Questões de História - FUVEST | Gabarito e resoluções

Questão 78
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) A explorao da mo de obra escrava, o trfico negreiro e o imperialismo criaram conflitivas e duradouras relaes de aproximao entre os continentes africano e europeu. Muitos pases da frica, mesmo depois de terem se tornado independentes, continuaram usando a lngua dos colonizadores. O portugus, por exemplo, lngua oficial de

Questão 79
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) A imagem pode ser corretamente lida como uma

Questão 80
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) Somos produto de 500 anos de luta: primeiro, contra a escravido, na Guerra de Independncia contra a Espanha, encabeada pelos insurgentes; depois, para evitar sermos absorvidos pelo expansionismo norte-americano; em seguida, para promulgar nossa Constituio e expulsar o Imprio Francs de nosso solo; depois, a ditadura porfirista nos negou a aplicao justa das leis de Reforma e o povo se rebelou criando seus prprios lderes; assim surgiram Villa e Zapata, homens pobres como ns, a quem se negou a preparao mais elementar, para assim utilizar-nos como bucha de canho e saquear as riquezas de nossa ptria, sem importar que estejamos morrendo de fome e enfermidades curveis, sem importar que no tenhamos nada, absolutamente nada, nem um teto digno, nem terra, nem trabalho, nem sade, nem alimentao, nem educao, sem ter direito a eleger livre e democraticamente nossas autoridades, sem independncia dos estrangeiros, sem paz nem justia para ns e nossos filhos. Primeira declarao da Selva Lacandona (janeiro de 1994), in Massimo diFelice e Cristoval Muoz (orgs.). A revoluo invencvel. Subcomandante Marcos e Exrcito Zapatista de Libertao Nacional. Cartas e comunicados. So Paulo: Boitempo, 1998. Adaptado. O documento, divulgado no incio de 1994 pelo Exrcito Zapatista de Libertao Nacional, refere-se, entre outros processos histricos,

Questão 81
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) O processo de expanso das caractersticas multilaterais do sistema ocidental nas diversas reas do mundo conheceu crescente impasse a partir do incio do novo sculo. A sustentabilidade de um sistema substancialmente unipolar mostrou-se cada vez mais crtica, precisamente em face das transformaes estruturais, ligadas, antes de mais nada, ao crescimento econmico da sia, que pareciam complementar e sustentar a ordem mundial do ps-GuerraFria. A ameaa do fundamentalismo islmico e do terrorismo internacional dividiu o Ocidente. O papel de pilar dos Estados Unidos oscilou entre um unilateralismo imperial, tendendo a renegar as prprias caractersticas da hegemonia, e um novo multilateralismo, ainda a ser pensado e definido. Silvio Pons. A revoluo global: histria do comunismo internacional (1917-1991). Rio de Janeiro: Contraponto, 2014. O texto prope uma interpretao do cenrio internacional no princpio do sculo XXI e afirma a necessidade de se

Questão 81
2016GeografiaHistória

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) O processo de expanso das caractersticas multilaterais do sistema ocidental nas diversas reas do mundo conheceu crescente impasse a partir do incio do novo sculo. A sustentabilidade de um sistema substancialmente unipolar mostrouse cada vez mais crtica, precisamente em face das transformaes estruturais, ligadas, antes de mais nada, ao crescimento econmico da sia, que pareciam complementar e sustentar a ordem mundial do psGuerra Fria. A ameaa do fundamentalismo islmico e do terrorismo internacional dividiu o Ocidente. O papel de pilar dos Estados Unidos oscilou entre um unilateralismo imperial, tendendo a renegar as prprias caractersticas da hegemonia, e um novo multilateralismo, ainda a ser pensado e definido. Silvio Pons. A revoluo global: histria do comunismo internacional (19171991). Rio de Janeiro: Contraponto, 2014 O texto prope uma interpretao do cenrio internacional no princpio do sculo XXI e afirma a necessidade de se

Questão 82
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) Eu por vezes tenho dito a V. A. aquilo que me parecia acerca dos negcios da Frana, e isto por ver por conjecturas e aparncias grandes aquilo que podia suceder dos pontos mais aparentes, que consigo traziam muito prejuzo ao estado e aumento dos senhorios de V. A. E tudo se encerrava em vs, Senhor, trabalhardes com modos honestos de fazer que esta gente no houvesse de entrar nem possuir coisa de vossas navegaes, pelo grandssimo dano que da se podia seguir. Serafim Leite. Cartas dos primeiros jesutas do Brasil, 1954. O trecho acima foi extrado de uma carta dirigida pelo padre jesuta Diogo de Gouveia ao Rei de Portugal D. Joo III, escrita em Paris, em 17/02/1538.Seu contedo mostra

Questão 83
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) Examine o grfico. O grfico fornece elementos para afirmar:

Questão 84
2016HistóriaSociologia

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) Na Belle poque brasileira, que difusamente coincidiu com a transio para o regime republicano, surgiram aquelas perguntas cruciais, envoltas no oxignio mental da poca, muitas das quais, contudo, nos incomodam at hoje: como construir uma nao se no tnhamos uma populao definida ou um tipo definido? Frente quele amlgama de passado efuturo, alimentado e realimentado pela Repblica, quem era o brasileiro? (...) Inmeras tentativas de respostas a todas estas questes mobilizaram os intelectuais brasileiros durante vrias dcadas. Elias Thom Saliba. Razes do riso. So Paulo: Companhia das Letras, 2002. Entre as tentativas de responder, durante a Belle poque brasileira, s dvidas mencionadas no texto, correto incluir

Questão 85
2016História

(FUVEST - 2016 - 1 FASE) Paralelamente abertura da Transamaznica processa-se o trabalho da colonizao, realizado pelo INCRA (Instituto Nacional de Colonizao e Reforma Agrria). As pequenas agrovilas se sucedem de vinte em vinte quilmetros margem da estrada, e nos cem hectares que cada colono recebeu so plantados milho, feijo e arroz. J no prximo ms comear a plantao de cana-de-acar, cujas primeiras mudas, vindas dos canaviais de Sertozinho, em So Paulo, acabaram de ser distribudas. Jovens agrnomos, recm-sados da universidade, orientam os colonos... No meio da selva comeam a surgir as agrovilas. Vindos de diferentes regies do pas, os colonos povoam as margens da Transamaznica e espalham pelo cho virgem o verde disciplinado das culturas pioneiras. Os pastos da regio so excelentes. Revista Manchete, 15 de abril de 1972. Segundo o texto, correto afirmar que a Transamaznica, cuja construo se iniciou no regime militar (1964-1985), representou, inclusive,

Questão
2016História

(FUVEST 2016 - 2 FASE) Leia este texto e responda ao que se pede. Em operao militar aeronaval, que se estendeu pela madrugada de quinta-feira e pela manh de ontem, fuzileiros navais e soldados do Exrcito argentino ocuparam as Ilhas Malvinas (Falkland para os ingleses), as Gergias e Sandwich do Sul, pondo fim, de forma abrupta, a negociaes diplomticas que vinham sendo mantidas nos ltimos dias entre os dois pases. O presidente argentino, general Leopoldo Galtieri, justificou a invaso afirmando que o Reino Unido se havia apossado desses territrios por meios predatrios. E acrescentou que a Argentina no se curvar diante de um desenvolvimento intimidador das Foras Armadas britnicas, que esto ameaando com um uso indiscriminado da fora. Em meio ao clima de euforia que tomou conta do pas, aps o sucesso da operao de ocupao das Malvinas, Galtieri anunciou uma medida excepcional: foram postas em liberdade todas as 107 pessoas detidas durante um recente ato de protesto da Confederao Geral do Trabalho. O Estado de S. Paulo, 03/04/1982. Adaptado. a) Caracterize o regime poltico vigente na Argentina poca em que ocorreu o conflito com o Reino Unido (meses de abril a junho de 1982). b) Indique duas mudanas uma de natureza poltica e uma de natureza econmica provocadas pela derrota da Argentina nessa guerra. c) Levando em conta que, alm de outras motivaes, a guerra a que se refere o texto implicou tambm aspectos geopolticos, discorra sobre a importncia estratgica das ilhas envolvidas nesse conflito.

Questão 1
2015História

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) Examine a seguinte imagem: a) Identifique e analise dois elementos representados na imagem, relativos ao contexto sociopoltico de Portugal na segunda metade do sculo XVIII. b) Aponte e explique uma medida relativa ao Brasil, adotada por Portugal nessa mesma poca.

Questão 1
2015História

(FUVEST - 2015) Examine estas imagens produzidas no antigo Egito: As imagens revelam

Questão 2
2015História

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) O movimento poltico conhecido como Confederao do Equador, ocorrido em 1824 em Pernambuco e em provncias vizinhas, contou com a liderana de figuras como Manuel Carvalho Paes de Andrade e Frei Joaquim do Amor Divino Caneca. Relacione esse movimento com a) o projeto poltico desenvolvido pela Corte do Rio de Janeiro, na mesma poca; b) outros dois movimentos ocorridos em Pernambuco, em anos anteriores.

Questão 2
2015História

(FUVEST - 2015) Em certos aspectos, os gregos da Antiguidade foram sempre um povo disperso. Penetraram em pequenos grupos no mundo mediterrnico e, mesmo quando se instalaram e acabaram por domin-lo, permaneceram desunidos na sua organizao poltica. No tempo de Herdoto, e muito antes dele, encontravam-se colnias gregas no somente em toda a extenso da Grcia atual, como tambm no litoral do Mar Negro, nas costas da atual Turquia, na Itlia do sul e na Siclia oriental, na costa setentrional da frica e no litoral mediterrnico da Frana. No interior desta elipse de uns 2500 km de comprimento, encontravam-se centenas e centenas de comunidades que amide diferiam na sua estrutura poltica e que afirmaram sempre a sua soberania. Nem ento nem em nenhuma outra altura, no mundo antigo, houve uma nao, um territrio nacional nico regido por uma lei soberana, que se tenha chamado Grcia (ou um sinnimo de Grcia). (M. I. Finley. O mundo de Ulisses. Lisboa: Editorial Presena, 1972. Adaptado.) Com base no texto, pode-se apontar corretamente

Questão 3
2015História

(FUVEST 2015) A cidade [desde o ano 1000] o principal lugar das trocas econmicas que recorrem sempre mais a um meio de troca essencial: a moeda. [...] Centro econmico, a cidade tambm um centro de poder. Ao lado do e, s vezes, contra o poder tradicional do bispo e do senhor, frequentemente confundidos numa nica pessoa, um grupo de homens novos, os cidados ou burgueses, conquista liberdades, privilgios cada vez mais amplos. (Jacques Le Goff. So Francisco de Assis.Rio de Janeiro: Record, 2010. Adaptado.) O texto trata de um perodo em que