Gabarito ENEM - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 51
2011Biologia

(ENEM - 2011) Para evitar o desmatamento da Mata Atlntica nos arredores da cidade de Amargosa, no Recncavo da Bahia, o Ibama tem atuado no sentido de fiscalizar, entre outras, as pequenas propriedades rurais que dependem da lenha proveniente das matas para a produo da farinha de mandioca, produto tpico da regio. Com isso, pequenos produtores procuram alternativas como o gs de cozinha, o que encarece a farinha. Uma alternativa vivel, em curto prazo, para os produtores de farinha em Amargosa, que no cause danos Mata Atlntica nem encarea o produto a:

Questão 52
2011Química

(ENEM 2011)Belm cercada por 39 ilhas, e suas populaes convivem com ameaas de doenas. O motivo, apontado por especialistas, a poluio da gua do rio, principal fonte de sobrevivncia dos ribeirinhos. A diarreia frequente nas crianas e ocorre como consequncia da falta de saneamento bsico, j que a populao no tem acesso gua de boa qualidade. Como no h gua potvel, a alternativa consumir a do rio. O Liberal. 8 jul. 2008. Disponvel em: http://www.oliberal.com.br O procedimento adequado para tratar a gua dos rios, a fim de atenuar os problemas de sade causados por microrganismos a essas populaes ribeirinhas a:

Questão 53
2011Biologia

(ENEM - 2011) O vrus do papiloma humano (HPV, na sigla em ingls) causa o aparecimento de verrugas e infeco persistente, sendo o principal fator ambiental do cncer de colo de tero nas mulheres. O vrus pode entrar pela pele ou por mucosas do corpo, o qual desenvolve anticorpos contra a ameaa, embora em alguns casos a defesa natural do organismo no seja suficiente. Foi desenvolvida uma vacina contra o HPV, que reduz em at 90% as verrugas e 85,6% dos casos de infeco persistente em comparao com pessoas no vacinadas. Disponvel em: http://g1.globo.com. Acesso em: 12 jun. 2011. O benefcio da utilizao dessa vacina que pessoas vacinadas, em comparao com as no vacinadas, apresentam diferentes respostas ao vrus HPV em decorrncia da

Questão 54
2011Química

(ENEM 2011)Certas ligas estanho-chumbo com composio especfica formam um euttico simples, o que significa que uma liga com essas caractersticas se comporta como uma substncia pura, com um ponto de fuso definido, no caso 183 oC. Essa uma temperatura inferior mesmo ao ponto de fuso dos metais que compem esta liga (o estanho puro funde a 232 C e o chumbo puro a 320 oC), o que justifica sua ampla utilizao na soldagem de componentes eletrnicos, em que o excesso de aquecimento deve sempre ser evitado.De acordo com as normas internacionais, os valores mnimo e mximo das densidades para essas ligas so de 8,74 g/mL e 8,82 g/mL, respectivamente. As densidades do estanho e do chumbo so 7,3 g/mL e 11,3 g/mL, respectivamente. Um lote contendo 5 amostras de solda estanhochumbo foi analisado por um tcnico, por meio da determinao de sua composio percentual em massa, cujos resultados esto mostrados no quadro a seguir. Com base no texto e na anlise realizada pelo tcnico, as amostras que atendem s normas internacionais so:

Questão 55
2011Química

(ENEM 2011) No processo de industrializao da mamona, alm do leo que contm vrios cidos graxos, obtida uma massa orgnica, conhecida como torta de mamona. Esta massa tem potencial para ser utilizada como fertilizante para o solo e como complemento em raes animais devido a seu elevado valor proteico. No entanto, a torta apresenta compostos txicos e alergnicos diferentemente do leo da mamona. Para que a torta possa ser utilizada na alimentao animal, necessrio um processo de descontaminao. Revista Qumica Nova na Escola. V. 32, no 1, 2010 (adaptado). A caracterstica presente nas substncias txicas e alergnicas, que inviabiliza sua solubilizao no leo de mamona, a:

Questão 57
2011Biologia

(ENEM - 2011) O controle biolgico, tcnica empregada no combate a espcies que causam danos e prejuzos aos seres humanos, utilizado no combate lagarta que se alimenta de folhas de algodoeiro. Algumas espcies de borboleta depositam seus ovos nessa cultura. A microvespa Trichogramma sp. introduz seus ovos nos ovos de outros insetos, incluindo os das borboletas em questo. Os embries da vespa se alimentam do contedo desses ovos e impedem que as larvas de borboleta se desenvolvam. Assim, possvel reduzir a densidade populacional das borboletas at nveis que no prejudiquem a cultura. A tcnica de controle biolgico realizado pela microvespa Trichogramma sp. consiste na:

Questão 59
2011BiologiaQuímica

(ENEM - 2011) A cal (xido de clcio, CaO), cuja suspenso em gua muito usada como uma tinta de baixo custo, d uma tonalidade branca aos troncos de rvores. Essa uma prtica muito comum em praas pblicas e locais privados, geralmente usada para combater a proliferao de parasitas. Essa aplicao, tambm chamada de caiao, gera um problema: elimina microrganismos benficos para a rvore. Disponvel em: http://super.abril.com.br. Acesso em: 1 abr. 2010 (adaptado). A destruio do microambiente, no tronco de rvores pintadas com cal, devida ao processo de

Questão 61
2011Biologia

(ENEM - 2011) Nos dias de hoje, podemos dizer que praticamente todos os seres humanos j ouviram em algum momento falar sobre o DNA e seu papel na hereditariedade da maioria dos organismos. Porm, foi apenas em 1952, um ano antes da descrio do modelo do DNA em dupla hlice por Watson e Crick, que foi confirmado semsombra de dvidas que o DNA material gentico. No artigo em que Watson e Crick descreveram a molcula de DNA, eles sugeriram um modelo de como essa molcula deveria se replicar. Em 1958, Meselson e Stahl realizaram experimentos utilizando istopos pesados de nitrognio que foram incorporados s bases nitrogenadas para avaliar como se daria a replicao da molcula. A partir dos resultados, confirmaram o modelo sugerido por Watson e Crick, que tinha como premissa bsica o rompimento das pontes de hidrognio entre as bases nitrogenadas. GRIFFITHS, A. J. F. et al. Introduo Gentica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002 Considerando a estrutura da molcula de DNA e a posio das pontes de hidrognio na mesma, os experimentos realizados por Meselson e Stahl a respeito da replicao dessa molcula levaram concluso de que:

Questão 64
2011Biologia

(ENEM - 2011): O mapa mostra a rea de ocorrncia da malria no mundo. Considerando-se sua distribuio na Amrica doSul, a malria pode ser classificada como

Questão 65
2011Biologia

(ENEM -2011) Em 1999, a geneticista Emma Whitelaw desenvolveu um experimento no qual ratas prenhes foram submetidas a uma dieta rica em vitamina B12, cido flico e soja. Os filhotes dessas ratas, apesar de possurem o gene para obesidade, no expressaram essa doena na fase adulta. A autora concluiu que a alimentao da me, durante a gestao, silenciou o gene da obesidade. Dez anos depois, as geneticistas Eva Jablonka e Gal Raz listaram 100 casos comprovados de traos adquiridos e transmitidos entre geraes de organismos, sustentando, assim, a epigentica, que estuda as mudanas na atividade dos genes que no envolvem alteraes na sequncia do DNA. A reabilitao do herege. poca, n 610, 2010 (adaptado). Alguns cnceres espordicos representam exemplos de alterao epigentica, pois so ocasionados por

Questão 67
2011Física

(ENEM 2011) O processo de interpretao de imagens capturadas por sensores instalados a bordo de satlites que imageiam determinadas faixas ou bandas do espectro de radiao eletromagntica (REM) baseia-se na interao dessa radiao com os objetos presentes sobre a superfcie terrestre. Uma das formas de avaliar essa interao por meio da quantidade de energia por meio da quantidade de energia refletida pelos objetos. A relao entre a refletncia de um dado objeto e o comprimento de onda da REM conhecida como curva de comportamento espectral ou assinatura espectral do objeto, como mostrado na figura, para objetos comuns na superfcie terrestre. De acordo com as curvas de assinatura espectral apresentadas na figura, para que se obtenha a melhor discriminao dos alvos mostrados, convm selecionar a banda correspondente a que comprimento de onda em micrmetros ()?

Questão 68
2011Biologia

(ENEM - 2011)Um instituto de pesquisa norte-americano divulgou recentemente ter criado uma clula sinttica, uma bactria chamada de Mycoplasma mycoides. Os pesquisadores montaram uma sequncia de nucleotdeos, que formam o nico cromossomo dessa bactria, o qual foi introduzido em outra espcie de bactria, a Mycoplasma capricolum. Aps a introduo, o cromossomo da M. capricolum foi neutralizado e o cromossomo artificial da M. mycoides comeou a gerenciar a clula, produzindo suas protenas. GILBSON et al. Creation of a Bacterial Cell Controlled by a Chemically synthesized Genome. Science v. 329, 2010 (adaptado). A importncia dessa inovao tecnolgica para a comunidade cientfica se deve

Questão 69
2011Biologia

(ENEM - 2011)Os sintomas mais srios da Gripe A, causada pelo vrus H1N1, foram apresentados por pessoas mais idosas e por gestantes. O motivo aparente a menor imunidade desses grupos contra o vrus. Para aumentar a imunidade populacional relativa ao vrus da gripe A, o governo brasileiro distribuiu vacinas para os grupos mais suscetveis. A vacina contra o H1N1, assim como qualquer outra vacina contra agentes causadores de doenas infectocontagiosas, aumenta a imunidade das pessoas porque

Questão 71
2011Biologia

(ENEM - 2011) Os biocombustveis de primeira gerao so derivados da soja, milho e cana-de-acar e sua produo ocorre atravs da fermentao. Biocombustveis derivados de material celulsico ou biocombustveis de segunda gerao coloquialmente chamados de gasolina de capim so aqueles produzidos a partir de resduos de madeira (serragem, por exemplo), talos de milho, palha de trigo ou capim de crescimento rpido e se apresentam como uma alternativa para os problemas enfrentados pelos de primeira gerao, j que as matrias-primas so baratas e abundantes. DALE, B. E.; HUBER, G. W. Gasolina de capim e outros vegetais. Scientific American Brasil. Ago. 2009, n 87 (adaptado). O texto mostra um dos pontos de vista a respeito do uso dos biocombustveis na atualidade, os quais

Questão 72
2011Química

(ENEM 2011) A bile produzida pelo fgado, armazenada na vescula biliar e tem papel fundamental na digesto de lipdeos. Os sais biliares so esteroides sintetizados no fgado a partir do colesterol, e sua rota de sntese envolve vrias etapas. Partindo do cido clico representado na figura, ocorre a formao dos cidos glicoclico e tauroclico; o prefixo glico- significa a presena de um resduo do aminocido glicina e o prefixo tauro-, do aminocido taurina. A combinao entre o cido clico e a glicina ou taurina origina a funo amida, formada pela reao entre o grupo amina desses aminocidos e o grupo

NOVIDADES
Kuadro