Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
ITA
IME
IME
ENEM
ENEM
FUVEST
FUVEST
UNICAMP
UNICAMP
UNESP
UNESP
ESPCEX
ESPCEX
AFA
AFA
Questão 5
2009Física

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 5) Um grande cilindro, com ar inicialmente presso P1 e temperatura ambiente (T1 = 300 K), quando aquecido, pode provocar a elevao de uma plataforma A, que funciona como um pisto, at uma posio mais alta. Tal processo exemplifica a transformao de calor em trabalho, que ocorre nas mquinas trmicas, presso constante. Em uma dessas situaes, o ar contido em um cilindro, cuja rea da base S igual a 0,16 m2 , sustenta uma plataforma de massa MA =160 kg a uma altura H1 = 4,0 m do cho (situao I). Ao ser aquecido, a partir da queima de um combustvel, o ar passa a uma temperatura T2, expandindo-se e empurrando a plataforma at uma nova altura H2 = 6,0 m (situao II). Para verificar em que medida esse um processo eficiente, estime: a) A presso P1 do ar dentro do cilindro, em pascals, durante a operao. b) A temperatura T2 do ar no cilindro, em kelvins, na situao II. c) A eficincia do processo, indicada pela razo R = Ep/Q, onde Ep a variao da energia potencial da plataforma, quando ela se desloca da altura H1 para a altura H2, e Q, a quantidade de calor recebida pelo ar do cilindro durante o aquecimento. NOTE E ADOTE: PV = nRT; Patmosfrica = P0 = 1,00 x 105 Pa; 1 Pa = 1 N/mCalor especfico do ar a presso constante Cp =1,0 x 103 J/(kgK) Densidade do ar a 300 K =1,1 kg/m3

Questão 5
2009História

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 5) Imagem de ngelo Agostini sobre o impacto da Guerra do Paraguai na sociedade brasileira. Observando a ilustrao, explique a) o impacto social a que ela se refere; b) os desdobramentos polticos dessa guerra.

Questão 6
2009Geografia

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) O processo de desconcentrao industrial no Brasil vem sendo apontado como um dos responsveis pelos altos ndices de desemprego verificados em algumas reas metropolitanas. Ao mesmo tempo, o setor tercirio tem sido, reconhecidamente, o grande empregador no atual estgio de desenvolvimento da economia brasileira. Com base nessas informaes e em seus conhecimentos, a) cite e analise duas causas possveis dessa desconcentrao industrial; b) explique por que o setor tercirio tornou-se o maior empregador do pas.

Questão 6
2009História

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) a) Os dados da tabela indicam que, apesar das oscilaes, houve expressivo crescimento industrial no perodo 1914-1920. Explique as razes desse crescimento. b) Estabelea relaes entre os dados da tabela sobre custo de vida e salrios com o movimento operrio do perodo.

Questão 6
2009Química

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) A reao de hidratao de alguns alcinos pode ser representada por em que R e R1 so dois grupos alquila diferentes. a) Escreva as frmulas estruturais dos ismeros de frmula que sejam hexinos de cadeia aberta e no ramificada. b) A hidratao de um dos hexinos do item anterior produz duas cetonas diferentes, porm isomricas. Escreva a frmula estrutural desse alcino e as frmulas estruturais das cetonas assim formadas. c) A hidratao do hex-3-ino (3-hexino) com gua monodeuterada (HOD) pode ser representada por:

Questão 6
2009Biologia

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) Em entrevista concedida revista eletrnica ComCincia, publicada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Cincia, Carlos Vogt afirmou: O combate doena de Chagas, febre amarela, leishmaniose, malria, dengue, tem mobilizado a sociedade e os governos na busca de solues mais permanentes e no estabelecimento de polticas pblicas que conduzam a medidas de preveno mais dinmicas e eficientes. http://www.comciencia.br/reportagens/2005/06/01.01shtml a) O controle da proliferao de mosquitos uma medida adotada para combate a doenas. Para qual(is) das cinco doenas citadas no texto acima, essa estratgia pode ser efetiva? b) Distribua as cinco doenas em grupos, de acordo com o tipo de agente causador. Justifique os grupos formados.

Questão 6
2009Geografia

(FUVEST-2009 - 1 FASE) O Brasil ainda no conseguiu extinguir o trabalho em condies de escravido, pois ainda existem muitos trabalhadores nessa situao. Com relao a tal modalidade de explorao do ser humano, analise as afirmaes abaixo. I. As relaes entre os trabalhadores e seus empregadores marcam-se pela informalidade e pelas crescentes dvidas feitas pelos trabalhadores nos armazns dos empregadores, aumentando a dependncia financeira para com eles. II. Geralmente, os trabalhadores so atrados de regies distantes do local de trabalho, com a promessa de bons salrios, mas as situaes de trabalho envolvem condies insalubres e extenuantes. III. A persistncia do trabalho escravo ou semi-escravo no Brasil, no obstante a legislao que o probe, explicase pela intensa competitividade do mercado globalizado. Est correto o que se afirma em

Questão 6
2009Português

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) Leia o trecho abaixo, extrado de um conto, e responda ao que se pede. eu estava ali deitado olhando atravs da vidraa as roseiras no jardim fustigadas pelo vento que zunia l fora e nas venezianas de meu quarto e de repente cessava e tudo ficava to quieto to triste e de repente recomeava e as roseiras frgeis e assustadas irrompiam na vidraa e eu estava ali o tempo todo olhando estava em minha cama com minha blusa de l as mos enfiadas nos bolsos os braos colados ao corpo as pernas juntas estava de sapatos Mame no gostava que eu deitasse de sapatos deixe de preguia menino! mas dessa vez eu estava deitado de sapatos e ela viu e no falou nada ela sentou-se na beirada da cama e pousou a mo em meu joelho e falou voc no quer mesmo almoar? Luiz Vilela. Eu estava ali deitado. a) O texto procura representar um fluxo de conscincia, ou seja, a livre-associao de idias do narradorpersonagem. Aponte dois recursos expressivos, presentes no texto, que foram empregados com essa finalidade. b) Cite, do texto, um exemplo de emprego do discurso direto.

Questão 6
2009Matemática

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) Um apreciador deseja adquirir, para sua adega, 10 garrafas de vinho de um lote constitudo por 4 garrafas da Espanha, 5 garrafas da Itlia e 6 garrafas da Frana, todas de diferentes marcas. a) De quantas maneiras possvel escolher 10 garrafas desse lote? b) De quantas maneiras possvel escolher 10 garrafas do lote, sendo 2 garrafas da Espanha, 4 da Itlia e 4 da Frana? c) Qual a probabilidade de que, escolhidas ao acaso, 10 garrafas do lote, haja exatamente 4 garrafas da Itlia e, pelo menos, uma garrafa de cada um dos outros dois pases?

Questão 6
2009Física

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 6) Em um grande tanque, uma haste vertical sobe e desce continuamente sobre a superfcie da gua, em um ponto P, com freqncia constante, gerando ondas, que so fotografadas em diferentes instantes. A partir dessas fotos, podem ser construdos esquemas, onde se representam as cristas (regies de mxima amplitude) das ondas, que correspondem a crculos concntricos com centro em P. Dois desses esquemas esto apresentados ao lado, para um determinado instante t0 = 0 s e para outro instante posterior, t = 2 s. Ao incidirem na borda do tanque, essas ondas so refletidas, voltando a se propagar pelo tanque, podendo ser visualizadas atravs de suas cristas. Considerando tais esquemas: a) Estime a velocidade de propagao V, em m/s, das ondas produzidas na superfcie da gua do tanque. b) Estime a freqncia f, em Hz, das ondas produzidas na superfcie da gua do tanque. c) Represente, na folha de respostas, as cristas das ondas que seriam visualizadas em uma foto obtida no instante t = 6,0 s, incluindo as ondas refletidas pela borda do tanque.

Questão 7
2009Geografia

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 7) No perodo colonial, a escravido africana e a pecuria bovina interligaram, de algum modo, as vrias ilhas regionais daquele antigo arquiplago econmico, conforme definido por alguns autores. Com base nessas informaes e em seus conhecimentos, identifique a) as duas principais portas de entrada e respectivas rotas de penetrao do gado nordestino serto adentro, durante a fase colonial; b) a frente pioneira da expanso pecuria bovina no Brasil de hoje.

Questão 7
2009Matemática

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 7) No plano cartesiano Oxy, a circunferncia C tem centro no ponto A (-5,1) e tangente reta t de equao 4x - 3y - 2 = 0 em um ponto P. Seja ainda Q o ponto de interseco da reta t com o eixo Ox. Assim: a) Determine as coordenadas do ponto P. b) Escreva uma equao para a circunferncia C . c) Calcule a rea do tringulo APQ.

Questão 7
2009Português

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 7) Leia o trecho de abertura de Memrias de um sargento de milcias e responda ao que se pede. Era no tempo do rei. Uma das quatro esquinas que formam as ruas do Ouvidor e da Quitanda, cortando-se mutuamente, chamava-se nesse tempo O canto dos meirinhos ; e bem lhe assentava o nome, porque era a o lugar de encontro favorito de todos os indivduos dessa classe (que gozava ento de no pequena considerao). Os meirinhos de hoje no so mais do que a sombra caricata dos meirinhos do tempo do rei; esses eram gente temvel e temida, respeitvel e respeitada; formavam um dos extremos da formidvel cadeia judiciria que envolvia todo o Rio de Janeiro no tempo em que a demanda era entre ns um elemento de vida: o extremo oposto eram os desembargadores. Manuel Antnio de Almeida. Memrias de um sargento de milcias. a) A frase Era no tempo do rei refere-se a um perodo histrico determinado e possui, tambm, uma conotao marcada pela indeterminao temporal. Identifique tanto o perodo histrico a que se refere a frase quanto a mencionada conotao que ela tambm apresenta. b) No trecho aqui reproduzido, o narrador compara duas pocas diferentes: o seu prprio tempo e o tempo do rei. Esse procedimento raro ou freqente no livro? Com que objetivos o narrador o adota?

Questão 7
2009Português

(FUVEST - 2009 - 1 FASE)ISTO - Quais so os equvocos mais comuns a respeito das pessoas altamente criativas? Weisberg - O primeiro que apenas um tipo especfico de pessoa criativa, e que ela usa processos mentais diferentes do restante dos seres humanos. Existe um mito de que os gnios usam processos inconscientes para criar suas obras ou tm patologias mentais que contribuem no processo criativo. Isso no verdade. ISTO - Mas no se pode dizer que so pessoas comuns. Weisberg - As diferenas existem, claro. Picasso, por exemplo. Um aspecto bem distinto dele foi sua produtividade. Ele trabalhava o tempo todo e queria, propositadamente, criar coisas novas. Quase todos ns podemos aprender a desenhar. No acho que essa habilidade seja o que o diferencia do restante, mas talvez o desejo de produzir algo novo, que afete o mundo. Entrevista de Robert Weisberg concedida a Leoleli Camargo, Isto, n 2013, pgina 6, 04/06/08. Ao responder revista, como o entrevistado procura desmistificar a figura do gnio?

Questão 7
2009Física

(FUVEST - 2009 - 2 fase - Questo 7) Um campo eltrico uniforme, de mdulo E, criado entre duas grandes placas paralelas carregadas, P1 e P2, utilizado para estimar a carga presente em pequenas esferas. As esferas so fixadas na extremidade de uma haste isolante, rgida e muito leve, que pode girar em torno do ponto O. Quando uma pequena esfera A, de massa M = 0,015 kg e carga Q, fixada na haste, e sendo E igual a 500 kV/m, a esfera assume uma posio de equilbrio, tal que a haste forma com a vertical um ngulo ș = 45. Para essa situao: a) Represente, no esquema da folha de respostas, a fora gravitacional P e a fora eltrica FE que atuam na esfera A, quando ela est em equilbrio sob ao do campo eltrico. Determine os mdulos dessas foras, em newtons. b) Estime a carga Q, em coulombs, presente na esfera. c) Se a esfera se desprender da haste, represente, no esquema da folha de respostas, a trajetria que ela iria percorrer, indicando-a pela letra T. NOTE E ADOTE: Desconsidere efeitos de induo eletrosttica.

NOVIDADES
Kuadro