Questões - FUVEST 2011 | Gabarito e resoluções

Questão
2011HistóriaFísica

(FUVEST - 2011) O olho o senhor da astronomia, autor da cosmografia, conselheiro ecorretor de todas as artes humanas (...). o prncipe das matemticas; suas disciplinas sointimamente certas; determinou as altitudes e dimenses das estrelas; descobriu os elementos e seus nveis; permitiu o anncio de acontecimentos futuros, graas ao curso dos astros; engendrou a arquitetura, a perspectiva, a divina pintura (...). O engenho humano lhe deve a descoberta do fogo, que oferece ao olhar o que as trevas haviam roubado. Leonardo da Vinci, Tratado da pintura. Considere as afirmaes abaixo: I. O excerto de Leonardo da Vinci um exemplo do humanismo renascentista que valoriza o racionalismo como instrumento de investigao dos fenmenos naturais e a aplicao da perspectiva em suas representaes pictricas. II. Num olho humano com viso perfeita, o cristalino focaliza exatamente sobre a retina um feixe de luz vindo de um objeto. Quando o cristalino est em sua forma mais alongada, possvel focalizar o feixe de luz vindo de um objeto distante. Quando o cristalino encontra-se em sua forma mais arredondada, possvel a focalizao de objetos cada vez mais prximos do olho, at uma distncia mnima. III. Um dos problemas de viso humana a miopia. No olho mope, a imagem de um objeto distante forma-se depois da retina. Para corrigir tal defeito, utiliza-se uma lente divergente. Est correto o que se afirma em

Questão
2011MatemáticaPortuguês

(FUVEST - 2011) Poema ZEN, Pedro Xisto, 1966. Diagrama referente ao Poema ZEN. Observe as figuras acima e assinale a alternativa correta.

Questão
2011Matemática

(FUVEST - 2011- 2 fase) a) Sendo ݅ a unidade imaginria, determine as partes real e imaginria do nmero complexo b) Determine um polinmio de grau 2, com coeficientes inteiros, que tenha z0como raiz. c) Determine os nmeros complexosw tais quez0.wtenha mdulo igual a e tais que as partes real e imaginria de z0.wsejam iguais. d) No plano complexo, determine o nmero complexoz1 que o simtrico de z0com relao reta de equao y-x=0.

Questão
2011Geografia

(FUVEST - 2011 - 2 fase) Com base no mapa e em seus conhecimentos: a) Analise os principais fluxos de turistas pelo mundo, relacionando-os com aspectos da Diviso Internacional do Trabalho. b) Faa uma anlise sobre a posio do Brasil na distribuio dos fluxos internacionais de turistas.

Questão
2011HistóriaGeografia

(FUVEST 2011 - 2 fase) O processo de formao de cidades brasileiras esteve associado, entre outras situaes, existncia de aldeamento indgena, estao de sade, arraial de minerao, capela, forte, assentamento de imigrantes, rota de tropeiros ou, ainda, construo de cidades planejadas. Com base no mapa e em seus conhecimentos: a) Preencha, no quadro presente na folha de respostas, a legenda correta para o mapa acima. b) Identifique e explique duas razes para a construo de Braslia, capital do pas, que uma cidade planejada.

Questão
2011Geografia

(FUVEST 2011 - 2 fase)Os ventos alsios fazem parte da circulao atmosfrica global, soprando das zonas tropicais, de alta presso, para a zona equatorial, de baixa presso, sendo responsveis, por exemplo, pelo transporte de umidade ocenica para o nordeste brasileiro. Esse tipo de vento aparece no poema de Joo Cabral de Melo Neto A escola das facas, publicado em 1980 no livro de mesmo nome, a seguir. O alsio ao chegar ao Nordeste baixa em coqueirais, canaviais; cursando as folhas laminadas, se afia em peixeiras, punhais. Por isso, sobrevoada a Mata, suas mos, antes fmeas, redondas, ganham a fome e o dente da faca com que sobrevoa outras zonas. O coqueiro e a cana lhe ensinam, sem pedra-m, mas faca a faca como voar o Agreste e o Serto: mo cortante e desembainhada. a) Existe relao entre o que ocorre com o alsio, ao chegar ao Nordeste, e a palavra escola, presente no ttulo do poema de Joo Cabral de Melo Neto? Explique. b) A umidade do ar, trazida pelos ventos alsios, diminui ao entrar no continente. Descreva e explique duas adaptaes evolutivas, relacionadas a esse fato, que diferenciam a vegetao da Zona da Mata da vegetao do Serto.

Questão
2011HistóriaGeografia

(FUVEST 2011 - 2 fase)Viver numa grande cidade implica o reconhecimento de mltiplos sinais. Trata-se de uma atividade do olhar, de uma identificao visual, de um saber adquirido, portanto. Se o olhar do transeunte, que fixa fortuitamente uma mulher bonita e viva ou um grupo de moas voltando do trabalho, pressupe um conhecimento da cor do luto e das vestimentas operrias, tambm o olhar do assaltante ou o do policial, buscando ambos a sua presa, implica um conhecimento especfico da cidade. Maria Stella Bresciani, Londres e Paris no sculo XIX: o espetculo da pobreza. So Paulo: Brasiliense, 1982, p.16. Adaptado. O texto mostra como o forte crescimento territorial e demogrfico de algumas cidades europeias, no sculo XIX, redefiniu formas de convivncia e sociabilidade de seus habitantes as quais, em alguns casos, persistem at hoje. a) Cite e explique dois motivos do crescimento de cidades como Londres e Paris, no sculo XIX. b) Indique e analise uma caracterstica, dentre as mencionadas no texto, que se faa presente em grandes cidades atuais.