Gabarito ENEM - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 30
2015Geografia

(Enem 2015) Os movimentos de massa constituem-se no deslocamento de material (solo e rocha) vertente abaixo pela influência da gravidade. As condições que favorecem os movimentos de massa dependem principalmente da estrutura geológica, da declividade da vertente, do regime de chuvas, da perda de vegetação e da atividade antrópica. (BIGARELLA, J. J. Estrutura e origem das paisagens tropicais e subtropicais. Florianópolis: UFSC, 2003 (adaptado).) Em relação ao processo descrito, sua ocorrência é minimizada em locais onde há

Questão 31
2015Geografia

(Enem 2015) A imagem representa o resultado da eroso que ocorre em rochas nos leitos dos rios, que decorre do processo natural de

Questão 32
2015Geografia

(Enem 2015) Algumas regiões do Brasil passam por uma crise de água por causa da seca. Mas, uma região de Minas Gerais está enfrentando a falta de água no campo tanto em tempo de chuva como na seca. As veredas estão secando no norte e no noroeste mineiro. Ano após ano, elas vêm perdendo a capacidade de ser a caixa-dágua do grande sertão de Minas. VIEIRA. C. Degradação do solo causa perda de fontes de água de famílias de MG. Disponível em: http://g1.globo.com.Acesso em: 1 nov. 2014. As veredas têm um papel fundamental no equilíbrio hidrológico dos cursos de água no ambiente do Cerrado, pois

Questão 33
2015Geografia

(Enem 2015) Tanto potencial poderia ter ficado pelo caminho,se no fosse o reforo em tecnologia que um gacho buscou. H pouco mais de oito anos, ele usava o bico da botina para cavoucar a terra e descobrir o nvel de umidade do solo, na tentativa de saber o momento ideal para acionar os pivs de irrigao. At que conheceu uma estao meteorolgica que, instalada na propriedade, ajuda a determinar a quantidade de gua de que a planta necessita. Assim, quando inicia um plantio, o agricultor j entra no site do sistema e cadastra a rea, o piv, a cultura, o sistema de plantio, o espaamento entre linhas e o nmero de plantas, para ento receber recomendaes diretamente dos tcnicos da universidade. CAETANO, M. O valor de cada gota. Globo Rural,n. 312, out. 2011. A implementao das tecnologias mencionadas no texto garante o avano do processo de

Questão 34
2015Filosofia

(ENEM 2015) A filosofia grega parece comear com uma ideia absurda, com a proposio: a gua a origem e a matriz de todas as coisas. Ser mesmo necessrio deter-nos nela e lev-la a srio? Sim, e por trs razes: em primeiro lugar, porque essa proposio enuncia algo sobre a origem das coisas; em segundo lugar, porque o faz sem imagem e fabulao; e, enfim, em terceiro lugar, porque nela, embora apenas em estado de crislida, est contido o pensamento:Tudo um. NIETZSCHE, F. Crtica moderna. In:Os pr-socrticos. So Paulo: Nova Cultural, 1999 O que, de acordo com Nietzsche, caracteriza o surgimento da filosofia entre os gregos?

Questão 35
2015Geografia

(ENEM 2015) Quanto ao choque de civilizaes, bom lembrar a carta de uma menina americana de sete anos cujo pai era piloto na Guerra do Afeganisto: ela escreveu que embora amasse muito seu pai estava pronta a deix-lo morrer, a sacrific-lo por seu pas. Quando o presidente Bush citou suas palavras, elas foram entendidas como manifestao normal de patriotismo americano; vamos conduzir uma experincia mental simples e imaginar uma menina rabe maometana pateticamente lendo para as cmeras as mesmas palavras a respeito do pai que lutava pelo Talib no necessrio pensar muito sobre qual teria sido a nossa reao. ZIZEK, S.Bem-vindo ao deserto do real. So Paulo: Bom Tempo, 2003. A situao imaginria proposta pelo autor explicita o desafio cultual do(a)

Questão 36
2015História

(ENEM 2015) SCHWARCZ, L. M.As barbas do imperador. D. Pedro II, um monarca nos trpicos. So Paulo: Cia. Das Letras, 1998 (adaptado). Essas imagens de D. Pedro II foram feitas no incio dos anos de 1850, pouco mais de uma dcada aps o Golpe da Maioridade. Considerando o contexto histrico em que foram produzidas e os elementos simblicos destacados, essas imagens representavam um

Questão 37
2015História

(Enem 2015) No incio foram as cidades. O intelectual da Idade Mdia no Ocidente nasceu com elas. Foi com o desenvolvimento urbano ligado s funes comercial e industrial digamos modestamente artesanal que ele apareceu, como um desses homens de ofcio que se instalavam nas cidades nas quais se imps a diviso do trabalho.Um homem cujo ofcio escrever ou ensinar, e de preferncia as duas coisas a um s tempo, um homem que, profissionalmente, tem uma atividade de professor e erudito, em resumo, um intelectual - esse homem s aparecer com as cidades. LE GOFF.J. Os intelectuais na Idade Media. Rio de Janeiro: Jos Olympio, 2010. O surgimento da categoria mencionada no perodo em destaque no texto evidencia o(a)

Questão 39
2015Sociologia

(ENEM 2015) Na sociedade contempornea, onde as relaes sociais tendem a reger-se por imagens miditicas, a imagem de um indivduo, principalmente na indstria do espetculo, pode agregar valor econmico na medida de seu incremento tcnico: amplitude do espelhamento e da ateno pblica. Aparecer ento mais do que ser; o sujeito famoso porque falado. Nesse mbito, a lgica circulatria do mercado, ao mesmo tempo que acena democraticamente para as massas com supostos ganhos distributivos (a informao ilimitada, a quebra das supostas hierarquias culturais), afeta a velha cultura disseminada na esfera pblica. A participao nas redes sociais, a obsesso dosselfies, tanto falar e ser falado quanto ser visto so ndices do desejo de espelhamento. SODR, M. Disponvel em: http://alias.estadao.com.br. Acesso em: 9 fev 2015 (adaptado). A crtica contida no texto sobre a sociedade contempornea enfatiza

Questão 43
2015Sociologia

(ENEM 2015) S num sentido muito restrito, o indivduo cria com seus prprios recursos o modo de falar e de pensar que lhe so atribudos. Fala o idioma de seu grupo; pensa maneira de seu grupo. Encontra a sua disposio apenas determinadas palavras e significados. Estas no s determinam, em grau considervel, as vias de acesso mental ao mundo circundante, mas tambm mostram, ao mesmo tempo, sob que ngulo e em que contexto de atividade os objetos foram at agora perceptveis ao grupo ou ao indivduo. MANNHEIM, K. Ideologia e utopia. Porto Alegre: Globo, 1950 (adaptado). Ilustrando uma proposio bsica da sociologia do conhecimento, o argumento de Karl Mannheim defende que o(a)

Questão 44
2015Sociologia

(Enem 2015) A Unesco condenou a destruio da antiga capital assria de Nimrod, no Iraque, pelo Estado Islmico, com a agncia da ONU considerando o ato como um crimede guerra. O grupo iniciou um processo de demolio em vrios stios arqueolgicos em uma rea reconhecida como um dos beros da civilizao. Unesco e especialistas condenam destruio de cidade assria pelo Estado Islmico.Disponvel em: http://oglobo.globo.com. Acesso em: 30 mar. 2015 (adaptado). O tipo de atentado descrito no texto tem como consequncia para as populaes de pases como o Iraque a desestruturao do(a)

Questão 45
2015Geografia

(Enem 2015)       A questão ambiental, uma das principais pautas contemporâneas, possibilitou o surgimento de concepções políticas diversas, dentre as quais se destaca a preservação ambiental, que sugere uma ideia de intocabilidade da natureza e impede o seu aproveitamento econômico sob qualquer justificativa. PORTO-GONÇALVES, C. W. A globalização da natureza e a natureza da globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006 (adaptado). Considerando as atuais concepções políticas sobre a questão ambiental, a dinâmica caracterizada no texto quanto à proteção do meio ambiente está baseada na

Questão 46
2015BiologiaQuímica

(ENEM - 2015) Hipoxia ou mal das alturas consiste na diminuio de oxignio (O2) no sangue arterial do organismo. Por essa razo, muitos atletas apresentam mal-estar (dores de cabea, tontura, falta de ar etc.) ao praticarem atividade fsica em altitudes elevadas. Nessas condies, ocorrer uma diminuio na concentrao de hemoglobina oxigenada (HbO2)em equilbrio no sangue, conforme a relao: A alterao da concentrao de hemoglobina oxigenada no sangue ocorre por causa do(a):

Questão 47
2015Biologia

(ENEM - 2015) A indstria txtil utiliza grande quantidade de corantes no processo de tingimento dos tecidos. O escurecimento das guas dos rios causado pelo despejo desses corantes pode desencadear uma srie de problemas no ecossistema aqutico. Considerando esse escurecimento das guas, o impacto negativo inicial que ocorre o(a)

Questão 54
2015Biologia

(ENEM - 2015) Um importante princpio da biologia, relacionado transmisso de caracterese embriognese humana, foi quebrado com a descoberta do microquimerismo fetal.Microquimerismo o nome dado ao fenmeno biolgico referente a uma pequena populaode clulas ou DNA presente em um indivduo, mas derivada de um organismo geneticamentedistinto. Investigando-se a presena do cromossomo Y, foi revelado que diversos tecidos demulheres continham clulas masculinas. A anlise do histrico mdico revelou uma correlaoextremamente curiosa: apenas as mulheres que antes tiveram filhos homens apresentarammicroquimerismo masculino. Essa correlao levou interpretao de que existe uma trocanatural entre clulas do feto e maternas durante a gravidez. MUOTRI, A. Voc no s voc: carregamos clulas maternas na maioria de nossos rgos. Disponvel em: http://g1.globo.com. Acesso em: 4 dez. 2012 (adaptado). O princpio contestado com essa descoberta, relacionado ao desenvolvimento do corpohumano, o de que:

NOVIDADES
Kuadro