Gabarito ENEM - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 180
2018Matemática

(ENEM -2018) Para decorar um cilindro circular reto ser usada uma faixa retangular de papel transparente, na qual est desenhada em negrito uma diagonal que forma 30 coma borda inferior. O raio da base do cilindro medecm, e ao enrolar a faixa obtm-se uma linha em formato de hlice, como na figura. O valor da medida da altura do cilindro, em centmetro,

Questão
2018Sociologia

(ENEM -2018) Um dos tericos da democracia moderna, Hans Kelsen, considera elemento essencial da democracia real (no da democracia ideal, que no existe em lugar nenhum) o mtodo da seleo dos lderes, ou seja, a eleio. Exemplar, neste sentido, a afirmao de um juiz da Corte Suprema dos Estados Unidos, por ocasio de uma eleio de 1902: A cabine eleitoral o templo das instituies americanas, onde cada um de ns um sacerdote, ao qual confiada a guarda da arca da aliana e cada um oficia do seu prprio altar. BOBBIO, N. Teoria geral da poltica. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000 (adaptado). As metforas utilizadas no texto referem-se a uma concepo de democracia fundamentada no(a)

Questão
2018História

(ENEM - 2018) Cdigo Penal dos Estados Unidos do Brasil, 1890 Dos crimes contra a sade pblica Art. 156. Exercer a medicina em qualquer dos seus ramos, a arte dentria ou a farmcia; praticar a homeopatia, a dosimetria, o hipnotismo ou magnetismo animal, sem estar habilitado segundo as leis e regulamentos. Art. 158. Ministrar, ou simplesmente prescrever, como meio curativo para uso interno ou externo, e sob qualquer forma preparada, substncia de qualquer dos reinos da natureza, fazendo, ou exercendo assim, o ofcio denominado curandeiro. Disponvel em: http://legis.senado.gov.br. Acesso em: 21 dez. 2014 (adaptado). No incio da Primeira Repblica, a legislao penal vigente evidenciava o (a)

Questão
2018Sociologia

(ENEM -2018) A tribo no possui um rei, mas um chefe que no chefe de Estado. O que significa isso? Simplesmente que o chefe no dispe de nenhuma autoridade, de nenhum poder de coero, de nenhum meio de dar uma ordem. O chefe no um comandante, as pessoas da tribo no tm nenhum dever de obedincia. O espao da chefia no o lugar do poder. Essencialmente encarregado de eliminar conflitos que podem surgir entre indivduos, famlias e linhagens, o chefe s dispe, para restabelecer a ordem e a concrdia, do prestgio que lhe reconhece a sociedade. Mas evidentemente prestgio no significa poder, e os meios que o chefe detm para realizar sua tarefa de pacificador limitam-se ao uso exclusivo da palavra. CLASTRES, P. A sociedade contra o Estado. Rio de Janeiro. Francisco Alves, 1982 (adaptado). O modelo poltico das sociedades discutidas no texto contrasta com o do Estado liberal burgus porque se baseia em:

Questão
2018História

(ENEM -2018) TEXTO I: E pois que em outra cousa nesta parte me no posso vingar do demnio, admoesto da parte da cruz de Cristo Jesus a todos que este lugar lerem, que deem a esta terra o nome que com tanta solenidade lhe foi posto, sob pena de a mesma cruz que nos h de ser mostrada no dia final, os acusar de mais devotos do pau-brasil que dela. BARROS, J. In: SOUZA, L M. Inferno atlntico: demonologia e colonizao: sculos XVI-XVIII. So Paulo: Cia. das Letras, 1993. TEXTO II: E deste modo se ho os povoadores, os quais, por mais arraigados que na terra estejam e mais ricos que sejam, tudo pretendem levar a Portugal, e, se as fazendas e bens que possuem souberam falar, tambm lhes houveram de ensinar a dizer como os papagaios, aos quais a primeira coisa que ensinam : papagaio real para Portugal, porque tudo querem para l. SALVADOR. F. V In: SOUZA, L. M. (Org.). Histria da vida privada no Brasil: cotidiano e vida privada na Amrica portuguesa. So Paulo: Cia. das Letras, 1997. As crticas desses cronistas ao processo de colonizao portuguesa na Amrica estavam relacionadas

Questão
2018História

(ENEM - 2018) A existncia em Jerusalm de um hospital voltado para o alojamento e o cuidado dos peregrinos, assim como daqueles entre eles que estavam cansados ou doentes, fortaleceu o elo entre a obra de assistncia e de caridade e a Terra Santa. Ao fazer, em 1113, do Hospital de Jerusalm um estabelecimento central da ordem, Pascoal II estimulava a filiao dos hospitalrios do Ocidente a ele, sobretudo daqueles que estavam ligados peregrinao na Terra Santa ou em outro lugar. A militarizao do Hospital de Jerusalm no diminuiu a vocao caritativa primitiva, mas a fortaleceu. DEMURGER, A. Os cavaleiros de Cristo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002 (adaptado). O acontecimento descrito vincula-se ao fenmeno ocidental do(a)

Questão
2018Biologia

(ENEM - 2018) O cruzamento de duas espcies da famlia das Anonceas, a cherimoia (Annona cherimola) com a fruta-pinha (Annona squamosa), resultou em uma planta hbrida denominada de atemoia. Recomenda-se que o seu plantio seja por meio de enxertia. Um dos benefcios dessa forma de plantio a:

Questão
2018Biologia

(ENEM - 2018) Anabolismo e catabolismo so processos celulares antagnicos, que so controlados principalmente pela ao hormonal. Por exemplo, no fgado a insulina atua como um hormnio com ao anablica, enquanto o glucagon tem ao catablica e ambos so secretados em resposta ao nvel de glicose sangunea. Em caso de um indivduo com hipoglicemia, o hormnio citado que atua no catabolismo induzir o organismo a

Questão
2018Sociologia

(ENEM - 2018) Em algumas lnguas de Moambique no existe a palavra pobre. O indivduo pobre quando no tem parentes. A pobreza a solido, a ruptura das relaes familiares que, na sociedade rural, servem de apoio sobrevivncia. Os consultores internacionais, especialistas em elaborar relatrios sobre a misria, talvez no tenham em conta o impacto dramtico da destruio dos laos familiares e das relaes de entreajuda. Naes inteiras esto tornando-se rfs, e a mendicidade parece ser a nica via de uma agonizante sobrevivncia. COUTO, M. E se Obama fosse africano? outras intervenes. Portugal: Caminho, 2009 (adaptado). Em uma leitura que extrapola a esfera econmica, o autor associa o acirramento da pobreza

Questão
2018Redação

(ENEM -2018) INSTRUES PARA A REDAO: 1. O rascunho da redao deve ser feito no espao apropriado. 2. O texto deve ser escrito tinta, na folha prpria, em at 30 linhas? 3. A redao que apresentar cpia dos textos da Proposta de Redao ou do Caderno de Questes ter o nmero de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correo. 4. Receber nota zero, em qualquer das situaes expressas a seguir, a redao que: 4.1 tiver at 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada texto insuficiente. 4.2 fugir ao tema ou que no atender ao tipo dissertativo-argumentativo. 4.3 apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto. TEXTOS MOTIVADORES TEXTO I s segundas-feiras pela manh, os usurios de um servio de msica digital recebem uma lista personalizada de msicas que lhes permite descobrir novidades. Assim como os sistemas de outros aplicativos e redes sociais, este crebro artificial consegue traar um retrato automatizado do gosto de seus assinantes e constri uma mquina de sugestes que no costuma falhar. O sistema se baseia em um algoritmo cuja evoluo e usos aplicados ao consumo cultural so infinitos. De fato, plataformas de transmisso de vdeo on-line comeam a desenhar suas sries de sucesso rastreando o banco de dados gerado por todos os movimentos dos usurios para analisar o que os satisfaz. O algoritmo constri assim um universo cultural adequado e complacente com o gosto do consumidor, que pode avanar at chegar sempre a lugares reconhecveis. Dessa forma, a filtragem de informao feita pelas redes sociais ou pelos sistemas de busca pode moldar nossa maneira de pensar. E esse o problema principal: a iluso de liberdade de escolha que muitas vezes gerada pelos algoritmos. VERD, Daniel. O gosto na era do algoritmo. Disponvel em: https://brasil.elpais.com. Acesso em: 11 jun. 2018 (adaptado). TEXTO II Nos sistemas dos gigantes da internet, a filtragem de dados transferida para um exrcito de moderadores em empresas localizadas do Oriente Mdio ao Sul da sia, que tm um papel importante no controle daquilo que deve ser eliminado da rede social, a partir de sinalizaes dos usurios. Mas a informao ento processada por um algoritmo, que tem a deciso final. Os algoritmos so literais. Em poucas palavras, so uma opinio embrulhada em cdigo. E estamos caminhando para umestgio em que a mquina que decide qual notcia deve ou no ser lida. PEPE ESCOBAR. A silenciosa ditadura do algoritmo. Disponvel em: http://outraspalavras.net. Acesso em: 5 jun. 2017 (adaptado). TEXTO III Internet no Brasil em 2016. Disponvel em: www.ibge.gov.br. Acesso em: 18 jun. 2018 (adaptado). TEXTO IV Mudanas sutis nas informaes s quais somos expostos podem transformar nosso comportamento. As redes tm selecionado as notcias sob ttulos chamativos como trending topics ou critrios como relevncia. Mas ns praticamente no sabemos como isso tudo filtrado. Quanto mais informaes relevantes tivermos nas pontas dos dedos, melhor equipados estamos para tomar decises. No entanto, surgem algumas tenses fundamentais: entre a convenincia e a deliberao; entre o que o usurio deseja e o que melhor para ele; entre a transparncia e o lado comercial. Quanto mais os sistemas souberem de sobre voc em comparao ao que voc sabe sobre eles, h mais riscos de suas escolhas se tornarem apenas uma srie de reaes a cutucadas invisveis. O que est em jogo no tanto a questo homem versus mquina, mas sim a disputa deciso informada versusobedincia influenciada. CHATFIELD, Tom. Como a internet influencia secretamente nossas escolhas. Disponvel em: www.bbc.com. Acesso em: 3 jun. 2017 (adaptado). PROPOSTA DE REDAO A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construdos ao longo de sua formao, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da lngua portuguesa sobre o tema Manipulao do comportamento do usurio pelo controle de dados na internet, apresentando proposta de interveno que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Questão
2018Filosofia

(ENEM -2018) No verdade que esto ainda cheios de velhice espiritual aqueles que nos dizem: Que fazia Deus antes de criar o cu e a terra? Se estava ocioso e nada realizava, dizem eles, por que no ficou sempre assim no decurso dos sculos, abstendo-se, como antes, de toda ao? Se existiu em Deus um novo movimento, uma vontade nova para dar o ser a criaturas que nunca antes criara, como pode haver verdadeira eternidade, se nEle aparece uma vontade que antes no existia? AGOSTINHO. Confisses. So Paulo: Abril Cultural, 1984. A questo da eternidade, tal como abordada pelo autor, um exemplo da reflexo filosfica sobre a(s)

Questão 1
2017Inglês

(Enem 2017) Israel Travel Guide Israel has always been a standout destination. From the days of prophets to the modern day nomad this tiny slice of land on the eastern Mediteranean has long attracted visitors. While some arrive in the Holy Land on a spiritual quest, many others are on cultural tours, beach holidays and eco-tourism trips. Weeding through Israels convoluted history is both exhilarating and exhausting. There are crumbling temples, ruined cities, abandoned forts and hundreds of places associated with the Bible. And while a sense of adventure is required, most sites are safe and easily accessible. Most of all, Israel is about its incredible diverse population. Jews come from all over the world to live here, while about 20% of the population is Muslim. Politics are hard to get away from in Israel as everyone has an opinion on how to move the country forward with a ready ear youre sure to hear opinions from every side of the political spectrum. Disponvel em: www.worldtravelguide.net. Acesso em: 15 jun. 2012. Antes de viajar, turistas geralmente buscam informaes sobre o local para onde pretendem ir. O trecho do guia de viagens de Israel.

Questão 2
2017Inglês

(Enem 2017) One of the things that made an incredible impression on me in the film was Fridas comfort in and celebration of her own unique beauty. She didnt try to fit into conventional ideas or images about womanhood or what makes someone or something beautiful. Instead, she fully inhabited her own unique gifts, not particularly caring what other people thought. She was magnetic and beautiful in her own right. She painted for years, not to be a commercial success or to be discovered, but to express her own inner pain, joy, family, love and culture. She absolutely and resolutely was who she was. The trueness of her own unique vision and her ability to stand firmly in her own truth was what made her successful in the end. HUTZLER, L. Disponvel em: www.etbscreenwriting.com. Acesso em: 6 maio 2013. A autora desse comentrio sobre o filme Frida mostra-se impressionada com o fato de a pintora

Questão 3
2017Inglês

(Enem 2017) Letters Children and Guns Published: May 7, 2013 To the Editor: Re Girls Death by Gunshot Is Rejected as Symbol (new article, May 6): I find it abhorrent that the people of Burkesville, Ky., are not willing to learn a lesson from the tragic shooting of a 2-year-old girl by her 5-year-old brother. I am not judging their lifestyle of introducing guns to children at a young age, but I do feel that its irresponsible not to practice basic safety with anything potentially lethal guns, knives, fire and so on. How can anyone justify leaving guns lying around, unlocked and possibly loaded, in a home with two young children? I wish the family of the victim comfort during this difficult time, but to dismiss this as a simple accident leaves open the potential for many more such accidents to occur. I hope this doesnt have to happen several more times for legislators to realize that something needs to be changed. EMILY LOUBATON Brooklyn, May 6, 2013 Disponvel em: www.nytimes.com. Acesso em: 10 maio 2013. No que diz respeito tragdia ocorrida em Burkesville, a autora da carta enviada ao The New York Times busca

Questão 6
2017Português

(Enem 2017) TEXTO I Criatividade em publicidade: teorias e reflexes Resumo: O presente artigo aborda uma questo primordial na publicidade: a criatividade. Apesar de aclamada pelos departamentos de criao das agncias, devemos ter a conscincia de que nem todo anncio , de fato, criativo. A partir do resgate terico, no qual os conceitos so tratados luz da publicidade, busca-se estabelecer a compreenso dos temas. Para elucidar tais questes, analisada uma campanha impressa da marca XXXX. As reflexes apontam que a publicidade criativa essencialmente simples e apresenta uma releitura do cotidiano. DEPEXE, S.D. Travessias: Pesquisas em Educao. Cultura, Linguagem e Artes, n. 2, 2008. Os dois textos apresentados versam sobre o tema criatividade. O Texto I um resumo de carter cientfico e o Texto II, uma homenagem promovida por um site de publicidade. De que maneira o Texto II exemplifica o conceito de criatividade em publicidade apresentado no Texto l?

NOVIDADES
Kuadro