Gabarito ENEM - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2016FilosofiaSociologia

(Enem 2016) A democracia deliberativa afirma que as partesdo conflito político devem deliberar entre si e, por meio de argumentação razoável, tentar chegar a um acordo sobre as políticas que seja satisfatório para todos. A democracia ativista desconfia das exortações à deliberação por acreditar que, no mundo real da política, onde as desigualdades estruturais influenciam procedimentos e resultados, processos democráticos que parecem cumprir as normas de deliberação geralmente tendem a beneficiar os agentes mais poderosos. Ela recomenda, portanto, que aqueles que se preocupam com a promoção de mais justiça devem realizar principalmente a atividade de oposição crítica, em vez de tentar chegar a um acordo com quem sustenta estruturas de poder existentes ou delas se beneficia. YOUNG, 1. M. Desafios ativistas à democracia deliberativa. Revista Brasileira de Ciência Política, n. 13, jan.-abr. 2014. As concepções de democracia deliberativa e de democracia ativista apresentadas no texto tratam como imprescindíveis, respectivamente:

Questão
2016Filosofia

(ENEM 2016) Nunca nos tornaremos matemticos, por exemplo, embora nossa memria possua todas as demonstraes feitas por outros, se nosso esprito no for capaz de resolver toda espcie de problemas; no nos tornaramos filsofos, por ter lido todos os raciocnios de Plato e Aristteles, sem poder formular um juzo slido sobre o que nos proposto. Assim, de fato, pareceramos ter aprendido, no cincias, mas histrias. DESCARTES, R. Regras para a orientao do esprito. So Paulo: Martins Fontes, 1999. Em sua busca pelo saber verdadeiro, o autor considera o conhecimento, de modo crtico, como resultado da

Questão
2016História

(ENEM 2016) O coronelismo era fruto de alterao na relao de foras entre os proprietrios rurais e o governo, e significava o fortalecimento do poder do Estado antes que o predomnio do coronel. Nessa concepo, o coronelismo , ento, um sistema poltico nacional, com base em barganhas entre o governo e os coronis. O coronel tem o controle dos cargos pblicos, desde o delegado de polcia at a professora primria. O coronel hipoteca seu apoio ao governo, sobretudo na forma de voto. CARVALHO, J. M. Pontos e bordados: escritos de histria poltica. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998 (adaptado). No contexto da Primeira Repblica no Brasil, as relaes polticas descritas baseavam-se na

Questão
2016Filosofia

(ENEM 2016) Fundamos, como afirmam alguns cientistas, o antropoceno: uma nova era geolgica com altssimo poder de destruio, fruto dos ltimos sculos que significaram um transtorno perverso do equilbrio do sistema-Terra. Como enfrentar esta nova situao nunca ocorrida antes de forma globalizada e profunda? Temos pessoalmente trabalhado os paradigmas da sustentabilidade e do cuidado como relao amigvel e cooperativa para com a natureza. Queremos, agora, agregar a tica da responsabilidade. BOFF, L. Responsabilidade coletiva. Disponvel em: http://leonardoboff.wordpress.com. Acesso em: 14 maio 2013. A tica da responsabilidade protagonizada pelo filsofo alemo Hans Jonas e reinvindicada no texto expressa pela mxima:

Questão
2016História

(ENEM 2016) Uma scena franco-brazileira: franco pelo local e os personagens, o local que Paris e os personagens que so pessas do povo da grande capital; brazileira pelo que ahi se est bebendo: caf do Brazil. O Lettreiro diz a verdade apregoando que esse o melhor de todos os cafs. (Essa pgina foi desenhada especialmente para A Illustrao Brazileira pelo Sr. Tofani, desenhista do Je Sais Tout.) A Illustrao Brazileira, n, 2. 15 jun. 1909 (adaptado). A pgina do peridico do incio do sculo XX documenta um importante elemento da cultura francesa, que revelador do papel do Brasil na economia mundial, indicado no seguinte aspecto:

Questão
2016História

(ENEM2016) Texto I Documentos do sculo XVI algumas vezes se referem aos habitantes indgenas como os brasis, ou gente braslia e, ocasionalmente no sculo XVII, o termo brasileiro era a eles aplicado, mas as referncias ao status econmico e jurdico desses eram muito mais populares. Assim, os termos negro da terra e ndios eram utilizados com mais frequncia do que qualquer outro. SCHWARTZ, S. B. Gente da terra braziliense da nao. Pensando o Brasil: a construo de um povo. In: MOTA, C. G. (Org.).Viagem Incompleta: a experincia brasileira (1500-2000). Paulo: Senac, 2000 (adaptado). Texto II ndio um conceito construdo no processo de conquista da Amrica pelos europeus. Desinteressados pela diversidade cultural, imbudos de forte preconceito para com o outro, o indivduo de outras culturas, espanhis, portugueses, franceses e anglo-saxes terminaram por denominar da mesma forma povos to dspares quanto os tupinambs e os astecas. SILVA, K. V.; SILVA, M. H. Dicionrio de conceitos histricos. So Paulo: Contexto, 2005. Ao comparar os textos, as formas de designao dos grupos nativos pelos europeus, durante o perodo analisado, so reveladoras da

Questão
2016Matemática

(ENEM 2016)A permanncia de um gerente em uma empresa estcondicionada sua produo no semestre. Essa produo avaliada pela mdia do lucro mensal do semestre. Se amdia for, no mnimo, de 30 mil reais, o gerente permaneceno cargo, caso contrrio, ele ser despedido. O quadromostra o lucro mensal, em milhares de reais, dessaempresa, de janeiro a maio do ano em curso. Qual deve ser o lucro mnimo da empresa no ms de junho, em milhares de reais, para o gerente continuar no cargo no prximo semestre?

Questão
2016Biologia

(ENEM - 2016) O Brasil possui um grande nmero de espcies distintas entre animais, vegetais e microrganismos envoltos em uma imensa complexidade e distribudos em uma grande variedade de ecossistemas. SANDES. A. R. R.; BLASI. G. Biodiversidade e diversidade qumica e gentica. Disponvel em: http://novastecnologias.com.br. Acesso em: 22 set. 2015 (adaptado). O incremento da variabilidade ocorre em razo da permuta gentica, a qual propicia a troca de segmentos entre cromtides no irms na meiose. Essa troca de segmentos determinante na

Questão
2016Geografia

(Enem 2016) Dominar a luz implica tanto um avanço tecnológico quanto uma certa liberação dos ritmos cíclicos da natureza, com a passagem das estações e as alternâncias de dia e noite. Com a iluminação noturna, a escuridão vai cedendo lugar à claridade, e a percepção temporal começa a se pautar pela marcação do relógio. Se a luz invade a noite, perde sentido a separação tradicional entre trabalho e descanso todas as partes do dia podem ser aproveitadas produtivamente. SILVA FILHO, A. L. M. Fortaleza:imagens da cidade. Fortaleza: Museu do Ceará; Secult-CE, 2001 (adaptado). Em relação ao mundo do trabalho, a transformação apontada no texto teve como consequência a

Questão
2016Matemática

(ENEM 2016) Em uma empresa de mveis, um cliente encomenda um guarda-roupa nas dimenses 220 cm de altura, 120 cm de largura e 50 cm de profundidade. Alguns dias depois, o projetista, com o desenho elaborado na escala 1 : 8, entra em contato com o cliente para fazer sua apresentao. No momento da impresso, o profissional percebe que o desenho no caberia na folha de papel que costumava usar. Para resolver o problema, configurou a impressora para que a figura fosse reduzida em 20%. A altura, a largura e a profundidade do desenho impresso para a apresentao sero, respectivamente,

Questão
2016Matemática

(ENEM 2016) comum os artistas plsticos se apropriarem de entes matemticos para produzirem, por exemplo, formas e imagens por meio de manipulaes. Um artista plstico, em uma de suas obras, pretende retratar os diversos polgonos obtidos pelas interseces de um plano com uma pirmide regular de base quadrada. Segundo a classificao dos polgonos, quais deles so possveis de serem obtidos pelo artista plstico?

Questão
2016Matemática

(ENEM 2016)Em uma cidade ser construda uma galeria subterrnea que receber uma rede de canos para o transporte de gua de uma fonte (F) at o reservatrio de um novo bairro (B). Aps avaliaes, foram apresentados dois projetos para o trajeto de construo da galeria: um segmento de reta que atravessaria outros bairros ou uma semicircunferncia que contornaria esses bairros, conforme ilustrado no sistema de coordenadas xOy da figura, em que a unidade de medida nos eixos o quilmetro. Estudos de viabilidade tcnica mostraram que, pelas caractersticas do solo, a construo de 1 m de galeria via segmento de reta demora 1,0 h, enquanto que 1 m de construo de galeria via semicircunferncia demora 0,6 h. H urgncia em disponibilizar gua para esse bairro. Use 3 como aproximao para e 1,4como aproximao para. O menor tempo possvel, em hora, para concluso da construo da galeria, para atender s necessidades de gua do bairro, de:

Questão
2016FilosofiaSociologia

(ENEM2016) A promessa da tecnologia moderna se converteu em uma ameaa, ou esta se associou quela de forma indissolvel. Ela vai alm da constatao da ameaa fsica. Concebida para a felicidade humana, a submisso da natureza, na sobremedida de seusucesso, que agora se estende prpria natureza do homem, conduziu ao maior desafio j posto ao ser humano pela sua prpria ao. O novo continente da prxis coletiva que adentramos com a alta tecnologia ainda constitui, para a teoria tica, uma terra de ningum. JONAS. H. O princpio da responsabilidade. Rio de Janeiro: Contraponto; Editora PUC-Rio, 2011 (adaptado). As implicaes ticas da articulao apresentada no texto impulsionam a necessidade de construo de um novo padro de comportamento, cujo objetivo consiste em garantir o(a)

Questão
2016Matemática

(ENEM 2016)Um reservatrio abastecido com gua por uma torneira e um ralo faz a drenagem da gua desse reservatrio. Os grficos representam as vazes Q, em litro por minuto, do volume de gua que entra no reservatrio pela torneira e do volume que sai pelo ralo, em funo do tempo t, em minuto. Em qual intervalo de tempo, em minuto, o reservatrio tem uma vazo constante de enchimento?

Questão
2016Química

(Enem 2016) Em sua formulação, o spray de pimenta contém porcentagens variadas de oleorresina de Capsicum, cujo principio ativo é a capsaicina, e um solvente (um álcool como etanol ou isopropanol). Em contato com os olhos, pele ou vias respiratórias, a capsaicina causa um efeito inflamatório que gera uma sensação de dor e ardor, levando à cegueira temporária. O processo é desencadeado pela liberação de neuropeptídios das terminações nervosas. Como funciona o gás de pimenta. Disponível em: http://pessoas.hsw.uol.com.br. Acesso em: 1 mar. 2012 (adaptado). Quando uma pessoa é atingida com o spray de pimenta nos olhos ou na pele, a lavagem da região atingida com água é ineficaz porque a

NOVIDADES
Kuadro