ENEM

ITA

IME

FUVEST

UNICAMP

UNESP

UNIFESP

UFPR

UFRGS

UNB

VestibularEdição do vestibular
Disciplina
Busca avançada
Ir para Ranking

(UNIRIO - 2009) “Seria conveniente que os nossos lavradores simultaneamente dividissem a sua indústria e não se ocupassem de um só ramo, fazendo por consequência dar-lhe queda mortal. Aqueles que primeiro se aplicassem a esses diversos objetos seriam felizes”.

A afirmativa escrita em 1847 pelo Barão de Paty do Alferes, grande fazendeiro de café no Rio de Janeiro, critica uma característica das estruturas de produção desenvolvidas no Brasil desde o início da colonização. A característica criticada é:

A

a produção diversificada para atender ao crescente consumo de alimentos do mercado europeu.

B

a expansão limitada da produção favorecida pela disponibilidade de mão de obra de custo baixíssimo – o escravo.

C

o caráter especializado da agricultura desenvolvida em articulação com o comércio atlântico da época moderna.

D

a elevada produtividade consequente à introdução intensa de recursos tecnológicos, possibilita pela acumulação de capital na colônia.

E

a associação entre a produção agrícola e a nascente indústria, ambas vinculadas à organização escravista da produção.