Questões - FUVEST 2022 | Gabarito e resoluções

Questão 1
2022Português

(FUVEST - 2022 - 2 fase) Texto 1 Disponvel em: https: //www.publicitarioscriativos.com/21-propagandas-surpreendentemente-criativas/. Traduzido e adaptado. Texto 2 Por respeito natureza, artista Tikuna levou 16 anos para criar um cocar As primeiras penas de gavio real que conseguiu chegaram em 2005. Um amigo o encontrou na aldeia certa vez e ofereceu algumas penas do animal que tinha encontrado morto no meio do mato tempos antes. Depois, em 2011, um cacique me disse que tinha algumas tambm, perguntou se eu queria, eram umas oito. Juntando com as que eu tinha, j dava para fazer um pedao do cocar, conta Jos Tikuna. Para completar a pea, ele precisou contar com mais doaes de amigos e conhecidos. Jos mesmo chegou a rodar pela floresta atrs das penas do bicho, mas no encontrava nada. Os anos passavam, e ele seguia procurando e esperando. S em 2014 encontrou novas penas. Dessa vez, um colega o procurou para que ele usasse seus dotes artsticos para criar um amarrador de cabelo com pena. Jos topou fazer e ainda conseguiu ficar com algumas para colocar em seu cocar. Jos lembra das conversas com amigos tocadores de tambor que sempre falam que se um animal ou uma rvore sofreu ou morreu para que conseguissem produzir o instrumento musical, o mnimo que eles deveriam ter respeito. Paula Rodrigues. Disponvel em https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2021/09/08/por-respeito-a-natureza-artista-tikuna-levou-16-anos-para-criar-um-cocar.htm. 08/09/2021. Adaptado. a) Explique o sentido da expresso mais assustador no contexto do anncio, comparando-a com o processo de produo do cocar mencionado na notcia. b) Aponte a funo sinttica de por respeito natureza e explique como a expresso contribui para o sentido do ttulo e do texto.

Questão 1
2022Biologia

(FUVEST - 2022 - 2 fase) A extino de espcies animais causada principalmente pela destruio dos seus habitats, e uma das principais formas de evitar essa ameaa o estabelecimento de reas protegidas. A tabela fornece, para cada bioma terrestre brasileiro, as porcentagens de cobertura, em relao sua rea original, de ambientes utilizados pelo ser humano e de reas protegidas, a porcentagem da fauna que se encontra ameaada de extino e a populao humana. Considerando somente os dados fornecidos na tabela, responda: a) Utilizando os eixos fornecidos na folha de resposta, construa um grfico relacionando as porcentagens de ambientes utilizados pelo ser humano e de fauna ameaada de extino em todos os biomas brasileiros. Adicione ao grfico uma reta que sintetize a tendncia indicada pelos pontos. b) Apresente duas razes que justifiquem por que a porcentagem de fauna ameaada de extino na Mata Atlntica cerca de quatro vezes maior que na Amaznia. c) correto afirmar que a porcentagem de animais ameaados de extino tende a diminuir medida que aumenta a porcentagem de reas protegidas nos biomas brasileiros? Justifique a sua resposta utilizando duas evidncias baseadas na proporo de ambientes utilizados pelo ser humano e/ou na populao humana do bioma.

Questão 1
2022Química

(FUVEST - 2022 - 2 FASE) Para se obter o caf descafeinado, sem que ocorra a perda dos compostos de sabor e aroma, pode ser realizada a extrao seletiva. Para promover essa extrao, pode-se, por exemplo, utilizar um solvente concentrado com os compostos que no se desejam extrair. Um dos procedimentos para a descafeinao do caf por extrao seletiva apresentado no diagrama a seguir: Com base nas informaes do texto, do diagrama e em seus conhecimentos, responda: a) Entre as solues A, B, C e D, qual(is) pode(m) ser considerada(s) descafeinada(s)? b) Os gros de caf (I) esto descafeinados? Por que eles no so aproveitados para preparar caf? c) Na etapa de extrao dos compostos do caf a partir dos gros crus feito o cozimento. Sabendo-se que o comportamento de solubilidade dos compostos do caf similar ao da maioria dos compostos orgnicos, qual a relao entre a temperatura da gua e a eficincia da extrao? Justifique sua resposta.

Questão 1
2022História

(FUVEST- 2022 - 2 fase) Analise a imagem: El Greco, Alegoria da Santa Aliana (Sonho de Filipe II), 1579. El Escorial, Espanha. leo sobre tela. PUPPI, Lionello. El Grecco. Florena: Sadea Editore, 1977, prancha 8. A partir da pintura de El Greco: a) Identifique um aspecto religioso caracterstico do imprio espanhol ao final do sculo XVI. b) Identifique e explique um aspecto social caracterstico do imprio espanhol ao final do sculo XVI. c) Explique o papel da religio na formulao das justificativas para a colonizao da Amrica.

Questão 1
2022Matemática

(FUVEST - 2022 - 2 fase) Uma sequncia de nmeros naturais construda da seguinte forma: seu primeiro termo escolhido como sendo um nmero natural qualquer. Se for par, entoe, sefor mpar, ento. Os termos seguintesso obtidos de acordo com essa mesma regra. Por exemplo, se, ento,,e assim por diante. Dessa forma, a partir de,, a sequncia definida como a) Para = 22, determine . b) Determine todos os possveis 𝑡ଵ para os quais . c) Para , determine .

Questão 1
2022Biologia

(FUVEST - 2022 - 1 fase) A deficincia na enzima G6PD uma condio recessiva ligada ao cromossomo X, que pode ser diagnosticada no teste do pezinho expandido. Pessoas com deficincia nesta enzima so suscetveis anemia hemoltica ao serem expostas cloroquina ou primaquina, drogas amplamente prescritas por mdicos no tratamento da malria. No Brasil, a prevalncia de deficincia em G6PD na populao geral varia de acordo com as reas mostradas no mapa: Indique a afirmao correta sobre a segurana da prescrio de cloroquina nesse contexto.

Questão 1
2022Física

(FUVEST - 2022 - 2 fase) Diversos processos celulares presentes no corpo humano envolvem fenmenos eltricos. Um dos mais importantes o fato de uma membrana celular, que separa o interior celular do exterior, apresentar um acmulo de nions (cargas negativas) e ctions (cargas positivas) nas superfcies interna e externa, respectivamente, o que resulta no surgimento de uma diferena de potencial ao longo da membrana. Considere que cresce linearmente de 0 a na regio entre 𝑥=0 e 𝑥=𝑑, como mostra a figura. a) Indique o sentido do vetor campo eltrico no interior da membrana (se est apontando para o interior ou para o exterior da clula). Justifique sua resposta. b) Obtenha o mdulo do campo eltrico (em V/m) considerando que a membrana tenha espessura e que = 0,08 V. c) Supondo agora uma membrana em que o campo eltrico tenha intensidade 107V/m, encontre a razo , em que o mdulo da fora eletrosttica e o mdulo da fora gravitacional, ambas exercidas sobre um on monovalente localizado na regio 0𝑥𝑑, conforme a figura. Note e adote: 1= 10-10m Carga de um on monovalente . Considere, para efeitos de clculo desta questo, a massa de um on como Acelerao da gravidade: g = 10m/s

Questão 1
2022Redação

(FUVEST- 2022 - 2 fase) REDAO Texto 1: Por que rimos? Ningum sabe. O riso tem uma qualidade universal: todas as culturas tm seus contadores de piadas. E, mesmo que a pida tenha graa s para uma cultura, as pessoas reagem sempre da mesma forma. No importa se a lngua completamente diferente, se a pessoa da Monglia, uma aborgene australiano ou um ndio tupi, o riso sempre muito parecido, uma reao fsica a um estmulo mental. Marcelo Gleiser.Sobre o riso. https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/. Texto 2: Para compreender o riso, impe-se coloc-lo no seu ambeinte natural, que a sociedade; impe-se sobretudo determinar-lhe a funo til, que uma funo social (...). O riso deve corresponder a certas exigncias da vida comum. O riso deve ter uma significao social. Henri Bergson.O riso. Texto 3: Estudado com lupa h sculos, por todas as disciplinas, o riso esconde seu mistrio. Alternadamente agressivo, sarcstico, escarneceador, amigvel, sardnico, anglico, tomando as formas da ironia, do humor, do burlesco, do grotesco, ele multiforme, ambivalente, ambguo. Pode expressar tanto a alegria pura quando o triunfo maldoso, o orgulho ou a simpatia. isso que faz sua riqueza e fascinao ou, s vezes, seu carter inquietante. Georges Minois.Histria do riso e do escrnio. Texto 4: Talvez o exemplo mais destacado de artista com um uso constante do sorriso ao longo de sua produo seja Yue Minjun, integrnte do chamado Realismo Cnico chins, que constantemente se autorretrata com sorrisos especialmente exagerados, quase manacos. Influenciada pela histria da arte oriental em sua representao de Buda e pela publicidade, o que sua risada oculta , na verdade, uma profunda crtica poltica e social do pas onde vive. https://brasil.elpais.com/verne/2020-06-17/por-que-tao-pouca-gente-sorri-nas-obras-de-arte.html Texto 5: Rir um ato de resistncia. Paulo Gustavo, ator. Considerrando as ideias apresentadas nos textos e tambm outras informaes que julgar pertinentes, redija uma dissertao em prosa, na qual voc exponha seu ponto de vista sobre o tema:As diferentes faces do riso. Instrues: A dissertao deve ser redigida de acordo com a norma-padro da lngua portuguesa. Escreva, no mnimo, 20 linhas, com letra legvel e no ultrapasse o espao de 30 linhas da folha de redao. D um ttulo a sua redao.

Questão 1
2022Geografia

(FUVEST - 2022 - 2 fase) Em 1975, as encostas de uma escarpa na Etipia (frica) foram severamente degradadas pelo pisoteio do gado. A recuperao dessas encostas degradadas pela eroso do solo pode ocorrer se a atividade humana respeitar os ciclos naturais e a resilincia de um ambiente, como mostram as imagens e o grfico a seguir. Com base no exemplo e em seus conhecimentos, responda: a) O que resilincia de um ambiente? b) Segundo os dados apresentados, o que houve com a eroso do solo e qual foi a prtica conservacionista utilizada? Explique o que eroso do solo e exemplifique uma prtica agrcola conservacionista diferente da demonstrada na imagem de 2006.

Questão 2
2022Física

(FUVEST - 2022 - 2 fase) A converso de energia mecnica das ondas do mar uma promissora fonte alternativa de energia limpa, e vrios prottipos tm sido desenvolvidos para este fim. Uma das possveis aplicaes o uso de cmaras de ar pressurizadas que usem a oscilao das ondas do mar para fazer girar o eixo de um dnamo ou de uma turbina, gerando energia eltrica. Considere o esquema mostrado na figura: uma boia flutua no mar e seu movimento vertical faz mover o pisto 1 de rea A que comprime o ar em uma cmara pressurizada a uma presso P0. A distncia mxima entre o pisto 1 e o topo da cmara L. Um segundo pisto (pisto 2) de rea A/10 colocado horizontalmente na lateral superior da cmara acoplado a um mecanismo que faz girar um dnamo. Considere inicialmente que ambos os pistes so livres para se movimentarem sem atrito e que a presso e a temperatura do gs no interior da cmara no se alterem significativamente. a) Se as ondas do mar forem ondas perfeitamente harmnicas com velocidade de 3 m/s e a distncia entre as cristas for de 5 m, calcule o perodo de rotao do dnamo. b) Se a amplitude das ondas do mar h, calcule a distncia horizontal mxima d percorrida pelo pisto 2. Considere agora uma situao em que o gerador desativado, travando-se o pisto 2, de modo que ele no possa se mover. c) Calcule a presso mxima na cmara considerando que a temperatura do gs em seu interior no varie. Expresse sua resposta em termos da presso inicial na cmara P0, e de L e h. Note e adote: Considere o gs no interior da cmara como sendo ideal e em equilbrio termodinmico em todas as etapas do processo.

Questão 2
2022Química

(FUVEST - 2022 - 2 FASE) Para possibilitar a explorao de Marte, necessrio viabilizar a viagem de retorno Terra. Uma das formas de tornar os voos de retorno possveis produzir combustvel a partir da gua encontrada em Marte. Para tanto, o hidrognio seria gerado por eletrlise da gua e, posteriormente, utilizado na reao de Sabatier. Nessa reao, o combustvel gerado pela reao do hidrognio com dixido de carbono em temperaturas e presses elevadas na presena de um catalisador de nquel, resultando na produo de metano e gua e na liberao de aproximadamente 165 kJ de energia por mol de CO2. a) No grfico da folha de respostas, est representada a quantidade de metano gerado pela reao de Sabatier em funo do tempo na temperatura T1, depois que o equilbrio foi estabelecido. Nesse mesmo grfico, represente a quantidade de metano em funo do tempo em uma temperatura T2 maior que T1, aps o estabelecimento do equilbrio. b) No grfico da folha de respostas, est representada a quantidade de metano gerado pela reao de Sabatier em funo do tempo na presena de Ni. No mesmo grfico, represente a quantidade de metano esperada em funo do tempo na ausncia de Ni. Explique o efeito do catalisador na energia de ativao da reao de Sabatier. c) Escreva a equao balanceada da reao de Sabatier. Considerando apenas a composio atmosfrica da Terra e de Marte apresentada na tabela a seguir, explique, com base nesse equilbrio qumico, por que essa reao no seria indicada para gerar metano na Terra. Grfico do itemA: Grfico do itemB:

Questão 2
2022Matemática

(FUVEST - 2022 - 2 fase) Uma funo est definida no intervalo [2 , 9] da seguinte forma: para [2 , 2], leva em e, no restante do domnio, o seu grfico formado por dois segmentos de reta conforme mostra a figura. a) Apresente todos os intervalos do domnio da funo nos quais ela crescente. b) Determine os valores de nos pontos c) Para cada valor de 𝑥 ]0 , 9[ , considere o retngulo 𝑅௫ com vrtices nos pontos e . Escreva a expresso da rea de Rx, em funo de x, para x no intervalo ]0 , 9[.

Questão 2
2022Português

(FUVEST - 2022 - 1 fase) Por mais bem informado que voc possa ser, no d para baixar a guarda. Mas por que as notcias falsas mesmo aquelas mais improvveis parecem to convincentes para tantas pessoas? Van Bavel, professor de psicologia e cincia neural da Universidade de Nova York, se especializou em entender como as crenas polticas e identidades de grupo influenciam a mente, e descobriu que a identificao com posies polticas pode interferir em como o crebro processa as informaes. Tendemos a rejeitar fatos que ameaam nosso senso de identidade e sempre buscar informaes que confirmem nossas prprias crenas, seja por meio de memrias seletivas, leituras de fontes que esto do nosso lado ou mesmo interpretando os fatos de determinada maneira. Isso tudo est relacionado a no querermos ter nossas ideias, gostos, identidade questionados, e por isso temos dificuldade em aceitar o que contradiz aquilo em que acreditamos. Ana Prado. A cincia explica por que camos em fake news. Superinteressante. 15/06/2018. Adaptado. De acordo com o texto,

Questão 2
2022Geografia

(FUVEST - 2022 - 2 FASE) O Sistema Nacional de Meteorologia e demais rgos responsveis pelo monitoramento climtico do pas emitiram alerta de emergncia hdrica associado escassez de precipitao para a regio hidrogrfica da Bacia do Paran, que abrange os estados de Minas Gerais, Gois, Mato Grosso do Sul, So Paulo e Paran, para o perodo de junho a setembro/2021. A anlise das chuvas de outubro/2019 a abril/2021 indica que houve predomnio de dficit de precipitao, principalmente a partir de fevereiro/2021. INMET, 2021. Adaptado. Com base nas informaes apresentadas no texto e em seus conhecimentos sobre os aspectos socioeconmicos dessa regio brasileira, responda: a) Conceitue crise hdrica. b) Indique dois impactos econmicos negativos resultantes da reduo das precipitaes. c) Explique duas medidas de mitigao dos efeitos da crise hdrica que podem ser adotadas pela populao residente nessa regio.

Questão 2
2022História

(FUVEST - 2022 - 2 fase) A busca da felicidade ainda mais familiar aos americanos do que devemos cultivar nosso jardim o para os franceses. a frase mais memorvel da Declarao de Independncia americana, o clmax retrico da enunciao de Thomas Jefferson dos direitos naturais e da teoria revolucionria: Consideramos como verdades evidentes que todos os homens so criados iguais, que a todos o Criador dotou de certos direitos inalienveis, entre os quais esto a vida, a liberdade e a busca da felicidade. O que Jefferson entendia por busca da felicidade? (...). Frequentemente, os analistas do discurso poltico estabelecem um significado mostrando o que no dito, tanto quanto o que dito. Vida, liberdade e propriedade foi a frmula-padro nos debates polticos do mundo de lngua inglesa durante os sculos XVII e XVIII. (...) Se a busca da felicidade deve ser vista como um recurso de retrica, seu significado deve fundar-se, pelo menos em parte, numa comparao implcita com o direito de propriedade. DARNTON, Robert. Os dentes falsos de George Washington: um guia no convencional para o sculo XVIII. So Paulo: Companhia das Letras, 2005, p. 112-113. a) Indique um dos direitos naturais do Homem evocados por Thomas Jefferson na Declarao de Independncia americana. b) Qual a relao estabelecida pelo texto entre busca da felicidade e direito de propriedade? c) possvel afirmar que a Declarao de Independncia dos Estados Unidos contm uma teoria revolucionria? Justifique.