Gabarito UEL - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2020Física

(Uel 2020) Um cilindro metlico, com 1mde dimetro ede 2,5m altura, serve como tanque para armazenar um combustvel com densidade de 800 kg/m3.Quando o tanque est fechado e abastecido com uma coluna de combustvel de 2m de altura, a presso na superfcie do combustvel armazenado no cilindro de Com base nessas informaes, responda aos itens a seguir. Acidentalmente, feito um furo circular neste tanque a 0,5macima de sua base, cujo dimetro de 1mm como representado na figura a seguir (note que a figura no est em escala). Esse furo s foi observado 1 hora aps o ocorrido. Calcule a quantidade de litros de combustvel que vazou pelo furo nesse intervalo de tempo. Utilize g=10 m/s2e . Sabe-se que 1mm=10-3m;1L=10-3m3; e 1h = 3.600s Considere a presso atmosfrica = 1x 105Pa. Observao: considere que a velocidade de escoamento do lquido pelo furo (v2) muito maior que a velocidade com que o nvel de combustvel decresce (v1) Logo, v1pode ser desprezada. Consertado o furo, o tanque foi completamente abastecido logo ao raiar do dia. Considerando que os coeficientes de dilatao volumtrica do combustvel e do metal docilindro valem, respectivamente, 10-3C-1e 7x10-5C-1calcule a quantidade de litros de combustvel que transbordaria do tanque se ele permanecesse aberto ao longo do dia, supondo uma variao mxima de temperatura de 20C. Observao: considere que os volumes iniciais de combustvel e do cilindro so iguais (com as dimenses iniciais dadas no enunciado). Despreze as perdas por evaporao do combustvel.

Questão 17
2019Português

(UEL - 2019) Tem uma frase boa que diz: uma lngua um dialeto com exrcitos. Um idioma s morre se no tiver poder poltico, explica Bruno LAstorina, da Olimpada Internacional de Lingustica. E no d para discordar. Basta pensar na infinidade de idiomas que existiam no Brasil (ou em toda Amrica Latina) antes da chegada dos europeus hoje so apenas 227 lnguas vivas no pas. Dominados, os ndios perderam sua lngua e cultura. O latim predominava na Europa at a queda do Imprio Romano. Sem poder, as fronteiras perderam fora, os germnicos dividiram as cidades e, do latim, surgiram novos idiomas. Por outro lado, na Espanha, a poderosa regio da Catalunha ainda mantm seu idioma vivo e luta contra o domnio do espanhol. No toa que esses povos insistem em cuidar de seus idiomas. Cada lngua guarda os segredos e o jeito de pensar de seus falantes. Quando um idioma morre, morre tambm a histria. O melhor jeito de entender o sentimento de um escravo pelas msicas deles, diz Luana Vieira, da Olimpada de Lingustica. Veja pelo aimar, uma lngua falada por mais de 2 milhes de pessoas da Cordilheira dos Andes. Ns gesticulamos para trs ao falar do passado. Esses povos fazem o contrrio. Eles acreditam que o passado precisa estar frente, pois algo que j no visualizamos. E o futuro, desconhecido, fica atrs, como se estivssemos de costas para ele, explica. CASTRO, Carol. Bl-bl-bl sem fim. Galileu, ed. 317, dez. 2017, p. 31. Acerca de trechos do texto, considere os exemplos a seguir, quanto presena de orao coordenada. I. os germnicos dividiram as cidades. II. e luta contra o domnio do espanhol. III. os ndios perderam sua lngua e cultura. IV. em cuidar de seus idiomas. Assinale a alternativa correta.

Questão
2019Sociologia

(UEL 2019) As reflexões liberais tenderam a acentuar, até o século XIX, a compreensão de que o Estado era a expressão da Razão. Nessa forma de compreensão liberal, é correto afirmar que o Estado

Questão
2019Geografia

(Uel 2019) Analise o mapa a seguir. Como base no mapa e nos conhecimentos da geopolítica mundial no século XX, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir. ( ) O término da Segunda Guerra Mundial inaugurou o período denominado Guerra Fria marcado pelo confronto ideológico entre a URSS e os EUA, gerando diversos conflitos por disputas de territórios. ( ) Fidel Castro se aproximou do bloco socialista, do qual nasceu um plano que levou a uma das maiores crises políticas da Guerra Fria: o conflito entre a União Soviética e os Estados Unidos (1962), designado como a Crise dos Mísseis em Cuba. ( ) A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) é uma aliança militar fundada no princípio da segurança coletiva com o objetivo de manter a paz entre os países membros e a democracia dentro deles. ( ) A corrida armamentista constitui-se em uma característica secundária deste período, já que a questão central da geopolítica, pós Segunda Guerra Mundial, foi a disseminação da organização espacial mundial multipolar. ( ) A designação de fria vinculou-se a um período geopolítico no qual se destacava a abstenção das superpotências nos conflitos militares nas áreas periféricas do mundo, de forma que os norte-americanos e os soviéticos se desvincularam de guerras localizadas em outras partes do mundo. Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta.

Questão
2019Sociologia

(UEL 2019) Escândalos recentes sobre a exposição de dados dos usuários do Facebook alimentaram os debates sobre a privacidade nas redes sociais, um tema que se conecta com a questão do poder e suscita preocupações sobre o quanto as pessoas e suas relações tornam-se expostas ou protegidas com o uso das novas tecnologias de informação. Com base nos conhecimentos sociológicos sobre redes sociais e sociedade contemporânea, assinale a alternativa correta.

Questão
2019Biologia

(UEL - 2019) Os rins, pelo processo de filtrao, excretam, alm dos frmacos, substncias provenientes do metabolismo. Com base nos conhecimentos sobre anatomia e fisiologia renal, atribua (V) verdadeiro ou (F) falso s afirmativas a seguir. ( ) Depois do sangue filtrado pelos rins, cabe aos nfrons a funo de reabsorver substncias importantes para o metabolismo do organismo, como gua, ureia, sais, cido rico e hormnios. ( ) A baixa presso sangunea nos capilares do glomrulo renal fora a sada de fluxo sanguneo para o ducto coletor, formando um fluido denominado filtrado tubular ou urina. ( ) A glicose, os aminocidos, as vitaminas e grande parte dos sais do filtrado glomerular, em condies normais, so reabsorvidos pelas clulas da parede do tbulo contorcido proximal e devolvidos ao sangue. ( ) No nfron, ocorre a filtrao, em que a presso do sangue expulsa do glomrulo a gua e as pequenas molculas dissolvidas no plasma, como sais, molculas orgnicas simples e ureia, para a cpsula. ( ) Quando ingerimos muita gua, a produo do hormnio antidiurtico (ADH) estimulada, aumentando a permeabilidade do tbulo proximal e do ducto coletor. Assinale a alternativa que contm, de cima para baixo, a sequncia correta.

Questão
2019Sociologia

(UEL 2019) Leia o texto a seguir, Uma ínfima minoria, já excepcionalmente munida de poderes, de propriedades e de privilégios considerados implícitos, detém de ofício esse direito. Quanto ao resto da humanidade, para merecer viver, deve mostrar- -se útil à sociedade, pelo menos àquela parte que a administra e a domina: a economia, mais do que nunca confundida com o comércio, ou seja, a economia de mercado. Útil, aqui, significa quase rentável, isto é, lucrativo ao lucro. FORRESTER, V. O Horror econômico. São Paulo: UNESP, 1997. p.13. Com base nos conhecimentos históricos sobre a economia mundial e nas considerações de Viviane Forrester, assinale a alternativa correta.

Questão
2019Geografia

(Uel 2019) Leia o texto a seguir. O Aquífero Guarani constitui-se em um sistema hidroestratigráfico Mesozoico, formado por sedimentos flúvio-lacustres de idade Triássica (Formação Piramboia) e por depósitos de origem eólica de idade jurássica (Formação Botucatu). É a denominação formal dada ao reservatório de água subterrânea doce, pelo geólogo Danilo Anton em homenagem à nação Guarani que habitou essa região. Trata-se de um Aquífero transfronteiriço que se estende por quatro países: Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina. Adaptado de ZANATTA, L. C. et. al. Qualidade das águas subterrâneas do Aquífero Guarani para abastecimento público no Estado de Santa Catarina. XV Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, Natal, 2008. Com base nos conhecimentos sobre o Aquífero Guarani e águas subterrâneas, assinale a alternativa correta.

Questão
2019Sociologia

(Uel 2019) Leia o texto a seguir. Hoje em dia [...] as máquinas, dotadas da propriedade maravilhosa de encurtar e tornar mais frutífero o trabalho humano, provocam a fome e o esgotamento do trabalhador.[...] O domínio do homem sobre a natureza é cada vez maior; porém, [...] todos os nossos inventos e progressos parecem dotar de vida intelectual as forças materiais, enquanto que reduzem a vida humana ao nível de uma força material bruta. MARX, K. Discurso pronunciado na festa de aniversário do Peoples Paper, MARX, K. ; ENGELS, F. Obras Escolhidas, V.1. São Paulo: Editora Alfa - Ômega. p. 298. Atentando para o movimento de razão e desrazão na sociedade contemporânea, o texto, de autoria de Marx, acentua a presença, no modo de produção capitalista, do(a)

Questão
2019Sociologia

(UEL 2019) Leia o texto a seguir. A menos que seja um físico, quem anda num bonde não tem ideia de como o carro se movimenta. E não precisa saber. Basta-lhe poder contar com o comportamento do bonde a orientar sua conduta de acordo com sua expectativa; mas nada sabe sobre o que é necessário para produzir o bonde ou movimentá-lo. O selvagem tem um conhecimento incomparavelmente maior sobre suas ferramentas. WEBER, M. A ciência como vocação. In: GERTH, H.; MILLS, W. Max Weber. Ensaios de Sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1979. p. 165. Com base no texto e nos conhecimentos sobre a sociedade moderna, conforme Max Weber, assinale a alternativa correta.

Questão
2019Geografia

(Uel 2019) O infográfico a seguir apresenta dados referentes ao saneamento básico nos quesitos coleta e tratamento de esgotos nas macrorregiões brasileiras. Com base nos dados do infográfico, nos conhecimentos sobre as desigualdades regionais e a deficiência de infraestrutura urbana, assinale a alternativa correta.

Questão
2019Sociologia

(UEL 2019) Leia o texto a seguir. O prefixo des indica anomalia. Desemprego é o nome de uma condição claramente temporária e anormal, e, assim, a natureza transitória e curável da doença é patente. A noção de desemprego herdou sua carga semântica da auto consciência de uma sociedade que costumava classificar seus integrantes, antes de tudo, como produtores, e que também acreditava no pleno emprego não apenas como condição desejável e atingível, mas também como seu derradeiro destino. Uma sociedade que, portanto, classificava o emprego como uma chave a chave para a solução dos problemas ao mesmo tempo da identidade pessoal socialmente aceitável, da posição social segura, da sobrevivência individual e coletiva, da ordem social e da reprodução sistêmica. BAUMAN, Z. Vidas despedaçadas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005. p. 19. Com base no texto e nos conhecimentos sobre as transformações mais recentes quanto ao tema desemprego no capitalismo, considere as afirmativas a seguir. I. A tendência no capitalismo globalizado é tornar os postos de trabalho mais flexíveis para atender necessidades das grandes corporações, levando a questionamentos do modelo taylorista-fordista. II. A perda de identidade em relação ao emprego no capitalismo contemporâneo confirma o fato de que a categoria trabalho deixou de ser essencial para a produção e reprodução da vida social. III. As políticas antissindicais que acompanham as práticas neoliberais apresentam como resultado a supressão das crises econômicas globais com o restabelecimento do pleno emprego. IV. O desemprego, no capitalismo globalizado, tem a longa duração como seu traço característico, enquanto avança o emprego precário e de alta rotatividade, como nos call centers. Assinale a alternativa correta.

Questão
2019Sociologia

(Uel2019) Analise as imagens e leia o texto a seguir. Olhos e bocas aparecem costurados grosseiramente como um símbolo. O segredo guardado dentro do universo doméstico: os olhos que não podem ver, a boca que não pode falar, gritar. A artista faz da trama um elemento questionador e ao mesmo tempo criador de novos sentidos, como no trabalho Bastidores, 1997. Adaptado de afreaka.com.br A pintura indígena é individual, única e possui diversos significados segundo as diferenciações sociais, traduzindo a dignidade do ser humano e exprimindo a sua função sociológica. Com base nas imagens, no texto e nos conhecimentos de arte indígena e da arte contemporânea brasileira de Rosana Paulino, considere as afirmativas a seguir. I. A obra Bastidores apropria-se de objetos usuais das mulheres para abordar questões que remetem à opressão, ao racismo, à feminilidade, articulando significados. II. Obras indígenas trazem, também, o corpo como suporte e base das atividades artísticas, representando a beleza, a vida e suas diferenças na forma humana. III. A arte dos Kadiwéu apresenta uma produção abstrata na pintura do corpo e do rosto com detalhes, simetria, equilíbrio e beleza. IV. A produção da obra Bastidores aborda o problema da relação entre o meio ambiente e a religião e prioriza a posição da mulher na natureza e a força do pensamento místico. Assinale a alternativa correta.

Questão
2019Espanhol

EL ELEFANTE ENCADENADO No puedo le dije NO PUEDO! Seguro? me preguntó el gordo. Sí, nada me gustaría más que poder sentarme frente a ella y decirle lo que siento... pero sé que no puedo. El gordo se sentó a lo Buda en esos horribles sillones azules de consultorio, se sonrió, me miró a los ojos y bajando la voz (cosa que hacía cada vez que quería ser escuchado atentamente), me dijo: Me permites que te cuente algo? Y mi silencio fue suficiente respuesta. Jorge empezó a contar: CUANDO yo era chico me encantaban los circos, y lo que más me gustaba de los circos eran los animales.También a mí como a otros, después me enteré, me llamaba la atención el elefante. Durante la función, la enorme bestia hacía despliegue de peso, tamaño y fuerza descomunal... pero después de su actuación y hasta un rato antes de volver al escenario, el elefante quedaba sujeto solamente por una cadena que aprisionaba una de sus patas a una pequeña estaca clavada en el suelo. Sin embargo, la estaca era sólo un minúsculo pedazo de madera apenas enterrado unos centímetros en la tierra. Y aunque la cadena era gruesa y poderosa me parecía obvio que ese animal capaz de arrancar un árbol de cuajo con su propia fuerza, podría, con facilidad, arrancar la estaca y huir. El misterio es evidente: Qué lo mantiene entonces? Por qué no huye? Cuando tenía cinco o seis años, yo todavía confiaba en la sabiduría de los grandes. Pregunté entonces a algún maestro, a algún padre, o a alguna tía por el misterio del elefante. Alguno de ellos me explicó que el elefante no se escapaba porque estaba amaestrado Hice entonces la pregunta obvia: Si está amaestrado por qué lo encadenan? No recuerdo haber recibido ninguna respuesta coherente. Con el tiempo me olvidé del misterio del elefante y la estaca... y sólo lo recordaba cuando me encontraba con otros que también se habían hecho la misma pregunta. Hace algunos años descubrí que por suerte para mí alguien había sido lo bastante sabio como para encontrar la respuesta: El elefante del circo no escapa porque ha estado atado a una estaca parecida desde que era muy, muy pequeño. Cerré los ojos y me imaginé al pequeño recién nacido sujeto a la estaca. Estoy seguro de que en aquel momento el elefantito empujó, tiró y sudó tratando de soltarse. Y a pesar de todo su esfuerzo no pudo. La estaca era ciertamente muy fuerte para él. Juraría que se durmió agotado y que al día siguiente volvió a probar, y también al otro y al que le seguía... Hasta que un día, un terrible día para su historia, el animal aceptó su impotencia y se resignó a su destino. Este elefante enorme y poderoso, que vemos en el circo, no escapa porque cree pobre que NO PUEDE. Él tiene registro y recuerdo de su impotencia, de aquella impotencia que sintió poco después de nacer. Y lo peor es que jamás se ha vuelto a cuestionar seriamente ese registro. Jamás... jamás... intentó poner a prueba su fuerza otra vez... Y así es, Demián. Todos somos un poco como ese elefante del circo: vamos por el mundo atados a cientos de estacas que nos restan libertad. Vivimos creyendo que un montón de cosas no podemos simplemente porque alguna vez, antes, cuando éramos chiquitos, alguna vez, probamos y no pudimos. Hicimos, entonces, lo del elefante: grabamos en nuestro recuerdo: NO PUEDO... NO PUEDO Y NUNCA PODRÉ. Hemos crecido portando ese mensaje que nos impusimos a nosotros mismos y nunca más lo volvimos a intentar. Cuando mucho, de vez en cuando sentimos los grilletes, hacemos sonar las cadenas o miramos de reojo la estaca y confirmamos el estigma: NO PUEDO Y NUNCA PODRÉ! Jorge hizo una larga pausa; luego se acercó, se sentó en el suelo frente a mí y siguió: Esto es lo que te pasa, Demián, vives condicionado por el recuerdo de que otro Demián, que ya no es, no pudo. Tu única manera de saber, es intentar de nuevo poniendo en el intento todo tu corazón... ...TODO TU CORAZÓN. (Adaptado de: BUCAY, J. Recuentos para Demián: los cuentos que contaba mi analista. Ciudad de México: Editorial Océano, 2010, p. 15-18.) Sobre o conto El elefante encadenado, considere as afirmativas a seguir. I. O uso de maiúsculas no texto, em expressões como: NO PUEDO...NO PUEDO Y NUNCA PODRÉ e NO PUEDE serve para destacar, respectivamente, algo que o elefante pensa de si próprio e os pensamentos que são comuns aos seres humanos. II. O narrador usa a imagem do elefante acorrentado para ilustrar como as pessoas vivem presas a experiências frustradas do passado, sem perceber que podem vencer ao [...]intentar de nuevo poniendo en el intento todo tu corazón... ...TODO TU CORAZÓN. III. A frase Si está amaestrado por qué lo encadenan? é a pergunta que o narrador da história do elefante faz aos mais velhos, quando estes tentam explicar por que o elefante permanece acorrentado a uma pequena estaca sem fugir. IV. O exemplo do elefante acorrentado é usado pelo narrador da história para estimular uma reflexão sobre a capacidade adormecida que todos têm e que, frequentemente, não usam por acreditar que: NO PUEDO... NO PUEDO Y NUNCA PODRÉ. Assinale a alternativa correta.

Questão
2019Biologia

(UEL - 2019) Leia o texto a seguir: A ocorrncia de verminoses, como as causadas por platelmintos parasitas, est relacionada a situaes socioeconmicas desfavorveis. Frequentemente essas doenas afetam pessoas que vivem em condies precrias de habitao, saneamento e de maus hbitos de higiene. Adaptado de LINHARES, S. ; GEWANDSZNAJDER, F.Biologia hoje. So Paulo: tica. 2. ed. 2013, p. 132. v.2. Com base nos conhecimentos sobre tenase, assinale a alternativa correta.

NOVIDADES
Kuadro