Como criar mapas mentais para os estudos

Como criar mapas mentais para os estudos

Durante os estudos para o vestibular, é normal o estudante se sentir confuso diante de tanta matéria que precisa absorver. Nesse sentido, criar mapas mentais pode ser uma ótima solução. Essa estratégia ajuda a tornar o aprendizado mais dinâmico e produtivo.

Grande parte dos estudantes que conhecem os mapas mentais já o utilizam no dia a dia. Sobretudo para quem vai concorrer uma vaga em um curso, o método é excelente para aprender bastante conteúdo em pouco tempo. Conheça mais sobre os mapas mentais e como aplicá-lo aos estudos!

O que são mapas mentais?

Os mapas mentais para estudos são diagramas desenvolvidos pelo escritor inglês Tony Buzan. O objetivos deles é organizar as informações, para que o cérebro as processe mais facilmente.

Não existe um modelo único de mapa mental. Cada estudante é livre para elaborar o próprio a partir de um assunto central. Os diagramas podem ser feitos a mão ou pelo computador, incluindo imagens, fórmulas geométricas e bastante cores.

A única regra para essas mapas é que eles sejam coloridos. Essa diversidade de tonalidades ajuda na memorização dos conteúdos.

Por que esses mapas funcionam?

Ler os conteúdos completos é muito importante para entender os conceitos e como eles se relacionam. Porém, na hora da revisão, eles se tornam cansativos e pouco produtivos, pois gastam bastante tempo do estudante.

Por sua vez, os mapas mentais são uma forma criativa e dinâmica de dispor as informações, de maneira que sejam “reduzidas” aos aspectos mais importantes. Ao ler um diagrama, o cérebro consegue fazer as associações necessárias, sem precisar consultar toda a matéria novamente.

Desse modo, quando as informações estão dispostas graficamente, a revisão flui melhor, se gasta menos tempo e mais conteúdo é absorvido. Além disso, os mapas têm como vantagem oferecer uma visão mais geral do assunto, o que nem sempre é fácil de obter em um texto corrido.

Como fazer um mapa mental?

Embora não seja difícil fazer mapa mental no Word, é mais interessante montar na mão. O simples ato de escrever as informações traz benefícios para o estudo, fazendo com que o estudante preste mais atenção aos detalhes.

Existem alguns truques que podem ajudar a fazer o mapa mental. Cada passo tem um importante papel na formulação final do diagrama. Veja como fazer o seu com as dicas a seguir:

Comece pela ideia central

O mapa mental deve começar pelo centro da folha com o tema do conteúdo. Se estiver estudando Revolução Francesa, por exemplo, esse título é que ocupará o centro do diagrama.

Dessa forma, também será mais fácil perceber o que é importante de ser colocado no papel. As demais informações serão inseridas em ramificações, a partir da ideia central. Do lado esquerdo do termo Revolução Francesa, o estudante pode colocar as principais causas desse episódios e logo abaixo as consequências.

É importante destacar que o mapa mental consiste em uma reunião de palavras-chaves sobre um assunto. Portanto, não é o local ideal para escrever longas explicações. A partir da leitura desses pontos, seu cérebro deverá lembrar do que foi estudado.

Deixe o mapa colorido

Como já dissemos, para cumprir o seu papel de facilitador do aprendizado, o mapa deve ser colorido. As cores despertam a atenção e ajudam na memorização das informações.

Ao montar o esquema de estudos, você pode escolher uma tonalidade para cada ramificação. Assim, será mais fácil se lembrar dos conceitos que estavam agrupados pela mesma cor.

Use imagens-chave

Além das palavras-chave, é interessante acrescentar ao mapa mental imagens-chaves. Elas também ajudam a fixar melhor o conteúdo, tornando o estudo mais lúdico.

Mesmo que você não tenha talento para o desenho, basta usar alguns elementos para tornar o diagrama mais divertido e visual. Se estiver estudando algo relacionado que impacte o meio ambiente, por exemplo, é possível desenhar uma árvore para ilustrar esse aspecto. Se preferir, faça colagens.

Utilize apps

Se a montagem de resumos à mão não for mesmo a sua praia, você pode montar o mapa mental por meio de um software. Confira as principais opções:

  • MindNote e GoodNotes, disponíveis apenas para iOS;
  • MindMeister, iOS e Android,
  • XMind, Windows e MAC.

Agora que você já sabe mais sobre como criar mapas mentais, que tal começar a estudar para colocá-los em prática? O Kuadro tem a melhor opção de cursinho on-line para todos os tipos de vestibulares. Inscreva-se já!

Blog Kuadro