Gabarito IFSC - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-3 de 3
Questão
2018Português

(IFSC -2018) Leia o texto abaixo para responder (s) questo(es). A gerao smartphone, que bebe menos lcool, faz menos sexo e no est preparada para a vida adulta Jovens que cresceram na era dos smartphones esto menos preparados para a vida adulta, segundo uma pesquisa americana. A chamada gerao smartphone, daqueles que nasceram aps 1995, vem amadurecendo mais lentamente do que as anteriores. Eles so menos propensos a dirigir, trabalhar, fazer sexo, sair e beber lcool, de acordo com Jean Twenge, professora de Psicologia da Universidade Estadual de San Diego, nos Estados Unidos. Suas concluses esto no recm-publicado livro iGen: Why Todays Super-Connected Kids are Growing up Less Rebellious, More Tolerant, Less Happy - and Completely Unprepared for Adulthood (iGen: Por que as crianas superconectadas esto crescendo menos rebeldes, mais tolerantes, menos felizes - e completamente despreparadas para a vida adulta, em traduo livre), 1com os resultados de uma investigao baseada em pesquisas com 11 milhes de jovens americanos e entrevistas em profundidade. Em entrevista BBC Mundo, o servio da BBC em espanhol, Twenge explicou que esses jovens cresceram em um ambiente mais seguro e se expem menos a situaes de risco. Mas, por outro lado, chegam universidade e ao mundo do trabalho com menos experincias, mais dependentes e com dificuldade de tomar decises. Os de 18 anos agem como se tivessem 15 em geraes anteriores, comenta Twenge. Ela diz que isto tem relao com a superconectividade tpica desta gerao, que passa em mdia seis horas por dia conectada internet, enviando mensagens e jogando jogos online. Por conta disto, acabam passando menos tempo com amigos, o que pode afetar o desenvolvimento de suas habilidades sociais. O estudo mostrou ainda que quanto mais tempo o jovem passa na frente do computador, maiores os nveis de infelicidade. O que me impressionou na pesquisa foi que os adolescentes estavam bastante cientes dos efeitos negativos dos celulares, comentou a pesquisadora. E um estudo com 200 universitrios que fizemos mostrou que quase todos prefeririam ver seus amigos pessoalmente, continua. Essa conscincia, no entanto, no se traduz na prtica. A Gerao Smartphone, segundo a pesquisa com base no universo americano, sofre com altos nveis de ansiedade, depresso e solido. 2A taxa de suicdio, por exemplo, triplicou na ltima dcada entre meninas de 12 a 14 anos. 3Mas, ao mesmo tempo, trata-se de uma gerao mais realista com o mercado de trabalho e mais disposta a trabalhar duro, o que Twenge v como boa notcia para empresas. 4Eles no tm grandes expectativas como as que tinham os millennials (a gerao anterior, dos nascidos aps 1980), compara. 5Eles esto mais preocupados em estar fsica e emocionalmente seguros. Bebem menos e no gostam de riscos. Segundo o livro, por terem uma infncia mais protegida, tm um crescimento mais lento. Para Twenge, 6no gostam de fazer coisas nas quais no se sintam seguras, o que fazem adiar os prazeres e as responsabilidades. Embora as principais concluses paream acenar para um sinal de alerta, a pesquisadora comenta que a gerao smartphone tolerante com pessoas diferentes e ativa na defesa de direitos LGBT e da populao. E mais ainda que as geraes anteriores, eles acreditam que as pessoas devem ser o que so, completa. Disponvel em: http://www.bbc.com/portuguese/geral-41080541. Acesso em: 29 Ago, 2017. I. Em com os resultados de uma investigao baseada em pesquisas com 11 milhes de jovens americanos e entrevistas em profundidade (ref. 1) as palavras em destaque so substantivos. II. Em A taxa de suicdio, por exemplo, triplicou na ltima dcada entre meninas de 12 a 14 anos (ref. 2), a expresso em destaque um vocativo. III. Em Eles no tm grande expectativas como as que tinham os millennials (ref. 4), as palavras em destaque so artigos. IV. Em Eles esto mais preocupados em estar fsica e emocionalmente seguros. Bebem menos e no gostam de riscos (ref. 5), as palavras em destaque so verbos. V. Em no gostam de fazer coisas nas quais no se sintam seguras, o que fazem adiar os prazeres e responsabilidades (ref. 6), as palavras em destaque so adjetivos. Assinale a alternativa CORRETA.

Questão 7
2016Português

(IFSC - 2016) Ningum dono da sua felicidade, por isso no entregue a sua alegria, a sua paz, a sua vida nas mos de ningum, absolutamente ningum. Somos livres, no pertencemos a ningum e no podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja. A razo de ser da sua vida voc mesmo. A sua paz interior deve ser a sua meta de vida; quando sentir um vazio na alma, quando acreditar que ainda falta algo, mesmo tendo tudo, remeta o seu pensamento para os seus desejos mais ntimos e busque a divindade que existe dentro de si.(...) Fonte: Roberto Gaefke. (Disponvel em: http://www.mensagenscomamor.com/diversas/textos_felicidade.htm) Com base no texto, assinale a alternativa CORRETA.

Questão 2
2015Português

(IFSC 2015) Com base na leitura do texto abaixo, responda a(s) questo(es) Uma nova preocupao Desde os meus 16 anos pratico algum tipo de luta. Na faculdade de Educao Fsica, na UFRJ, vivia dentro do ginsio de lutas. Com grandes mestres aprendi que a luta pode ser um timo meio de se educar jovens e crianas e de realizar a tal incluso social. [...] Nunca fui expoente em nenhuma, porm extra, de cada uma, conhecimentos e aprendizagens que levo para minha vida. Na luta, aprendi a respeitar, ter disciplina e principalmente... a no us-la de forma inadequada Aproveitando a moda do vale tudo, nome que deu origem s lutas atualmente conhecidas como MMA (Mix de Artes Marciais), a rede Globo importa um programa que pode, a mdio e longo prazo, demolir tudo o que os grandes mestres das lutas conseguiram em anos. Na casa intitulada 1TUF, o que se v o oposto que qualquer luta deve trazer para seus praticantes. uma sequncia de exemplos negativos [...]. Nos colgios, normalmente as crianas repetem o que seus dolos fazem [...] agora elas j comeam a imitar o Anderson Silva, s que o resultado ser diferente. A Educao Fsica precisa discutir o assunto. Glossrio: 1TUF: um reality show chamado The Ultimate Fighter Fonte: Ricardo Oliveira da Silva [CREF 01822G/RJ]. Espao do leitor. Revista Educao Fsica, n. 48, jun. 2013. p. 34. [Adaptado] Considere o seguinte trecho: [...] a rede Globo importa um programa que pode, a mdio e longo prazo, demolir tudo o que os grandes mestres das lutas conseguiram em anos. Assinale a alternativa CORRETA.

1-3 de 3
NOVIDADES
Kuadro