Gabarito UERJ - Provas Anteriores

Questão
2012Português

(Uerj 2012) Na coesão textual, ocorre o que se chama catáfora quando um termo se refere a algo que ainda vai ser enunciado na frase. Um exemplo em que o termo destacado constrói uma catáfora é:

Questão
2012Redação

(UERJ 2012) A palavra Tanto que tenho falado, tanto que tenho escrito como no imaginar que, sem querer, feri algum? s vezes sinto, numa pessoa que acabo de conhecer, uma hostilidade surda, ou uma reticncia de mgoas. Imprudente ofcio este, de viver em voz alta. s vezes, tambm a gente tem o consolo de saber que alguma coisa que se disse por acaso [5] ajudou algum a se reconciliar consigo mesmo ou com a sua vida de cada dia; a sonhar um pouco, a sentir uma vontade de fazer alguma coisa boa. Agora sei que outro dia eu disse uma palavra que fez bem a algum. Nunca saberei que palavra foi; deve ter sido alguma frase espontnea e distrada que eu disse com naturalidade porque senti no momento e depois esqueci. [10] Tenho uma amiga que certa vez ganhou um canrio, e o canrio no cantava. Deram-lhe receitas para fazer o canrio cantar; que falasse com ele, cantarolasse, batesse alguma coisa ao piano; que pusesse a gaiola perto quando trabalhasse em sua mquina de costura; que arranjasse para lhe fazer companhia, algum tempo, outro canrio cantador; at mesmo que ligasse o rdio um pouco alto durante uma transmisso de jogo de futebol... mas o canrio no cantava. [15] Um dia a minha amiga estava sozinha em casa, distrada, e assobiou uma pequena frase meldica de Beethoven e o canrio comeou a cantar alegremente. Haveria alguma secreta ligao entre a alma do velho artista morto e o pequeno pssaro cor de ouro? Alguma coisa que eu disse distrado talvez palavras de algum poeta antigo foi despertar melodias esquecidas dentro da alma de algum. Foi como se a gente soubesse que de repente, [20] num reino muito distante, uma princesa muito triste tivesse sorrido. E isso fizesse bem ao corao do povo; iluminasse um pouco as suas pobres choupanas e as suas remotas esperanas. RUBEM BRAGA PROENA FILHO, Domcio (org.). Pequena antologia do Braga. Rio de Janeiro: Record, 1997 s vezes,tambm(l. 4) Ao estabelecer coeso entre os dois primeiros pargrafos, a palavra tambm, nesse contexto, expressa determinado sentido. Considerando esse sentido, tambm poderia ser substitudo pela seguinte expresso:

Questão
2012Física

Três bolas X, Y e Z são lançadas da borda de uma mesa, com velocidades iniciais paralelas ao solo e mesma direção e sentido. A tabela abaixo mostra as magnitudes das massas e das velocidades iniciais das bolas. Bolas Massa (g) Velocidade inicial (m/s) X 5 20 Y 5 10 Z 10 8 As relações entre os respectivos alcances horizontais , e das bolas X, Y e Z, com relação à borda da mesa, estão apresentadas em:

Questão
2012Biologia

(UERJ 2012) Em um experimento em que se mediu a concentração de glicose no sangue, no filtrado glomerular e na urina de um mesmo paciente, os seguintes resultados foram encontrados: Líquido biológico Concentração de glicose (mg/dL) sangue 140 filtrado glomerular 120 urina 0,12 Esses resultados mostram que as células epiteliais dos túbulos renais do paciente estavam reabsorvendo a glicose pelo mecanismo denominado:

Questão
2012Geografia

O município de Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro, dedica-se à moda íntima, sendo um dos quatro projetos-pilotos priorizados pelo Sebrae para servir de modelo ao desenvolvimento de iniciativas semelhantes no país. O núcleo de Nova Friburgo, que emprega diretamente cerca de 20.000 pessoas, surgiu a partir de pequenas iniciativas de produção. Hoje, são 800 empreendimentos, agora gradativamente envolvidos em ações solidárias de mútuo desenvolvimento. Alguns deles estão reunidos em quatro consórcios exportadores. Adaptado de http://revistapegn.globo.com Os padrões de localização industrial vêm se alterando desde o início da Revolução Industrial, à medida que novas tecnologias e formas de gestão são desenvolvidas.A reportagem acima exemplifica um padrão atual de localização industrial denominado:

Questão
2012Biologia

(UERJ 2012) Em períodos de jejum, após se esgotarem as reservas de carboidratos, a glicose circulante a ser utilizada pelo cérebro deverá originar-se, por gliconeogênese, da seguinte fonte de carbono:

Questão
2012Português

(UERJ 2012) SOBRE A ORIGEM DA POESIA A origem da poesia se confunde com a origem da própria linguagem. Talvez fizesse mais sentido perguntar quando a linguagem verbal deixou de ser poesia. Ou: qual a origem do discurso não poético, já que, restituindo laços mais íntimos entre os signos e as coisas por eles designadas, a poesia aponta para um uso muito primário da linguagem, que parece anterior ao perfil de sua ocorrência nas conversas, nos jornais, nas aulas, conferências, discussões, discursos, ensaios ou telefonemas [...] No seu estado de língua, no dicionário, as palavras intermedeiam nossa relação com as coisas, impedindo nosso contato direto com elas. A linguagem poética inverte essa relação, pois, vindo a se tornar, ela em si, coisa, oferece uma via de acesso sensível mais direto entre nós e o mundo [...] Já perdemos a inocência de uma linguagem plena assim. As palavras se desapegaram das coisas, assim como os olhos se desapegaram dos ouvidos, ou como a criação se desapegou da vida. Mas temos esses pequenos oásis os poemas contaminando o deserto de referencialidade. ARNALDO ANTUNES No último parágrafo, o autor se refere à plenitude da linguagem poética, fazendo, em seguida, uma descrição que corresponde à linguagem não poética, ou seja, à linguagem referencial. Pela descrição apresentada, a linguagem referencial teria, em sua origem, o seguinte traço fundamental:

Questão
2011Química

(Uerj 2011) O petróleo contém hidrocarbonetos policícliclos aromáticos que, absorvidos por partículas em suspensão na água do mar, podem acumular-se no sedimento marinho. Quando são absorvidos por peixes, esses hidrocarbonetos são metabolizados por enzimas oxidases mistas encontradas em seus fígados, formando produtos altamente mutagênicos e carcinogênicos. A concentração dessas enzimas no fígado aumenta em função da dose de hidrocarboneto absorvida pelo animal. Em um trabalho de monitoramento, quatro gaiolas contendo, cada uma, peixes da mesma espécie e tamanho foram colocadas em pontos diferentes no fundo do mar, próximos ao local de um derramamento de petróleo. Uma semana depois, foi medida a atividade média de uma enzima oxidase mista nos fígados dos peixes de cada gaiola. Observe os resultados encontrados na tabela abaixo: A gaiola colocada no local mais próximo do derramamento de petróleo é a de número:

Questão
2011Português

(UERJ2011) Instrução: Leia o texto a seguir. Múltiplo sorriso Pendurou a última bola na árvore de Natal e deu alguns passos atrás. Estava bonita. Era um pinheiro artificial, mas parecia de verdade. Só bolas vermelhas. Nunca deixava de armar sua árvore, embora as amigas dissessem que era bobagem fazer isso quando se mora sozinha. Olhou com mais vagar. Na luz do fim da tarde, notou que sua imagem se espelhava nas bolas. Em todas elas, lá estava seu rosto, um pouco distorcido, é verdade mas sorrindo. Estão vendo?, diria às amigas, se estivessem por perto. Eu não estou só. SEIXAS, Heloísa. Contos mais que mínimos. Rio de Janeiro: Tinta Negra, 2010. Ao dizer que o pinheiro era artificial, mas parecia de verdade, a narrativa realça um estado que define a personagem. Isto ajuda o leitor a compreender o fingimento da personagem em relação à

Questão
2011Português

Desencontrários Mandei a palavra rimar, ela não me obedeceu. Falou em mar, em céu, em rosa, em grego, em silêncio, em prosa. Parecia fora de si, a sílaba silenciosa. Mandei a frase sonhar, e ela se foi num labirinto. Fazer poesia, eu sinto, apenas isso. Dar ordens a um exército, para conquistar um império extinto. PAULO LEMINSKI GÓES, F. e MARINS, A. (orgs.) Melhores poemas de Paulo Leminski. São Paulo: Global, 2001. (Uerj 2011) Considere a formação da palavra Desencontrários, título do poema de Paulo Leminski. Separe seus elementos mórficos. Em seguida, nomeie o primeiro morfema que a compõe e indique seu significado.

Questão
2011Física

Um trem em alta velocidade desloca-se ao longo de um trecho retilíneo a uma velocidade constante de 108 km/h. Um passageiro em repouso arremessa horizontalmente ao piso do vagão, de uma altura de 1 m, na mesma direção e sentido do deslocamento do trem, uma bola de borracha que atinge esse piso a uma distância de 5 m do ponto de arremesso. Se a bola fosse arremessada na mesma direção, mas em sentido oposto ao do deslocamento do trem, a distância, em metros, entre o ponto em que a bola atinge o piso e o ponto de arremesso seria igual a:

Questão
2011Português

(UERJ - 2011) Competio e individualismo excessivos ameaam sade dos trabalhadores Ideologia do individualismo O novo cenrio mundial do trabalho apresenta facetas como a da competio globalizada e a da ideologia do individualismo. A afirmao foi feita pelo professor da Universidade de Braslia (UnB) Mrio Csar Ferreira, ao participar do seminrio Trabalho em Debate: Crise e Oportunidades. Segundo ele, pela primeira vez, h uma ligao direta entre trabalho e ndices de suicdio, sobretudo na Frana, em funo das mudanas focadas na ideia de excelncia. Fim da especializao A configurao do mundo do trabalho cada vez mais voltil, disse o professor. Ele destacou ainda a crescente expanso do terceiro setor, do trabalho em domiclio e do trabalho feminino, bem como a excluso de perfis como o de trabalhadores jovens e dos fortemente especializados. As organizaes preferem perfis polivalentes e multifuncionais. Desta forma, a escolarizao clssica do trabalhador amplia-se para a qualificao contnua, enquanto a ultraespecializao evolui para a multiespecializao. Metamorfoses do trabalho Ele ressaltou que as metamorfoses no cenrio do trabalho no so indolores para os que trabalham e provocam erros frequentes, retrabalho, danificao de mquinas e queda de produtividade. Outra grande consequncia, de acordo com o professor, diz respeito sade dos trabalhadores, que leva alta rotatividade nos postos de trabalho e aos casos de suicdio. Trata-se de um cenrio em que todos perdem, a sociedade, os governantes e, em particular, os trabalhadores, avaliou. Articulao entre econmico e social Para a coordenadora da Diretoria de Cooperao e Desenvolvimento do Instituto de Pesquisa Econmica Aplicada (Ipea), Christiane Girard, a problemtica das relaes de trabalho envolve tambm uma questo: qual o tipo de desenvolvimento que ns, como cidados, queremos ter? Segundo Christiane, preciso articular o econmico e o social, como acontece na economia solidria. Ela uma das alternativas que aparecem e precisa ser discutida. A resposta do trabalhador se manifesta por meio do estresse, de doenas diversas e do suicdio. A gente no se pergunta o suficiente sobre o peso da gesto do trabalho, disse a representante do Ipea. Adaptado de www.diariodasaude.com.br Na coeso textual, os pronomes podem ser empregados para fazer a ligao entre o que est sendo dito e o que foi enunciado anteriormente. O pronome sublinhado que estabelece ligao com uma parte anterior do texto est na seguinte passagem:

Questão
2011Química

(Uerj 2011) A sigla BTEX faz referência a uma mistura de hidrocarbonetos monoaromáticos, poluentes atmosféricos de elevada toxidade. Considere a seguinte mistura BTEX: Ao fim de um experimento para separar, por destilação fracionada, essa mistura, foram obtidas três frações. A primeira e a segunda frações continham um composto distinto cada uma, e a terceira continha uma mistura dos outros dois restantes. Os compostos presentes na terceira fração são:

Questão
2011Física

Um trem em alta velocidade desloca-se ao longo de um trecho retilíneo a uma velocidade constante de 108 km/h. Um passageiro em repouso arremessa horizontalmente ao piso do vagão, de uma altura de 1 m, na mesma direção e sentido do deslocamento do trem, uma bola de borracha que atinge esse piso a uma distância de 5 m do ponto de arremesso. O intervalo de tempo, em segundos, que a bola leva para atingir o piso é cerca de:

Questão
2011FísicaMatemática

(Uerj 2011) Um ciclista pedala uma bicicleta em trajetória circular de modo que as direções dos deslocamentos das rodas mantêm sempre um ângulo de 60. O diâmetro da roda traseira dessa bicicleta é igual à metade do diâmetro de sua roda dianteira. O esquema a seguir mostra a bicicleta vista de cima em um dado instante do percurso. Admita que, para uma volta completa da bicicleta, N1 é o número de voltas dadas pela roda traseira e N2 o número de voltas dadas pela roda dianteira em torno de seus respectivos eixos de rotação. A razão é igual a: