drone. Fewer than two minutes after she makes the call, her father sits up and hugs her. The ambulance drone can increase the chances of surviving cardiac arrest from eight percent to 80 percent, Momont says in the video. The drones ability to travel as the crow flies frees it from infrastructural limitations that currently impede road-bound ambulances. Using advanced production techniques such as 3D printed microstructures and carbon fiber frame construction, we were able to achieve a very lightweight design, Momont says. The result is an integrated solution that is clear in its orientation and friendly in appearance. Momonts aim is to rapidly expand the existing framework of emergency services by constructing many of these drones over the next five years. Expenses are low: each drone is relatively cheap to make, about $18,600. By comparison, a typical ambulance costs more than $100,000, and a ride in one usually costs more than $1,000. The ambulance drones can even fly autonomously (though legislation in many countries does not permit this yet). Several emergency service providers have already expressed interest. If the technology continues to receive financial support from other parties in the healthcare industry, Momonts dream could very easily become a reality. We live in a world where drones have, so far, been used mostly in armed conflict. Momont, however, has a different vision. In the near future that he describes, tens of thousands of needless deaths will be prevented with his ingenious invention. That is certainly welcome news, especially in the United States, which deals with skyrocketing numbers of heart-related ailments and disabilities. Lets use drones for a good purpose, Momont says. Let us use drones to save lives. Adapted from: https://www.verizon.com/about/news/vzw/2015/05/ambulance-drones-could-save-thousands-of-lives. Acess on: 03 Oct. 2016, The word that functions as an adjective in the text is

Questão
2017Geografia

(Uemg 2017) As indústrias modernas surgem a partir da Primeira Revolução Industrial e vem evoluindo tecnologicamente ao longo dos anos. Sobre os principais centros industriais brasileiros, é INCORRETO afirmar que

Questão
2017Química

(Uemg 2017) Uma reação química hipotética é representada pela seguinte equação: A(g) + B(g) → C(g) + D(g) e ocorre em duas etapas: A(g) → E(g) + D(g) (Etapa lenta) E(g) + B(g) → C(g) (Etapa rápida) A lei da velocidade da reação pode ser dada por

Questão
2017RedaçãoPortuguês

(Uemg 2017) Dirio aliengena Continuo sem entender muito bem. Hoje passou por mim um ser de sexo indefinido, que me deixou ainda mais confuso. Seu aspecto era muito estranho. Tinha um rosto delicado, um nariz pequeno, os lbios bem delineados, mas no muito grossos, formando, no conjunto, o que aqui se chama de mulher bonita. Os cabelos, muito escuros e lisos, eram tambm femininos, compridos, bem tratados e lustrosos. Mas, assim que se fechava em ponta a linha do queixo, dava-se a transformao: o pescoo, largo e musculoso, era estriado de veias, parecendo inflado a ponto de rebentar. O tronco, imenso e forte, abria-se para os lados em braos espetaculares, rgidos, com gigantescos ns de msculos sobrepondo-se uns aos outros e formando uma curva um pouco semelhante que encontramos em certos primatas. As pernas eram igualmente brutais, levemente arqueadas devido ao volume dos msculos, dando ao andar uma cadncia que em tudo se parecia com o dos seres do outro sexo. J havia visto algumas criaturas um tanto indefinidas por aqui, mas esta me pareceu um exemplo extremo. No pude classific-la. Alis, tenho tido grande dificuldade para fazer as classificaes. Tudo me parece de difcil compreenso. Esse pequeno territrio que nos serve de amostragem traz incoerncias que me deixam atnito. Para dizer a verdade, as contradies so muitas, infinitas, no tendo havido ainda um registro lgico capaz de explicar tantas coisas de que j lhe falei, como as discrepncias na ocupao do espao, para dar apenas um exemplo. Mas a verdade que, de todos os absurdos a que tenho assistido nesse primeiro contato, nenhum me deixou mais espantado do que o seguinte: como civilizao razoavelmente evoluda em termos tecnolgicos, eles parecem ter centrado boa parte de sua pesquisa cientfica na busca do conforto. Inventaram pequenos aparelhos, bastante engenhosos, que lhes facilitam a vida, tornando-os cada vez mais ociosos e aos quais do nomes variados, como automveis, computadores, celulares, controle remoto etc. Tudo parece ter sido inventado com um nico objetivo: o de lev-los a fazer menos esforo fsico. Pois muito bem: voc acredita que, nas chamadas horas de lazer, eles correm pelas ruas feito loucos, de um lado para o outro, suando em bicas, sem parecer querer chegar a lugar algum? E mais: concentram-se tambm em locais que chamam de academias e l se dedicam, sozinhos ou em grupos, s tarefas mais extenuantes e inteis, muitas vezes atados a aparelhos de tortura, os quais parecem buscar por livre vontade, e no forados, como j vimos acontecer com outros povos brbaros. Chegam a caminhar sobre esteiras, sem sair do lugar! No lhe parece o maior dos absurdos? Bem, continuarei observando e tentando entender. Espero estar de volta em breve, na paz de nossa querida Andrmeda e longe deste planeta louco. SEIXAS, H. In: Novos contos mnimos. Disponvel em: http://heloisaseixas.com.br/diario-deum-marciano. Acesso em: 02 out. 2016. Com a finalidade de explorar determinados efeitos de sentido, o ttulo da crnica faz referncia ao gnero textual dirio. Constitui uma caracterstica desse gnero presente no texto

1-15 de 70
NOVIDADES
Kuadro