Gabarito ENEM - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2016Matemática

(Enem 2016) Em um exame, foi feito o monitoramento dos níveis de duas substâncias presentes (A e B) na corrente sanguínea de uma pessoa, durante um período de 24 h, conforme o resultado apresentado na figura. Um nutricionista, no intuito de prescrever uma dieta para essa pessoa, analisou os níveis dessas substâncias, determinando que, para uma dieta semanal eficaz, deverá ser estabelecido um parâmetro cujo valor será dado pelo número de vezes em que os níveis de A e de B forem iguais, porém, maiores que o nível mínimo da substância A durante o período de duração da dieta. Considere que o padrão apresentado no resultado do exame, no período analisado, se repita para os dias subsequentes. O valor do parâmetro estabelecido pelo nutricionista, para uma dieta semanal, será igual a a

Questão
2016Matemática

(Enem 2016) Um túnel deve ser lacrado com uma tampa de concreto. A seção transversal do túnel e a tampa de concreto têm contornos de um arco de parábola e mesmas dimensões. Para determinar o custo da obra, um engenheiro deve calcular a área sob o arco parabólico em questão. Usando o eixo horizontal no nível do chão e o eixo de simetria da parábola como eixo vertical, obteve a seguinte equação para a parábola: y = 9 - x2, sendo x e y medidos em metros. Sabe-se que a área sob uma parábola como esta é igual a 2/3da área do retângulo cujas dimensões são, respectivamente, iguais à base e à altura da entrada do túnel. Qual é a área da parte frontal da tampa de concreto, em metro quadrado?

Questão
2016Matemática

(Enem 2016) Para a construção de isolamento acústico numa parede cuja área mede 9 m2, sabe-se que, se a fonte sonora estiver a 3m do plano da parede, o custo é de R$ 500,00. Nesse tipo de isolamento, a espessura do material que reveste a parede é inversamente proporcional ao quadrado da distância até a fonte sonora, e o custo é diretamente proporcional ao volume do material do revestimento. Uma expressão que fornece o custo para revestir uma parede de área A (em metro quadrado), situada a D metros da fonte sonora, é

Questão 1
2015Geografia

(ENEM - 2015) No mapa esto representados os biomas brasileiros que, em funo de suas caractersticas fsicas e do modo de ocupao do territrio, apresentam problemas ambientais distintos. Nesse sentido, o problema ambiental destacado no mapa indica

Questão 4
2015Geografia

(Enem 2015) Na charge h uma crtica ao processo produtivo agrcola brasileiro relacionada ao

Questão 15
2015Geografia

(ENEM 2015) O Projeto Nova Cartografia Social da Amaznia ensina indgenas, quilombolas e outros grupos tradicionais a empregar o GPS e tcnicas modernas de georreferenciamento para produzir mapas artesanais, mas bastante precisos, de suas prprias terras. LOPES, R. J. O novo mapa da floresta. Folha de S. Paulo, 7 maio 2011 (adaptado). A existncia de um projeto como o apresentado no texto indica a importncia da cartografia como elemento promotor da

Questão 18
2015História

(Enem 2015) A Justia Eleitoral foi criada em 1932, como parte de uma ampla reforma no processo eleitoral incentivada pela Revoluo de 1930. Sua criao foi um grande avano institucional, garantindo que as eleies tivessem o aval de um rgo teoricamente imune influncia dos mandatrios. TAYLOR, M. Justia Eleitoral. In: AVRITZER , L; ANASTASIA, F. Reforma poltica no Brasil. Belo Horizonte: UFMG, 2006 (adaptado). Em relao ao regime democrtico no pas, a instituio analisada teve o seguinte papel:

Questão 19
2015História

(Enem2015) ZIRALDO. 20 anos de prontido. In: LEMOS, R. (Org.).Uma histria do Brasil atravs da caricatura (1840-2001). Rio de Janeiro: Letras Expresses, 2001. No perodo de 1964 a 1985, a estratgia do Regime Militar abordada na charge foi caracterizada pela

Questão 20
2015História

(Enem 2015) Bandeira do Brasil, és hoje a única. Hasteada a esta hora em todo o território nacional, única e só, não há lugar no coração do Brasil para outras flâmulas, outras bandeiras, outros símbolos. Os brasileiros se reuniram em torno do Brasil e decretaram desta vez com determinação de não consentir que a discórdia volte novamente a dividi-lo! (Discurso do Ministro da Justiça Francisco Campos na cerimônia da festa da bandeira, em novembro de 1937. Apud OLIVEN, G. R. A parte e o todo: a diversidade cultural do Brasil Nação. Petrópolis: Vozes, 1992.) O discurso proferido em uma celebração em que as bandeiras estaduais eram queimadas diante da bandeira nacional revela o pacto nacional proposto pelo Estado Novo, que se associa à

Questão 21
2015Geografia

(Enem 2015) Atualmente, as represlias econmicas contra as empresas de informtica norte-americanas continuam. A Alemanha proibiu um aplicativo dos Estados Unidos de compartilhamento de carros; na China, o governo explicou que os equipamentos e servios de informtica norte-americanos representam uma ameaa, pedindo que as empresas estatais no recorram a eles. SCHILLER, D. Disponvel em: www.diplomatique.org.br. Acesso em: 11 nov. 2014 (adaptado). As aes tomadas pelos pases contra a espionagem revelam preocupao com o(a)

Questão 22
2015História

(Enem 2015) TEXTO I Canudos não se rendeu. Exemplo único em toda a história, resistiu até o esgotamento completo. Vencido palmo a palmo, na precisão integral do termo, caiu no dia 5, ao entardecer, quando caíram os seus últimos defensores, que todos morreram. Eram quatro apenas: um velho, dois homens feitos e uma criança, na frente dos quais rugiam raivosamente cinco mil soldados. CUNHA, E. Os sertões. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1987. TEXTO II Na trincheira, no centro do reduto, permaneciam quatro fanáticos sobreviventes do extermínio. Era um velho, coxo por ferimento e usando uniforme da Guarda Católica, um rapaz de 16 a 18 anos, um preto alto e magro, e um caboclo. Ao serem intimados para deporem as armas, investiram com enorme fúria. Assim estava terminada e de maneira tão trágica a sanguinosa guerra, que o banditismo e o fanatismo traziam acesa por longos meses, naquele recanto do território nacional. SOARES, H. M. A Guerra de Canudos. Rio de Janeiro: Altina, 1902. Os relatos do último ato da Guerra de Canudos fazem uso de representações que se perpetuariam na memória construída sobre o conflito. Nesse sentido, cada autor caracterizou a atitude dos sertanejos, respectivamente, como fruto da

Questão 23
2015História

(Enem 2015) TEXTO I Em todo o pas a lei de 13 de maio de 1888 libertou poucos negros em relao populao de cor. A maioria j havia conquista a alforria antes de 1888, por meiode estratgias possveis. No entanto, a importncia histrica da lei de 1888 no pode ser mensurada apenas em termos numricos. O impacto que a extino da escravido causou numa sociedade constituda a partir da legitimidade da propriedade sobre a pessoa no cabe em cifras. ALBUQUERQUE, W. O jogo da dissimulao: Abolio e cidadania negra no Brasil. So Paulo: Cia. das Letras, 2009 (adaptado). TEXTO II Nos anos imediatamente anteriores Abolio, a populao livre do Rio de Janeiro se tornou mais numerosa e diversificada. Os escravos, bem menos numerosos que antes, e com os africanos mais aculturados, certamente no se distinguiam muito facilmente dos libertos e dos pretos e pardos livres habitantes da cidade. Tambm j no razovel presumir que uma pessoa de cor seja provavelmente cativa, pois os negros libertos e livres poderiam ser encontrados em toda parte. CHALHOUB, S. Vises da liberdade: uma histria das ltimas dcadas da escravido na Corte. So Paulo: Cia. das Letras, 1990 (adaptado). Sobre o fim da escravido no Brasil, o elemento destacado no Texto I que complementa os argumentos apresentadosno Texto II o(a)

Questão 25
2015Sociologia

(Enem 2015) No nos resta a menor dvida de que a principal contribuio dos diferentes tipos de movimentos sociais brasileiros nos ltimos vinte anos foi no plano da reconstruo do processo de democratizao do pas. E no se trata apenas da reconstruo do regime poltico, da retomada da democracia e do fim do Regime Militar.Trata-se da reconstruo ou construo de novos rumos para a cultura do pas, do preenchimento de vazios na conduo da luta pela redemocratizao, constituindo-se como agentes interlocutores que dialogam diretamente com a populao e com o Estado. GOHN, M. G. M. Os sem-terras. ONGs e cidadania. So Paulo: Cortez, 2003 (adaptado). No processo da redemocratizao brasileira, os novos movimentos sociais contriburam para

Questão 26
2015Sociologia

(ENEM 2015) A natureza fez os homens to iguais, quanto s faculdades do corpo e do esprito, que, embora por vezes se encontre um homem manifestamente mais forte decorpo, ou de esprito mais vivo do que outro, mesmo assim, quando se considera tudo isto em conjunto, a diferena entre um e outro homem no suficientemente considervel para que um deles possa com base nela reclamar algum benefcio a que outro no possa igualmente aspirar. HOBBES, T. Leviat. So Paulo: Martins Fontes, 2003. Para Hobbes, antes da constituio da sociedade civil, quando dois homens desejavam o mesmo objeto, eles

Questão 27
2015Geografia

(ENEM 2015) De acordo com as figuras, a intensidade de intemperismo de grau muito fraco caracterstica de qual tipo climtico?

NOVIDADES
Kuadro