ENEM

ITA

IME

FUVEST

UNICAMP

UNESP

UNIFESP

UFPR

UFRGS

UNB

VestibularEdição do vestibular
Disciplina
ação do campo magnético sobre cargas elétricascampo magnéticocampo magnético gerado por uma espira circularcampo magnético gerado por um fio retilíneo muito longo(infinito)campo magnético gerado por um solenoidecampo magnético uniformecampo magnético uniforme e constantecorrente alternadacorrentes de Foucaultefeito Halleletroímãeletromagnetismoespira retangular imersa em campo magnético uniformefluxo do vetor indução magnéticafontes de campo magnéticoforça contraeletromotriz de um motorforça eletromotriz induzidaforça magnética exercída em um condutor retilíneo imerso em um campo magnético uniformeforça magnética sobre correntes elétricasforça magnética sobre um trecho de um fio condutorforças magnéticas entre dois condutores retilíneos e paralelosímas ou magnetosindução eletromagnéticaindução magnéticaindutância de um circuitolei de Faraday-Neumannlei de Lenzmateriais ferromagnéticosmovimento de portadores de carga elétrica lançados em um campo magnético uniforme e constanteo campo magnético de um ímaorigem das propriedades magnéticas dos materiaispermeabilidade relativaponto currietransformador de tensãovariação do fluxo de indução

[ITA 2010 - 1 FASE]

Uma corrente I flui em quatro das arestas do cubo da figura (a) e produz no seu centro um campo magnético de magnitude B na direção y, cuja representação no sistema de coordenadas é (0, B, 0). Considerando um outro cubo (figura (b)) pelo qual uma corrente de mesma magnitude I flui através do caminho indicado, podemos afirmar que o campo magnético no centro desse cubo será dado por

A

(– B, – B, – B).

B

(– B, B, B).

C

(B, B, B).

D

(0, 0, B).

E

(0, 0, 0).