Gabarito UFPR - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2020Matemática

(UFPR - 2020)No ano de 2018, a densidade populacional da cidade de Curitiba foi estimada em 4.406,96 habitantes por quilômetro quadrado. Supondo que a área territorial da cidade seja de 435 km2, o número que mais se aproxima da população estimada de Curitiba em 2018 é:

Questão
2020Física

(UFPR - 2020) Um observador inercial analisa o movimento de um dado objeto de massa m constante e constri o grfico v x t mostrado a seguir, em que v a velocidade do objeto e t o tempo . O movimento ocorre numa linha reta. Levando em considerao os dados apresentados no grfico, assinale a alternativa que apresenta corretamente o valor do deslocamento do objeto entre os instantes t=0 e t=5.

Questão 1
2019História

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Alexandre, o Grande, teve uma vida breve, mas intensa. Os historiadores da Antiguidade destacaram suas habilidades polticas e militares, e sua imagem se espalhou por meio de retratos e bustos que foram produzidos em diferentes momentos, seja no perodo helenstico, seja posteriormente durante o Imprio Romano. Tornou-se, portanto, smbolo de poder em diferentes momentos histricos. Discorra sobre dois legados de Alexandre na Antiguidade um legado poltico e um legado cultural.

Questão 1
2019Física

(UFPR - 2019 - 2 FASE) Dois osciladores harmnicos simples so formados por objetos A e B de massas mA e mB ligados a molas de constantes de mola kA e kB, respectivamente. Os objetos executam movimentos harmnicos simples ao longo de linhas retas horizontais e paralelas de forma independente um do outro, e os grficos para as suas posies 𝒙𝑨 e 𝒙𝑩 em funo do tempo t, medidas por um referencial inercial, so apresentados na figura ao lado, em que a linha cheia refere-se ao objeto A e a linha tracejada, ao objeto B. Considerando os dados apresentados na figura, determine: a) A frequncia fA das oscilaes executadas pelo objeto A. b) A razoentre as energias mecnicas dos dois osciladores, supondo que as molas tm constantes de mola que seguem a relao .

Questão 1
2019Sociologia

(UFPR - 2019 - 2 FASE) Ao analisar a relao entre fora e poder em Maquiavel, Maria Tereza Sadek argumenta que um governante virtuoso procurar criar instituies que facilitem o domnio. Consequentemente, sem virt, sem boas leis, geradoras de boas instituies, e sem boas armas, um poder rival poder impor-se. [...] A fora explica o fundamento do poder, porm a posse de virt a chave por excelncia do sucesso do prncipe. (SADEK, Maria Tereza. Nicolau Maquiavel: o cidado sem fortuna, o intelectual de virt. In: WEFFORT, Francisco (org). Os clssicos da poltica. Vol. 01. So Paulo: tica, p. 23. 12. ed.) Para a autora, em que consiste a virt, necessria ao exerccio do poder pelo prncipe?

Questão 1
2019Geografia

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Um exemplo que comprova o formato arredondado da superfcie da Terra a sequncia de desaparecimento de uma embarcao no horizonte: a parte que some primeiro a popa, depois a vela. O formato da Terra pode ser confirmado por meio do magnetismo terrestre e da fora da gravidade. Escolha um desses dois itens e justifique a forma do planeta Terra.

Questão 1
2019Biologia

(UFPR - 2019 - 2 FASE) Uma das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentvel proposto pela ONU a erradicao, at 2030, de epidemias de AIDS, tuberculose, malria e doenas tropicais negligenciadas. Na tabela abaixo, so apresentados dados de trs pases do relatrio estatstico anual de 2018 da Organizao Mundial de Sade sobre a malria: a) Elabore uma hiptese que possa explicar as diferenas nos valores de incidncia da doena entre os pases apresentados,considerando a forma de transmisso. b) Que atitude governamental deve ser tomada para diminuir o nmero de casos?

Questão 1
2019Biologia

(UFPR - 2019- 1 FASE) Considere o cruzamento parental entre dois indivduos de linhagens puras e contrastantes para duas caractersticas: pelos pretos e longos x pelos brancos e curtos. A gerao F1 era constituda por 100% de indivduos com pelos pretos e longos. Considerando que as caractersticas de cor e comprimento dos pelos so condicionadas cada uma por um gene e que esses genes tm segregao independente, a proporo esperada entre 240 indivduos da F2 :

Questão 1
2019Filosofia

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Segundo Thomas Hobbes, um preceito ou regra geral da razo: que todo homem deve esforar-se pela paz, na medida em que tenha esperana de consegui-la, e caso no a consiga pode procurar e usar todas as vantagens da guerra. (HOBBES, T. Leviat. In: MARAL, J.; CABARRO, M.; FANTIN, M. E. (Orgs.) Antologia de Textos Filosficos. Curitiba: SEED-PR, 2009, p. 353.) Por que, segundo o autor, os homens devem esforar-se pela paz e por que difcil alcan-la?

Questão 1
2019Química

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Um dos principais problemas ambientais presentes nos grandes centros urbanos o smog fotoqumico. A palavra smog vem da contrao de duas palavras da lngua inglesa: smoke (fumaa) e fog (neblina). O smog fotoqumico consiste num processo que envolve poluentes primrios e secundrios, gerados por uma srie de reaes promovidas pela luz solar. Na alta temperatura dentro do motor a combusto, nitrognio e oxignio atmosfricos reagem, formando xido ntrico, que, quando emitido pelo escapamento, oxidado a dixido de nitrognio na atmosfera. A luz solar provoca a decomposio fotoqumica do dixido de nitrognio: (Luz +) NO2 (g) NO (g) + O (g) Eq. I O oxignio atmico, altamente reativo, combina com oxignio molecular para formar oznio: O (g) + O2 (g) O3 (g) Eq. II Oznio o principal poluente secundrio, pois ataca ligaes C=C presentes em molculas biolgicas e materiais componentes presentes nos automveis, causando danos. A poluio por oznio intensificada pela inverso trmica que o concentra prximo ao cho, mas diminuda pela umidade, que limita a produo de oznio pela remoo de dixido de nitrognio: 4 NO2 (g) + 2 H2O (l) + O2 (g) 4 HNO3 (aq) Eq. III a) Que outro problema ambiental causado pela reao da Eq. III? b) Que classe de materiais de componentes presentes nos automveis danificada pelo oznio? c) Na ausncia de inverso trmica, o oznio pode se difundir at a estratosfera, onde no considerado poluente. Por que nessa condio ele no poluente?

Questão 1
2019Matemática

(UFPR - 2019 - 2 FASE) A pirmide regular ao lado tem 12 cm de altura e sua base um quadrado com 10 cm de lado. a) Calcule o volume da pirmide. b) Calcule a rea total da pirmide.

Questão 1
2019Português

(UFPR - 2019 - 2 FASE) Leia a histria em quadrinhos a seguir, at o ponto disponibilizado para a leitura. Escreva um texto narrativo contando os fatos apresentados no excerto e elabore um desfecho para a histria. Seu texto dever: fazer a transposio da linguagem visual para a linguagem verbal, na forma de uma narrativa, fornecendo elementos para que o leitor possa compreender o contexto narrado e o comportamento e reaes dos personagens sem precisar recorrer s imagens; propor um desfecho para a histria, coerente com o enredo apresentado; ter entre 10 e 15 linhas; respeitar as caractersticas discursivo-formais do gnero solicitado.

Questão 2
2019Química

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Um dos principais problemas ambientais presentes nos grandes centros urbanos o smog fotoqumico. A palavra smog vem da contrao de duas palavras da lngua inglesa: smoke (fumaa) e fog (neblina). O smog fotoqumico consiste num processo que envolve poluentes primrios e secundrios, gerados por uma srie de reaes promovidas pela luz solar. Na alta temperatura dentro do motor a combusto, nitrognio e oxignio atmosfricos reagem, formando xido ntrico, que, quando emitido pelo escapamento, oxidado a dixido de nitrognio na atmosfera. A luz solar provoca a decomposio fotoqumica do dixido de nitrognio: (Luz +) NO2 (g) NO (g) + O (g) Eq. I O oxignio atmico, altamente reativo, combina com oxignio molecular para formar oznio: O (g) + O2 (g) O3 (g) Eq. II Oznio o principal poluente secundrio, pois ataca ligaes C=C presentes em molculas biolgicas e materiaiscomponentes presentes nos automveis, causando danos. A poluio por oznio intensificada pela inverso trmica que o concentra prximo ao cho, mas diminuda pela umidade, que limita a produo de oznio pela remoo de dixido de nitrognio: 4 NO2 (g) + 2 H2O (l) + O2 (g) 4 HNO3 (aq) Eq. III Num centro urbano, foi monitorada a concentrao de dixido de nitrognio igual a 0,06 ppm (partes por milho). (A unidade ppm usual nesses estudos). a) Calcule a massa molar, em g mol-1, do dixido de nitrognio. Mostre os clculos. Dado: massas molares (g mol-1): N = 14, O = 16. b) Calcule o valor de concentrao de dixido de nitrognio, em mol L-1, no centro urbano mencionado. Considere a densidade do ar igual a 1,2 x 10-3 g L-1. Mostre os clculos. c) Em um dia ensolarado, exposto luminosidade ao final de uma tarde, o rendimento da Eq. I foi de aproximadamente 50%. Considerando que Eq. II tem rendimento de 100%, calcule a concentrao, em mol L-1, de oznio alcanada no fim dessa tarde. Mostre os clculos.

Questão 2
2019História

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Considere o trecho abaixo: Se numa conversa com homens medievais utilizssemos a expresso Idade Mdia, eles no teriam ideia do que estaramos falando. Como todos os homens de todos os perodos histricos, eles viam-se na poca contempornea. De fato, falarmos em Idade Antiga ou Mdia representa uma rotulao a posteriori, uma satisfao da necessidade de se dar nome aos momentos passados. No caso do que chamamos de Idade Mdia, foi o sculo XVI que elaborou tal conceito. Ou melhor, tal preconceito, pois o termo expressava um desprezo indisfarado em relao aos sculos localizados entre a Antiguidade Clssica e o prprio sculo XVI. Este se via como o renascimento da civilizao greco-latina, e, portanto, tudo que estivera entre aqueles picos de criatividade artstico-literria (de seu prprio ponto de vista, claro) no passara de um hiato, de um intervalo. Logo, de um tempo intermedirio, de uma idade mdia. (FRANCO JNIOR, Hilrio. A Idade Mdia, Nascimento do Ocidente (2. ed.). So Paulo: Editora Brasiliense, 2001, p. 9. Retirado de: Chrome extension://oemmndcbldboiebfnladdacbdfmadadm/http://www.letras.ufrj.br/veralima/historia_arte/Hilario-Franco-Jr-A-Idade-Media-PDF.pdf. Acesso em: 18/09/2019.) a) Aponte trs crticas realizadas pelo Renascimento ao modo de organizao poltica, econmica e cultural do perodo que denominamos hoje como medieval. b) Indique trs caractersticas econmicas presentes na Idade Mdia.

Questão 2
2019Geografia

(UFPR - 2019 - 2 FASE)Segundo a agncia para refugiados da ONU, em 2013, o nmero de pessoas foradas a deixar suas casas devido a guerras ou perseguio superou a marca de 50 milhes pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial. Em 2018, 70,8 milhes de pessoas estavam em situao de deslocamento forado no mundo. Discorra sobre essa problemtica, apontando ao menos trs regies do planeta onde a emisso de refugiados expressiva, bem como os motivos causadores de sua sada.

NOVIDADES
Kuadro