Gabarito UNICENTRO - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
1-15 de 58
Questão
2019Filosofia

(UNICENTRO/2019) De acordo com M. L. A. ARANHA e M. H. P. MARTINS, na obraFilosofando: introdução à Filosofia (p. 45), Se a ciência tende cada vez mais para a especialização, a filosofia, no sentido inverso, quer superar essa fragmentação do real, para que o homem seja resgatado na sua integridade e não sucumba à alienação do saber parcelado. Segundo essa concepção, podemos entender que:

Questão
2016Sociologia

(Unicentro 2016) As análises sociológicas de Émile Durkheim, ao mesmo tempo que demonstram a intenção em emancipar a sociologia das outras ciências, indicam a preocupação com as crises e problemas de sua época, ou o que esse autor denominou de estado de anomia da sociedade industrial. Em sua obra As Regras do Método Sociológico, Durkheim estabelece o método e o objeto de estudo da Sociologia. O domínio de toda a ciência deve corresponder ao universo empírico e se preocupar apenas com essa realidade, ou seja, o estudo metódico que conduz ao estabelecimento de leis explicativas dos fenômenos. A Sociologia seria uma ciência no meio de outras ciências positivas. (Adaptado de: RODRIGUES, J. A. (Org.). Émile Durkheim: sociologia. São Paulo: Ática, 1978. p.19-21; MARTINS, C. B. O que é sociologia. São Paulo: Brasiliense, 1982. p.50-51.) Com base no texto e nos conhecimentos sociológicos de Durkheim sobre o estado de anomia da sociedade industrial, assinale a alternativa correta.

Questão
2016Filosofia

UNICENTRO 2016 Leia o texto a seguir. O pensamento de Sócrates e dos sofistas deve ser entendido, portanto, tendo como pano de fundo o contexto histórico e sociopolítico de sua época, pois tem um compromisso bastante direto e explícito com essa realidade. (MARCONDES, D. Iniciação à História da Filosofia. Dos Pré-Socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Zahar, 2007. p.40.) Sobre o contexto histórico e sociopolítico que marca o debate entre Sócrates e os sofistas, conforme aludido no texto, considere as afirmativas a seguir. Nele encontramos: I. Debate com atenção voltada para as questões que almejam assegurar os fundamentos da natureza. II. Tematização das questões de ordem metafísica com a pretensão de racionalização do divino. III. O interesse pela problemática ético-política perpassa o debate que marca o contexto de ambos. IV. Compromisso bastante direto, ainda que com posicionamentos distintos, em relação ao exercício da democracia. Assinale a alternativa correta.

Questão
2015Filosofia

(UNICENTRO 2015) Em relação à estética de Kant, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir. I- Gênio é a disposição de ânimo pela qual a natureza fornece regra à arte. II- O gênio cria uma segunda natureza, para além da natureza mecânica. III- O gênio, quando liberto do gosto, produz grandes obras artísticas. IV- O juízo artístico pensa a natureza como arte, ou seja, estabelece finalidades na natureza. V- O juízo estético é pautado pela essência universal do belo. Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta.

Questão
2014HistóriaSociologia

Leia o texto a seguir. O que o historiador no deve fazer, com vistas a evitar os riscos do anacronismo, inadvertidamente projetar categorias de pensamento que so s suas e dos homens de sua poca nas mentes das pessoas de uma determinada sociedade ou de um determinado perodo. (BARROS, J. A.O Campo da Histria. 4.ed. Petrpolis: Vozes, 2004, p.53.) Com base nesse texto e nos conhecimentos sobre o anacronismo na produo do conhecimento histrico, assinale a alternativa correta.

Questão
2014Filosofia

(UNICENTRO 2014) Leia o texto a seguir. O pensamento crítico é motivado pela tentativa de superar realmente a tensão, de eliminar a oposiçãoentre a consciência dos objetivos, espontaneidade e racionalidade, inerentes ao indivíduo, de um lado, eas relações doprocesso de trabalho, básicas para a sociedade, de outro. O pensamento crítico contémum conceito de homem que contraria a si enquanto não ocorrer esta identidade. (HORKHEIMER, M. Teoria tradicional e teoria crítica. São Paulo: Abril Cultural, 1975. p.140. Coleção: Os Pensadores.) Com base no texto e nos conhecimentos acerca de Max Horkheimer, assinale a alternativa correta.

Questão
2014Sociologia

(Unicentro 2014) Leia o texto a seguir. O próprio sujeito de conhecimento tem uma história, a relação do sujeito com o objeto, ou, mais claramente, a própria verdade tem uma história. (FOUCAULT, M. A verdade e as formas jurídicas. 3.ed., Rio de Janeiro: NAU-PUC, 2002, p.8.) Com base no teor do texto e na compreensão sobre a produção do conhecimento histórico, em nosso momento atual, assinale a alternativa correta.

Questão
2014Filosofia

UNICENTRO 2014 Leia o texto a seguir. Com o advento do século XX, as técnicas de reprodução atingiram tal nível que, em decorrência, ficaramem condições não apenas de se dedicar a todas as obras de arte do passado e de modificar de modobem profundo os seus meios de influência, mas de elas próprias se imporem, como formas originaisde arte. Com respeito a isso, nada é mais esclarecedor do que o critério pelo qual duas de suasmanifestações diferentes a reprodução da obra de arte e a arte cinematográfica reagiram sobre asformas tradicionais de arte. (BENJAMIN, W. A obra de arte na época de suas técnicas de reprodução. São Paulo: Abril Cultural, 1975. p.12. Coleção: OsPensadores.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre Walter Benjamin, assinale a alternativa correta.

Questão
2014Sociologia

(Unicentro 2014) Leia o texto a seguir. Max Weber (1864-1920), ao contrário de Durkheim e Comte, acreditou na possibilidade de interpretação da sociedade não olhando para ela, mas sim, para o indivíduo que nela vive, pois entendia que aquilo que ocorre na sociedade seria a soma das ações das pessoas. (LORENSETTI, E. As teorias sociológicas na compreensão do presente. In: Sociologia/vários autores. Curitiba: SEED-PR, 2006. p.39.) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o objeto da Sociologia na perspectiva de Weber.

Questão
2013Filosofia

(UNICENTRO 2013) A razão instrumental que Adorno, Marcuse e Horkheimer também designaram com a expressão razão iluminista nasce, segundo os autores, na idade moderna,quando

Questão
2013Filosofia

(UNICENTRO 2013) Em 1951, a filósofa Hannah Arendt afirmou que: O totalitarismo é uma forma de domínio radicalmente nova porque não se limita a destruir as capacidades políticas do homem, isolando-o em relação à vida pública, como faziam as velhas tiranias e os velhos despotismos, mas tende a destruir os próprios grupos e instituições que formam o tecido das relações privadas do homem, tornando-o assim estranho ao mundo e privando-o do seu próprio eu. Assinale a alternativa que apresenta a característica que NÃO é um traço peculiar ao totalitarismo como forma de governo.

Questão
2013Filosofia

UNICENTRO 2013 Ao dizer-se parteiro das almas, Sócrates queria dizer que

Questão
2012Filosofia

(UNICENTRO 2012) Sobre a crise da razão, analise as afirmativas, marcando com V as verdadeiras e com F, as falsas. ( ) A crise da razão é também uma crise da subjetividade. ( ) A Filosofia dos frankfurtianos não se insere no contexto da crise da razão. ( ) A descrença na razão iluminista é um dos pilares da crise da razão ocidental. () A Fenomenologia é uma filosofia gestada no contexto da crise da razão ocidental. ( ) O pensamento de Foucault não se insere no contexto da crise da razão ocidental. Após análise dessas afirmativas, a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a

Questão
2012Filosofia

(Unicentro 2012) Sobre a crise da razão, é incorreto afirmar:

Questão
2012Filosofia

(Unicentro 2012) A passagem do Mito ao Logos na Grécia antiga foi fruto de um amadurecimento lento e processual. Por muito tempo, essas duas maneiras de explicação do real conviveram sem que se traçasse um corte temporal mais preciso. Com base nessa afirmativa, é correto afirmar:

1-15 de 58
NOVIDADES
Kuadro