ENEM

ITA

IME

FUVEST

UNICAMP

UNESP

UNIFESP

UFPR

UFRGS

UNB

VestibularEdição do vestibular
Disciplina
Busca avançada
Ir para Ranking
Português | Interpretação de texto | fatores de contextualização | fatores de construção da coerência | o conhecimento compartilhado
Português | Interpretação de texto | noção de texto | fatores linguísticos e pragmáticos
FUVEST 2006FUVEST PortuguêsTurma ENEM Kuadro

(FUVEST - 2006)

          Há certas expressões significativas: “Contra fato não há argumento”. Elas querem dizer que, diante da evidência do real, não cabem as argumentações em contrário, o que em princípio parece estar certo. Mas, na verdade, significam também coisas como “o que vale é a força” ou “idéia não resolve”. Assim, pregam o reconhecimento do fato consumado, a capitulação diante do que se impôs no terreno “prático”, negando o direito de discutir, de argumentar para mudar a realidade. E então se tornam sinistras.

Antonio Candido, Recortes.

 

Entre as “expressões significativas”, a que se refere o autor do texto, podem-se incluir certos provérbios, como, por exemplo,

Cada macaco no seu galho.

Indique o sentido que esse provérbio assume,

a) se for entendido como uma afirmação aceitável, que em princípio parece estar certa.

b) se for entendido como uma afirmação autoritária, que impõe um fato consumado.