Gabarito ENEM - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 71
2019História

(ENEM - 2019) A soberaniados cidados dotados de plenos direitos era imprescindvel para a existncia da cidade-estado. Segundo os regimes polticos, a proporo desses cidados em relao populao total dos homens livres podia variar muito, sendo bastante pequena nas aristocracias e oligarquias e maior nas democracias. CARDOSO, C.F. A cidade-estado clssicas. So Paulo: frica, 1985. Nas cidades-estados da Antiguidade Clssica, a proporo de cidados descrita no texto explicada pela adoo do seguinte critrio para a participao poltica:

Questão 72
2019História

(ENEM - 2019) A revolta da vacina (1904) mostrou claramente o aspecto defensivo, desorganizado, fragmentado da ao popular. No se negava o Estado, no se reivindicava participao nas decises polticas; defendiam-se valores e direitos considerados acima da interveno do Estado. Carvalho, J. M. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a Repblica que no foi. So Paulo: Cia. das letras, 1987(adaptado). A mobilizao analisada representou um alerta a medida em que a ao popular questionava.

Questão 73
2019História

(ENEM - 2019) A partir da segunda metade do sculo XVIII, o nmero de escravos recm chegados cresce no Rio e se estabiliza na Bahia. Nenhum lugar servia to bem recepo de escravos quanto o Rio de Janeiro. FRANA, R. O tamanho real da escravido. O Globo, 5 abr. 2015 (adaptado). Na matria, o jornalista informa uma mudana na dinmica do trfico atlntico que est relacionada seguinte atividade:

Questão 74
2019História

(ENEM - 2019) A ocasio fez o ladro: Francis Drake travava sua guerra de pirataria contra a Espanha papista quando roubou as tropas de mulas que levavam o ouro do Peru para o Panam. Graas cumplicidade da rainha Elizabeth I, ele reincide e saqueia as costas do Chile e do Peru antes de regressar pelo Oceano Pacfico, e depois pelo ndico. Ora, em Ternate ele oferece sua proteo a um sulto revoltado com os portugueses; assim nasce o primeiro entreposto ingls ultramarino. FERRO, M Histria das colonizaes. Das colonizaes s independncias. Sculos XIII a XX. So Paulo: Cia. das Letras, 1996. A ttica adotada pela Inglaterra do sculo XVI, conforme citada no texto, foi o meio encontrado para

Questão 75
2019Sociologia

(ENEM - 2019) O Ministrio do Trabalho e Emprego (MTE) realizou 248 aes fiscais e resgatou um total de 1590 trabalhadores da situao anloga de escravo, em 2014, em todo pas. A anlise de enfrentamento do trabalho em condies anlogas s de escravomaterializa a efetivao de parcerias inditas no trato da questo, podendo ser referenciadas aes fiscais realizadas com Ministrio da Defesa, Exrcito Brasileiro, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes de conservao da Biodiversidade (ICMBio). Disponvel em: http://portal.mte.gov.brAcesso em: 4 de fev. 2015 (adaptado). A estratgia defendida no texto para reduzir o problema social apontado consiste em:

Questão 76
2019Geografia

(ENEM - 2019) O bnus demogrfico caracterizado pelo perodo em que, por causa da reduo do nmero de filhos por mulher, a estrutura populacional fica favorvel ao crescimento econmico. Isso acontece porque h proporcionalmente menos crianas na populao, e o percentual de idosos ainda no alto. GOIS, A. O Globo, 5 abr. 2015 (adaptado). A ao estatal que contribui para o aproveitamento do bnus demogrfico o estmulo

Questão 77
2019Geografia

(ENEM - 2019) Os moradores de Utiqiagvik passaram dois meses quase totalmente na escurido Os habitantes desta pequena cidade no Alasca - o estado dos Estados Unidos mais ao norte - j esto acostumados a longas noites sem ver a luz do dia. Em 18 de novembro de 2018, seus pouco mais de 4 mil habitantes viram o ltimo pr do sol do ano. A oportunidade seguinte para ver a luz do dia ocorreu no dia 23 de janeiro de 2019, s 13 h 04 min (horrio local). Disponvel em: www.bbc.com. Acesso em: 16 maio 2019 (adaptado). O fenmeno descrito est relacionado ao fato de a cidade citada ter uma posio geogrfica condicionada pela

Questão 78
2019Geografia

(ENEM - 2019) A fome no um problema tcnico, pois ela no se deve falta de alimentos, isso porque a fome convive houve com as condies materiais para resolv-la. PORTO-GONALVES, C. W. Geografia da riqueza, fome e meio ambiente. In: OLIVEIRA, A. U.; MARQUES, M. I. M. (Org). O campo no sculo XXI: territrio de vida, de luta e de construo da justia social. So Paulo: Casa Amarela; Paz e Terra, 2004 (adaptado) O texto demonstra que o problema alimentar apresentado tem uma dimenso poltica por estar associado ao()

Questão 79
2019Geografia

(ENEM - 2019) A pegada ecolgica gigante que estamos a deixar no planeta est a transform-lo de tal forma que os especialistas consideram que j entramos numa nova poca geolgica, o Antropoceno. E muitos defendem que, se no travarmos a crise ambiental, mais rapidamente transformaremos a Terra em Vnus do que iremos a Marte. A expresso Antropoceno atribuda ao qumico e prmio Nobel Paul Crutzen, que a props durante uma conferncia em 2000, ao mesmo tempo que anunciou o fim do Holoceno a poca geolgica em que os seres humanos se encontram h cerca de 12 mil anos, segundo a Unio Internacional das Cincias Geolgicas (UICG), a entidade que define as unidades de tempo geolgicas. SILVA. R. D. Antropoceno: e se formos os ltimos seres vivos a alterar a Terra? Disponvel em: www.publico.pt Acesso em: 5 dez. 2017 (adaptado). A concepo apresentada considera a existncia de uma nova poca geolgica concebida a partir da capacidade de influncia humana nos processos:

Questão 80
2019Geografia

(ENEM - 2019) Disponvel em: www.ibge.gov.br. Acesso em: 11 dez. 2018 (adaptado). A gerao de imagens por meio da tecnologia ilustrada depende da variao do(a):

Questão 81
2019Filosofia

(ENEM - 2019) Dizem que Humboldt, naturalista do sculo XIX, maravilhado pela geografia, flora e fauna da regio sul-americana, via seus habitantes como se fossem mendigos sentados sobre um saco de ouro, referindo-se a suas incomensurveis riquezas naturais no exploradas. De alguma maneira, o cientista ratificou nosso papel de exportadores de natureza no que seria o mundo depois da colonizao ibrica: enxergou-nos como territrios condenados a aproveitar os recursos naturais existentes. ACOSTA, A. Bem viver: uma oportunidade para imaginar outros mundos. So Paulo: Elefante, 2016 (adaptado). A relao entre ser humano e natureza ressaltada no texto refletia a permanncia da seguinte corrente filosfica:

Questão 82
2019Geografia

(ENEM - 2019) O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovveis (Ibama) est investigando o extermnio de abelhas por intoxicao por agrotxicos em colmeias de So Paulo e Minas Gerais. Os estudos com inseticidas do tipo neonicotinoides devem estar concludos no primeiro semestre de 2015. Trata-se de um problema de escala mundial, presente, inclusive, em pases do chamado primeiro mundo, e que traz, como consequncia grave ameaa aos seres vivos do planeta, inclusive ao homem. IBAMA, Polinizadores em risco de extino so ameaa vida do ser humano. Disponvel em : www.mma.gov.br Acesso em: 10 MAR. 2014 Qual soluo para o problema apresentado garante a produtividade da agricultura moderna?

Questão 83
2019História

(ENEM - 2019) O cristianismo incorporou antigas prticas relativas ao fogo para criar uma festa sincrtica. A igreja retomou a distncia de seis meses entre os nascimentos de Jesus Cristo e Joo Batista e instituiu a data de comemorao a este ltimo de tal maneira que as festas do solstcio de vero europeu com suas tradicionais fogueiras se tornaram fogueiras de So Joo. A festa do fogo e da luz no entanto no foi imediatamente associada a So Joo Batista. Na Baixa Idade Mdia, algumas prticas tradicionais da festa (como banhos, danas e cantos) foram perseguidas por monges e bispos. A partir do Conclio de Trento (1545-1563), a Igreja resolveu adotar celebraes em torno do fogo e associ-las doutrina crist. CHIANCA, L. Devoo e diverso: expresses contemporneas de festas e santos catlicos. Revista Anthropolgicas, n. 18, 2007 (adaptado). Com o objetivo de se fortalecer, a instituio mencionada no texto adotou as prticas descritas, que consistem em:

Questão 84
2019Filosofia

(ENEM - 2019) Penso que no h um sujeito soberano, fundador, uma forma universal de sujeito que poderamos encontrar em todos os lugares. Penso, pelo contrrio, que o sujeito se constitui atravs das prticas de sujeio ou, de maneira mais autnoma, atravs de prticas de liberao, de liberdade, como na Antiguidade a partir, obviamente, de um certo nmero de regras, de estilos, que podemos encontrar no meio cultural. FOUCAULT, M. Ditos e escritos V: tica, sexualidade, poltica. Rio de Janeiro: Forense Universitria, 2004. O texto aponta que a subjetivao se efetiva numa dimenso:

Questão 85
2019Filosofia

(ENEM - 2019) TEXTO 1 Os segredos da natureza se revelam mais sob a tortura dos experimentos do que no seu curso natural. BACON, F. Novum Organum, 1620.1n: HADOT, P. O vu de Isis: ensaio sobre a histria da ideia de natureza. So Paulo: Loyola, 2006. TEXTO II O ser humano, totalmente desintegrado do todo, no percebe mais as relaes de equilbrio da natureza. Age de forma totalmente desarmnica sobre o ambiente, causando grandes desequilbrios ambientais. GUIMARES, M. A dimenso ambiental na educao. Campinas: Papirus, 1995. Os textos indicam uma relao da sociedade diante da natureza caracterizada pela

NOVIDADES
Kuadro