Questões e gabarito - FUVEST 2007

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 138
Questão 1
2007Biologia

(FUVEST- 2007)Na dupla fecundao que ocorre em certas plantas, um dos ncleos espermticos do tubo polnico funde-se oosfera e origina o zigoto diplide. O outro ncleo espermtico funde-se aos dois ncleos polares do vulo e origina uma clula triplide que, por mitoses sucessivas, produz o endosperma. a) 1. A dupla fecundao caracterstica de que grupo de plantas? 2. Quais das estruturas mencionadas no texto correspondem aos gametas masculino e feminino, respectivamente? b) O gameta feminino de uma planta heterozigtica Aa, fecundado pelo gameta masculino de uma planta homozigtica aa, produz um zigoto heterozigtico. Qual o gentipo das clulas do endosperma?

Questão 1
2007Português

(FUVEST 2007) Salo repleto de luzes, orquestra ao fundo, brilho de cristais por todo lado. O crupi* distribui fichas sobre o pano verde, cercado de mulheres em longos vestidos e homens de black-tie**. A roleta em movimento paralisa o tempo, todos retm a respirao. Em breve estaro definidos a sorte de alguns e o azar de muitos. Foi mais ou menos assim, como um lance de roleta, que a era de ouro dos cassinos ⎯ maravilhosa para uns, totalmente reprovvel para outros ⎯ se encerrou no Brasil. Para surpresa da nao, logo depois de assumir o governo, em 1946, o presidente Eurico Gaspar Dutra ps fim, com uma simples penada, a um dos negcios mais lucrativos da poca: a explorao de jogos de azar, tornando-os proibidos em todo o pas. (...) Jane Santucci, O dia em que as roletas pararam, Nossa Histria. * crupi: empregado de uma casa de jogos ** black-tie: smoking, traje de gala a) No texto acima, a autora utiliza vrios recursos descritivos. Aponte um desses recursos. Justifique sua escolha. b) A que fato relatado no texto se aplica a comparao como num lance de roleta?

Questão 1
2007Biologia

(FUVEST- 2007)A observao de faunas dos continentes do hemisfrio Sul revela profundas diferenas. Na Amrica do Sul, existem preguias, antas, capivaras, tamandus e onas; na frica, h lees, girafas, camelos, zebras e hipoptamos; na Austrlia, cangurus, ornitorrincos e equidnas e, na Antrtida, os pingins. Entretanto, descobriram-se espcies fsseis idnticas nessas regies. Assim, fsseis da gimnosperma Glossopteris foram encontrados ao longo das costas litorneas da frica, Amrica do Sul, Austrlia e Antrtida, e ainda fsseis dos rpteis Cynognathus e Lystrosaurus foram descobertos na Amrica do Sul, frica e Antrtida. Para explicar esses fatos, formularam-se as seguintes hipteses: I. A presena de fsseis idnticos, nos vrios continentes, prova que todas as formas de vida foram criadas simultaneamente nas diversas regies da Terra e se diferenciaram mais tarde. II. As faunas e floras atuais so resultado da seleo natural em ambientes diversos, isolados geograficamente. III. Os continentes, h milhes de anos, eram unidos, separando-se posteriormente. Est correto o que se afirma em

Questão 1
2007Matemática

(FUVEST - 2007)Se Amlia der R$ 3,00 a Lcia, ento ambas ficaro com a mesma quantia. Se Maria der um tero do que tem a Lcia, ento esta ficar com R$ 6,00 a mais do que Amlia. Se Amlia perder a metade do que tem, ficar com uma quantia igual a um tero do que possui Maria. Quanto possui cada uma das meninas Amlia, Lcia e Maria?

Questão 2
2007Biologia

(FUVEST- 2007)As figuras abaixo ilustram um experimento realizado por William Harvey, cientista ingls do sculo XVII, que desvendou aspectos importantes da circulao sangunea humana. Harvey colocou um torniquete no brao de uma pessoa, o que fez certos vasos sanguneos tornarem-se salientes e com pequenas protuberncias globosas (Fig. 1). Ele pressionou um vaso em um ponto prximo a uma protuberncia e deslizou o dedo em direo mo (de O para H na Fig. 2) de modo a espremer o sangue. O vaso permaneceu vazio de sangue entre O e H, enquanto a presso sobre esse ltimo ponto foi mantida. a) 1. Que vasos sanguneos esto mostrados nos desenhos do experimento de Harvey? 2. Por que eles se tornaram salientes com a colocao do torniquete? b) Por que o vaso permaneceu vazio, entre a protuberncia O e o ponto H, enquanto a presso sobre esse ltimo ponto foi mantida?

Questão 2
2007Português

(FUVEST 2007) Sair a campo atrs de descobridores de espcies uma expedio arriscada. Se voc no da rea, vale treinar um biologus de turista. Mas, mesmo quem no tem nada a ver com o pato-mergulho ou a morfologia da semente da laurcea, pode voltar fascinado da aproximao com esses especialistas. De olhos nos livros e ps no mato, eles etiquetam a natureza, num trabalho de formiga. So minoria que d nome aos bois ⎯ e a plantas, aves, mosquitos, vermes e outros bichos. Heloisa Helvcia, Revista da Folha. a) Transcreva do texto as expresses que mais diretamente exemplificam o biologus mencionado pela autora. b) Tomada em seu sentido figurado, como se deve entender a expresso dar nome aos bois, utilizada no texto?

Questão 2
2007Matemática

(FUVEST - 2007)Na figura abaixo, os segmentos AB e CD so paralelos, o ngulo OB mede 120 , AO = 3 e AB = 2 . Sabendo-se ainda que a rea do tringulo OCD vale , a) calcule a rea do tringulo OAB. b) determine OC e CD.

Questão 3
2007Biologia

(FUVEST - 2007) Suponha que na espermatognese de um homem ocorra no-disjuno dos cromossomos sexuais na primeira diviso da meiose, isto , que os cromossomos X e Y migrem juntos para um mesmo plo da clula. Admitindo que a meiose continue normalmente, a) qual ser a constituio cromossmica dos espermatozides formados nessa meiose, no que se refere aos cromossomos sexuais? b) quais sero as possveis constituies cromossmicas de crianas geradas pelos espermatozides produzidos nessa meiose, no caso de eles fecundarem vulos normais?

Questão 3
2007Português

(FUVEST 2007) Preciso que um barco atravesse o mar l longe para sair dessa cadeira para esquecer esse computador e ter olhos de sal boca de peixe e o vento frio batendo nas escamas. (...) Marina Colasanti, Gargantas abertas. Gosto e preciso de ti Mas quero logo explicar No gosto porque preciso Preciso sim, por gostar. Mrio Lago, www.encantosepaixoes.com.br a) Nos poemas acima, as preposies para e por estabelecem o mesmo tipo de relao de sentido? Justifique sua resposta. b) Sem alterar o sentido do texto de Mrio Lago, transcreva-o em prosa, em um nico perodo, utilizando os sinais de pontuao adequados.

Questão 3
2007Matemática

(FUVEST - 2007)Em uma progresso aritmtica a1, a2, ..., an, ... a soma dos n primeiros termos dada por Sn = bn + n, sendo b um nmero real. Sabendo-se que a3 = 7, determine a) o valor de b e a razo da progresso aritmtica. b) o 20o termo da progresso. c) a soma dos 20 primeiros termos da progresso.

Questão 3
2007Biologia

(FUVEST- 2007) As crescentes emisses de dixido de carbono (CO2), metano (CH4), xido nitroso (N2O), entre outros, tm causado srios problemas ambientais, como, por exemplo, a intensificao do efeito estufa. Estima-se que, dos 6,7 bilhes de toneladas de carbono emitidas anualmente pelas atividades humanas, cerca de 3,3 bilhes acumulam-se na atmosfera, sendo os oceanos responsveis pela absoro de 1,5 bilho de toneladas, enquanto quase 2 bilhes de toneladas so seqestradas pelas formaes vegetais. Assim, entre as aes que contribuem para a reduo do CO2 da atmosfera, esto a preservao de matas nativas, a implantao de reflorestamentos e de sistemas agroflorestais e a recuperao de reas de matas degradadas. O papel da vegetao, no seqestro de carbono da atmosfera,

Questão 4
2007Biologia

(FUVEST- 2007)A anemia falciforme uma doena hereditria que afeta pessoas homozigticas para o alelo HbS do gene que codifica uma das cadeias da hemoglobina. Sem cuidados mdicos adequados, essas pessoas morrem na infncia. J homens e mulheres heterozigticos, portadores do alelo normal HbA e do alelo HbS , no tm anemia. Ambos so resistentes forma mais grave de malria, que causa alta mortalidade entre as pessoas homozigticas HbA HbA . a) Que informaes dadas no texto acima permitem concluir que a anemia falciforme tem herana 1. autossmica ou ligada ao cromossomo X? 2. dominante ou recessiva? b) A freqncia de afetados pela anemia falciforme alta em regies da frica onde a malria endmica, em comparao com regies nas quais no ocorre malria. Como se explica a alta freqncia da anemia falciforme nas regies malricas?

Questão 4
2007Português

(FUVEST 2007) Leia as seguintes manchetes: Grupo I Esperada, na Cmara, a mensagem pedindo a decretao do estado de guerra Jornal do Brasil, 07 de outubro de 1937. Encerrou seus trabalhos a Conferncia de Paris Folha da Manh, 16 de julho de 1947 Causaram viva apreenso nos E.U.A. os discos voadores Folha da Manh, 30 de julho de 1952 Grupo II Quase metade dos mdicos receita o que indstria quer Folha de S. Paulo, 31 de maio de 2010. Novo terminal de Cumbica atender 19 milhes ao ano Folha de S. Paulo, 26 de junho de 2011. MEC divulga hoje resultados do Enem por escolas Zero Hora, 22 de novembro de 2012. a) Cada um dos grupos de manchetes acima reproduzidos, por ter sido escrito em pocas diferentes, caracteriza-se pelo uso reiterado de determinados recursos lingusticos. Indique um recurso lingustico que caracteriza as manchetes de cada um desses grupos. b) Manchetes jornalsticas costumam suprimir vrgulas. Transcreva a ltima manchete de cada grupo, acrescentando vrgulas onde forem cabveis, de acordo com a norma-padro da lngua portuguesa.

Questão 4
2007MatemáticaQuímica

(FUVEST - 2007) Alguns problemas de sade, como bcio endmico e retardo mental, so causados pela ingesto de quantidades insuficientes de iodo. Uma maneira simples de suprir o organismo desse elemento qumico consumir o sal de cozinha que contenha de 20 a 60 mg de iodo por quilograma do produto. No entanto, em algumas regies do Pas, o problema persiste, pois o sal utilizado ou no foi produzido para consumo humano, ou no apresenta a quantidade mnima de iodo recomendada. A fonte de iodo utilizada na indstria do sal o iodato de potssio, KIO3, cujo custo de R$ 20,00/kg. Considerando que o iodo representa aproximadamente 60% da massa de KIO3 e que 1 kg do sal de cozinha comercializado ao preo mdio de R$ 1,00, a presena da quantidade mxima de iodo permitida por lei (60 miligramas de iodo por quilograma de sal) representa, no preo, a porcentagem de

Questão 4
2007Matemática

(FUVEST - 2007)A figura representa um trapzio ABCD de bases AB e CD, inscrito em uma circunferncia cujo centro O est no interior do trapzio. Sabe-se que AB = 4, CD = 2 e AC = . a) Determine a altura do trapzio. b) Calcule o raio da circunferncia na qual ele est inscrito. c) Calcule a rea da regio exterior ao trapzio e delimitada pela circunferncia.

NOVIDADES
Kuadro